Saltar para o conteúdo

Trespasse de culpas

2 Novembro, 2020

Diogo Prates , médico: «Defendi o primeiro confinamento porque, talvez ingenuamente, acreditei que o governo merecia o benefício da dúvida, que aproveitaria aquele tempo para organizar uma resposta capaz à pandemia, uma resposta que passaria por equilibrar o apoio prestado a doentes covid e não covid, e que um plano desta envergadura precisaria de tempo para ser organizado, de forma a dar resposta a uma possível segunda vaga. Sejamos honestos, qualquer governo precisaria de tempo para estar preparado para o inverno que vamos viver. (…) O governo perdeu tempo, não a fazer aquilo que lhe competia, organizar os serviços de saúde, mas a atirar culpas para os outros, jovens, serviços privados de saúde e oposição. Por tudo isto, não há desculpa, não há desculpa que não se tenha aproveitado o anterior confinamento, que tanto sofrimento causou, nomeadamente em destruição de pequenos negócios, desemprego, aumento de pobreza e mesmo suicídio.»

15 comentários leave one →
  1. Weltenbummler permalink
    2 Novembro, 2020 10:38

    o tó milhões especializou-se em bazucas
    a menistrinha do Covid passa modelos
    a desgraça é uma desgraceira
    as feiras ao ar livre passaram para os centros comerciais
    as máscaras parece não protegerem os profissionais nos hospitais

    Liked by 1 person

    • carlos rosa permalink
      2 Novembro, 2020 12:32

      Disse e repito:
      -Com o PS no governo apoiado pelos outros parasitas de Esquerda, só podemos esperar desgraças.

      Repito, os políticos de Esquerda não percebem nada de saúde, de indústria, de comércio, de agricultura, ……… de nada do que interessa a um povo.
      Portugal precisa urgentemente de um governo patriota.
      Sei que não é fácil arrumar Portugal e a Nação Portuguesa tal como a xungaria o colocou, mas tem que se começar. Votar no Chega é um bom princípio.
      Para tratar Portugal têm que ser escolhidos os melhores. Quem souber escolher os melhores merece governar.
      Se o Chega enveredar pelo caminho fácil de ser mais um partido de Direta, paciência, temos que arranjar outro.
      É bom verificar que muitos dos revolucionários que apareceram antes e depois do 25 de Abril de 1974, genuínos amigos do seu Portugal, chamados de esquerdistas pelos comunistas, estão agora a juntar-se ao partido mais revolucionário do momento, o Chega.
      Que não haja complexos de Esquerda ou de Direita no Chega. Que se abra caminho aos melhores na Saúde, na Industria, no Comércio, na Agricultura, etc..
      Vamos formar desde já a equipa de Governo que Portugal precisa.
      O caminho faz-se caminhando.

      Liked by 1 person

  2. 2 Novembro, 2020 10:50

    Estará finalmente o “povo” a ficar maduro para correr com o KostaVirus?

    Gostar

    • LTR permalink
      2 Novembro, 2020 11:14

      Aquela apresentação de uma hora cheia de gráficos bonitos não passou de uma sessão do anteriormente criticado “aproveitamento político do COVID”, a la Maduro.

      Liked by 3 people

    • 3 Novembro, 2020 01:38

      Sou um optimista, mas não tanto!

      Gostar

  3. LTR permalink
    2 Novembro, 2020 11:11

    Para quem não reparou no pormenor que está a passar, vamos hoje começar uma fase de sacrifício durante a qual temos de nos unir para ajudar o dr.Costa a salvar-nos o Natal.

    Liked by 1 person

  4. chipamanine permalink
    2 Novembro, 2020 12:09

    Os ratos são os primeiros a abandonar o navio quando este começa naufragar.
    Este já percebeu e tenta salvar a pele, fazendo-se de inocente. Entretanto aqueles que avisavam que as consequências seriam estas foram demonizados.
    Morreram de Covid? claro que morreram e muitos. Mas morreram mais a mais de não covid por causa do covid.
    E muitos mais vão “morrer” na praia de fome e miséria. Depois da epidemia do covid vamos ter uma outra epidemia ainda pior do virus que esta gente implantou no apoio ao “milagre tuguês” que afinal é falso.

    Liked by 2 people

    • 2 Novembro, 2020 12:40

      Essa questão de “Morreram de Covid? claro que morreram e muitos” tem muito que se lhe diga e não pode ser abordada de forma qualitativa, mas sim e só quantitativa: quantos exactamente? O que quer dizer esse número face a quantos de certeza moreram e vão morrer de “na praia de fome e miséria” e de “por causa do covid”. Comparando com quantos mais morreriam de covid se se fosse menos “urgente e atabalhoadamente” do: “aí o covid que horror!” que foi sempre e a cada mês que mais se sabe estupida e politicamente exagerado.

      Liked by 1 person

  5. chipamanine permalink
    2 Novembro, 2020 12:16

    Não deixa de ser verdade que o governo, a ministra, as autoridades de saúde a começar pela DGS se embalaram no dito suposto “milagre” e que encastrados na propaganda dos amanhãs que cantam nada de jeito fizeram para se prepararem para a segunda vaga conhecida e reconhecida até históricamente em cada epidemia.
    Entre eles, estes “colaboradores”

    Gostar

  6. Expatriado permalink
    2 Novembro, 2020 13:59

    Ora bem…

    Gostar

  7. 2 Novembro, 2020 18:22

    Investiu tempo a angariar a Final 8 da Champions, no GP Portimão de F1, na medidas restritivas da Festa do Avante, no Moto GP… enfim, ninguém pode acusar o governo de não ter feito nada nestes 8 meses.

    Liked by 2 people

  8. marão permalink
    2 Novembro, 2020 18:55

    Burocracia mortífera
    Do 1º Ministro para o Presidente da Republica, do Presidente para o parlamento, da Assembleia da Republica retorno ao PR, que seguramente dará despacho favorável a mais uma encomenda fora de horário.
    Entretanto na falta de um Estadista a sério que se afirme capacitado e com determinação para acelerar o fim de uma indisfarçável tragédia, esta roda viva de negligência e morte a roçar a cobardia, apenas serve para diluir e baralhar responsabilidades, que a falta de caráter e rigor amontoados determinam.
    Convém lembrar aos altos (i)responsáveis que este covid-19 não se faz convidado, e continua a andar por aí à solta a fazer estragos em crescendo, sem obedecer à cartilha e burocracias dos inúteis e apagados perseguidores.

    Gostar

  9. voza0db permalink
    2 Novembro, 2020 22:23

    Qualquer escumalha que defende “confinamentos” e outras tangas do género não é melhor que qualquer pseudo-terrorista do apelidado “Estado Islâmico” que andou/anda por aí a cortar tolas…

    Para o GADO que ainda anda a dormir… ESTA É A REALIDADE que “estado de emergência” e de “calamidade” causam.

    Pelos vistos os FdP gostam mais do “estado de emergência” pois mata mais e melhor!

    Saudades do TEMPO da PNEUMONIA NORMAL que limpava o sebo a cerca de 6.000 tugas ano e nem um tuga boçal estrebuchava!

    Liked by 3 people

Indigne-se aqui.

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: