Saltar para o conteúdo

A filha de Brad Pitt e Angelina Jolie voltou a ser rapariga?

6 Novembro, 2021

Durante anos jornais, revistas e televisões informaram-nos que Shiloh Pitt não se identificava como rapariga. Qualquer observação à pouca idade da criança para decidir em tais matérias era imediatamente apresentada como sintoma de transfobia. Pressurosamente adoptou-se uma linguagem neutra ou masculina para referir Shiloh. Alguns tratavam-na como  John, o nome masculino que Shiloh gostaria de ter. Acontece que Shiloh Jolie-Pitt fez agora quinze anos e apareceu ao lado da mãe na promoção de um filme. A menina Shiloh Jolie-Pitt não só não parece ter qualquer dúvida sobre a sua feminilidade como esta se manifesta de forma exuberante, facto em que os genes da mãe devem dar uma boa ajuda. Agora os jornalistas teorizam sobre a prática da reciclagem de vestidos entre Angelina Jolie e as suas filhas. A criança transgénero ficou enfiada no armário. A causa agora é a salvação do planeta e lá havemos de chegar com as Jolie-Pitt a trocarem vestidos Versace entre si. De causa em causa até à estupidez geral!

7 comentários leave one →
  1. Maria permalink
    7 Novembro, 2021 01:24

    Se ainda fosse vivo e perante tão estrambólicas criaturas (para ser suave na adjectivação), o meu Pai usaria uma frase que repetia quando lia notícias estapafúrdias e/ou estúpidas nos jornais “a estupidez humana não tem limites”.

    Gostar

  2. 7 Novembro, 2021 02:54

    A para somar à memória futura dona Helena, para quando um dia se acontecer forem metidos novamente num campo de concentração e se questionarem “mas o que mal que fizemos nós ?”; “oy vey é tudo por inveja e recentimento por sermos bem sucedidos …”

    w ww.timesofisrael.com/jewish-billionaire-donates-2m-to-transgender-studies/

    Gostar

    • 7 Novembro, 2021 03:10

      E ainda gostam de se gabar, até ao dia que a coisa lhes corre mal…

      “100 years ago, Germany’s ‘Einstein of Sex’ began the gay rights movementDuring the years before Nazism destroyed Europe, a German Jew in Berlin pioneered what became the modern LGBTQ rights movement.”

      “Hirschfeld founded his Scientific-Humanitarian Committee in 1897. Known as the world’s first gay and trans rights organization,”

      w ww.timesofisrael.com/100-years-ago-germanys-einstein-of-sex-began-the-gay-rights-movement/

      Gostar

    • 7 Novembro, 2021 03:13

      Gostar

  3. chipamanine permalink
    7 Novembro, 2021 07:19

    É por essas e por outras que o governo “democrático” chinês publicou leis que “avisam” produtores/fabricantes e mesmo os artistas que produzem jogos informáticos que neles não podem incluir personagens cuja de masculinidade ou feminilidade duvidosa incorrendo em penas pesadas.

    Gostar

  4. JgMenos permalink
    7 Novembro, 2021 11:10

    Que vivam e se façam representar pelas figuras que entendam, pouco me incomoda.
    Agora, que as ‘lutas da comunidade LGBT’ visem integrar na norma toda a anormalidade, lançando a confusão nos jovens, ou que uma ‘ideologia de género’ abrigue toda frustração ou tara psiquiátrica e que se apresente como padrão exemplar, só o esterco do esquerdalho progressismo se lembraria de tal coisa.

    Gostar

  5. Weltenbummler permalink
    7 Novembro, 2021 11:26

    SLB
    « JJ partei pró Brasil,
    Todos ao aeroporto! »

    Gostar

Indigne-se aqui.

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: