Saltar para o conteúdo

Unidos Não Seremos Vencidos

4 Abril, 2009

35 comentários leave one →
  1. 4 Abril, 2009 17:06

    Sócrates prometeu e cumpriu

    É verdade, para espanto de muitos… Sócrates tinha ameaçado com processos os jornalistas que escreveram sobre o Freeport, e cumpriu. Depois das pressões ao MP aqui está a pressão à imprensa.

    João Miguel Tavares, colunista do Diário de Notícias, foi processado pelo primeiro-ministro por ter escrito: “Ver José Sócrates apelar à moral na política é tão convincente quanto a defesa da monogamia por parte de Cicciolina”.

    João Miguel Tavares respondeu com nível: “Agradeço a atenção que o senhor primeiro-ministro me dedicou de que não me acho merecedor”.

    E o artigo de Fernanda Câncio sobre pressões? Ridículo. Será que a senhora não vê, que na posição em que está, não devia falar destas coisas? Por mais que seja bem intencionada, será sempre vista como sendo parcial. E portanto, assim sendo, não tem os resultados que a própria deseja. Será que a senhora é tão ceguinha que não vê isto?

    Gostar

  2. 4 Abril, 2009 17:10

    TENHAM ATENÇÃO QUE COM ESTES TIPOS NÃO SE BRINCA ..OLHEM AQUELE JUÍZ DO EUROJUST QUE MORREU SUPOSTAMENTE DE ATAQUE DE CORAÇÃO….

    Gostar

  3. Lusitana Antiga Liberdade permalink
    4 Abril, 2009 17:16

    O nosso estado actual é da mais pura vergonha. «Shame on you Mr. Sócrates!»

    Gostar

  4. Anónimo permalink
    4 Abril, 2009 18:02

    o pportas quando foi director do independente foi processado pelos governantes psd e o jornal perseguido pelas finanças do ocosta. tudo normal na altura.

    Gostar

  5. Anónimo permalink
    4 Abril, 2009 18:05

    volto a propor o tavares para a medalha charrua, no próximo dia da raça, by cavaco.

    Gostar

  6. 4 Abril, 2009 18:07

    4,

    E daí?
    O facto de alguém ter errado antes justifica os erros alheios seguintes?

    Gostar

  7. 4 Abril, 2009 18:14

    Ver José Sócrates apelar à moral na política é tão convincente quanto a defesa da monogamia por parte de Cicciolina.

    Ver José Sócrates apelar à moral na política é tão convincente quanto a defesa da liberdade de expressão por parte de Hugo Chaves.

    Talvez se o texto começa-se assim, talvez Sócrates em vez de processar João Miguel Tavares o elogia-se.

    Gostar

  8. 4 Abril, 2009 18:17

    Algo imprevisto e fora da “matéria” governamental, atormenta noites de alguém que deveria estar a descansar para (supostamente e como lhe foi confiado) bem governar o país.
    Insónias. Mau carácter. Défice democrático. Normal estaleca como político. Eis o coktail que leva a transtornada imagem matinal perante o espelho, a espadeirar contra (quase) tudos e todos.
    A ERC mão actua ? Não tem poderes suficientes ? — “actuo eu” ! “Tribunal com eles !”

    (Leiam mais uma boa ‘peça’/manchete de hoje do Sol). Juntem a ‘peça’ ao puzzle.

    Gostar

  9. 4 Abril, 2009 18:19

    Paulo Sousa, 8

    “É” uma hipótese….

    Gostar

  10. José Manuel Santos Ferreira permalink
    4 Abril, 2009 18:36

    Nesta jovem democracia de 35 anos, muito mais nova que eu, quantos jornalistas já foram processados ????

    Mas que grande drama arranjaram agora quando a procissão ainda não saíu do adro

    Gostar

  11. 4 Abril, 2009 18:43

    Qual adro ? No Freeport ? Em Haia ? Em Londres ? Em Lisboa ? Na Cova da Beira ? Na Guarda ? Na Covilhã ?

    Gostar

  12. tina permalink
    4 Abril, 2009 18:52

    Força camaradas, não se deixem intimidar pelas forças da reacção!…

    Gostar

  13. Anónimo permalink
    4 Abril, 2009 18:54

    “O facto de alguém ter errado antes justifica os erros alheios seguintes?”
    anteriormente defendiam-se, hoje atacam, são os mesmos. é a luta pela sobrevivência, estão falidos e precisam do poder a todo o custo. leis não existem, julgamentos populares, liberdade de insulto, difamação à discrição, vale tudo para impor as verdades inventadas pela tralha e fontes do costume, dos babuínos às guedes insufláveis o dvd é o mesmo. foram bem sucedidos com a casa pia, agora não querem outra coisa, transformaram isto em modo de vida e negócio, cerejos e fontes.

    Gostar

  14. Pi-Erre permalink
    4 Abril, 2009 19:36

    Unidos não, seremos vencidos.

    Gostar

  15. 4 Abril, 2009 19:36

    Bulimunda: vá ao Médico. Depressa. E não brinque com coisas sérias demais. O Juiz a que se refere tem família.E amigos. Que até pode(M) ter a desdita de ler este blog insano que publica estes comentários destes alucinados leitores.

    Gostar

  16. 4 Abril, 2009 19:52

    O João Miguel Tavares está louco de contentamento com esta publicidade.
    Segundo fontes bem informadas que não posso divulgar nem que me torturem, acaba de receber um telefonema do Jay Leno.
    É a glória.
    Quem se morde de inveja são os outros cronistas.
    Só pega à primeira.

    Gostar

  17. 4 Abril, 2009 19:57

    Pela liberdade de opinião
    e contra a arrogância,
    a força da união
    derrotará a ignorância.

    O mexilhão unido
    em torno da solidariedade,
    jamais será vencido
    pela imbecilidade!

    Gostar

  18. 4 Abril, 2009 21:09

    Amêijoa,

    ….apetitosa como sempre

    Gostar

  19. Mr. Hyde permalink
    4 Abril, 2009 21:49

    Grotesco!

    Gostar

  20. Anónimo permalink
    4 Abril, 2009 22:07

    piroso

    Gostar

  21. Anónimo permalink
    4 Abril, 2009 22:07

    foleiro

    Gostar

  22. Anónimo permalink
    4 Abril, 2009 22:08

    pepineira

    Gostar

  23. III República Reformada permalink
    5 Abril, 2009 13:42

    Nestes dias em que se demonstra no seu esplendor o narcisismo do líder do Partido do Pensamento Único, são cúmplices os silêncios de alguns pseudo-defensores do pensamento livre!

    Gostar

  24. 5 Abril, 2009 13:59

    Com sua licença (?), reproduzi a imagem na página de causa FB “Solidários com João Miguel Tavares” (http://apps.facebook.com/causes/263168)

    Gostar

  25. 5 Abril, 2009 14:01

    Peço desculpa. O link estava incompleto.

    http://apps.facebook.com/causes/263168/42969034

    Gostar

  26. Tribunus permalink
    5 Abril, 2009 16:24

    A incapacidade de Socrates continiart a ser primeiro ministro, está à vista! Cavaco Silva o Presidente da Republica não vê isso? com um gatorão detes, o país não vai a lado nenhum!
    Na televisão, nos jornais, na rua , no escritório a opinião sobre a incapacidade de Socrates voltar a ser primeiro ministro è um desastra, as mentiras que diariamente os portugueses, são bombardeados, começaram, com a estória da Ota, que acabaou em Alcochete! Lembram-se da gritaria que ele Socrates fazia com a Ota? meteu no rabo de um dia para o outro e acabou-se.
    Não è primeiro ministro quem quer, è necessario competencia e
    neste momento em Portugal è preciso muita…….

    Gostar

  27. Anónimo permalink
    5 Abril, 2009 17:56

    #28 sabes quem foi o melro que pediu os milhões aos bifes? já tá na ventoínha, mas ninguém quer ligar o interruptor, porque será? o que será que o freepork, a sln/alcochete e o bpn têm em comum?

    Gostar

  28. 5 Abril, 2009 18:21

    Caro Tribunus

    Por muito evidentes e insofismáveis que sejam as verdades, os lerdos não são capazes de as ver … Em Portugal, há uma tentação irresistível de venerar os vigaristas e os canalhas e dar-lhe-ei apenas o exemplo de alguns portugueses que insistem, por exemplo, em acreditar no circo mediático montado pelo casal Mc Cann …

    Concordando integralmente com o seu comentário, resta dizer-me isto:

    COM GENTE QUE CONTINUA A NÃO QUERER VER O ÓBVIO, OS (ESSES) PORTUGUESES TÊM O QUE MERECEM!

    Gostar

  29. Oscar Carvalho permalink
    5 Abril, 2009 18:27

    Suspeitas não são factos, caramba! Deixem a justiça investigar!
    Não contem comigo para campanhas de maldicência em que Portugal é fértil. E jornalistas a fazer este trabalho enojam-me!

    Gostar

  30. Anónimo permalink
    5 Abril, 2009 19:15

    #32 um marmeleira reserva, acompanhamento ideal de qualquer prato freeporco.

    Gostar

  31. Anónimo permalink
    5 Abril, 2009 19:27

    Quando se mexe nos fundamentos do Estado de Direito Democrático o resultado é este: um jornal ou jornalista pode ser julgado por um ilícito alegadamente cometido contra a outra parte, quando esse ilícito consiste em acusações de esta ter exercido pressão sobre o poder judicial, que é o mesmo que julga o caso, sem excluir, naturalmente, que também este pode estar a ser alvo do mesmo, ainda por cima num nível hierarquicamente inferior àquele em que as pressões possam ter sido exercidas, independentemente de terem ou não ocorrido de facto e de isso ser ou não provado. Nesta fase, a confiança na justiça assume já um carácter eventual, senão virtual, que fica ao critério de cada um e tem um valor atómico que depende do tipo e natureza do Presidente da República em exercício.

    Gostar

  32. VVV permalink
    5 Abril, 2009 20:30

    Tagged: Fascismo Nunca Mais!,

    Caros amigos, isto trata-se de comunismo, mascarado com o socialismo moderno.

    É por essas e por outras – esse tipo de revisionismos – que a esquerda é tão bem vista neste país e ser de direita parece socialmente condenável.

    Metam lá os nomes certos na coisa, deixem de fazer o jogo deles.

    Gostar

Trackbacks

  1. Nem por isso « BLASFÉMIAS
  2. Da vergonha « Aspirina B

Deixe uma Resposta para VVV Cancelar resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: