Saltar para o conteúdo

A reserva de índios

16 Junho, 2019

O país fora das áreas metropolitanas é cada vez mais encarado como uma espécie de reserva etnográfica,  onde toda e qualquer actividade que gera riqueza e emprego é vista como descaracterizadora.

Na cidade eles adoram a dieta mediterrânica, fazem do azeite uma espécie de elixir mas no campo estão em cruzada contra o olivail intensivo mas sem olival intensivo não há azeite que chegue para tanta dieta mediterrânica.

Na cidade o PEV e o PAN são a favor dos automóveis  eléctricos mas no campo não querem minas para a  exploração de lítio. Ora sem lítio não há baterias e sem baterias os automóveis elećtricos não andam. 

 

 

Anúncios
18 comentários leave one →
  1. Jornaleco permalink
    16 Junho, 2019 20:51

    A (quase) perfeita definição do termo perversidade?

    Liked by 1 person

  2. isabel permalink
    16 Junho, 2019 21:47

    Todas estas incoherencias sao a prova da pessima gestão que tem dominado a Europa, sob os auspícios desse logro que dá pelo nome de mme Merkel.

    Gostar

    • Luís permalink
      17 Junho, 2019 10:23

      Tretas. Não invente. A Merkel lá na Alemanha não tem culpa nenhuma que os portugueses não batam bem da cabeça. Já no século XIX e na Primeira República tínhamos estas elites que não valiam um cêntimo.

      Gostar

  3. Procópio permalink
    16 Junho, 2019 22:07

    Há pessoas e partidos que existem para que nada faça sentido, até poderem, no meio da confusão, obrigar toda a gente a fazer o que eles mandam. Os outros assistem impávidos à derrocada, a todo o tipo de prestidigitação e rezam para que as coisas melhorem.
    Podem rezar sentados.

    Gostar

    • Os corruptos que se cuidem permalink
      17 Junho, 2019 01:30

      É mesmo. Incrível que as pessoas não se dêem conta.

      Gostar

  4. Oscar Maximo permalink
    17 Junho, 2019 07:08

    O tal slime não é viscoso porque não é um fluido. É plástico. Quando não se acredita em alterações climáticas também não se deve acreditar na Wikipédia.

    Gostar

    • Tiradentes permalink
      17 Junho, 2019 07:29

      Quando se faz do conhecimento um acto de fé (acreditar) passamos da ciência para a religião. Os crentes não dão sequer conta disso.

      Liked by 1 person

      • Jornaleco permalink
        17 Junho, 2019 09:32

        E se ligasse o seu cérebro, só um pouquinho?

        Vamos lá recapitular mais uma vez a lição em ciência exacta. Sabe o que é isso?

        Antes disso um lição dura para si:
        O ateísmo não consegue provar o que diz. Falo claro? Ateísmo é fé pura, religião, para assim dizer. Lógico.

        A ideologia cristã ao contrário consegue provar o que diz. Mas existem dois caminhos para chegar lá. O curto, através da fé e o longo, através de muito saber. O longo caminho os asnos não gostam, porque dá muito trabalho. Falo claro?

        Outra vez a lógica.
        De que conhecimento fala você? O que é que você sabe? Nada, ou pouco. Você acredita quase tudo, o que os seus padres da igreja do ateísmo lhe apresentam, dia após dia, sem ligar os seus miolos.

        O problema do clima nada pode ter de ver com a fé cristã. Porquê? Hhm? É absolutamente lógico. Se não der com ela, nem conhecimento tem.

        Isto é tudo só um problema do ateísmo. Os asnos da falsa iluminação disseram no passado, que gajos como você, só podem usar os seus sentidos e o experimento para adquirir saber.

        Mas, você não o faz, querido. Também você usa truques, dos mais reles, que existem.

        Mostre-me um experimento, que possa demonstrar, que eu, um ser humano, tenho culpa, que o clima e essas outras cretinices, sejam afectados. Consegue?

        Não sabe pensar? Não existe nenhum experimento. Não existe. E é lógico.

        E usar o termo religão, é sinal de asno, de burro completo. Afinal, a liberdade de pensar, já não existe?

        O termo religão é dos ataques mais hipócritas, da igreja do macaco, que podem existir.

        Das duas uma. Ou existe a liberdade de pensar, de pensamento e é defendida a todo o custo. Se assim for, não existe religião nenhuma.

        E se a religão existir, não há liberdade nenhuma.

        Já reparou, porque é que os que fodem gatos de manhã à noite não falam mais sobre a maldade do ser humano?

        E querido, não existe prova nenhuma, que homem e mulher não foram feitas pelo deus cristão. O ateísmo é a religião mais estúpida de elas todas. É que não é só o mentir, é o não respeitar das próprias regras. Os ateus estabelecem regras, para as depois não respeitar.

        Conhecimento? Os ateus? Hahahahahahahhahahaa. Vá dormir, homem. Você nunca viu uma cona e um caralho ao vivo.

        Isto tudo só um problema do ateísmo. É um truque de definições, de palavras. O ateísmo é uma religão. Se assim definir, bate certo. Mas não é isso que intenta dizer. Não é?

        Gostar

      • Velho do Restelo permalink
        17 Junho, 2019 11:26

        Oh parvalhão, conseguiste largar aqui mais uma das tuas b0stas, só que desta vez esqueceste referir o velho do restelo ! Estás a falhar meu …
        Se queres ensinar alguém, primeiro vai aprender a escrever português !
        E cuidado com o cato seu papagaio sarnento …

        Gostar

  5. Oscar Maximo permalink
    17 Junho, 2019 07:20

    O parágrafo sobre o azeite ilustra a sobrepopulação, e quanto a reconhecê-la, aqui ou no PAN é tudo igual.

    Gostar

  6. Beirao permalink
    17 Junho, 2019 09:23

    Grande cambada de paneleiros e filhos da puta!
    E a tugalhada que, como se sabe, quer é uma coisinha… meter uma cunhazinha… e mais o raio que os parta, mansa, tudo engole, deixa-me ir na manada, não dá um pio.
    Ora porra, pá!

    Gostar

  7. 17 Junho, 2019 09:47

    Dona Helena, existe muita mais vida ara além de baterias de lítio, por exemplo baterias de caudal/flow batteries, e com sistemas de reciclagem em condições nem será preciso fazer tantas minas… informem-se por favor!

    Gostar

    • Tiradentes permalink
      18 Junho, 2019 11:18

      As melhores baterias que existem são de haxixe.Não poluem, são ecológicas-verdes, absorvem o bicho mau carbono e até são recreativas. Anda tudo muito desinformado e os que estão são tem muitos preconceitos

      Gostar

  8. Luis permalink
    17 Junho, 2019 10:21

    Estas polémicas de ocasião nem é o pior que o país tem em cima. O pior está a ser cozinhado com aumento do número dos FPs, que depois nunca poderão ser despedidos porque é inconstitucional, aumento dos salários, progressões nas carreiras, aumento das pensões, mais subsídios… basicamente o Estado está-se a comprometer com despesas que nos próximos dez anos não poderá pagar. No entanto vigora a mítica tese de que acabando com uma imaginada economia paralela o Estado terá superávite, muito difundida aliás pelo PCP, e por isso vemos todo o frenesim de legislação a dar mais e mais poderes ao Fisco, e de regulamentações que querem controlar todas as actividade económicas até ao mais ínfimo pormenor, ao ponto de tornar a sua existência inviável (a tese é que todo o negócio que não possa ser controlado a 100% não deve existir, é preferível não existir e o Estado receber 0 euros do que existir, o Estado receber impostos mas eles imaginarem que há alguma potencial fuga). O PS depende do funcionalismo e dos pensionistas do Estado para ter mais de 30% nas eleições e está a fazer pela vidinha Um funcionário público ou um pensionista, um voto na Esquerda. Além disso, segundo me disseram uns jotas do partido há uns anos, por lá acreditam piamente que o BCE nunca deixará nenhum país falir e que ainda há muita margem para subir impostos em Portugal. O país nunca irá sequer convergir com Espanha e em 10 anos, se o euro sobreviver ao problema da dívida italiana, até os gregos nos passarão a perna.

    Gostar

    • Andre Miguel permalink
      17 Junho, 2019 11:15

      Precisamente.
      Vamos dar o estouro novamente e, será pior que em 2011, pois temos uma divida maior, uma economia mais frágil, a banca presa por um fio, uma bolha imobiliária, um ambiente de negócios irrespirável com o fisco a disparar em todas as direcções, o esforço fiscal no limite com Laffer à espreita, uma credibilidade lá fora pelas ruas da amargura e com alguns dos maiores parceiros de negócios de tanga (Brasil, Angola, etc).

      Gostar

  9. hajapachorra permalink
    17 Junho, 2019 14:36

    Lamentável. Sou contra o pan, o bloco, o ps, o psd e a flausina que os pariu e contra a bosta do lítio e do olival super-intensivo. Não há contradição nenhuma.

    Gostar

  10. lucklucky permalink
    17 Junho, 2019 15:59

    Divirtam-se com os resultados do jornalismo Marxista:

    https://www.dailywire.com/news/48413/sopo-no-you-will-not-call-us-latinx-giancarlo-sopo

    Gostar

Indigne-se aqui.

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: