Saltar para o conteúdo

Acham que o Bolsonaro vai fazer isto com as zonas da Amazónia afectadas pelos incêndios que não votaram nele?

24 Agosto, 2019

À atenção do ministro que do Ambiente: Após o incêndio de 2017, o município de Mação foi excluído do acesso ao Fundo da União Europeia que deveria financiar a 100% os prejuízos daquela catástrofe. Porquê? Consegue explicar porquê?
Em 2019 depois da vergonha que foi a actuação do poder central durante o combate ao incêndio em 2017, depois ainda do escândalo da exclusão do municipio de Mação do o acesso ao Fundo da União Europeia (em que o governo foi derrotado em tribunal), o primeiro-ministro sacudiu a aǵua do capote declarando que os autarcas  são os “primeiros responsáveis pela proteção civil em cada concelho” e o ministro  Eduardo Cabrita, foi à RTP, repetir e agravar as acusações, passando ao ataque pessoal ao presidente da câmara de Mação, Vasco Estrela acusando-o de não ter accionado de imediato o Plano Municipal de Emergência, sendo que o plano  estava desde Março para apreciação pelo poder central, e a notícia da sua aprovação só chegou via SMS ao telemóvel de Vasco Estrela já o fogo estava em fase de rescaldo.

Entretanto dias depois soube-se que o Governo vai recorrer da condenação por discriminar Mação na atribuição do Fundo de Solidariedade da União Europeia. Note-se que na sequência da sentença do Tribunal Administrativo e Fiscal de Leiria o Governo cumprindo o determinado pela sentença, procedeu à abertura de um concurso para os Municípios que tinham sido excluídos.  A 2 de Agostou veio o resultado do concurso: a candidatura de Mação foi aprovada.

Mas dias depois chegava a vingança rasteirinha: sabe-se que o Governo tinha recorrido da decisão do Tribunal de Leiria e portanto mandava para o lixo o concurso que ele mesmo Governo criara.

Anúncios
7 comentários leave one →
  1. joaquim permalink
    24 Agosto, 2019 17:17

    Mal alguém tem dúvidas que para a esquerda a democracia é apenas um instrumento para alcançar o poder ? uma vez ai chegados, tudo serve para enganar, coagir, limitar e provocar dor ao adversário, sejam os camionistas, os sindicalistas não afetos `CGTP, a ordem enfermeiros, os municípios de outras cores, a procuradora geral da republica e os juízes isentos ( a selecção informática escolhe os juízes amigos ) etc.

    Liked by 2 people

  2. Manuel Assis Teixeira permalink
    24 Agosto, 2019 18:45

    Este país está desgraçado com este governo ( e o proximo que aí vem) está desgraçado com esta maltosa do PS / Bloco/ PC que dominam a administração pública e a comunicação e está desgraçado porque esta maltosa não tem oposição. A direita não existe! Mete dó a oposição que é feita! Com o provinciano do Rio ou a Cristas a pedir opiniões sobre cortes de cabelo! Mete dó. Vamos ter que suportar mais 4 anos do sonso do Costa, do aprendiz de Pina Manique Cabrita e de toda a camarilha!

    Liked by 2 people

  3. 24 Agosto, 2019 19:15

    Só há uma solução: Revolução de Direita!!!

    Liked by 2 people

  4. FGCosta permalink
    24 Agosto, 2019 19:44

    No comments 3:

    Area Portugal : 92.000 km2
    Area Amazónia : 5.500.000 km2 (59 x Portugal)
    Area Brasil: 8.516.000 km2 (92 x Portugal)
    Area ardida Amazonia 2019: 2.254km2 (Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais do Brasil -Inpe)
    Area ardida Portugal 2017: 5.400km2 (se igual % por Km2 fosse na Amazonia: 318.600km2)
    Area media anual ardida em Portugal desde 2007: 900km2 (se igual % por km2 na Amazonia: 53.100km2)
    Percentagem area ardida Amazónia 2019: 0,04%
    Percentagem area ardida Portugal, media desde 2007: 0,97% por ano
    Percentagem area ardida Portugal, em 2017: 5,8%
    Numero de fogos Portugal 2018: 9.800 (se fosse a mesma percentagem por km2 do Brasil em 2019: 750)
    Numero de fogos Portugal 2017: 21.000 (se fosse mesma percentagem por km2 do Brasil em 2019: 750)
    Numero de fogos Brasil 2019:70.000 (Inpe) (se fosse mesma percentagem por km2 de Portugal 2017:1.940.000, se de Portugal 2018: 905.400)
    Numero de fogos Amazônia 2019: 36.500 (52% do total de 70.000, segundo Inpe).
    Toneladas CO2 libertadas normalmente/ano Amazonas: 500 a 600 t
    Toneladas CO2 libertadas este ano (Vice, Mark Parrington): 200 t
    Anos com mais emissões CO2 do que 2019 por fogos na Amazonas: 2003, 4, 5, 7, 10

    Liked by 2 people

  5. Leunam permalink
    24 Agosto, 2019 20:23

    Eles, o que estão a fazer é atirar-nos cinza para os olhos.

    Desgraçadamente, há muitos anos!

    Liked by 1 person

  6. A. R permalink
    24 Agosto, 2019 23:14

    Agora sim… é verdade: Portugal enfrenta pela primeira vez o fascismo.

    Liked by 1 person

Indigne-se aqui.

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: