Saltar para o conteúdo

Tropeçar nos milhões

20 Agosto, 2019

Lê-se este artigo e fica-se espantado com a facilidade com que se desbaratam dinheiros dos contribuintes sem que ninguém solte um ai de escândalo. Ou se calhar, atendendo aos tempos de compadrios socialistas actuais, não será assim tão estranho.

  1. Há um projecto de parque eólico marítimo na zona de Viana do Castelo;
  2. Por causa da sua localização, 28 pescadores da zona terão a sua actividade económica prejudicada e receberão uma indemnização de 500 mil euros.
  3. Desse valor, 100 mil euros serão pagos pelo Consórcio Windplus, liderado pela EDP e os restantes 400 mil euros serão pagos pelos consumidores de electricidade no prazo de 25 anos.
  4. A tais valores soma-se o milhão de euros pago como compensação a 16 armadores;
  5. Durante os 25 anos do projecto, a electricidade produzida terá a garantia de ser paga a 100 euros por megawatt/hora. Recorde-se que o valor médio actual é de cerca de 50 euros/hora e naturalmente a tendência será de acelerada diminuição nos próximos anos.
  6. O projecto terá sido financiado com 30 milhões de euros «de Bruxelas», que é como quem diz, os contribuintes dos vários países europeus.
  7. O governo terá ainda garantido à empresa estatal chinesa REN outros 30 milhões de euros, provenientes de fundos comunitários, «para as obras do cabo».
  8. «A contrapartida nacional do parque eólico são 19 milhões de euros, que têm estado a ser pagos à Windplus pelo Fundo Ambiental».
  9. «Além disso, o Windfloat recebeu, na fase de testes (com um protótipo de 2 megawatts instalado na Póvoa de Varzim), um subsídio de três milhões de euros do Fundo de Apoio à Inovação».

Concluo que bons negócios neste país é entrar em projectos políticos empresariais (aqueles em cuja relação os factores  investimento/recursos próprios/potenciais proveitos e risco são inexistentes ou irrelevantes): decisões de investimento desfasadas dos mercados e puramente determinadas por motivações políticas visando retirar e desviar recursos públicos e rendimentos dos contribuintes, redistribuindo-os por determinados grupos afiliados politicamente ou meramente fruto de conexões pessoais.

Anúncios
17 comentários leave one →
  1. MJRB permalink
    20 Agosto, 2019 17:27

    De quando em quando ouço e leio opiniões que o sítio terá sofrer nova bancarrota provocada por estes “socialistas” para que a populaça-NADA abra os olhos, reaja e puna a banditagem nas eleições presidenciais, europeias e legislativas. Tenho opinião contra, por isto: parte considerável da população anti-P”S” e anti-muletas deste, sofreria com tal situação; a populaça é burra, inócua, contenta-se com migalhas, festança, e numa próxima oportunidade reelegeria o carrasco.
    No entanto e face ao que estes gajos e gajas têm feito e abusado do poder estatal, tendo a reconsiderar, mas com uma condição, que venha mais uma mas violentíssima bancarrota, maior do que as anteriores e que fique bem entendível por essa atávica, invertebrada populaça, quem a colocou a contar cêntimos para subviver nas primeiras quinzenas de cada mês.
    Ah !, e que para recuperar, normalizar o país, surjam meia dúzia de tipos honestos, competentes e com eles no sítio.

    Liked by 1 person

  2. MJRB permalink
    20 Agosto, 2019 17:44

    Hoje, o Sindicato dos Motoristas, desconfiado (com razão), acusa o governo de conluio com a ANTRAM, com o patronato estúpido. Mas o prepotente e atrevidote Pedro Nuno Santos avisou: “A telenovela já acabou !”
    Mais um sinal de tábua-rasa que estes “socialistas” da treta fazem da democracia, do direito à greve e do que farão após as Legislativas. Poder absoluto, mexicanização (como alertou o Poiares Maduro) a caminho, com o afecto do MCThomaz.
    Isto está a ficar perigoso, não largarão a manjedoura, o poder, também porque têm de salvar de vez “o menino de ouro do P’S'” (que lhes abriu o cofre e privadamente amam-no), mais os salgados, bataglias, santos silvas & associados.
    Porra, não surge entretanto um Ramalho Eanes, um Francisco Sá Carneiro ? Estamos destinados a mais Carlos Césares, Vieiras da Silvas, novos Sócrates, Antónios Costas & famiglias ?

    Liked by 1 person

    • MJRB permalink
      20 Agosto, 2019 17:50

      Atente-se na linguagem rasca, popularucha do PNSantos: “a telenovela

      Gostar

  3. José Ribeiro permalink
    20 Agosto, 2019 17:54

    Estamos a precisar, com extrema urgência!, de um Salazar.

    Liked by 1 person

    • Rogério Monteiro permalink
      20 Agosto, 2019 19:17

      Como está este país, um Salazar não chega, terão que ser meia dúzia deles para limpar toda a porcaria que a esquerda anda a fazer e …… a eles.

      Liked by 1 person

    • André Miguel permalink
      20 Agosto, 2019 20:22

      LOL
      Isto vai venezuelar, o português protesta emigrando. Os inconformados, empreendedores e capazes fazem as malas. Ficam os idosos, oportunistas e os menos capacitados. Esperem pela bomba demográfica e o estouro da dívida…

      Liked by 3 people

    • 21 Agosto, 2019 01:14

      “Isto vai venezuelar, o português protesta emigrando.”

      Como os que emigraram para a venezuela e agora querem voltar mesmo de mãos vazias ?
      Vamos ver por quanto tempo te vais manter fora… Se é que pensas que a bomba demográfica e o estouro da divida só vai acontecer aqui.

      Liked by 1 person

      • Zé Manel Tonto permalink
        21 Agosto, 2019 06:18

        Os que voltam da Venezuela, estão a voltar por causa do socialismo.

        Os que estão a sair de Portugal actualmente estão a sair por causa do socialismo.

        Consegue perceber o padrão?

        Liked by 1 person

      • 21 Agosto, 2019 12:37

        Eu percebi a sua incapacidade para detectar a contradição dos seus dois primeiros parágrafos. Agora percebo a razão da referência ao seu último nome…

        Gostar

      • Andre Miguel permalink
        21 Agosto, 2019 15:42

        Mg, não há contradição alguma. Há sempre quem abandone o barco antes dele afundar totalmente. Os que voltam da Venezuela fazem-no porque aqui ainda há pão, papel higiénico e aspirina; os que saem no entanto já antecipam a tragédia. É só uma questão de tempo.

        Gostar

      • Zé Manel Tonto permalink
        21 Agosto, 2019 17:46

        Eu explico-lhe.

        Na Venezuela, entre lhes roubarem tudo e passarem fome, preferem o socialismo português que ainda só rouba 50% e não os mata.

        Em Portugal, quem pode e tem capacidade, foge do socilaismo português, porque ser pobre e ainda pagar 50% ao Estado, não é muito divertido.

        Como disse o André Miguel, é tudo uma questão de tempo.

        Liked by 1 person

  4. André Miguel permalink
    20 Agosto, 2019 20:06

    Falando em milhões (que isto está tudo ligado) leiam isto sff. É leitura obrigatória.

    https://www.libremercado.com/2019-08-20/greta-thunberg-es-una-tapadera-que-oculta-un-suculento-negocio-a-cuenta-del-cambio-climatico-1276643504/

    O que têm a dizem agora os pascácios que defendem a menina?!

    Gostar

    • Os corruptos que se cuidem permalink
      20 Agosto, 2019 23:19

      Também já tinha visto. Mas acha que vale a pena mostrar seja o que for aos “convertidos” à nova religião? A sério que nunca pensei que isto fosse possível numa era de conhecimento e de informação.

      Gostar

  5. mariojgcfernandes permalink
    21 Agosto, 2019 04:34

    Exmos. Srs. administradores do Blasfémias.

    Não tendo paciência e, reconheço, a verve de muitos comentadores do Blas, tenho vontade de descarregar impropérios na maioria dos excelentes posts que aqui leio diariamente.

    Nesta conformidade, agradeço que me informem qual o tipo de vernáculo que posso utilizar e, utilizando vocábulos não permitidos, qual a respectiva multa e possibilidade de pagar o slado ao fim do mês.

    Cumprimentos,

    Mário J G C Fernandes

    Gostar

    • Tiro ao Alvo permalink
      22 Agosto, 2019 11:48

      Não sendo dono do Blogue, respondo-lhe: vá passear e deixe de ler o Blas.

      Gostar

  6. Velho do Restelo permalink
    21 Agosto, 2019 12:27

    Assim já percebo a necessidade de derrubar o prédio Coutinho! Por ser muito alto, perturbava a circulação do vento, reduzindo o rendimento dos geradores eólicos !
    Assim a VianaPolis só tem que apresentar a factura à EDP 🙂

    Gostar

  7. Vitor permalink
    21 Agosto, 2019 18:39

    e o aeroporto de Beja ter as taxas aeroportuarias mais elevadas do país mas a Ryanair estar há 9 anos isenta de taxas em Faro? Parece-me algo semelhante para justificar mais um investimento desnecessário…
    Certamente o Montijo também dará azo a multiplas indemnizações, vindas de fundos de Bruxelas, participações nacionais etc etc…

    Gostar

Indigne-se aqui.

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: