Saltar para o conteúdo

A experiência impactante da arquitectura comunista

1 Junho, 2020

A arquitectura comunista tem uma estética própria. Observá-la é uma experiência integral. Ao contrário do que acontece nas obras do imaginário capitalista, concebidas para satisfazer as exigẽncias de uma clientela, aqui tudo faz sentido, os materiais cumprem o seu papel numa articulação perfeita entre o espaço e a função. Não há cedências.

img_0912_770x433_acf_cropped

Bairro da Jamaica, Seixal.

26 comentários leave one →
  1. Luis permalink
    1 Junho, 2020 09:36

    A minha mãe um dia pediu um aumento de alguns metros quadrados da cozinha e a autarquia não autorizou. E tal não aconteceu numa zona histórica ou protegida. Experimentem nos dias que correm construir um muro ou pavimentar um caminho privado sem pedir licença. Mal o vizinho faça queixa levam com uma multa de muitos milhares de euros. Mas nestes bairros tudo é possível.

    Liked by 2 people

    • 1 Junho, 2020 13:31

      Pergunte à dona Helena e ao partidos “liberais” , ou ao Passos coelho por quem batem no peito, se já alguma vez se preocupou com isso e fizeram questão de abolir esse tipo de corrupção burocratica tornando-as numa agenda e bandeira politica para facilitar a vida às pessoas, e liberta-las da corrupção burocrática ? Eu nunca vi nenhum topico relativamente a esse tema por aqui. Agora agenda politica e miltancia para servir aos lobbies rentistas de provavelmente fazem parte é ao pontapé.

      Gostar

    • lucklucky permalink
      1 Junho, 2020 16:45

      É a Constituição do 25 de Abril onde todos são iguais, mas uns são mais iguais que outros Luís.

      Liked by 3 people

      • Jornaleca permalink
        1 Junho, 2020 18:27

        Correcto!!

        Pode ser muito bem estudado aqui:
        George Orwell: Animal Farm

        Gostar

  2. 1 Junho, 2020 09:53

    Mas é uma arquitectura taaaaaão bonita…

    Gostar

  3. Weltenbummler permalink
    1 Junho, 2020 10:21

    modelo europeu da palhota

    Liked by 4 people

  4. 1 Junho, 2020 13:43

    Que pobreza de retórica, ao nivel do pcp . É preciso andar ou muito alheia em relação ao mundo, ou numa fase de embirração e má fé, ou ambas as coisas.

    Gostar

  5. Desalinhado permalink
    1 Junho, 2020 15:39

    Será que da água e da luz de borla, ainda lhes vão dar um novo bairro?

    Liked by 1 person

  6. José Monteiro permalink
    1 Junho, 2020 15:59

    Quantos ‘autarcas’ de sucesso por ali não passaram?
    Quantos ministros da tutela, por ali não recolheram palmas?
    Quantos Premier, os PM do Reino, ali não se fizeram ao voto?
    De Don Mário ao Dr Costa, os promotores do Regime & Bancarrota, SA.

    Liked by 1 person

    • Jornaleca permalink
      1 Junho, 2020 18:33

      Teja calado, por favor. Não o diga muito alto. Senão ainda passam por lá, como os hipócritas, e prometem ao pessoal um palácio de Belém, pago com o nosso dinheiro.

      Quem vive no Seixal, ali, merece lá viver. E aqueles que o não merecem, encontram um lugar melhor e digno.

      Agora, aqueles que apoiarem o 25 de Abril desejo ainda pior. Poucos percebem a maldade dessa gente.

      E já sabe. Se os hipócritas receberem de nós um palácio à de Belém, eles dão cabo dele, o mais rápido possível, e ficamos na mesma, só com muito menos dinheiro.

      O problema não é a falta de dinheiro. O problema é o carácter do pessoal lá e a maldade desse pessoal.

      Aos meus pais, ninguém ajudou. Nem um tostão.
      E eles provaram, que o 25 de Abril é uma grande burla, vigarice.

      Gostar

  7. Expatriado permalink
    1 Junho, 2020 16:45

    Não notam que aquilo é construção ecológica? Só usaram o mínimo necessário de materiais (cimento) cuja produção é altamente poluente. E depois temos o visual estético da terracota, esta já usada desde tempos imemoriais.
    Vá, não sejam ingratos e voltem à vivência natural com a mãe Natureza. Sigam os exemplos dos engenheiros que vão aportando por cá. Eles vêm para vos ensinar. Ou não será?

    Liked by 2 people

    • 1 Junho, 2020 17:30

      Ontem vi um desses engenheiros já em terras provincianas. Ele vinha à frente vestido com trage tipico tradicional , e elas atrás cobertas com lenço na cabeça. Você sabe quem é que andou a mandar bombas na terra deles, para eles de lá sairem e abrirem espaço para a ocupação e espansão territorial para os seus “vizinhos Ciganos” que acham que têm direito ancestral divino à terra? E quem é que abriu as portas para a europa ? Deixe-me dar-lhe uma dica, não foi o Jerónimo .

      Gostar

      • Jornaleca permalink
        1 Junho, 2020 19:11

        Foi também o seu porco Jerónimo, claro que ele concorda, sua besta.

        Anda aqui a cometer dois crimes. Apoiando a imigração ilegal e depois negar o mesmo, para não pagar a factura, de um dia levar nos cornos, porque esta traição à pátria vai terminar muito mal para o Jerónimo e Lda.

        Gostar

  8. 1 Junho, 2020 17:49

    Estes casos são apenas um estendal de favelas europeias.
    Não tem a ver com raça, credo ou etnia, apenas com os consistentes maus resultados do Marxismo falhado e/ou do Capitalismo Kitch “Bruxeleano”.

    Liked by 3 people

    • JPT permalink
      2 Junho, 2020 12:01

      Claro, até porque o que não faltava, até vir o dinheirinho da Europa eram bairro daqueles bem dentro do concelho de Lisboa (já nem falo à volta), e 100% habitados por brancos.

      Gostar

  9. chipamanine permalink
    1 Junho, 2020 18:26

    3/4 de Havana é pior que este bairro até porque não tem bares lá em baixo onde se pode espraiar a alma

    Liked by 1 person

    • Jornaleca permalink
      1 Junho, 2020 18:52

      Hahahahahhahahahahaha.

      Boa!!

      Os revolucionários prometeram que todos poderiam mandar, burro e não-burro, e depois a armadilha disse: pimba, toma lá. Só o burro é que manda agora e manda sem piedade.

      Hahahahhahahahahahahah.

      Liked by 1 person

  10. João Brandão permalink
    1 Junho, 2020 20:11

    Este é elemento perfeito para a instalação de comunistas, a degradação e a miséria.

    Assim mantêm as condições dos habitantes, contando-lhes a historieta da culpa dos capitalistas, enquanto tudo continua no marasmo miserável e na ignorância do que os rodeia.

    É só ver o estado em que deixaram a Albânia quando foram corridos, a Alemanha de Leste dos trabants ou a própria Rússia em 1989, entre outros.

    Sociedade desenvolvida não quer comunistas no seu seio. Só provocam agitação e miséria.

    Liked by 1 person

  11. Filipe Bastos permalink
    1 Junho, 2020 20:16

    Arquitectura comunista? Porquê comunista?

    Acredita a D. Helena que toda a indigência é comunista? Que só no comunismo há pobres e miséria, favelas e barracas? Então conhece pouco mundo.

    Ou para si e para os seus fãs comunista é apenas um sinónimo de “mau”?
    — Gostou do bife?
    — Nem por isso, achei-o comunista.
    — Ouviste a previsão do tempo?
    — Hoje dão sol, mas amanhã prevêem comunismo.

    Olhe, parece que o terreno do Bairro da Jamaica pertence a uma tal Urbangol, “sociedade sediada num paraíso fiscal com dívidas ao fisco”… soa bastante a capitalismo.

    Gostar

    • 1 Junho, 2020 20:50

      Se o terreno é de uma empresa privada é ir-lhes onde dói mais, ao bolso (paraíso fiscal), e sacar tudo o que têm ganho com esta especulação imobiliária que têm feito no bairro da Jamaica: rendas altíssimas, ainda por cima (cheira-me) não declaradas ao fisco. Isto para não falar no petróleo que sacam do seu subsolo e o Estado não xuxa um cêntimo.

      Gostar

  12. Artista português permalink
    1 Junho, 2020 22:30

    Tem graça, D. Helena. Este bairro tem mais de 40 anos e vê-se que a Câmara tem ali feito inúmeros melhoramentos. Também um Senhor que vive em Belém foi lá uma vez mas só para tirar uma selfie. Eu vi disto em Luanda quando por lá andei a seguir à independência.
    Entre uma e outra situação havia no entanto uma grande diferença: os prédios em Luanda estavam assim por degradação, puseram lá a viver pessoas que até aproveitaram os tacos do chão para fazer fogueiras; tinham um porco na varanda e fizeram uma horta na banheira, com isso destruindo os esgotos. Estes prédios do bairro da Jamaica já foram construídos assim; não chegaram a degradar-se. Entre as situações de cá e de lá há por outro lado um ponto em comum: uma e outra são obra do PC e da sua estratégia. Não sabem fazer melhor.

    Gostar

  13. Expatriado permalink
    1 Junho, 2020 22:51

    Fecharam os bares do Jamaica? Vão aparecer os antifa cá do burgo…

    https://observador.pt/programas/ideias-feitas/os-facistas-do-antifa/

    Gostar

  14. 2 Junho, 2020 00:21

    Para mim aqueles prédios são o espelho acabado da iniciativa privada, sem a regulação nem o apoio estatal. Puro e duro…

    Gostar

    • chipamanine permalink
      2 Junho, 2020 07:47

      Se fosse fosse a Havana veria que a iniciativa privada espelhada em 90% da cidade. Pura e dura

      Gostar

Indigne-se aqui.

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: