Saltar para o conteúdo

a ditadura em marcha

27 Março, 2021
by

Regras estúpidas, feitas por governantes e políticos estúpidos e aplicadas por polícias estúpidos, estão a gerar uma claustrofobia opressora inédita em Portugal. Abrimos as redes sociais, lemos (alguns) jornais, vemos e ouvimos notícias e encontramos relatos inacreditáveis daquilo em que se transformou o nosso quotidiano: gente multada por correr isoladamente na praia, autostops com polícias a inquirirem o destino de cidadãos supostamente livres, casas particulares devassadas por polícias sem mandado judicial em busca de reuniões de amigos denunciadas por vizinhos, transportadores de comida multados por levarem consigo bebidas alcoólicas depois das 20,00h, ameaças de detenção a pessoas sem máscara nas ruas. Nada disto tem a ver com prevenção sanitária e pandémica: é apenas um exercício pueril do poder pelo poder, um abuso desmesurado da força do estado e das suas polícias, a sublimação do ditadorzinho que habita dentro de muitos indígenas lusitanos com funções de autoridade pública, desde o chefe de repartição ao chefe de governo, agora todos com terreno livre para expandirem a sua impetuosidade viril. É, em suma, o gozo do mando, o prazer de impor a vontade própria, a volúpia da submissão do outro pela ameaça.

Como é que toda esta gente se vai desabituar destes procedimentos alarves e ditatoriais, quando o vírus matar menos do que uma singela constipação, é que estou para ver. Infelizmente, os maus hábitos são difíceis de deixar e estes já duram há tempo demasiado.

19 comentários leave one →
  1. 27 Março, 2021 20:15

    Acabei de me recordar daquela história da mãe que, ao assistir ao juramento de bandeira do filho, exclama:
    “Estão todos a marchar com o passo trocado. Só o meu filho vai certo!”

    Gostar

    • castanheira permalink
      27 Março, 2021 22:22

      Paulo Valente,Certamente não conhece a História mundial e os muitos episódios temporais de alucinação das multidões , em que as maiorias estavam completamente erradas e loucas . Parece ser este o caso , em que os varios “establishments” , politico ,medico ,académico e Mérdia , rumam todos num só sentido . Têm horror ao contraditório ! Porque será?
      A sua anedota , não se aplica e a comparação é tão basica que revela apenas o aspecto religioso da sua crença.

      Liked by 2 people

    • voza0db permalink
      27 Março, 2021 23:25

      Se já foste infectado artificialmente e ainda continuas a desperdiçar ar e energia isso é apenas sinal que a vacina não funcionou como devia…

      Gostar

    • lucklucky permalink
      28 Março, 2021 15:56

      O Paulo Valente é uma adepto do ” tudo dentro do estado , nada fora do estado”

      Gostar

      • chipamanine permalink
        28 Março, 2021 18:15

        Um social fascista ? Aqueles que querem que todos “marchem para ao passo ” de comando dos iluminados como ele?. O gajo que ía com o passo trocado deveria estar num goulag e a mãe num hospital psiquiátrico…..quicá o api fuzilado?
        Sim conheço também alguns desses carneiros

        Gostar

  2. José Monteiro permalink
    27 Março, 2021 20:57

    Protesto, quanto à catilinária do Rui.
    SExa o PM do reino, está a ser enganado pelos assessores de imprensa.
    Tivesse sido informado do primeiro caso,
    teria dado um murro na mesma e tudo teria acabado aí.
    Não tarda, os agentes PSP e GNR, irão passar a confiscar os géneros de alimetação no automóvel.
    E em vez de passar multa, uma guia de devolução,
    numa esquadra perto do prevaricador, eh eh.

    Gostar

  3. balio permalink
    27 Março, 2021 22:20

    Eu só não entendo como é que o Rui A., que tanto protesta, insiste em ser do PSD, um partido que concorda com tudo isto.

    Liked by 3 people

    • voza0db permalink
      27 Março, 2021 23:23

      Melhor ainda… O gangue que promoveu e aprovou a legislação do uso obrigatória de açaime na rua!

      Mas é natural tal comportamento! Todo aquele que vota em salafrários e corruptos está a votar nos seus pares…

      Liked by 2 people

  4. Leunam permalink
    27 Março, 2021 22:27

    “Há tiranete mais despótico nestes tempos que um guarda, um regedor, o simples polícia dum jardim?! Como a ressaca que deixa o cisco miúdo, isto é, o cisco do cisco, precisamente a partir do ponto mais distante a que chega a ondulação, assim sucede com os abusos da autoridade. Quanto mais reles, mais longe do poder central, mais prepotentes.” Aquilino Ribeiro, em “Quando os Lobos uivam” 1958.

    Depois de 63 anos destes escritos, mudámos alguma coisa?

    Gostar

  5. voza0db permalink
    27 Março, 2021 23:21

    Como é evidente a manada boçal tuga está pouco importada com os últimos 14 meses de “estado de emergência/calamidade”!

    Agora que a milagrosa vacina está a ser injectada aos magotes e que todos estão prontos para receberem o “Passaporte Digital” que lhes permitirá existir no Paraíso do Gulag Digital claramente a desabituação nunca ocorrerá.

    Regozijem ESCRAVOS BOÇAIS… Finalmente a DEMOcracia se revelou!

    E sobre o final do artigo continuo a não saber a que “vírus” se referem estes bacanos!

    Liked by 1 person

  6. carlos rosa permalink
    27 Março, 2021 23:34

    Se o Salazar foi um ditador porque é que o António Costa não pode também ser um?
    Façamos pois uma grande manifestação de apoio ao nosso 1º Ministro.
    Todos a S. Bento!

    Gostar

  7. marão permalink
    28 Março, 2021 09:25

    SIMPLESMENTE
    Tudo isto é Costa, para quem tudo vale, qualquer vestimenta lhe serve, sendo mesmo capaz de arrebanhar muletas que lhe cuspiram e em quem ele cuspiu desabridamente, até ao momento de ter percebido que perdidas as eleições havia que resgatar o próprio cadáver politico prestes a despedaçar-se no fundo de impiedoso buraco.
    De uma cobardia asquerosamente repulsiva, depois de ter afirmado em ocasião não muito distante em sessão partidária, que era frontalmente contra a formação de governos tirados à pressa por manhosos arranjinhos partidários.
    É só ver o video.
    Desde esse momento até preparar ardilosamente o assalto ao poder, comunicou entre os seus ou publicamente qualquer mudança de opinião relativamente à prática que tão ferozmente havia condenado?.
    Que jornalismo é este que não tem verticalidade nem coragem para o questionar sobre esta e outras deformações de caráter?

    Gostar

  8. JgMenos permalink
    28 Março, 2021 10:21

    O autor haveria de ocupar-se em explicar porque ocorreram as filas de ambulâncias à porta dos hospitais antes de cobrir de estupidez as medidas que as previnem.
    A tolerância aos imbecis no Rossio também lhe deveria merecer uma palavra.

    A comodidade do ponto de vista único atrai estúpidos e soberbos.

    Gostar

    • Cristóvão permalink
      28 Março, 2021 11:30

      Outra vez a conversa das filas de ambulâncias? Isto já foi explicado N vezes pelo José Manuel Silva. As filas de ambulâncias ocorreram pela péssima gestão graças à estupidez das medidas. Quando se metem priorizar a filtragem de doentes covid/não-covid à porta dos hospitais, é mais que esperado que entupam a chegada às urgências à entrada. A solução é simples, partir do princípio que os doentes chegados em ambulância estão infectados e dar seguimento ao socorro. Fazerem do covid o bicho-papão que não é nem alguma vez foi é o maior dos problemas e estas tretas não são mais que as consequências dessa imbecilidade.

      Liked by 1 person

      • JgMenos permalink
        28 Março, 2021 19:33

        Enganei-me e teclei no Gosto.
        O que eu gostava é que me explicasse como não há risco de pandemia a níveis de esgotar os serviços de saúde do país e se para além dos pandémicos tudo o mais pode esperar.

        Gostar

      • Cristóvão permalink
        29 Março, 2021 15:45

        Não há risco porque a grande maioria das pessoas é assintomática. E das que não são, apenas uma pequena percentagem requer cuidados médicos. E esta pequena percentagem está dentro de uma faixa etária limitada (logo facilmente filtrável no socorro e seguimento de tratamento). E em tempo de pandemia, o número de utentes em hospitais foi bem mais reduzida que em anos anteriores.

        Está o país inteiro preso em casa por uma doença relativamente inofensiva e ao qual 80% da população resiste sem problema e nem chega a ter sintomas.

        Não acorde que não é preciso…

        Gostar

  9. 28 Março, 2021 10:31

    Eu constato na pele, todos os dias, que o grande opressor e fiel servidor, destes governantes e políticos estúpidos, é o povo que presta-se a bufar tudo e todos e censuram publicamente quem não segue a religião covideira. Para este povo, o culto da religião covideira é a televisão que ele assiste assiduamente.

    Gostar

  10. Weltenbummler permalink
    28 Março, 2021 10:49

    isto é pior que a falecida urss

    Gostar

  11. Zé Manel Tonto permalink
    28 Março, 2021 12:53

    Polícias só entram em casa de alguém sem mandado se quem vai à porta deixar.
    Se um polícia me bater à porta a dizer que quer verificar se há mais gente que o permitido, pergunto-lhe se tem mandado. Se não tiver, volta quando tiver um.

    Gostar

Indigne-se aqui.

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: