Saltar para o conteúdo

Ratos

6 Novembro, 2020

Na Coluna semanal da Oficina da Liberdade no Observador o Carlos M. Fernandes escreve:

A sociedade viu-se privada de todos atributos que a distinguem de um formigueiro e ficou reduzida ao trabalho: as fábricas laboram, as livrarias fecham. O campo de concentração de Auschwitz tem, à entrada, um título adequado para este quadro.

Os negacionistas do processo de repressão em curso contrapõem com a diminuta dimensão de cada medida – um pequeno transtorno que salva vidas, dizem –, desprezando o volume acumulado e o efeito bola de neve. Esquecem também que, dando de barato que a suspensão da liberdade pode ser justificada pela necessidade de uma defesa do direito à saúde (seja lá o que isso for), nada justifica a censura, a intimidação e a manipulação: a liberdade de expressão não é um meio de contágio de doenças respiratórias, nem sequer no estranho mundo inventado pela “ciência” pandémica. Finalmente, o derradeiro argumento – é a lei – também não é convincente. Como nos ensinou Antígona quando, indiferente à sentença do rei Creonte, sepultou o seu irmão, a desobediência a leis injustas é um dever cívico.

A não perder o texto completo aqui.

24 comentários leave one →
  1. lucklucky permalink
    6 Novembro, 2020 16:03

    Excelente.

    Só discordo desta parte aqui: “como se a geração floco de neve, que se ofende com o sarcasmo e os contos de fadas, tivesse estofo para pegar em armas”

    Têm, verão que têm. A forja da ofensa/vitimização é uma tactica de poder para conseguir censurar os outros.
    Eles aliás não têm pejo algum em ofender os outros. Aí o discurso muda e passa a ser “fragilidade” dos outros.

    Liked by 1 person

  2. 6 Novembro, 2020 17:03

    Se o vírus fosse deixado à solta a economia ainda sofria mais.
    Em Portugal, mais de 15% dos trabalhadores ativos empregados sofrem de uma doença crónica. Vão todos os dias trabalhar mas não se podem esquecer de tomar os remédios; para a asma, para os diabetes, para a tensão arterial, para a gota, para a angina de peito, etc.
    Esses doentes crónicos têm todo o tipo de níveis de qualificações nas empresas, cozinheiro a chefe de mesa, capataz a contramestre, passando por eletricista, canalizador, técnico de AVAC, gerentes, membros do conselho de administração, e de uma maneira geral pessoas cuja a assinatura é necessária para pagar contas, etc.

    Com o Covid19 à solta, (cinemas, restaurantes, bares, estádios cheios) em menos de um mês milhões de pessoas ficavam infetadas, os hospitais deixavam de poder acudir à maioria delas, os doentes crónicos começavam a faltar ao emprego e muitos batiam a bota…

    Será que um cinema pode estar aberto ao público se o operador da máquina de projetar estiver doente? A obra da vivenda que está na fase de montar os fios eletricos pode prosseguir se o eletricista estiver doente? A fábrica de acessórios de plástico para automóveis continua a produzir se o técnico de reparação de moldes estiver no hospital?

    Eu acho que não. Como eu, quase todos as pessoas que pensam um pouco no assunto também acham. Incluindo os primeiros ministros de quase todos os países do mundo…

    Liked by 1 person

    • Zé Manel Tonto permalink
      6 Novembro, 2020 21:02

      Nunca foi trabalhar com gripe?
      Eu já. Fiz os turnos todos, mais horas extraordinárias, e ainda fui trabalhar Sábado.

      Quem tem medo da gripe chinesa não é obrigado a ir ao cinema, ao restaurante, ou ao futebol.
      Não foi preciso um polícia à porta e tudo fechado para a minha avó ficar em casa. Mas uns conseguem pensar pela sua cabeça, outros precisam do governo para cuidar deles.

      Liked by 3 people

      • voza0db permalink
        6 Novembro, 2020 22:55

        manuel galvão é só mais um escravo boçal, todos os comentários que debita mostram a sua subserviência mas sobretudo o absoluto pânico de perder as comodidades que os restantes escravos que não param de trabalhar lhe providenciam… PURA escumalha. E como ele há muitos.

        Gostar

    • 7 Novembro, 2020 01:24

      Manuel, tendo o medo como motivador principal fica mais sujeito à doença (aquelas para além da peste negra que nos assola) do que se um gajo que tenha testado positivo (à peste negra que nos assola) lhe espirrasse para cima.

      É este medo que nos martelam incessantemente que vai adoecer e matar mais do que qualquer vírus.
      Tire a máscara e vá para a rua respirar bem fundo… faz maravilhas à saúde!

      Cumprimentos oxigenados!

      Liked by 1 person

  3. 6 Novembro, 2020 17:24

    A suécia tem aproximadamente a mesma população que Portugal.
    Armaram-se em xicos espertos e, DN de ontem:
    https://www.dn.pt/mundo/suecia-ultrapassa-os-6000-mortos-primeiro-ministro-confinado-13002297.html
    Têm hoje 3 vezes mais de mortos que Portugal… e o rebanho não ficou imunizado…

    Gostar

    • lucklucky permalink
      6 Novembro, 2020 19:58

      Qual o número de mortos em excesso na Suécia? isso é que conta. Em Portual segundo o estado da Escola Nacional de Saúde Publica só 32.6% dos mortos em excesso podem ser atribuídos ao COVID.

      Liked by 1 person

    • chipamanine permalink
      6 Novembro, 2020 20:29

      2.500×3=6.000 mais uma conta dialéctica
      5750+2500= 2500que é 1/3 de 6.000 esta é mais materialista

      Gostar

    • carlos rosa permalink
      6 Novembro, 2020 21:24

      Oh Galvão, não percebes nada do que dizes.
      Só podes ser um medíocre naquilo que fazes, se é que fazes alguma coisa.

      Gostar

    • 7 Novembro, 2020 01:29

      Portugal tem 8 mil mortos (entre março e outubro, creio) em excesso da média dos últimos 10 anos!
      E acha que com as medidas que nos impõem, esse número vai parar de crescer?
      Desemprego, desespero, fome, consultas e tratamentos adiados…

      Parece-me que está a olhar para a árvore e não consegue ver a floresta.

      Liked by 1 person

  4. chipamanine permalink
    6 Novembro, 2020 17:57

    Pelo grande testamento aqui exposto nota-se a apetência desta gente pela “doutrina da saúde”que é um bom pretexto para eles implantarem as duas ditaduraszinhas. Sempre foi assim…levar os povos aos desespero até que eles prefiram uma ditadura.
    Neste ambiente de pandemia nada melhor para acenarem com cenários horríveis, para os quais eles estão simplesmente a cagar. O que eles querem é “lei e ordem” à sua maneira e à sua medida.
    Reparem como subliminarmente acabam por fazer elogios a quem controla a pandemia. A China e até poderiamos imaginar à Coreia do Norte. Uma supostamente controlou-a (depois de espalhar e infectar todo o mundo) A outra supostamente nem sequer tem um único caso.
    Aquilo é uma maravilha. Quem lhes dera poderem controlar os movimentos, a capacidade de produção ou até a simples iniciativa individual. Encaixa no colectivo deles “ordem” para um “ordem” para todos. É assim que estes déspotas de trazer por casa adorariam que fosse. A ideologia só ajuda a que estes seus impulsos sejam mais claros e funciona como uma droga dura para os seus orgasmos mentais

    Liked by 1 person

  5. chipamanine permalink
    6 Novembro, 2020 19:46

    Só para lembrar que a Suécia tem 6.000 mortos mas que aqui os doutores da mula russa nunca se “lembram” de que morreram quase mais 6 mil do que a média pelo abandono provocado pelo “covidianismo” e que ainda falam como “xico expertuss”. As drogas fazem danos e o primeiro é serem incapazes de ligarem os dois hemisférios cerebrais.

    Gostar

    • voza0db permalink
      6 Novembro, 2020 23:44

      E agora com a 2ª Época Especial de Caça com Selo Presidencial é que os velhos e velhos estão ainda mais feitos ao chumbo!

      Gostar

      • jppch permalink
        7 Novembro, 2020 18:39

        sim não estão somente feitos ao chumbo, como o estado poupa em diversas despesas

        Liked by 1 person

  6. marão permalink
    6 Novembro, 2020 20:01

    Temo bem que esta cena da emergência não passe de um negócio privado entre Costa e Marcelo.
    A não passar no parlamento ficaria Costa todo choroso, fazendo-se de vitima e proclamando que não o deixaram trabalhar.
    Sendo aprovado como aconteceu, deposita Marcelo nas mãos de Costa toda a carta branca para atuar a seu belo e habilidoso prazer.
    Não havendo almoços grátis, não tardará que Marcelo venha a ser alarvemente recompensado por este hediondo frete. .

    Gostar

    • 6 Novembro, 2020 21:24

      Negócio privado não só de Marcelo & Costa. Há outros sócios, como Macron, Boris Johnson, Merkel, & CIA Lda…

      Gostar

      • chipamanine permalink
        6 Novembro, 2020 21:26

        Os chineses estão fora de qualquer negócio até porque são muito democráticos

        Gostar

      • marão permalink
        7 Novembro, 2020 07:02

        Não sou estrangeiro.

        Gostar

    • carlos rosa permalink
      6 Novembro, 2020 21:28

      O Marcelo é já recompensado no Sábado.

      Gostar

      • marão permalink
        7 Novembro, 2020 07:05

        Parece que o PS não apresenta nem apoia candidato, o que sugere rato escondido com o rabo de fora.

        Gostar

  7. André Silva permalink
    6 Novembro, 2020 21:20

    Carlos. M. Fernandes, é – como sempre – extraordinário, lapidar e intransigente na defesa do bem humano supremo:a LIBERDADE. Que sempre assim continue, que pena ser um dos poucos,

    Gostar

  8. voza0db permalink
    6 Novembro, 2020 23:41

    O autor da peça peca pela FALTA DE INFORMAÇÃO o que causa uma situação DIVERTIDA!

    Vamos lá…

    Todas as afirmações a seguir citadas enquadram-se naquilo a que posso apelidar de INFORMAÇÃO FALSA.

    Afirma o autor: “O alarme desencadeado pela nova doença despertou os ratos.”

    Vejamos o que foi publicado no início da OPERAÇÃO CUVID nos jornais científicos (os seguintes títulos de trabalhos foram e são a base de suporte para toda esta monumental FRAUDE e FARSA)

    1º “Trabalho”:

    Published on January 24, 2020, at NEJM.org

    “A Novel Coronavirus from Patients with Pneumonia in China, 2019″

    2º “Trabalho”:

    Published: 03 February 2020, at NATURE.com

    “A pneumonia outbreak associated with a new coronavirus of probable bat origin”

    Portanto, a não ser que a PNEUMONIA nunca tenha existido até finais de 2019/2020 não existe nenhuma “NOVA DOENÇA”!

    Além disto, RELEMBRO os não informados, que estes 2 “trabalhos” não demonstram cientificamente que existe uma nova partícula viral infecciosa, que causa uma doença (pneumonia) e que eventualmente pode causar a morte do animal infectado. Tirando este pequeno detalhe a FRAUDE está perfeita.

    E segue…

    Afirma o autor: “… os testes…”

    PCR não é um teste.

    Quanto ao resto nada contra. Só acrescento que a OPERAÇÃO CUVID tem sido um ABSOLUTO SUCESSO graças a uma PANDEMIA DE IGNORÂNCIA E IRRESPONSABILIDADE.

    De resto siga o CIRCO.

    Gostar

  9. luis barreiro permalink
    7 Novembro, 2020 00:39

    Para quando uma petição a pedir um minuto de silencio nos jogos de futebol em homenagem aos milhares de milhões de jogadores de futebol mortos devido ao covid? Tantos positivos e não mostram as campas!

    Liked by 2 people

Indigne-se aqui.

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: