Saltar para o conteúdo

Notícias do estado de emergência

26 Abril, 2020

Isabel Jonet, do Banco Alimentar Contra a Fome:

“Estou há muitos anos no Banco Alimentar e nunca vi nada com esta brutalidade”.

“Estamos a falar de profissões normais, como fisioterapeutas, instrutores do ginásio, condutores de Tuk-tuk, feirantes, funcionários de manicure, cabeleireiros e empregados de café. São profissões normais que, neste momento, não têm capacidade de poder continuar, o que fez com que estas pessoas não tenham salário ou remuneração.”

“Começa a haver situações de fome. Há muitos anos que isto não acontecia: temos tido pessoas a ir diretamente ao armazém do Banco Alimentar a pedir ajuda desesperada.”

“Enquanto não reabrirem as creches, os infantários e as escolas, estas pessoas não têm possibilidades de voltar ao trabalho e estão bloqueadas, continuarão sem remuneração”.

Com som, aqui.

21 comentários leave one →
  1. Weltenbummler permalink
    26 Abril, 2020 19:19

    kosta fechou o rectângulo sem critério e agora não o consegue reabrir
    ficou com muitos mortos-vivos às kostas

    Liked by 1 person

    • LTR permalink
      26 Abril, 2020 20:25

      As limitações da criatura nas coisas para além do primitivo entram pelos olhos adentro, e não é de agora. No que ele é bom é nas manhas, nas meias verdades e na falta de vergonha. Tem um povo para isso.

      Liked by 1 person

    • pitinho permalink
      28 Abril, 2020 11:45

      Nada interessa senão, talvez, explicar para que bolso foi o milhão de USD pago à cabeça por 500 ventiladores que nunca chegaram.

      Gostar

  2. SG Filtro permalink
    26 Abril, 2020 20:14

    ” A DGS (Direcção Geral de Sei-lá-o-quê-ou-como) aconselhou,

    COVID-19: Manual de Instruções:

    1 Não podes sair de casa mas, se for preciso, podes.

    2 As máscaras não servem para nada, mas até servem; se puderes usa-as. Mas se calhar não é preciso porque só servem se estiveres contagiado. Mas podes estar contagiado e não o saber. É melhor usar. Não tens? então não uses.

    3 As lojas estão fechadas, excepto as que estão abertas.

    4 Não se deve ir aos hospitais, a não ser que precises de ir; só se deve ir em caso de urgência; e quando é que é urgência? Quando achas que vais morrer; se não, fica em casa.

    5 As luvas não ajudam mas, podem ajudar.

    6 Não vai faltar comida nos supermercados mas, se fores ao fim do dia já faltará muita coisa; mas não deves ir de manhã. Vai ao fim do dia e se faltar alguma coisa voltas no dia seguinte. Mas não, o melhor é não sair de casa.

    7 Depois de ir ao supermercado, deixa os sapatos à porta e lava a roupa a 60.º C; se a lavares a uma temperatura inferior, o vírus não morre. A roupa, meia hora dentro de uma máquina com detergente e a 40.º C, é irrelevante, o vírus não morre. Mas se tiveres o vírus nas mãos, basta lavá-las durante dois minutos e o vírus fica morto.

    8 Os animais não ficam contagiados mas, em Fevereiro, um gato deu positivo na Bélgica. Quando ainda não se faziam testes a ninguém, resolveram fazer a este gato, pronto, porque ele era muito querido. Os animais não têm o vírus, estão saudáveis; embora o vírus tenha sido transmitido por um morcego, ou um pangolim, isso agora já não interessa nada; foi de certeza um unicórnio.

    9 Se estiveres doente terás muitos sintomas: febre muito alta, perda do olfacto e do paladar, falta de ar, dispneia. Mas também podes ficar doente e não ter nenhum sintoma, ou podes ter os sintomas e não estar doente, pode ser alergia da primavera.

    10 Para não ficar doente tens que comer bem e fazer ginástica. É melhor comeres o que tiveres à mão porque não deves sair de casa. E em casa podes fazer ginástica, há muitos vídeos no Youtube. Toda a gente faz ginástica em casa. Yoga, Yoga, faz muito Yoga.

    11 Evitar o contacto com as pessoas mais velhas mas, tens que os contactar para lhes levar medicamentos e alimentos.

    12 Não podes ver a tua mãe nem a tua avó mas, podes apanhar um táxi e conhecer um taxista já de idade, ou então ir dar dois dedos de conversa à farmacêutica, uma velhinha tão simpática.

    13 Não há nenhum tratamento mas, talvez haja um que, aparentemente não é perigoso e funciona, mas realmente não funciona, ou talvez sim, só deu bons resultados em alguns doentes, noutros não. Então, temos tratamento mas não temos.

    14 Devemos ficar confinados até que o vírus desapareça mas, só desaparecerá se chegarmos a uma imunidade colectiva e por isso, tem que circular, e para que circule, temos que deixar de estar confinados.

    15 Não se preocupem que temos tudo controlado e temos a certeza de tudo. E o Marcelo está bem de saúde. “

    Liked by 4 people

    • lucklucky permalink
      26 Abril, 2020 21:25

      Excelente,

      O vírus é perigoso mas o metropolitano e os transportes públicos continuam a funcionar.

      Entretanto a Assembleia reúne-se à revelia de todas as regras que a Assembleia impõe ao povo para festejar o acontecimento que despoletou a matança de mais de 1 milhão de pessoas.

      SG filtro… bem a propósito em França descobre-se que os fumadores são menos afectados pelo vírus.

      Liked by 4 people

      • Weltenbummler permalink
        26 Abril, 2020 22:32

        e o tinto alentejano é melhor que o verde
        desinfecta melhor

        Gostar

    • Andre Miguel permalink
      26 Abril, 2020 23:34

      Excelente!!! Sem tirar nem pôr!

      Entretanto continuem a apreciar a prisão domiciliária.

      Liked by 1 person

  3. Zé Manel Tonto permalink
    26 Abril, 2020 20:40

    Nada como esta palhaçada do covidas para ficar à vista de todos o que muitos já sabiam: a escola não srve para ensinar. Serve para repositório de crianças enquanto os pais trabalham.

    Daqui para a frente, mais valia terem uma tv com desenhos animados para os mais pequenos, uma bola no recreio para os rapazes mais velhos, e outra coisa qualquer que as raparigas mais velhas gostem (não sei o que gostam, não lhes prestava muita atenção até à adolescência, mas hão de se entreter com qualquer coisa).

    Poupa-se uns trocos no orçamento, e cumpre a função.

    Liked by 1 person

  4. lucklucky permalink
    26 Abril, 2020 21:22

    O desastre do Ocidente dominado pela cultura Marxista dos seus jornalistas.

    Liked by 4 people

  5. sam permalink
    26 Abril, 2020 21:38

    Vamos chamar os bois pelos nomes?

    Vamos denunciar a inconsciência, a incompetência, a falta de hombridade da grande maioria daqueles que não conseguem suportar mês e meio de ausência de receita?
    Vamos apontar a estupidez, a pouca-vergonha daqueles que estiveram precisamente na mesma situação há doze-dez anos e nada aprenderam, nenhuma lição guardaram, e nenhuma correcção fizeram ao esu estilo de vida?
    Vamos reconhecer a lata e a sacanice daqueles que vivem apoucando gente como Isabel Jonet e o seu meritório trabalho, e são os primeiros a aparecerem na fila com exigências e reivindicações de assistência, arrogando-se o direito a usufruir da generosidade e da caridade dos outros?
    Vamos querer ver os exangues pela maior carga fiscal de sempre nos últimos anos mas fielmente crédulos na previdência do Estado socialista, não cessando de grandolar que a austeridade é um mito?

    Há gente que merecia morrer de fome. Merecia mesmo.

    Liked by 4 people

    • Cristóvão permalink
      27 Abril, 2020 16:42

      Exactamente. Nem com as parvoíces estatais dos “subsídios” de Natal, férias, 13º mês ou o que lhe quiserem chamar, obrigatórias por lei, o tuga tem aversão à poupança. Não é não saber poupar, é não querer poupar. Antigamente, famílias numerosas, pobres e humildes tinham o bom senso de poupar. Abdicavam de muito para o fazer, mas tinham o bom senso para tal. E foi assim que vingaram. Hoje em dia, com muito mais bonança e um leque muito maior de opções para o fazer, as pessoas recusam-se a tal.

      E isto não é para desculpar a imbecilidade de fechar o país à força, colocando em risco milhares de empresas, postos de trabalho e famílias.

      Gostar

  6. A. R permalink
    26 Abril, 2020 22:13

    Mais vale uma Isabel Jonet que todas esganiçadas do BE juntas.

    Liked by 3 people

  7. Rão Arques permalink
    27 Abril, 2020 06:46

    Isto para o dotor costa é uma brincadeira, qual austeridade qual caralho !?

    Gostar

  8. Luís Lavoura permalink
    27 Abril, 2020 10:09

    Convém lembrar que a Iniciativa Liberal foi a única que votou contra esta brutalidade.

    Gostar

    • 27 Abril, 2020 10:11

      ahahaha Essa agora tem piada. Portanto, votaram contra e agora este da IL usa aquilo que negaram como demagogia para outra coisa…
      Ok.
      Neotontice é esquerdista, duas faces da mesma moeda.

      Gostar

  9. Leunam permalink
    27 Abril, 2020 11:58

    https://www.rtp.pt/noticias/pais/covid-19-forcas-armadas-distribuem-cerca-1500-refeicoes-por-dia-afirma-ministro-da-defesa_a1223770

    Mas tem-se dito e redito por todo o lado, sobretudo nas escolas oficiais que no tempo do Estado Novo é que havia muita fome e miséria.
    Agora em plena democracia, com a bonita idade de QUARENTA E SEIS (46) primaveras , só o Banco Alimentar Contra a FOME tem VINTE (20) delegações espalhadas por Portugal!
    Perguntem a Dª Isabel Jonet se agora não há fome e miséria e da pior (a encoberta).

    Gostar

    • A.R permalink
      27 Abril, 2020 13:46

      O Partido Socialista, pela mão de Mário Soraes, fechou a sopa dos pobres que o Estado Novo tinha. Eles agora repetem mas com muita propaganda. Onde há socialistas a pobreza é de fome.

      Liked by 1 person

  10. beirão permalink
    27 Abril, 2020 12:06

    Ontem, um parvalhão na SIC do regime, com arzinho sarcástico, tentava ridicularizar Trump sobre o episódio de injectar lixívia para eliminar o coronavirus; e, logo de seguida, com ar sério, o parvalhão dizia, reverencioso, que reinava certa apreensão por o líder (o Grande Líder) da Coreia do Norte há algum tempo não ser visto em público.

    É isto: para os parvalhões da SIC, Trump, a figura que preside ao país mais poderoso do mundo, eleito democraticamente, é achincalhado a toda a hora por jornalistas imbecis, já o traste de um desprezível, horroroso e perigosíssimo ditador, o Kim, da Coreia do Norte, que chega ao ponto de impor modelos de corte de cabelo aos seus escravizados concidadãos, é reverenciado e tratado de “lider”…

    Para estes parvalhões manhosos do regime, parece que cá no sítio, com os geringonços no poder, tudo é um mar de rosas… Grossa mentira!

    Há fome, muita fome em Portugal. Ouçam o Bispo de Setúbal. Ouçam Isabel Jonet.

    São aos milhares as pessoas com fome que diariamente se dirigem à porta das instituições de solidariedade a pedir comida e dinheiro para a água e para luz.

    Cada dia, mais novos milhares de pobres.

    A verdade é escondida. A comunicação social, como a SIC, A RTP, Expresso, Público, DN, JN e outros órgãos de comunicação, enfeudados ao poder socialista, são meros porta-vozes do governo, sacudindo a VERDADE do País para debaixo do tapete.

    Vergonha!

    Liked by 1 person

    • A. R permalink
      27 Abril, 2020 13:49

      Tão burros, mas tão burros que nem sabem o que Trump dizia. As noticias passam sempre. “Agora vamos aos EU onde Trump …”. “O Brasil de Bolsonaro …caos…” e colocam ares sérios de que estão a fazer jornalismo. Uma serapilheira molhada nas trompas

      Liked by 1 person

    • Jornaleca permalink
      27 Abril, 2020 17:08

      Estejam completamente descansados, à vontade. Trump não fez nenhum erro e tudo o que ele disse é correcto e continua correcto.

      O que o fascista e parvalhão que foi a SIC fez, como os outros arrogantes também, é não escutar bem o que Trump disse e mal interpretar, mentir. É típico de asnos e burros e malvados.

      Auto-golos a eito para a esquerda.

      Novo caso: uma advogada socialista nos EUA, conseguiu curar o Covid-19, segundo o conselho de Donald Trump e veio a público agradecer, eu repito: AGRADECER a Trump, e os parvalhões do partido socialista norte-americano (Democrats), profundamente chocados, querem agora expulsar a mesma do partido.

      Na verdade, os socialistas norte-americanos preferiam que ela morresse e tivesse assim calada.

      O povo não vai esquecer, até as eleições em Novembro.

      Gostar

  11. Expatriado permalink
    27 Abril, 2020 12:07

    “Não vai haver austeridade”, diz o gajo, certamente a dirigir-se aos funcionários públicos. É não é só ele. Os outros, os que querem toda a gente a depender de um emprego no Estado, estão na mesma onda onde quem não depende do Estado para o ganha pão mensal não conta.
    Esta realidade está a passar muito ao lado das “noticias” oficiais. Mas ainda bem que ainda há quem fale nas desgraças.

    https://observador.pt/programas/contra-corrente/desta-vez-a-fome-chegou-antes-da-dita-austeridade/

    Liked by 1 person

Indigne-se aqui.

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: