Saltar para o conteúdo

O porquê deste silêncio

11 Dezembro, 2020

Em torno do assassínio de Ihor Homenyuk no aeroporto há sempre a sensação de que nos escondem qualquer coisa. Não, não é a morte, a tortura, a brutalidade… Há mais. Há um algo que se amalgama no silêncio. Uma espécie de muro em que chocam perguntas como as formuladas a

4 de Junho por Zita Seabra: Muitas questões se levantam quando um cidadão que entra em Portugal com um visto de turista é torturado até à morte numa sala do aeroporto de Lisboa. Mas onde estiveram então as ONG’s e os activistas? Assassinar barbaramente, por tortura, no aeroporto de Lisboa, um cidadão ucraniano, refugiado ou emigrante ilegal, é um sobressalto em qualquer Estado de direito. No entanto, não tenho notícia de nenhum sobressalto cívico em Portugal. Nada. Nenhuma manifestação no aeroporto, nenhuma homenagem, nenhum memorial, nenhum voto (que eu saiba) no Parlamento, nenhuma palavra do Presidente da República, nenhuma palavra do primeiro-ministro. Que tristeza.

Ou logo a 1 de Abril por Maria João Avillez: Como cidadã do Estado português continuo à espera que o Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF) me dê explicações para a abjecta brutalidade cometida, em horário de serviço e no aeroporto de Lisboa (!) por três membros do SEF sobre um ucraniano. A brutalidade – tão demencialmente canalha que levou ao seu assassínio – foi praticada por indivíduos ao serviço do Estado a que pertenço. Mereço, merecemos, o país merece explicações. A trágica pandemia não pode nem disfarçá-las, nem atrasá-las, nem omiti-las. Exigimo-las. Até onde se pode descer no horror indizível para ser possível assassinar um estrangeiro no aeroporto da capital? Pior: só dias depois se soube – e se não fosse a TVI não se saberia. E mesmo assim só depois disso, houve demissões. Não chegam. E o resto?

22 comentários leave one →
  1. Luís Lavoura permalink
    11 Dezembro, 2020 11:44

    A Helena Matos omite que só agora o assunto entrou na agenda política. Durante meses, não foi somente o ministro que esteve calado: os partidos da oposição também estiveram. Ninguém quis dizer mal do SEF. Mesmo ontem, o CDS veio pronunciar-se tendo o cuidado de dizer que não quer mal nenhum ao SEF.

    Liked by 1 person

    • chipamanine permalink
      11 Dezembro, 2020 11:53

      Ate´o LL esteve mudo e quedo.
      Os orgãos do estado além de matar escondem, e a culpa é do silêncio de quem nunca foi informado devidamente.
      Já agora a “oposição” também deveria ter feito uns telefonemas à viúva, assumido a transladação do corpo e tirado uma selfie? e que tal uma coleta para indemnizar a viúva e filhos.? Esta “oposição” é terrível

      Liked by 2 people

    • Weltenbummler permalink
      11 Dezembro, 2020 14:34

      o estado é social.-fascista e não estado de direito

      Gostar

    • José Monteiro permalink
      11 Dezembro, 2020 19:34

      Tal qual tenho concluído.
      Na AR, a oposição é habitualmente inexistente.
      Acordam perto da eleições ou elaboração dos OE.
      Falta de direcção, falta de atenção, rotinas de pouco trabalho,
      seja por ocupações particulares ou privadas, seja por preguiça nos permanentes.
      Os resultados, de décadas disto, estão bem visíveis.
      Membro da direcção do PSD, em entrevista no Sol, sobre o projecto do Aeroporto na Ota,
      perguntado pelo jornalista como devia ser:
      O governo é que tem de encontrar uma alternativa.
      Perante tal, nada a fazer. A pedir Abstenção Geral, pela minha parte.

      Liked by 1 person

  2. chipamanine permalink
    11 Dezembro, 2020 11:47

    Fosse ele africano ou muçulmano e a história seria completamente diferente. A começar pela comunicação social passando pelas ONGs pelo SOS rac-sismo, direitos dos manos e sei lá mais quantas….até teria direito a uma selfie com o PR.

    Liked by 3 people

    • LTR permalink
      11 Dezembro, 2020 14:35

      O advogado da senhora não quis há pouco ter a indelicadeza de perguntar em directo ao jornalista da SIC se ele e os colegas porventura também terão perguntado e sugerido, no dia em que o caso rebentou, se não se justificava a demissão do ministro, como ele fez, agora, já que como ele próprio dizia, já se demitiram ministros por meras palavras.

      Liked by 1 person

  3. mariamelotelles permalink
    11 Dezembro, 2020 13:04

    Convinha que esclarecessem todas as circunstâncias em que essa “tortura” e “assassinato” tiveram lugar. Por que razão esse homem foi agredido? E tão brutalmente.
    Ninguém ainda explicou o que se passou. Parece-me muito estranho que tenham batido no homem dessa maneira sen qualquer razão.
    É evidente que a morte não se justifica.
    É preciso esclarecer tudo.

    Gostar

  4. Olympus Mons permalink
    11 Dezembro, 2020 14:28

    É a Europa dos valores de que tanto falam…
    https://barradeferro.blogs.sapo.pt/a-europa-dos-valores-e-o-orban-55830

    Liked by 1 person

  5. 11 Dezembro, 2020 15:43

    Não era preto; não serve para o peditório do racismo. E a esquerdalhada nem gosta de ucranianos. Chama-os de fascistas.

    Liked by 1 person

    • chipamanine permalink
      11 Dezembro, 2020 17:24

      Andava o bigodinho de calções e já a esquerdalhada leninista stalinista tratava da saúde dos ucranianos à pazada…foram “praí” uns 10 milhões a morrer à fome (Holodomor) Colonizaram o nordeste da Ucrânia com “jovens revolucionários” roubando as terras dos “fássistas” que não compreendiam o homem novo colectivista.
      Apesar disso e dos goulags para onde mandaram outros tantos para trabalho escravo os ucranianos sobreviveram .
      O ódio esquerdalho é a si próprios pois não conseguiram exterminar esses “fássistas” todos
      Esse ódio permanece

      Liked by 2 people

  6. Jose Lopes da Silva permalink
    11 Dezembro, 2020 16:11

    O que vale é que ninguém repara que o Mamadou falou no assunto logo em Abril. Não convém à narrativa. O ódio do Mamadou só serve para alimentar o outro ódio às vezes.

    Liked by 1 person

    • chipamanine permalink
      12 Dezembro, 2020 11:34

      Falou? fez alguma manif? deu entrevistas sucessivas a fazer a apologia da morte do homem branco através da suposta terceira pessoa? ou depois “esqueceu” o pobre do ucraniano porque ele era branco e até convinha porque era menos um? Ahhhh já sei estava ocupado a assessorar alguma coisa para a Katryna ou para as Mortáguas com 2.500 paus dos nossos impostos.

      Gostar

  7. marão permalink
    11 Dezembro, 2020 17:38

    PARA ALÉM DO MISERÁVEL
    “Congratulo-me pelo facto de ter estado quase sozinho perante o desinteresse de comentadores” -Cabrita-
    .”Morte de Ucraniano se for um procedimento comum está em causa o próprio SEF”-Marcelo.
    Do primeiro nem vale a pena falar, que apenas serve de saco de pancada para proteger Costa..
    Sua Excelência o presidente do estado cá do sitio, recandidata-se para continuar a dormir na forma?
    Ó senhor, nem precisa de ser um procedimento comum para estar em causa não só o ministro da pasta mas o próprio chefe do governo.
    O assunto bem conversado até poderia por em causa o lugar que este mais alto magistrado ocupa, por por ignorância, malvadez e inação sobre as misérias que por aí andam a entornar lá bem de cima. ,
    Faltam-me adjetivos para classificar uma imundice de tal grandeza.

    Liked by 2 people

  8. Manuel Antoni permalink
    11 Dezembro, 2020 17:40

    corrupção. mais nada.

    Gostar

  9. Zé Manel Tonto permalink
    11 Dezembro, 2020 18:27

    Os ucranianos, regra geral, vêm para trabalhar, e não para chorar sobre racismo e discriminação, logo a esquerdalhada não quer saber.

    A juntar a isso o facto de os descendentes destes imigrantes não serem um monolito na hora de votar, também não ajuda a captar o espírito protector dos blocos desta vida.

    Liked by 3 people

    • chipamanine permalink
      12 Dezembro, 2020 11:39

      Os ucranianos regra geral vem para trabalhar no duro, apesar de muitos terem qualificações superiores à média dos tugas. Em pouco tempo “arranham” o tuguês e em pouco mais falam melhor que alguns tugas. Põem os filhos a estudar e acham que eles na escola pública estudam pouco e “obrigam” a eles a ter mais “aulas de estudo”. Não é por acaso que alguns dos filhos deles se destacam nas escolas. Uma boa parte deles logo que podem financeiramente alugam uma casa e vivem com dignidade. (máfias tb as há mas não é exclusividade deles)

      Liked by 1 person

  10. Prova Indirecta permalink
    11 Dezembro, 2020 20:15

    silencio , silencio a serio vai ser o escrutnio da causa mortis de tanto velho neste Inverno , por falta das vacinas da gripe

    Gostar

  11. Duarte de Aviz permalink
    11 Dezembro, 2020 20:35

    E a Ana Gomes? Disse algua coisa, ou está a guardar-se para o debate com o Marcelo?

    Liked by 1 person

  12. lucklucky permalink
    11 Dezembro, 2020 22:08

    “O porquê deste silêncio”

    Porque não ajuda a narrativa do Jornalismo Marxista.
    A pessoa era branca e a Esquerda considera os brancos como culpados se não forem activamente de Esquerda.
    Como o Ucraniano não era um “activista” era como uma não-pessoa.

    Liked by 1 person

  13. Weltenbummler permalink
    12 Dezembro, 2020 09:44

    http://blogdodalailima.blogspot.com/

    Aeromorto
    SEF: ministro faz-se de morto.

    Gostar

  14. Expatriado permalink
    12 Dezembro, 2020 12:20

    Vamos mandar esta carta ao Mamado(r)?

    “ This is BRILLIANT!
    This was in the SA paper last week (Mercury). The main headline stated the following:
    It’s not too late for whites to say sorry for Apartheid………….
    Check the email that went around responding to the headline. It’s a kick ass response. The guy that wrote it has got it!!!

    ‘To the Previously Disadvantaged’
    We are sorry that our ancestors were intelligent, advanced and daring enough to explore the wild oceans to discover new countries and develop them.
    We are sorry that those who came before us took you out of the bush and taught you that there was more to life than beating drums,
    killing each other and chasing animals with sticks and stones.
    We are sorry that they planned, funded and developed roads, towns, mines, factories, airports and harbours, all of which you now
    claim to be your long deprived inheritance giving you every right to change and rename these at your discretion.
    We are sorry that our parents taught us the value of small but strong families, to not breed like rabbits and end up as underfed, diseased, illiterate shack dwellers living in poverty.
    We are sorry that when the evil apartheid government provided you with schools, you decided they’d look better without windows
    or in piles of ashes.
    We happily gave up those bad days of getting spanked in our all white Schools for doing something wrong, and much prefer these
    days of freedom where problems can be resolved with knives and guns.
    We are sorry that it is hard to shake off the bitterness of the past when you keep on raping, torturing and killing our friends and family members, and then hide behind the fence of ‘human rights’ with smiles on your faces.
    We are sorry that we do not trust the government… We have no reason to be so suspicious because none of these poor “hard working intellectuals” have ever been involved in any form of “corruption or irregularities”.
    We are sorry that we do not trust the police force and, even though they have openly admitted that they have lost the war against crime and criminals, we should not be negative and just ignore their corruption and carry on hoping for the best.
    We are sorry that it is more important to you to have players of colour in our national teams than winning games and promoting patriotism.
    We know that sponsorship doesn’t depend on a team’s success.
    We are sorry that our border posts have been flung open and now left you competing for jobs against illegal immigrants from our beautiful neighbouring countries.
    All of them countries that have grown into economic powerhouses after kicking out the ‘settlers’.
    We are sorry that we don’t believe in witchcraft, beet root and garlic cures, urinating on street corners, virginity testing, slaughtering of bulls in our back yards, trading women for cattle and other barbaric practices.
    Maybe we just grew up differently.
    We are sorry that your medical care, water supplies, roads, railways and electricity supplies are going down the toilet because skilled people who could have planned for and resolved these issues had to be thrown away because they were of the wrong ethnic
    background and now have to work in foreign countries where their skills are highly appreciated.
    We are so sorry that we’d like this country to fulfil its potential so we can once again be proud South Africans.

    The Previously Advantaged.”

    Gostar

  15. Maria Sousa permalink
    12 Dezembro, 2020 15:31

    Por que razão não foi e não é explicada toda a situação?
    O que fez o cidadão ucraniano para que lhe batessem desta forma?
    Por que é que os funcionários do CEF o espancaram e não lhe prestaram a ajuda médica devida?
    Por que é que 9 meses depois ainda não se sabe nada de concreto? Que justiça maravilhosa!!!!
    Sempre os mesmos palhaços a governarem e os tansos a votarem neles…

    Gostar

Indigne-se aqui.

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: