Saltar para o conteúdo

Não, não aconteceu por ser mulher. Aconteceu por ser medíocre

27 Abril, 2021

Ursula von der Leyen veio agora armar-se em vítima e dizer que o vexame por que passou na Turquia foi um caso de sexismo. Era simples, não era?

Mesmo dando de barato que a Turquia mente quando declara que a equipa da UE que preparou a reunião achou normal aquela disposição na sala há que ter em conta que o problema não é o sexismo de Ancara mas sim a forma brutal como a Turquia chantageia a UE por causa dos refugiados.

E a UE não tem à sua frente gente à altura. Vir falar de sexismo é cavalgar a onda do momento e iludir a pincipal questão: Ursula von der Leyen é uma nulidade.

30 comentários leave one →
  1. Prova Indirecta permalink
    27 Abril, 2021 08:37

    É o Marxismo cultural , ela que se habitue , nós já estamos habituados ao multiculturalismo que nos impuseram . Se lhe entrou finalmente pelos olhos adentro , de que se queixa ?

    Liked by 2 people

  2. Prova Indirecta permalink
    27 Abril, 2021 08:37

    É o Marxismo cultural , ela que se habitue , nós já estamos habituados ao multiculturalismo que nos impuseram . Se lhe entrou finalmente pelos olhos adentro , de que se queixa a senhora ?

    Liked by 1 person

  3. Nuno permalink
    27 Abril, 2021 09:07

    Em vez de ter dito “ahem” podia ter pedido uma cadeira.

    Liked by 1 person

  4. Ausente52 permalink
    27 Abril, 2021 09:09

    Na minha traidora opinião não é só a Ursula von der Leyen que é uma nulidade. Toda a UE é uma nulidade em muitas áreas. Admirado estou, como ainda há países frugais que alinham na fantochada.
    Ó dona Helena! nos países islâmicos ( e eu conheço uma microscópica mentalidade islâmica) a mulher não pode nem deve ficar ao nível social ou politico do homem.
    É-lhe reservado um lugar e tem de ficar lá com um pano a cobrir-lhe os cornos. I digo “cornos” – como nós portugueses os entendemos – porque os homens islâmicos são quem mais sobrecarrega a mulher com esses ornamentos.

    Liked by 3 people

  5. 27 Abril, 2021 09:25

    Vejam o declínio final a caminho do colapso de “Bruxelas”: Durão Barroso (oportunista), Jean Claude junker (bêbado) e Ursula von der Leyen (feminista totó) … espero que seguida pelo FIM!

    Liked by 2 people

  6. FreakOnALeash permalink
    27 Abril, 2021 09:34

    A esta malta que anuncia (e gostaria de ver) o fim da UE, digam-me por favor como fica o Nosso Portugal no mundo de supernações e nações pequenas eficientes.

    Gostar

    • Ausente52 permalink
      27 Abril, 2021 13:50

      Em resposta ao seu (gostaria de ver) o fim da UE. Resposta: seria um desastre mas penso que não uma catástrofe.
      Portugal vê a UE como uma entidade que lhe vai emprestando dinheiro para alimentar o ego e a corrupção de miseráveis figuras nacionais.
      Quantos nacionais teem tentado evitar ou corrigir tais atropelos ao bom nome de Portugal? Não deixe a sua “leash” impedir-lhe a visão, e veja as sondagens.
      Quando a fome aperta, lá vamos de lata na mão candidatarmo-nos a um sopa da UE- agora batizada de bazuca.

      Liked by 2 people

      • FreakOnALeash permalink
        27 Abril, 2021 16:24

        Eu vejo escumalha a governar este país e não forças armadas preparadas para defender o mesmo, também não vejo mercado internacional onde Portugal possa competir com eficácia sem os euros por trás…portanto (entre estas e outras muitas mais razões) não vejo futuro no fim da UE para nós. O caminho a trilhar deve ser uma UE federalista onde os estados ricos não mandam nos pobre e há uma solidariedade genuína entre os mesmo que figura numa constituição federal.

        Gostar

      • Zé Manel Tonto permalink
        27 Abril, 2021 22:35

        “O caminho a trilhar deve ser uma UE federalista onde os estados ricos não mandam nos pobre e há uma solidariedade genuína”

        Quem paga manda.

        Essa da solidariedade genuína só a querem os países pedintes, dos quais Portugal, atravès do Costa, foi o grande impulsionador. Ainda me lembro da vergonha alheia pelos “Amigos da Coesão”.

        Os estados ricos mandam sempre nos pobres. Quem não quiser viver no mundo real, mais vale sair da UE, e ir brincar sozinho.

        Querem usar o euro? Querem bazucas? Façam o que vos mandam…

        Gostar

      • FreakOnALeash permalink
        28 Abril, 2021 09:04

        A quem não percebeu descrevi de forma simples o sistema federalista dos EUA, é esse o caminho a trilhar. Falta-nos também um exército comum, a Nato já não serve os interesse europeus. Deixar de fingir que os países da UE têm hipóteses sozinhos. O, por enquanto, Reino Unido dentro de poucos anos vai perceber na alhada em que se meteu, se os russos e os chineses e os americanos já fazem da UE o que lhes dá na real gana, imaginem o que vão fazer à ilha!

        Gostar

      • Zé Manel Tonto permalink
        28 Abril, 2021 10:51

        FreakOnALeash,

        Toda a gente percebeu.
        O Freak é que parece não perceber que os EUA tinham uma matriz comum que permitia que alguém da California se indentificasse com alguém do Kentucky.

        Quase todos falavam inglês, a esmagadora maioria como primeira língua, eram de ascendência Britânica ou Germânica, e protestantes.

        E os que não eram, era bom que se adaptassem, e mantivessem a bolinha baixa, não havia sensibilidades culturais para ninguém.

        A UE nunca será isso, porque há germânicos, nórdicos, eslavos, mediterrânicos, todos com culturas diferentes, e isso era antes de escancarar as portas à imigração quase analfabeta do terceiro mundo. Agora ainda menos uns se vão identificar com outros.
        E se vamos falar de línguas, então é que os europeus nunca mais se entendem.

        O que mantém a UE no sítio é os pobretanas tipo Portugal receberem dinheiro, e os ricos tipo Holanda não terem que pagar mais do que estão dispostos. Quando uma dessas deixar de se verificar, caput!

        Gostar

  7. Weltenbummler permalink
    27 Abril, 2021 09:46

    a China tem a sua tarefa facilitada
    a van e sleepy joe usam antolhos

    Liked by 1 person

  8. Maria Sousa permalink
    27 Abril, 2021 10:47

    A UE não tem qualquer poder ou influência. Andam “ao sabor das ondas”… A concepção de UE está ultrapassada. Só serve para financiar os países que não se sabem governar e entram em frequentes bancarrotas, bem como sustentar todos aqueles comissários, euro-deputados…
    O Reino Unido já lhe disse “Farewell!”. Quem se seguirá?
    É evidente que aquela situação teria exigido uma atitude, quer de Ursula quer do “pim-pan-pum” do Charles Michel.

    Liked by 4 people

  9. marta permalink
    27 Abril, 2021 10:48

    Eu até admito que a Turquia não esteja a mentir na preparação da reunião.

    É impensável que, sabendo a peça que o Erdogan é, os gabinetes da CE e do Conselho não tenham planeado a visita ao milimetro e que os 2 não soubessem de antemão onde se iriam sentar. Não é preciso ter 30 anos de experiência de protocolo, bastam 2 dedos de bom senso e o mínimo do profissionalismo

    Ou então não.No fundo, estes gabinetes de jovens altamente qualificados nas universidades certas e super comprometidos com o projecto europeu e ultramulticulturais não passam de uma grupeta bolhenta com a preparação de um moço de recados que se acham o Rei do Gado. A “teoria” de erro protocolar da UE parece-me bem credível, por acaso… E só se fosse parvo é que o Erdogan não o aproveitaria.

    É obviamente possível que os turcos tenham mudado a disposição da sala à última hora, mas isso seria muito infantil. Mesmo assim, essa possibilidade deveria ter sido equacionada pelas equipas da UE. E o Charles Michel parece nem perceber logo que há um problema.

    A birrinha da Ursula diz mais da desordem e das lutinhas para ver quem é o delegado de turma dos tristes da UE do que qualquer outra coisa. Uma nulidadezinha.

    Liked by 2 people

  10. Zé Manel Tonto permalink
    27 Abril, 2021 10:56

    A Turquia faz chantagem com os imigrantes ilegais (parem de lhes chamar refugiados, a maioria deles nunca viu guerra nenhuma) porque não há tomates na Europa. Multiculturalismo, humanismo, e outras imbecilidades dão nisto.

    O Reino Unido já saltou fora da UE, por isso os militares mais eficientes, e metade das armas nucleares Europeias, estão fora da equação. Agora vai ser difícil fazer a coisa mais eficiente para resolver o assunto.

    Se o Erdogan fosse ameaçado que Ancara ia brilhar no escuro se os terceiro mundistas continuassem a chegar à Europa, veriamos a velocidade com que eram colocados em campos de refugiados junto à fronteira Síria.

    Liked by 2 people

  11. chipamanine permalink
    27 Abril, 2021 11:15

    MASOQUISMO
    A presidente da Comichão Europeia foi HUMILHADA pelo ERDOGAN. O radical islâmico não admite mulheres sentadas ao mesmo nível dos homens. Usou a imbecilidade da União Europeia em definir as hierarquias para a relegar humilhantemente para um “cantinho”
    O que faz a alemoa?
    Transforma a humilhação em uma disputa de “género” intra-UE. Nem uma referência a quem a promoveu. Transforma todo o sentido que o Erdogan lhe quis dar (submissão feminina) em uma suposta disputa até de poder com o presidente do Conselho Europeu.
    Em vez de promover em bloco uma reacção vigorosa contra a Turquia os “europeus” da actualidade ainda lhes dão mais crédito. Õ Erdogan deve estar a rir-se “de morrer”

    Liked by 3 people

  12. balio permalink
    27 Abril, 2021 12:03

    a forma brutal como a Turquia chantageia a UE por causa dos refugiados

    Brutal??? A União Europeia é que se colocou na posição de ser chantageada.

    A Turquia não tem culpa nenhuma de que o povo da União Europeia tenha medo de refugiados, que não os aceite.

    Em vez de acusar a Turquia de ser “brutal” e de fazer chatagem, a Helena Matos deveria acusar o povo da União Europeia de hipocrisia em relação ao problema dos refugiados.

    Liked by 1 person

    • 27 Abril, 2021 16:03

      Tem toda a razão, devíamos liminarmente expulsá-los do Mediterrâneo a tiro e devolvê-los a Africa e Médio Oriente.

      Gostar

      • José Monteiro permalink
        27 Abril, 2021 21:01

        Ou impedir, na costa dos países do norte de África, de navegar no Meditrrânio.
        À excepção de quotas determinadas no eixo Bruxelas-Berlim.
        Isto é, em vez de militares a fazer de polícia bom, no papel de agentes da Defesa europeia. Que não existe.

        Liked by 2 people

    • Raghnar permalink
      27 Abril, 2021 16:50

      Mas que “refugiados”? Não são refugiados nenhuns, são imigrantes ilegais!

      Liked by 2 people

      • Mauritano permalink
        27 Abril, 2021 19:40

        A minha esposa, a trabalho e para uma reunião e com uma permanência prevista de dois ou três dias, teve que se deslocar de um país do magreb para outro país na mesma zona. Quando chegou ao destino, e como não apresentava visto de entrada apesar de ter bilhete de ida e volta, foi recambiada ao primeiro país no primeiro voo que saiu (no mesmo avião em que foi, regressou) .
        Isto é a realidade dos países de onde são originários a maior parte dos “refugiados”.

        Liked by 2 people

    • João Brandão permalink
      27 Abril, 2021 21:30

      Qual é o problema dos refugiados?

      São refugiados de que catástrofe?

      Liked by 1 person

    • Zé Manel Tonto permalink
      27 Abril, 2021 22:43

      Luís Lavoura (balio),

      Escusa de mudar o nome. O bonequinho no canto é único para cada email.
      Sabemos que é o Lavoura. Se quer outra personna, terá que usar outro email.

      Mas não se dê ao trabalho. A sua escrita é demasiado característica, e a sua defesa do indefensável, reconhecida por essa blogosfera Portuguesa fora.

      Com permissão dos restantes, declaro este comentário a que estou a responder, a “Lavourada da Semana”.

      Liked by 2 people

  13. Vasco Silveira permalink
    27 Abril, 2021 12:21

    Cara Senhora

    A Srª Comissária tem todos os tiques (vícios ) do ( mau ) funcionário público:
    _Nunca é responsável ( turquia, vacinas, …)
    _É sempre “enganada” por alguém de má fé ( farmaceuticas, Erdogan, …)

    Preocupa-me a rapidez com que os alemães estão a aprender com os países do sul; terá sido por causa daquele jantar intimo com Costa?
    Qualquer dia começam a esbanjar o dinheiro em “booze & women” .

    Melhores cumprimentos

    Vasco Silveira

    Liked by 2 people

  14. pmanuelp37 permalink
    27 Abril, 2021 15:36

    A cena define a actual UE: primado do politicamente correcto (a Leyen atira um assunto político para o feminismo); incompetência e arrogância (o deixa andar do Michel tem das duas coisas); e nulidade como potência (a ausência de atitude política em relação à Turquia
    é a de alguém que come e cala). A UE transformou-se num sindicato de socorros económicos mútuos e não serve para mais nada.

    Liked by 3 people

  15. Chopin permalink
    27 Abril, 2021 17:14

    No país natal da sra Ursula e um pouco por toda a UE, há mulheres e crianças vítimas de violação e violência selvática por parte dos milhões de imigrantes ilegais a quem as elites abriram as portas. Tudo branqueado pela imprensa, pelas cliques partidárias, pelas autoridades subservientes, etc, em nome do multiculturalismo, da diversidade e do enriquecimento.
    Se a sra Ursula não aceita para si, os valores que quer impor a todos os europeus e se não tem coragem para dizer que o lugar que o Islão reserva às mulheres está errado, deixe a cadeira e volte para o duodeno 🙂

    Liked by 2 people

  16. 27 Abril, 2021 21:22

    Parabéns

    Gostar

  17. João Brandão permalink
    27 Abril, 2021 21:26

    Concordo totalmente com Helena Matos.

    A cara de pau dessa incompetente é enorme. Quando ministra de defesa da Alemanha, pelo menos em uma ocasião, as tropas alemãs foram para um exercício militar da NATO sem armas em número suficiente, tendo sido obrigadas a recorrer anedoticamente a armas de faz de conta, nomeadamente a paus de vassoura. Mas há mais aspectos anedóticos/absurdos acontecidos na Budeswehr aquando da passagem dessa ridícula incompetente por aquela função.

    E é só gente deste tipo que é despachada para o Berlaymont Building. No caso, foi esta criatura para executar as orientações do odre de trampa de manda em Berlim e manda também nesta incompetente.

    Como se pode entender como razoável que uma pessoa que não passou de medíocre ministra de um país possa presidir a um organismo que supervisiona mais de vinte?

    Neste ‘sofagate’ esta sujeita revelou-se uma total incapaz de tomar uma pose de estado, como supostamente devia ter assumido, o que indicia não ter perfil nenhum para aquele lugar. Tal consideração se aplica também ao larilolas que a acompanhava, que não passa de um apatetado eunuco mental.

    As queixinhas que ela agora apresenta, com o ridículo argumento feminista, apenas lhe acentuam a indignidade de pessoa, neste caso, de mulher.

    Tanto mais que, uma feminista que promove a aceitação de muçulmanos no seu país, pelas razões que todos conhecem, só pode ser entendida como destrambelhada ou comunista, e no caso em apreço, só se deve cumprimentar uma pessoa, o muçulmano. Ele apenas fez aquilo que a ‘cultura’ lhe diz para fazer, isto é, subalternizar a mulher.
    Ou a dita destrambelhada não sabia disso?

    Assim demonstrou que não passa de uma incapaz, que nem as responsabilidades próprias tem coragem para assumir.

    Liked by 2 people

Indigne-se aqui.

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: