Saltar para o conteúdo

O KGB do género

21 Agosto, 2019

Como a Laurinda Alves alertou o Despacho n.º 7247/2019 tem disposições muito mais perversas que a questão das crianças a escolherem as casas de banho de acordo com o seu “género”.

O que o  Artigo 4.º intitulado “Mecanismos de deteção e intervenção” prevê é algo de tenebroso, característico de um Estado totalitário. Leia-se bem o que lá está escrito:

1 – As escolas devem definir canais de comunicação e deteção, identificando o responsável ou responsáveis na escola a quem pode ser comunicada a situação de crianças e jovens que manifestem uma identidade ou expressão de género que não corresponde à identidade de género à nascença.

2 – A escola, após ter conhecimento da situação prevista no número anterior ou quando a observe em ambiente escolar, deve, em articulação com os pais, encarregados de educação ou com os representantes legais, promover a avaliação da situação, com o objetivo de reunir toda a informação e identificar necessidades organizativas e formas possíveis de atuação, a fim de garantir o bem-estar e o desenvolvimento saudável da criança ou jovem.

Ou seja alguém resolve comunicar a um funcionário da escola que uma crianças manifesta uma identidade ou expressão de género que não corresponde à identidade de género à nascença e aí começa uma coisa  kafkiana com a família a ser convocada para o respectivo processo monitorizado pelos activistas do género.

Depois dos filhos dos burgueses e dos degenerados que tinham de ser retirados aos pais para serem reeducados saudavel e patrioticamente, agora são os filhos dos homens e das mulheres que têm de ser reeducados na ideologia do género

Anúncios
6 comentários leave one →
  1. Daniel Ferreira permalink
    21 Agosto, 2019 11:09

    É preciso ser um doente incurável para legislar que não só uma CRIANÇA sabe para que serve o seu “sexo” como sabe que não quer “aquele”.

    E ainda dizer “crescimento saudável” no mesmo texto.

    CAMBADA DE PEDÓFILOS

    Liked by 3 people

  2. Ricardo Silva permalink
    21 Agosto, 2019 14:45

    É precisamente esse Artigo 4º que me tira completamente do sério. Andam sempre com igualdade na boca, fazem escabeche com os brinquedos diferenciados, e afinal há comportamentos que não encaixam no “genero de nascença”? PQP!

    Liked by 4 people

  3. lucklucky permalink
    21 Agosto, 2019 15:29

    Muitos empregos para mais burocracia.

    Serem sociais ou seja produzirem alguma coisa que os outros queiram é que não.

    Liked by 1 person

  4. Expatriado permalink
    21 Agosto, 2019 17:22

    É os pais não dizem BASTA a essa ideologia porquê?

    Liked by 1 person

  5. 22 Agosto, 2019 01:07

    Temos que dizer todos: Basta, Chega, PNR, Revolta Nacional! … e já!!!

    Liked by 1 person

  6. Arlindo da Costa permalink
    24 Agosto, 2019 01:29

    KGB? Ou o FBI? Os russos não querem saber dessas paneleirices! Isso é mais coisa dos americanos!

    Gostar

Indigne-se aqui.

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: