Saltar para o conteúdo

Não querem fazer um jogo para estes casos?

5 Março, 2019

“Uma professora da Escola Básica da Torrinha, no Porto, foi agredida ‘a soco e pontapé’ à porta do estabelecimento por uma encarregada de educação (…) A professora, de 45 anos, também se dirigiu ao hospital de Santo António, no Porto, para receber assistência médica.”

Se usarmos para esta agressão a grelha actualmente em voga para a violência dita doméstica temos de perguntar também se a agressora já foi interrogada e sujeita a alguma medida cautelar. E claro indagar a que resultados chegaram, por exemplo, os 87 inquéritos de agressões contra professores que o Ministério Público de Lisboa abriu em 2017. Houve condenações? E se houve estas resumiram-se às penas suspensas e multas do costume ou foram aplicadas medidas de prisão? E os juízes o que escreveram nos acordãos? Citaram a Bíblia, Piaget ou Freinet? Há juízes reincidentes na absolvição dos agressores de professores? Como se chamam esses juízes?… Vamos usar esta táctica de pressão e fulanização dos juízes nos casos das agressões aos professores ou este tipo de argumentário só é válido quando está em causa o tema em agenda?

Anúncios
13 comentários leave one →
  1. Velho do Restelo permalink
    5 Março, 2019 11:35

    O sindicalista Mário das nozes, só tem que acrescentar à reivindicação 9A4M2D, umas aulas de defesa pessoal, e eventualmente licença de uso e porte de 4rm4 para os profs!
    Eu fui prof durante 3 anos, e desisti porque enquanto aluno levei alguns sopapos, e não estava na disponibilidade de continuar a levar enquanto prof, ainda por cima não podia ripostar !

    Liked by 1 person

  2. Manuel permalink
    5 Março, 2019 13:49

    Não se passa nada, isto não dá votos e a não direita (PSD)e a Cristas andam mascarados de oposição, mas são da “situação” e bem alapados no orçamento de Estado. A nossa democracia é um falhanço total. A Nação capitaneada pelas bloquistas e pelos humoristas carregam em Neto de Moura e a nossa gente na sua bovinidade ri-se. Entretanto o BE aumenta as probabilidades de um segundo deputado na europeias!

    Liked by 1 person

    • Carlos Rosa permalink
      6 Março, 2019 01:03

      Os ciganos não gostam de ver bons princípios aos filhos. Lá têm as suas razões.
      O Ricardo Araújo Pereira quando começou tinha piada; talvez porque os que o acompanhavam lhe escreviam os assuntos. Não sei. Mas sei que a sua graça tem vindo a desaparecer. O gaiatão está a entrar numa de mete nojo. Toca muitos temas mas cada vez é mais nítida a sua falta de arcaboiço. Apesar da sua estatura física é um anão ao pé do Manuel Marques ou do Herman José.

      Gostar

  3. maria permalink
    5 Março, 2019 15:20

    O sindicalista Mário Nogeira já há muito que os profs o deviam ter posto na rua. Falta-lhe psicologia para conduzir qq negociação e deu nisto. Sempre esperei este resultado para os professores.
    Quanto ao juiz Nieto Moura está a ser enxovalhado por manifestações com uma dúzia de esquerdalhos..

    Gostar

  4. Ana Vasconcelos permalink
    5 Março, 2019 15:25

    Nem os que batem em mulheres, nem os que batem em professores vão para a cadeia porque não há lugar nas cadeias para mais presos, nem guardas prisionais, nem dinheiro para a alimentação dos presos. A pena suspensa e a pulseira electrónica são a lista de espera da Justiça.
    Já a histeria com o Neto de Moura e as mulheres pode ser uma forma de fazer com que a opinião publica aceite um órgão politico que controle o Conselho Superior da Magistratura e impeça processos contra políticos corruptos.

    Liked by 1 person

  5. MJRB permalink
    5 Março, 2019 20:34

    Partindo do princípio instalado em certos cerebelos, que um cristão é inatacável, sério, bom, são, não peca, alguém ficará admirado, atónito, se um juiz absolver o Salgado invocando a sua religiosidade comprovada, ainda por cima por ter uma capela privada ?
    E se a seguir o Socrates no banco dos réus também invocar a sua religiosidade e for absolvido ?

    Gostar

    • Jornaleco permalink
      5 Março, 2019 21:24

      Tanto o Salgado como o falso Sócrates são maçónicos. Incompatível com os valores cristãos.

      O ateu é aquele que pode mentir como quer. E não há castigo previsto, nem punição. E se ele ter dinheiro, que chegue, haverá sempre um macaco, que o vai ajudar, com muito prazer e gosto.

      Existe uma hierarquia de valores. E os ateus estão no fim da lista. Lógico.

      E depois há aqueles do Restelo, que são perversos, e procuram desculpas, para o ser, e mentem e dizem isto e aquilo, para justificar o mau comportamento.

      A fé cristã é inocente. Assim definida.

      Os macacos, não. Esses fazem tudo o que querem e depois cospem em cima do outro e negam ser culpados.

      O Salgado não vai escapar. Nem o falso Sócrates. Quem os deixa escapar, são os maçónicos. Os filhos do diabo. Esses que andam atrás do Rui Pinto.

      Gostar

      • MJRB permalink
        5 Março, 2019 23:13

        Pois, é muito mais do que menos isso que considera.

        O que coloquei anteriormente é uma ironia.
        Parece-me que no caso do juiz Neto Moura, o erro inicial é do Tribunal da Primeira Instância. Ele percorreu os trâmites da Lei para a decisão. Mas a citação da Bíblia surge-me como desnecessária.

        Gostar

      • MJRB permalink
        5 Março, 2019 23:21

        Escapam, o Salgado e o Sócrates não vão ser julgados. Não podem, não devem ser imagens públicas, porta-estandartes de corrupção. Se um juiz colocasse tudo publicamente, o regime, muitas figuras e figurões, instituições, cairiam de vez.
        Há uma rosa-herói para colocar na lapela dum rato.

        Liked by 1 person

  6. Jornaleco permalink
    5 Março, 2019 21:44

    Eu não sei e sei. Porquê esta admiração, de a violência estar a subir?

    Segundo a igreja do macaco, não existe ninguém lá fora, para proteger a nossa liberdade. A igreja do materialismo para rir tem um grave problema? Muitos.

    Por toda a Europa a violência sobe. Punição? Onde a esquerda governa, eles fazem troça da vítima e aplaudem ao criminoso.

    Em toda a Europa? Em Birmingham não.
    Numa escola primária, com 80 por cento de alunos muçulmanos, perderam-se por lá aqueles, que queriam ensinar a essas crianças inocentes, como ir ao cu do outro e ser infiel.

    Os mesmos, que defendem a traição, infidelidade, e muitas outras porcarias, abriram as portas aos bárbaros e muçulmanos.

    Desde há semanas, que os pais andaram a protestar, contra esses crimes. Pais muçulmanos, claro. E os porcos da esquerda, vejam lá, cederam. Eles calaram-se e fugiram, à velocidade da luz. A direcção da dita escola promete, de agora em frente, acabar com todas as perversidades.

    E fazem bem. Ser degolado, não é boa ideia, para esses porcos.

    Ai de aquele, que ensinar isso aos meus filhos. Ai de aquele. O respeito é mais importante do que qualquer falsa liberdade, de aqueles, que querem ir ao cu um do outro.

    A decadência existe. E se não for combatida, o país vai-se abaixo. E os bárbaros vão sorrir.

    Em toda Europa agora é à facada. Mulheres, homens, são assassinados todos os dias. À faca, por muçulmanos e os juízes ainda dão prémios: na Alemanha.

    Violações, são agora regulares. A mulheres não-muçulmanas, claro. Justiça para essas vítimas? A esquerda actual ainda lhes cuspe em cima.

    Uma mulher sem gorila, não há muito a fazer. Protecção do estado fascista da esquerda? É para rir e chorar muito. Querem provas? Existem tantas, por toda a Europa. E saber fazer uma pesquisa como deve ser.

    A RTP, SIC e TVI não vos vão contar estas coisas. Eles ocultam tudo isso. No melhor dos casos.

    Liked by 1 person

  7. Oscar Maximo permalink
    6 Março, 2019 07:19

    O que penso que se passou:
    A pena de violência doméstica foi autonomizada e agravada (com o que não concordo).
    Os juízes, como não estão em geral de acordo, passaram a decretar a pena mínima, portanto sem atender a agravantes e furando o espirito da nova lei.
    Os considerandos tornaram-se mais notórios e passiveis de ataques, especialmente se falarem na Biblia.
    Os julgamentos públicos foram “julgados” pelo público.
    Os humoristas aproveitaram a ocasião..

    Gostar

  8. JCA permalink
    7 Março, 2019 04:26

    .
    Resumindo e concluindo, uns absolvem e outros puniem cumprindo exatamente a mesma lei, à vontade do freguês:
    .
    ora essa mesma Lei é escrita e aprovada na Assembleia da Republica;
    .
    das duas três,
    .
    ou quem escreve e aprova a Lei é incompetente (no caso a Assembleia da Republica) porque uma lei não pode ser lamina nacet, dá para barbear para os doia lados e portnato não é lei é arbitrariedade,

    ou a lingua portuguesa é incompetente para esclarecer em lei o que é certo e errado, se o certo historicamente é ‘deus’
    ,
    ou a cultura catedratica é um bluff nacional
    .
    Atacar a consequencia ou seja quem aplica essa mesma Lei em vez da causa isto é quem a escreve e parova, deixa muito mal na fotografia ‘fake news’ versus Comunicação Social. Ou seja só contaram para você.
    .
    Mais outra martelada dos “merchandisires-marqueteiros’ que (por ignorancia ou não) estão a fazer o funeral das Democracia e da Liberdade a favor das chamadas Denocracias Totalitárias/Ditaduras (Nazismo, Fasccismo, Comunismo Sovietico) que depois desatam a berrar são ‘fake bews’, são populistas Tanta palermice e parvoice jjunta mas paga a peso de ouro :))). ora bem chama-lhe parvos, é sacar enquanto se pode :)))
    .

    Gostar

  9. Jorge Mra permalink
    7 Março, 2019 22:10

    Muito bom Helena. Estamos ferrados num mar de hipocrisia sob a batuta de esquerdopatas.

    Gostar

Indigne-se aqui.

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: