Saltar para o conteúdo

não tem solução?

26 Novembro, 2018
by

23963110A privatização da CP – Comboios de Portugal, uma empresa falida, que presta serviços caros e de fraca qualidade, em regime de monopólio, aos seus utentes, foi ponderada pelo governo de Pedro Passos Coelho. Quando o governo da geringonça iniciou funções, imediatamente afastou essa possibilidade, o que continua, agora, a fazer. Isso só pode querer dizer que o governo tem um projecto que viabilize a empresa, a torne rentável, sustentável e, sobretudo, fiável. Por conseguinte, como se pode dizer que a companhia «não tem solução»? Por que não encaminha, o jornal Público, as suas questões ao governo que prometeu medidas que agora «tardam em concretizar-se»? E a oposição ao governo, por que não exige explicações a quem assumiu a responsabilidade de não privatizar a empresa? A conversa de que não podemos vender os «activos estratégicos» do estado é um dos maiores embustes do nosso tempo. O problema da CP, ou de qualquer outra empresa, não está em quem a explora e ganha dinheiro com isso. Está em oferecer um serviço decente aos seus clientes. Isso é que é defender o «interesse público».

Anúncios
23 comentários leave one →
  1. Velho do Restelo permalink
    26 Novembro, 2018 11:49

    Se a CP for privatizada, como é que o PCP pode desempenhar o seu papel na sociedade ?
    Metade das greves nacionais eram eliminadas !
    Esta era uma boa altura para o Sr. Ministro Pedro Marques recuperar aquele verbo que o celebrizou : TRUCIDAR !
    É só trucidar os problemas … e pronto!

    Liked by 1 person

    • Alberto Silva permalink
      26 Novembro, 2018 23:10

      O Passos Coelho foi um Grande governante que Portugal teve.
      E a última grande coisa que fez pelo bem do seu país foi ter obrigado toda a escumalha da Esquerda a unir-se.
      Se a Direita, seja lá o que isso for, souber trabalhar, vai derrotar toda a esquerdalhada junta. Todos juntos tornam-se melhor alvo para destroçar.
      A ver vamos…………..

      Liked by 1 person

      • Perigoso Neoliberal permalink
        28 Novembro, 2018 02:47

        O PPC foi o melhor PM que Portugal teve. E foi também um PM de m… Não ter privatizado tudo o que é empresa de transporte público em QUATRO ANOS QUATRO (!!!) foi dos maiores erros que lhe aponto. Teria tido um triplo efeito: melhorar as contas públicas, melhorar o serviço prestado e aplicar um golpe fatal e irreversível no PCP.

        Gostar

  2. Mauritano permalink
    26 Novembro, 2018 12:30

    Pois!!!

    Gostar

  3. Vitor permalink
    26 Novembro, 2018 12:48

    O Costa aliou-se à extrema esquerda com o objetivo de segurar o poder sabendo que iria conduzir o país de novo para uma bancarrota. Por agora, os resultados desta aliança são visíveis no colapso dos hospitais públicos, escolas públicas e transportes públicos. Confusão, anarquia e mau serviço de tudo o que é gerido pelo Estado, seja administração central ou local.. A corja do PC e do BE estão mudos e surdos porque em troca da mudez abocanham partes do aparelho de estado.

    Liked by 1 person

    • Alberto Silva permalink
      26 Novembro, 2018 23:02

      Essa é a verdade! E acrescento, o Costa já está a preparar o abandono do barco, agora que já gastou os cofres do Estado. Já conferenciou com o outro da mesma laia, o Carlos César, para abandonarem o barco a seguir às próximas eleições. Conforme forem as sondagens, assim vai ser a campanha eleitoral para que o PS perca, sim, mas por pouco, para ficar à babujem e daqui a quatro anos voltar à mama outra vez. É assim que funciona o Costa e é assim que ele desempenha bem a missão do PS na sociedade portuguesa. Os empresários e os trabalhadores trabalham e os socialistas e toda a Esquerda em geral, parasitam-nos.

      Liked by 1 person

  4. Andre Miguel permalink
    26 Novembro, 2018 12:50

    Falida como está será vendida ao desbarato. E depois o privado que ficar com ela é que será o mau da fita. Nada de novo na tugalandia.

    Liked by 1 person

  5. becas permalink
    26 Novembro, 2018 13:56

    O Armenio Carlos sabe bem o que deve fazer . Nada de preocupações .

    Gostar

  6. Carlos permalink
    26 Novembro, 2018 14:28

    O “interesse público” é mais ou nos como a “vontade geral” do Rousseau, que serviu para justificar todos os desmandos da Revolução Francesa. Cada um toma o que quer. Neste caso, tomam os sindicatos da CP, quem se serve deles para os seus fins políticos e quem ganha dinheiro com as negociatas da via e dos comboios. Os portugueses em geral e os utentes em particular, não estão incluídos.

    Gostar

  7. Luis Lavoura permalink
    26 Novembro, 2018 14:57

    O Rui A julga que a privatização resolverá os problemas? É muito ingénuo!
    Os serviços que a CP descura, como na linha do Algarve ou na linha do Oeste, têm provavelmente pouca procura e qualquer privado também os descuraria – provavelmente não aceitaria efetuá-los a não ser em troca de um subsídio.
    O problema da CP é falta de investimento em comboios novos e duvido que qualquer privado aceitasse fazer tais investimentos, quando a promessa de rentabilidade não é grande.

    Gostar

    • O que tu queres sei eu permalink
      26 Novembro, 2018 16:46

      Vê-se mesmo que nunca anda de comboio.

      Gostar

    • rui a. permalink*
      26 Novembro, 2018 16:51

      O problema da CP é a falta de higiene e o forte cheiro a urina não lavada da 1ª classe do Alfa Porto-Lisboa. O resto funciona tudo bem…

      Gostar

      • licas permalink
        26 Novembro, 2018 20:12

        . . . e o forte cheiro a urina…
        Estou consigo, caro blasfemo, “tudo bem tambem direi…

        Gostar

  8. 26 Novembro, 2018 15:06

    The portuguese economy is in the toilet, and droves of it’s citizens are fleeing to neighboring Spain to work just to put food on the table! Those who don’t go to Spain are swimming, or jumping on bannana boats to go to Angola or Mozambique just to sell their body for cod to feed their families. The slightly better off portugee are flying to Brasil to live in a favela that is much better than the poor, decrepid conditions they live in now; at least here they can eat.
    I observed the portuguese to be an ignorant bunch stuck in a mental time-warp that only focus on “how” good things were in the distant past rather than focusing on their now deteriorated, non-existant economy, and how bad things really are today.
    Perhaps, this is “why” they can’t seem to see the log stuck in their eyes but see the splinters in everybody elses eyes. I do find it ironic that they are racist toward Spain, Angola, Mozambique and Brazil only to later go look for a better life in these countries!

    Gostar

    • Duarte de Aviz permalink
      26 Novembro, 2018 17:00

      Com esse nome está visto que és bra”z”ileira….

      Gostar

      • André Miguel permalink
        26 Novembro, 2018 17:50

        Só pode, nem se deu ao trabalho de traduzir “favela”… LOL

        Gostar

  9. Luis permalink
    26 Novembro, 2018 17:54

    A linha do Algarve não tem pouca procura. Em vários horários os comboios andam cheios. A procura não é maior porque a empresa de autocarros EVA tem horários mais favoráveis para os estudantes. Se a CP tivesse horários feitos à medida dos estudantes, e se as autarquias favorecessem a utilização do comboio, a CP teria ainda mais clientes.

    Para se ter uma noção do atraso, a estação de Faro não tem máquinas automáticas e no Verão por vezes pode-se esperar na fila mais de meia hora para comprar um bilhete para um comboio regional. A estação de Faro também não tem painéis luminosos a anunciar a linha em que se encontra o serviço e o horário previsto da partida ou da chegada. Não há dinheiro nem vontade. Os Alfa pendulares e os intercidades não são competitivos pois um bilhete em Expresso Qualidade da EVA para Lisboa custa 20 euros e a viagem demora 3 horas e é directa, num autocarro com hospedeira, internet rápida e tomadas para o computador, coisa pelo menos há uns anos não havia na CP.

    Os utilizadores da linha do Algarve têm há muito tempo noção da má gestão que já vem dos tempos do cavaquismo. Para se ter uma noção da miséria, uma viagem Lagos-VRSA demora cerca de 3 horas e não é directa…

    Gostar

  10. Luis permalink
    26 Novembro, 2018 18:05

    O PS, o PCP e o BE, bem como algum PSD e até algum CDS (!) não querem reduzir o número real de funcionários públicos, nem cortar as pensões mais elevadas, nem outras prestações «sociais». Os novos remendos que arranjaram foram as cativações e as taxas ocultas, contudo as consequências estão à vista, degradação dos comboios ou do SNS, e aumento brutal do custo de vida. Quase tudo em Portugal é mais caro que em Espanha, do champô ao chocolate, do gás ao gasóleo, da moradia à electricidade, e por vezes as diferenças são enormes, falo do dobro ao do triplo do preço do lado de cá da fronteira. Dentro do PS e de alguma pseudo Direita pensam que a Alemanha mais tarde ou mais cedo irá mutualizar as dívidas e que o Norte da Europa sustentará a Grécia, Portugal e o Sul de Itália… parte do PSD e do CDS quando Passos estava no poder nunca quis nenhuma reforma do Estado e a estratégia passou por aumentar impostos e controlo estatal da economia, e cerrar os dentes e esperar pela retoma europeia, que acabaria por arrastar a economia portuguesa, o que acabou até por correr bem…

    Portugal não será reformado tão cedo pois os partidos não mudaram, não entraram caras novas com novas ideias, salvo uma ou outra excepção. O sistema está muito viciado para favorecer o status quo e o futuro próximo passa por mais taxas e taxinhas, controlo do Estado e burocracias, e degradação dos serviços públicos.

    Gostar

  11. Leunam permalink
    26 Novembro, 2018 19:58

    Muito bem Sr Luís

    Faço minhas as suas palavras.

    O que lhes interessa (A TODOS ELES) não é a melhoria da qualidade de vida do Povo e tudo fazem para o manter alienado, obediente. POBRE e se possível deles dependente.

    Para os internacionalistas, Povo é GADO.

    A Estação de Metro de Arroios em Lisboa não se sabe quando ficará concluída; tem prejudicado fortemente todo o Comércio da zona e sobretudo uma enormíssima quantidade de população que vive nas redondezas da Praça do Chile.

    O Corvo ainda no passado mês fez eco do que por lá se passa.

    O Edifício da antiga Junta de Freguesia de S. João junto à Praça Paiva Couceiro ameaça ruína.
    Está ladeado por duas artérias muito movimentadas de pessoas e veículos.

    Espera-se que haja “mais uma fatalidade” para o Povo da zona ter boas possibilidades de tirar umas “selfies” com o “tá qui,tá li” com lágrimas e não com sorrisos!

    Portugal dispôs no tempo do Estado Novo de uma empresa de fabrico de Carruagens do Caminho de Ferro que, no seu tempo produzia do melhor que havia para a CP e para a Exportação.
    Construiu as que ainda circulam.

    Mas o bicho comunista entrou nela e foi… só “mais uma”…

    Agora parece que é “mais melhor” alugar velhas carruagens a “nuestros hermanos”…

    Não tarda nada haveremos de receber ordens na língua de Cervantes, directas e peremptórias e “bico calado”. Espero para ver.
    O nosso Primeiro parece muito empenhado no assunto.

    Gostar

    • André Miguel permalink
      26 Novembro, 2018 20:33

      O nosso PM agora está muito preocupado com o repatriamento dos milhões para Angola. Será que só eu achei estranho a sua declaração para João Lourenço que isso não pode colocar em causa o sistema financeiro Português? Serão assim tantos milhões?! Essa declaração trás água no bico e oxalá Lourenço avance para instâncias internacionais para descobrirmos as trafulhices que por cá se fazem com os milhões de Angola… Cheira-me aqui há gato…

      Gostar

  12. Procópio permalink
    26 Novembro, 2018 23:46

    A CP é como o rui rio, ambos falidos.
    A primeira por descuido, o segundo por encomenda.
    Reparem no lugar que lhe está destinado.
    Não o vão ver triste por certo.

    O país é uma anedota, Começa pela justiça.
    Homem punido com ano e meio de prisão por roubo de seis euros Arguido vai ter de devolver o dinheiro à vítima e de lhe pagar uma indemnização de 250 euros.

    Ler mais em: https://www.cmjornal.pt/portugal/detalhe/homem-punido-com-ano-e-meio-de-prisao-efetiva-por-roubo-de-seis-euros?ref=HP_DestaqueLateral

    Será preciso escrever um desenho com todos os vígaros que furtaram milhões e andam cá fora? Esta é a demucracia vigente, apanhem-na do chão e ponham-na no museu.

    Gostar

  13. Procópio permalink
    27 Novembro, 2018 09:25

    «Andais por onde andais, regressai sempre a Portugal. […] Sois precisos aqui»
    Diz o cuecas para os doutores! Quem tem cabeça não volta.
    Falem à artista e ao geróimo, eles mandam vir os cubanos expulsos do Brasil, onde já não aceitam vítimas da escravatura do estado, fica-lhes com 75% do salário.
    Até pode ser boa idéia, eles são muito simpáticos e fazem uma poda eficaz.
    Perguntem aos angolanos como se passaram as coisas entre 1974 e 1978.
    Os espanhõis que andam por cá é o mesmo. A Espanha tem necessidade de médicos, Porquê a preferência pelo sítio?

    Gostar

  14. José Ramos permalink
    28 Novembro, 2018 23:32

    Como dizia o refrão de uma velha canção, “como é bom viver no Bairro Azul”. Mas o Metro, infelizmente, também é o que se sabe…

    Gostar

Indigne-se aqui.

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: