Saltar para o conteúdo

Bem vindos ao primeiro ano da civilização dos pacientes

2 Janeiro, 2022

No Observador trato do que registo como a grande transformação registada nesta pandemia: «Não é coincidência qualquer semelhança com a entrada num hospital a nossa vida nesta passagem de 2021 para 2022, à espera dos efeitos de uma vaga Omicron que, garantiam, nos ia matar aos milhões: passámos de cidadãos a pacientes, a política adquiriu o modo de funcionamento das urgências hospitalares, os políticos não prestam contas, dão instruções que, dizem, nos vão salvar. (E quem não se quer salvar?) Vivemos agora com o tempo suspenso do universo hospitalar. Tudo fica para depois. Agora vamos salvar-nos. Os pacientes não criticam, acreditam – precisam de acreditar – que se cumprirem serão salvos. A sobreposição com o discurso religioso não é casual.»

28 comentários leave one →
  1. Weltenbummler permalink
    2 Janeiro, 2022 14:04

    os ‘pulhíticos’ actuais são verdadeiros criminosos
    em vez de confinar o vírus. confinaram os contribuintes e a economia
    não os mando à merda nem para a PqP porque sabem o caminho

    Gostar

  2. pmanuelp37 permalink
    2 Janeiro, 2022 15:40

    Entre crendices e negacionices o juste milieu está cada vez mais difícil. E os governos (todos) que se têm entretido a fazer manipulação de massas (eles lá sabem porquê), só são os culpados porque aproveitaram a deixa. Porque culpado, culpado é quem vota neles e depois insulta a Suécia e o Bolsonaro…

    Gostar

  3. 2 Janeiro, 2022 18:09

    Deixo aqui para memória dona Helena, quando você e os seus leitores se lembrarem de nos vir falar dos exemplos do “liberalismo” “anti-socialista” holandês.

    Gostar

    • chipamanine permalink
      3 Janeiro, 2022 10:35

      É sempre a partir de uma classificação/qualificação dada pelo esquerdismo militante que cada um que não pertença ao seu grupo é classificado.
      A partir dessa “verdade insuflamável” se constrói todo o tipo de narrativa

      Gostar

    • 3 Janeiro, 2022 11:52

      E presumo que foi apartir dessa sua “verdade insuflamável” que acabou de escrever de pretenso intelectualoide, que o chimpanilhas classifica/qualifica maniqueisticamente quem pertence ao “esquerdismo militante” certo ?

      Gostar

      • chipamanine permalink
        3 Janeiro, 2022 22:00

        Eu não presumo como tenho a certeza de que o classificador-mor, iluminado , vidente, de certezas absolutas sobre outrém sabe disso todos os dias quando se olha ao espelho e maniqueisticamente se centra no seu eu e cada vez mais se sente omnipotente, enamorado por si próprio e pela beleza da sua intelectualidade seja ela merda grossa

        Gostar

  4. Jorge permalink
    2 Janeiro, 2022 20:17

    Os globalistas que querem governar o mundo sem nações soberanas conseguiram hipnotizar milhoes de pessoas com este medo irracional e obssessivo da unica doença que eles e os media corruptos impõe 24 sobre 24 horas. Conseguiram instalar uma psicose colectiva na população mundial con ajuda das big techno e das big fharma, que lhes permite manipular e governar as populações com a ajuda de politicos corruptos , jornalistas vendidos e até pessoal medico amestrado. A população recusa-se a acreditar em todas as evidencias que contrariem a propaganda oficial. Temos 1/3 dos internados e dos mortos em relação ao ano passado e a população práticamente toda vacinada ? Não importa….eles acreditam que o fim do mundo anunciado todo o dia nas tvs está à porta.

    Liked by 1 person

  5. 2 Janeiro, 2022 20:59

    Sim. Os globalistas, os governos e jornalistas corruptos, fizeram um bom trabalho.
    Felizmente hoje podemos aliviar as restrições, pois:

    “Temos 1/3 dos internados e dos mortos em relação ao ano passado e a população praticamente toda vacinada ?”.

    Frase incompreensível face ao conteúdo dos parágrafos anteriores. A frase devia ser:

    “Temos três vezes mais internados e mortos em relação ao ano passado e a população praticamente toda imunizada com anticorpos, de uma forma natural”.

    Gostar

    • Os corruptos que se cuidem permalink
      3 Janeiro, 2022 12:26

      O único problema do seu raciocínio (e de todos os que o adoptam) é não se poder provar que a imunização (?) que poderá estar subjacente ao menor número de mortos e internados tenha que ver com as vacinas. O que o Jorge queria dizer, e você torceu, foi que a narrativa das vacinas impera, conseguiram vacinar quase toda a gente, incluindo crianças, há menos mortos e, ainda assim, continuam a acenar com o papão viral.

      Gostar

      • Os corruptos que se cuidem permalink
        3 Janeiro, 2022 13:00

        Se está tudo tão vacinadinho com vacinas super-eficazes que cobrem o Omicron, que até é mais ligeirinho, qual é o problema? Alguém pode aqui explicar para muito burros como eu?! Ou afinal não são as vacinas assim tanto de fiar? Se não são, para que se obriga toda a gente a tomá-las? Para quê contradições como as que passam nos telejornais, com jornalistas tontos a perguntar a especialistas se as vacinas protegem contra o Omicron e a receberem a resposta de que as mesmas estão a ser “adaptadas”. Então a pergunta que se impõe logo não é “se estão a ser adaptadas é porque são actualmente inaptas, ou não?; logo, para que se insiste em vacinar com as que estão em stock e não estão adaptadas?” Porque não faz nenhum deles esta pergunta que até um puto de 5 anos era capaz de fazer?

        Gostar

      • Os corruptos que se cuidem permalink
        3 Janeiro, 2022 13:01

        E o mais giro disto tudo é que os fabricantes nem precisam de mentir às massas ignorantes… é só ler e entender:

        https://www.ema.europa.eu/en/medicines/human/EPAR/comirnaty

        Gostar

  6. Jorge permalink
    2 Janeiro, 2022 21:08

    Como és lento faço-te um desenho tirado dos dsdos da DGS esta semana :Numa comparação com os números de há um ano, em janeiro de 2021 estavam internadas 2.806 pessoas (este sábado estão 1.023), dos quais 483 estavam internados em cuidados intensivos – neste momento, são 142, uma diminuição superior a um terço.

    Já no que diz respeito às mortes, na última semana morreram 125 pessoas infetadas com a Covid-19. Na mesma semana do ano passado foram 559 as pessoas infetadas com a Covid-19 que morreram em Portugal, quase cinco vezes mais

    Gostar

  7. Jorge permalink
    2 Janeiro, 2022 21:10

    Numa comparação com os números de há um ano, em janeiro de 2021 estavam internadas 2.806 pessoas (este sábado estão 1.023), dos quais 483 estavam internados em cuidados intensivos – neste momento, são 142, uma diminuição superior a um terço.

    Já no que diz respeito às mortes, na última semana morreram 125 pessoas infetadas com a Covid-19. Na mesma semana do ano passado foram 559 as pessoas infetadas com a Covid-19 que morreram em Portugal, quase cinco vezes mais

    Gostar

  8. João Lopes permalink
    2 Janeiro, 2022 21:39

    É inegável que a comunicação social tem tido um papel vergonhoso na implantação desta ditadura sanitária. Poucas ou nenhumas vezes vi ser questionado o facto dos doentes não covid terem sido pura e simplesmente esquecidos. E agora que se tem vindo a provar que esta variante omicron não provoca mais que uma “gripezinha” já era tempo de se acabar com toda esta parvoíce.

    Gostar

  9. jose valeriano permalink
    2 Janeiro, 2022 21:46

    Cada um compara como quiser e mais jeito lhes der.
    Sendo uma doença respiratória como está provado temos que ter em analise a diferença de temperaturas de um ano para o outro.
    Ora vejamos o ano passado por esta Altura aqui no Alentejo tínhamos temperaturas mínimas de 2/3/4 graus negativos e máximas de que não passavam os 10 graus, ao dia de hoje tivemos temperaturas mínimas de 6/7 graus e máximas de 20.
    Por isso temos este ano temperaturas mínimas superiores ao ano transato entre 8 a 10 graus de diferença e o mesmo se passa com a máxima.
    Sendo uma doença respiratória teria que se analisar estes dados mas não estes não interessam aos POLITICOS.

    Gostar

  10. carlos rosa permalink
    2 Janeiro, 2022 22:11

    Ando cagado de medo disto tudo.
    Já só tomo banho uma vez por semana para lutar contra as alterações climáticas que não dão chuva.
    E gasto 4 máscaras por dia para me defender do Covid no carro, no trabalho, na rua e na cama.
    Para não ficar roxo com tanta falta de ar,
    tiro a máscara de manhã,
    faço o teste em meia hora,
    com ele limpo o nariz,
    abro as ventas, tenho alívio.
    Cumpro tudo o que manda a televisão.
    O que diz a Graça Freitas, obviamente.
    E o que diz o Silva Graça, naturalmente.
    Politicamente, vou na corrente.

    Gostar

  11. marão permalink
    3 Janeiro, 2022 08:04

    Marcelo atirou-nos para a endemia por engano ou ignorância, mas do alto da sua inutilidade virou-se para virar a página para uma vida nova.
    Só se for sem esta sumidade que assinou o livro todo por baixo e foi sempre o sustentáculo da caduca vida velha.

    Gostar

  12. Andre Miguel permalink
    3 Janeiro, 2022 11:32

    “Imaginem um virus tão mortal que tens de fazer um teste para saber se estás infectado, e uma vacina tão eficaz que tens de a tomar por coerção”

    E é isto. Em vez de proteger as pessoas, os políticos protegem a pandemia.
    Tudo confinado e com restrições de mão estendida ao papá Estado é o sonho, tornado realidade, de qualquer socialista. A pandemia acaba quando desligarem a TV e deixarem de fazer testes de merda quando não têm sintomas.

    Gostar

  13. chipamanine permalink
    3 Janeiro, 2022 16:40

    Anteontem a senhora directora do Hospital D. Estefânia deu um “espectáculo” deplorável ao fazer as afirmações que fez sem questionamento dos cordeiros covardes e comprometidos jornaleiros.
    Disse a senhora que o Hospital Pediátrico estava CHEIO DE CRIANÇAS NÃO VACINADAS
    “incentivando” assim (pela mentira) os pais a levarem os miúdos à picadinha.
    Falando da semana passada fui conferir
    O Hospital teve um pico máximo de 14 crianças sendo que 8 tiveram alta restando 4 em enfermaria e 1 em UCI mas estável.
    Portanto as crianças NÃO ENCHEM OS HOSPITAIS, NÃO ENCHERAM O DONA ESTEFÂNIA E NÃO ESTAVAM VACINADAS (segundo ela própria)
    Sendo que a semana passada a média de infecções covidianas foi superior a 15.000 e que 60% eram crianças, ou seja 9.000 A DIMENSÃO ” CHEIO DE CRIANÇAS DOENTES NÃO VACINADAS” é uma FAKE coerciva para vacinar as crianças.
    Esta gente vem à TV dizer estas barbaridades porque sabem que tem jornalistas ignorantes jornalistas comprometidos/vendidos, jornalistas acéfalos e preguiçosos que se se tivessem informado a teriam confrontado com números.
    Mas o show must go on,

    Liked by 1 person

    • Os corruptos que se cuidem permalink
      4 Janeiro, 2022 12:17

      E o secret de Eetado Lacerda Sales a dizer que 90% dos internados eram não vacinados e forçado a bater em retirada, corrigindo os números como pôde e soube? A ler nesse Pravda da Nomenklatura chamado Público.

      Gostar

      • Os corruptos que se cuidem permalink
        4 Janeiro, 2022 12:29

        O balanço resulta de “conversas” com colegas das unidades de cuidados intensivos: “Numa instituição poderá ser 90%, noutra 70%, noutra 58% ou 60%. É uma realidade heterogénea”. Eh, eh… é a realidade da mentira…

        Gostar

    • jppch permalink
      4 Janeiro, 2022 19:27

      Não tenho vindo aqui, pese embora, quando cá venho ou estaciono ,procuro ler com profundo respeito e atenção o que a partir daqui (blog) é disseminado… posso ter duvidas e pese embora a liberdade que nos assiste, retenho-me na leitura, na forma e no espírito. O para podermos pensar e refletir o que o chipamanine escreveu a 3 Janeiro, 2022 16:40 é deveras muito importante e objecto de reflexão…na forma e na substancia concordo consigo… obrigado… mas quem vem aqui, concorda? Se, não concorda é um direito que lhe assiste (mesmo disparidariamente) o que concordo

      Bom ano para todos

      JPCH

      PS:- que a pena não lhe falhe e que sua reflexão e o trabalho consequente, também não

      Aproveito, para agradecer este espaço de comunicação que permite de modo urbano e conscencioso a interacção entre diferentes e diversos intervenientes

      JPPCH

      Gostar

      • chipamanine permalink
        5 Janeiro, 2022 06:38

        Quanto aos números eles são do próprio Hospital D. Estefânia. Não há como “concordar ou discordar”
        Quanto à classificação que atribuo à sua directora pode até divergir entre mentirosa ou outro qualificativo qualquer
        Assim como a recente afirmação do Ricardo Salles, secretário de estado da saúde que afirmou QUE 90% DAS PESSOAS NAS UCI ERAM NÃO VACINADOS e depois veio dizer que “OS NÚMEROS ERAM DISPARES” e que podiam ser de 58% 70% ou mesmo 90%. Com estes números “a média” nunca poderia dar 90%
        Para quem saiba ouvir ou ler as declarações dele ficamos a saber que há “hospitais-dispares” em que a ocupação das UCI tem 58% de não vacinados e PORTANTO DE 48% DE VACINADOS. Por muito que a vacina proteja das infecções graves em média, ou seja diminua o número de doentes em UCI NÃO SE PODE USAR A MENTIRA para induzir as pessoas em erro.
        Eu sei que em certas “culturas” se justifica o uso de todos os meios para atingir os fins pretendidos. Essa é uma máxima da dialectica materialista

        Gostar

  14. Ze Manel Tonto permalink
    4 Janeiro, 2022 12:12

    Dizem que as vacinas sao eficazes, e para isso comparam dados de Dezembro de 2021, com dezembro de 2020.

    Dois pontos para analise:

    Omicron e’ menos letal que Delta, Delta menos letal que a primeira versao, e a primeira ja de si tinha uma mortalidade inferior a 2%, e quase toda concentrada em idosos com problemas de saude.
    Boa parte das pessoas susceptiveis de morrer de covid ja morreram nos dois anos anteriores.

    Estao a compara uma versao muito menos letal de um virus, a infectar uma populacao muito menos susceptivel de ter complicacoes.
    Mas claro que e’ a vacina.

    Burros!

    Gostar

    • chipamanine permalink
      4 Janeiro, 2022 19:24

      Ainda mais com 60% das infecções ocorrerem em crianças (só 30% vacinadas) que não desenvolvem formas graves na sua imensa maioria……..sim sim……são as vacinas

      Liked by 1 person

  15. Rocco permalink
    6 Janeiro, 2022 01:49

    Mas que raio é uma “pessoa não binária”? Peço desculpa mas não aprendi isto em mais de 18 anos de escolaridade, não contando com o jardim infantil…

    Gostar

Deixe uma Resposta para chipamanine Cancelar resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: