Saltar para o conteúdo

Baixeza moral

18 Fevereiro, 2010
by

Só um ser desprovido de quaisquer referências morais ou éticas podia, na Assembleia da República, invocar o nome de um homem bom e honrado, Luís Vasconcellos, para defender o indefensável: a experiência da Ongoing na comunicação social e a forma como o seu presidente, Nuno Vasconcellos, se tem comportado no sector.

45 comentários leave one →
  1. 18 Fevereiro, 2010 17:18

    “Ética” no regime moderno: conceito democrático e de liberdade republicana que tenta nivelar opiniões pela opinião de pessoas legitimamente eleitas e, como tal, impunes.

    Gostar

  2. Gabriel Silva permalink*
    18 Fevereiro, 2010 17:19

    Bem vindo ao Blasfémias, caro José Manuel Fernandes

    Gostar

  3. José do Funchal permalink
    18 Fevereiro, 2010 17:39

    O Dr.José Manuel Fernandes, ontem na Assembleia da República, desmascarou e desmistificou esse «tigre de papel» que é o Sr. Sócrates.

    Sócrates é um indíviduo com poucas qualidades e rodeado com gente muito obscura e perigosa para a sociedade.

    Os portugueses ficaram a saber mais sobre o tipo de governantes que temos.

    Não é por acaso que Portugal é um país a prazo, completamente hipotecado e sem futuro.

    Obrigado, José Manuel Fernandes por resistir à arrogância e pesporrência dos governantes.

    Gostar

  4. 18 Fevereiro, 2010 17:44

    Bem vindo ao Blasfémias, José Manuel Fernandes !

    Gostar

  5. Alexandre Carvalho da Silveira permalink
    18 Fevereiro, 2010 17:49

    Nuno Vasconcelos patrão da Ongoing, não precisa dar ordens ao António Costa, porque ele sabe bem como defender a politica do actual 1º ministro. Ele foi , e é um dos grandes entusiastas do Sócrates. Basta ler o que ele escreve no DE, e o que diz quando vai às tvs. É mais papista que o Papa.

    Gostar

  6. antonio leal permalink
    18 Fevereiro, 2010 17:52

    a AR não dava um museu porreiro, ou um centro culturam com uma cinemateca, mais várias salas de teatro e tal – poupava-se um dinheirão e os portugueses ainda beneficiavam alguma coisa.

    palhaçada de comissões de inquérito para endrominar o pagode.

    Gostar

  7. Corretor permalink
    18 Fevereiro, 2010 17:53

    Prevejo que muitos grupos de comunicação social vão ir à falência.
    Com patrões da comunicação social que fazem favores a politicos espera-se o pior.

    Não aconselho a comprarem acções deste sector e até não compro jornais ou outros produtos destes grupos.

    Gostar

  8. Vendedor de Chouriças permalink
    18 Fevereiro, 2010 18:05

    Os problemas do nosso país são essencialmente agrícolas: excesso de nabos; falta de tomates e muito grelo abandonado.

    Gostar

  9. 18 Fevereiro, 2010 18:07

    Seja muito bem vindo!

    Gostar

  10. Vendedor de Chouriças permalink
    18 Fevereiro, 2010 18:07

    Sê bem vindo JMF,

    Gostar

  11. Vendedor de Chouriças permalink
    18 Fevereiro, 2010 18:12

    Faltou-lhe autoridade… não é uma vítima da asfixia democrática…

    Belmiro de Azevedo aproveita a entrevista à Visão para dar conta das dores de cabeça que o Público lhe provoca, ao mesmo tempo que esclarece as razões por que José Manuel Fernandes, esse editorialista polémico, foi afastado da direcção do jornal. A palavra a Belmiro:
    – Na «guerra» entre Cavaco e Sócrates, o pano de fundo foi o seu jornal. O então director do Público tinha uma agenda política escondida?

    – [Silêncio] Não sei… Para nós, ter um jornal é serviço cívico. Não para influenciar, que fique claro. Mas está a ficar caro, muito caro. E há jornalistas que abusam. Devia haver directores mais fortes para que, de facto, se passasse uma imagem de independência.

    – A saída de José Manuel Fernandes foi lida como cedência da Sonae ao Governo…

    – Errado. Não houve cedência, mas sim uma guerra entre jornalistas, com culpas para as partes. Um director pode sentir-se cansado. Terá sido uma das razões, pois José Manuel Fernandes deixou de lutar para liderar. Ele era acusado – e bem acusado – de não criar climas de consenso no jornal. Deixou-se desautorizar.

    Gostar

  12. Vendedor de Chouriças permalink
    18 Fevereiro, 2010 18:12

    As razões de saída foram então internas e não propriamente políticas?

    – Cansaço, se quiser. Provavelmente, concluiu, com o andar do tempo – e ele reconhece – que podia ter feito melhor. Perdeu poder. E quando um director, seja de que empresa for, deixa de mandar com alguma firmeza, cada dia que passa é pior. Ele concluiu que se tinha esgotado o seu tempo. Continua a colaborar, agora na qualidade de comentador. Escreve mais ou menos da mesma maneira, mas já não tem responsabilidade na linha editorial.

    (…)

    Faltou-lhe autoridade… não é uma vítima da asfixia democrática…

    Belmiro de Azevedo aproveita a entrevista à Visão para dar conta das dores de cabeça que o Público lhe provoca, ao mesmo tempo que esclarece as razões por que José Manuel Fernandes, esse editorialista polémico, foi afastado da direcção do jornal. A palavra a Belmiro:
    – Na «guerra» entre Cavaco e Sócrates, o pano de fundo foi o seu jornal. O então director do Público tinha uma agenda política escondida?

    – [Silêncio] Não sei… Para nós, ter um jornal é serviço cívico. Não para influenciar, que fique claro. Mas está a ficar caro, muito caro. E há jornalistas que abusam. Devia haver directores mais fortes para que, de facto, se passasse uma imagem de independência.

    Gostar

  13. Vendedor de Chouriças permalink
    18 Fevereiro, 2010 18:14

    – As razões de saída foram então internas e não propriamente políticas?

    – Cansaço, se quiser. Provavelmente, concluiu, com o andar do tempo – e ele reconhece – que podia ter feito melhor. Perdeu poder. E quando um director, seja de que empresa for, deixa de mandar com alguma firmeza, cada dia que passa é pior. Ele concluiu que se tinha esgotado o seu tempo. Continua a colaborar, agora na qualidade de comentador. Escreve mais ou menos da mesma maneira, mas já não tem responsabilidade na linha editorial.

    (…)

    – Vai continuar a financiar o Público?

    – Não digo isso. Há um programa para equilibrar aquilo, tentando dar mais força ao digital, em três ou quatro anos. É um sorvedouro de dinheiro e há-de ter um fim. Se me pergunta: é para o ano? Não é. Daqui por dois anos? Provavelmente, também não. Mas tem limites. De cada vez que o Público não ganha dinheiro, ponho-o eu. E isto cansa.

    Gostar

  14. Vendedor de Chouriças permalink
    18 Fevereiro, 2010 18:15

    – Pode vender…

    – Ninguém dá dinheiro que se veja pelos jornais, a não ser por motivações políticas. Houve uma transacção por um balúrdio de massa de um jornal que dá sempre prejuízo! Quem paga por algo que não gera dinheiro? Qual a motivação?
    É, ninguém se mete em jornais “a não ser por motivações políticas”, salvo, é óbvio, a Sonae, que o faz por “serviço cívico”.
    É, ninguém se mete em jornais “a não ser por motivações políticas”, salvo, é óbvio, a Sonae, que o faz por “serviço cívico”.

    Gostar

  15. Vendedor de Chouriças permalink
    18 Fevereiro, 2010 18:17

    Estou a ouvir e a ver o Luis Figo…e para mim, é muito claro

    Gostar

  16. tina permalink
    18 Fevereiro, 2010 18:18

    Viu-se logo quão asqueroso era esse António Costa depois do Diário Económico ter dispensado os serviços de Pedro Lomba sem a mínima explicação.

    Gostar

  17. tina permalink
    18 Fevereiro, 2010 18:22

    Os PULHAS apoiantes de Sócrates continuam na sua missão desesperada e impossível de tentar ocultar a própria pulhice. (desculpe a linguagem jmf, mas não consigo pensar noutro adjectivo para estes asquerosos)

    Gostar

  18. Pronto para tudo permalink
    18 Fevereiro, 2010 18:40

    http://www.ionline.pt/conteudo/47374-socrates-faz-declaracao-s-20h

    sera hoje?

    Gostar

  19. tina permalink
    18 Fevereiro, 2010 18:40

    Andam histéricos depois da grande pulhice de Sócrates ter sido descoberta. Coitados, compreende-se, ter de engolir toda a porcaria que o chefe faz, deve fazer mal aos nervos.

    Gostar

  20. Anónimo permalink
    18 Fevereiro, 2010 18:44

    “sera hoje?”

    Não, hoje é o choradinho da procuradoria que o PS tem andado a cozinhar.

    Gostar

  21. Isabel Santos permalink
    18 Fevereiro, 2010 18:47

    o Figo é que lhes cantou bem

    Gostar

  22. Isabel Santos permalink
    18 Fevereiro, 2010 18:51

    A CSocial esta de rastos, falta de categoria e de quadros, os que há, é subserviente da laranjina C

    Gostar

  23. Anónimo permalink
    18 Fevereiro, 2010 19:03

    Bem vindo José Manuel Fernandes
    Espero que seja para uma participação regular

    Gostar

  24. Adalberto Gomes permalink
    18 Fevereiro, 2010 19:06

    da grande pulhice de Sócrates ter sido descoberta
    —————————————————-

    Qual foi a pulhice?

    Era bom que referisse

    Gostar

  25. Socrates2009 permalink
    18 Fevereiro, 2010 19:12

    Aqui vai, mais uma vez:

    “O SÓCRATES PERGUNTOU-ME SE NÃO ERA MELHOR CORRER COM O MONIZ ANTES DA PT ENTRAR”

    “O ZEINAL JÁ ARRANJOU MANEIRA DE, NÃO DIZENDO NÃO A SÓCRATES, FAZER A OPERAÇÃO DE FORMA QUE ELE NUNCA APARECE”

    “O DONO DA CONTROLINVESTE DIZ AINDA A VARA QUE MARCELINO O TINHA TRANQUILIZADO “O QUE CORRE NA REDACÇÃO É O CONTRÁRIO. O PS E O SÓCRATES É QUE FORAM ARMADILHADOS

    tina

    (desculpe socrates2009 ter-lhe roubado o nick temporariamente )

    Gostar

  26. Miguel permalink
    18 Fevereiro, 2010 19:26

    Adalberto Gomes disse:”da grande pulhice de Sócrates ter sido descoberta
    —————————————————-

    Qual foi a pulhice?

    Era bom que referisse”

    Também concordo

    Qual delas? Convém especificar

    Gostar

  27. Socrates2009 permalink
    18 Fevereiro, 2010 19:32

    ahahahaha!

    Gostar

  28. Anónimo permalink
    18 Fevereiro, 2010 19:43

    pois é , 26 , também fiquei sem saber a qual das muitas se refere a Tina.

    Gostar

  29. 18 Fevereiro, 2010 19:51

    Graças, que ainda é Inverno!…
    Bem vindo JMF e toca a blasfemar.

    Gostar

  30. Isabel Santos permalink
    18 Fevereiro, 2010 19:53

    Vai falar o nosso 1º Ministro

    Gostar

  31. amónio permalink
    18 Fevereiro, 2010 20:15

    baixeza moral é eliminar opinião contrária e chamar-lhe liberdade de expressão.

    Gostar

  32. amónio permalink
    18 Fevereiro, 2010 20:31

    #34 – isso foi dano colateral, comenta longe de mim que diminui o risco.

    Gostar

  33. lusitânia permalink
    18 Fevereiro, 2010 21:08

    jmf1957

    http://cobracascavel007.blogspot.com/
    O ovo da serpente continua a sua luta contra a mais traidora Lei publicada desde D.Afonso Henriques( a da nacionalidade).
    A tal clivagem um dia aparece.Quando a racionalidade das decisões não é devidamente ponderada acontecem coisas chatas.25 de Abril 1974, 25 de Novembro 1975, mas o pessoal das antigas novas oportunidades(lava-pratos) ainda não aprenderam…mas pelo rumo não deve faltar muito.

    Gostar

  34. 18 Fevereiro, 2010 21:13

    Antes de começar a comentar as coisas deste,vou falar primeiro com o meu avô, para ele me ensinar a escrever de modo a passar o crivo da censura.

    Gostar

  35. 18 Fevereiro, 2010 21:18

    Fico satisfeito que tenha vindo para o Blasfémias. É uma excelente aquisição.

    Gostar

  36. 18 Fevereiro, 2010 21:19

    Tem de se começar com uma vénia:
    Bem-vindo camarada.
    (JMF foi fundador e membro do primeiro secretariado da União de Estudantes Comunistas (Marxista-Leninista) em 1975/76)

    Gostar

  37. Confrade permalink
    18 Fevereiro, 2010 21:32

    mas os Vasconcellos não são do sabões? Que sabem eles de media?

    Gostar

  38. hajapachorra permalink
    19 Fevereiro, 2010 00:21

    O escamoso socretino ganhou o poder à conta da casa pia e com os métodos dos entalados da casa pia lá vai resolvendo os seus contratempos. Almeida Santos, totó como é (segundo Soares), disse-o com todas as letras. Mas isto vai acabar mal, muito mal. Ao JMF, felicito-o por ter deixado aquele ninho de víboras. Estava lá a mais, há muito tempo.

    Gostar

  39. RuiAlmeida permalink
    19 Fevereiro, 2010 00:39

    Bem-vindo, JMF.

    Gostar

  40. 19 Fevereiro, 2010 00:51

    Muito bem-vindo, caro José Manuel Fernandes.

    Gostar

  41. Salvador Daqui permalink
    19 Fevereiro, 2010 05:58

    Todos a chamar nomes ao JMF.Ele não se chama Benvindo.É Fernandes.

    Gostar

  42. SEMELHA... permalink
    19 Fevereiro, 2010 14:49

    Afinal, estes gajos que antes eram da Pide, Legião Portuguesa, Mocidade Portuguesa, MRPP, Marxistas Leninistas, andam todos na comunicação Social a fazer o quê ?
    A Implantar uma nova ditadura tipo Bokassa ?

    Quando aí chegarmos, deveremos estar descansados … todos .

    Estou a lembrar-me, de quando a PIDE colocava bombas na linha do combóio e depois ia lá ” descobrir ” o atentado feito pelos comunistas e lá iam mais uma dúzia deles para o Tarrafal !

    Gostar

  43. silent people permalink
    19 Fevereiro, 2010 15:03

    Vasconcellos? Humm …não foi esse que foi defenestrado em 1640?Quanto a mim antes espanhóis que estes merdas que se fazem passar por gente..ao menos os espanhóis têm cojones..substracto..etse são de papel…

    Gostar

  44. anónimo permalink
    19 Fevereiro, 2010 15:47

    “O novo censor-mór do Blasfémias fez aqui uma verdadeira razia”

    saca-te o ip e vai fazer queixa de ti ao parlamento. tás quilhado esta casa é dele e tu andas a tentar usurpá-la.

    Gostar

  45. 19 Fevereiro, 2010 19:23

    44, Anónimo

    Põe-te a pau, que ele também saca o teu.

    Gostar

Indigne-se aqui.

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: