Saltar para o conteúdo

o bom exemplo

3 Outubro, 2012
by

A grande vantagem da conferência de imprensa de Vitor Gaspar foi a sua linear clareza: o anunciado “enorme aumento de impostos” é devido ao facto de “o ajustamento estar a revelar-se mais custoso do que o estimado”. Por outras palavras, o dinheiro vai todo para os cofres do estado, para que este possa pagar as suas dívidas. Nem mais, nem menos do que isto, e sem o álibi do recuo da medida para baixar a TSU, como é do mais elementar bom senso e bom gosto em circunstâncias tão dramáticas. Sobre as perspectivas de redução futura deste pesadíssimo fardo fiscal, Vitor Gaspar foi também claro: “ele será diminuído ao ritmo que conseguirmos efetivamente diminuir a dívida pública, e consequentemente não é vantajoso fazer comentários sobre calendários específicos”. Talvez para 2014, em resultado do que sair de um “grupo de trabalho”, que só agora será constituído. Ou seja, o governo anuncia que a redução da dívida do estado está para além das suas forças, o que já começara a ser perceptível de há algum tempo para cá. Sem juízos de valor sobre a delicada situação em que se encontra o governo de Passos Coelho, parece evidente que o país está irrecuperavelmente falido, que o governo se confessa impossibilitado de reverter a situação e que, muito em breve, os nossos credores serão chamados para novas conversações.

21 comentários leave one →
  1. anti-comuna permalink
    3 Outubro, 2012 18:53

    O lado bom destas medidas é que o Rui passou a gostar do Gasparov:
    .
    http://tinyurl.com/8mkrg8w

    Gostar

  2. J.J.Pereira permalink
    3 Outubro, 2012 18:55

    Todos culpados – mas alguns muitíssimo mais culpados do que outros…
    Vá lá que ainda nos vão permitindo, misericordiosamente, exibir ” sinais exteriores de independência”…

    Gostar

  3. rui a. permalink*
    3 Outubro, 2012 18:56

    “O lado bom destas medidas é que o Rui passou a gostar do Gasparov”
    Quem lhe disse que não gostava?

    Gostar

  4. anti-comuna permalink
    3 Outubro, 2012 19:02

    O lado bom destas notícias é que o Rui ainda ficou a admirar mais o Gasparov:
    .
    http://tinyurl.com/9evzb4e

    Gostar

  5. rui a. permalink*
    3 Outubro, 2012 19:04

    “O lado bom destas medidas é que o Rui passou a gostar do Gasparov”
    Então, e você passou, agora, perante mais este esforço patriótico, para o outro lado da barricada? Estava à espera de quê, que a estórinha da TSU (que parece, cada vez mais, uma lebre para “suavizar” esta porrada evitasse isto?

    Gostar

  6. anti-comuna permalink
    3 Outubro, 2012 19:09

    O lado bom destas noticias é que todos perceberam que a alternativa era pagar muitos mais impostos. Menos o genial dr. Paulo Portas e Cia.:
    .
    http://tinyurl.com/9np6oom

    Gostar

  7. rui a. permalink*
    3 Outubro, 2012 19:12

    “a alternativa ”
    Qual alternativa? Ent]ao a massa da tsu não ficava nas empresas?

    Gostar

  8. anti-comuna permalink
    3 Outubro, 2012 19:12

    O lado bom destas noticias é que o grupo musical Calimeros engrossou imenso e até gostam da casca na cabeça:
    .
    http://tinyurl.com/8wo8d6a

    Gostar

  9. trill permalink
    3 Outubro, 2012 19:13

    “Prestações sociais, Educação e Segurança” serão os principais alvos, ”

    alvos dos cortes futuros, ou seja: agora, agora só vai haver aumentos de impostos, logo Fundações Ip’s, Eps’s, EM’s, etc, são para manter e nos próximos anos vai-se cortar nas áreas que competem ao Estado, mantendo intactas as ditas fundações, ip’s, ep´s em´s, etc. porque lá estão alojados os boys e as girls. Até quando os portugueses vão suportar isto?

    Gostar

  10. Patusco permalink
    3 Outubro, 2012 19:14

    Outubro 3, 2012
    Estupidez
    Filed under: Blogosfera,Economia,Política,Política Fiscal,Portugal — Maria João Marques @ 17:43
    Uma parte da ‘direita’ – por acaso não a que tem conhecimento de causa – entendeu dedicar-se nos últimos dias ao insulto dos empresários portugueses por não terem captado quão maravilhosa era a proposta do sobe e desce da TSU. Há até quem leve o delírio a culpar os empresários, devido à recusa da TSU, pelo aumento de impostos maciço que hoje o governo anunciou. Tendo em conta que uma das notícias boas dos últimos anos, e de forma consistente, foi o aumento das exportações e que o ajustamento resultante da intervenção externa do lado privado – de empresas e famílias – tem sido exemplar, enquanto o estado continua a anunciar aumento de impostos prometendo cortes na despesa que acabam por nunca se materializar, só se pode dar um nome a este novo entretenimento da ‘direita’: estupidez.
    E reconhecer que por muitos defeitos que os empresários tenham, são bem melhores do que estes empresários de bancada – que, sabe-se lá porquê, não se decidem a avançar, a criar empresas, a arriscar os seus bens pessoais. Certamente que com a fraquinha concorrência empresarial que teriam iriam arrasar, ou não? O que esperam para se tornarem milionários?

    Gostar

  11. trill permalink
    3 Outubro, 2012 19:24

    E a defesa, c seus helis, subs, veículos de terra, etc? E as despesas com as instituições políticas que são 3.5 MM de euros/ano ?!!

    O Ministério da Educação foi o que cortou mais despesa (745,7 milhões de euros), seguindo-se a Saúde (489,8 milhões de euros). A Defesa é o terceiro Ministério em cortes de gastos (207,8 milhões de euros). O Ministério da Segurança Social foi o único que registou aumento nas despesas (mais 311,7 milhões de euros).
    http://www.jornaldenegocios.pt/home.php?template=SHOWNEWS_V2&id=582107

    Gostar

  12. trill permalink
    3 Outubro, 2012 19:27

    quanto continuarão a custar por ano os helis mais os substitutos dos Panda? A despesa de 3.5 MM/ano c as instituições políticas é simplesmente um escândalo num país destes.

    Gostar

  13. trill permalink
    3 Outubro, 2012 19:29

    depois há os 2.5 MM/ano das autarquias e regiões autónomas…

    Gostar

  14. Portela Menos 1 permalink
    3 Outubro, 2012 19:35

    Há sempre alternativas; podem começar a Renegociar a divida, auditá-la e baixar a taxa juro a pagar.
    Outra alternativa: Eleiçoes.

    Gostar

  15. trill permalink
    3 Outubro, 2012 19:45

    hão-de explicar, devagarinho, para onde vão os 3.5 MM/ano de despesa c as “instituições políticas”

    Gostar

  16. trill permalink
    3 Outubro, 2012 19:48

    “Renegociar a divida, auditá-la e baixar a taxa juro a pagar.”

    são 8MM/ano de juros. Ou seja, é pouco menos de metade daquilo que paga Espanha que tem 4x mais habitantes.

    Gostar

  17. javitudo permalink
    3 Outubro, 2012 19:49

    Sem processar os principais responsáveis de todas as cores e exigir a devolução do que roubaram, não vão lá.

    Gostar

  18. tric permalink
    3 Outubro, 2012 21:44

    ” Talvez para 2014, em resultado do que sair de um “grupo de trabalho”, que só agora será constituído. ”
    .
    este Governo é para cair…com o Euro…

    Gostar

  19. nuno granja permalink
    4 Outubro, 2012 00:23

    its the same old story

    Gostar

  20. fiscalista permalink
    4 Outubro, 2012 21:18

    Um GASPACHO de COELHO que já fede …

    Mais um “servente de caloteiros” com punhos de renda apenas ao serviço
    dos viciados especuladores financeiros (quem são eles ?) que estão vivendo principescamente à custa do Zé Povinho … E ainda não pensa noutra coisa senão ir buscar mais dinheiro !… Mas ainda não nos diz como vamos pagar o que loucamente já devemos !…
    Este também reprovaria no 1º ano de Finanças Publicas do Prof. Salazar …
    “A credibilidade e a confiança levam tempo a construir” . Certo , mas a credibilidade e confiança não levam tempo a destruir como lhe está acontecendo … Entre já imensos exemplos de incompetência , recordo o IVA
    da “restauração” e o caso TSU que retratam este “génio lunar” …
    “ O CONSUMO privado e o INVESTIMENTO (puro) cairam mais do que o esperado ” … As RECEITAS fiscais também cairam !… Pudera , com este realismo lunar não era de esperar outra coisa …De facto , na LUA não há empresas nem familias …
    Demagogicamente VG avisa que o deficit de 2014 será resolvido com a
    diminuição da DESPESA PUBLICA !… Será que ainda não tem competência para o fazer já em 2013 ? Da incompetência passamos para o nivel do aldrabrão ? Na verdade , afirma que a diminuição da despesa é inquestionável !… Mas qual despesa ? A real ? ou a contabilizada até de forma duvidosa ? Afirma ainda que obtemos taxas de juro ditas sustentáveis( > 5% ) com crescimento zero !… Me perdoem , mas não encontro mais adjectivos …
    Quanto ao IRS temos a dizer que a medida fiscal “ad minus” relativa aos subsídios é inconstitucional i.e. o trabalhador do sector privado recebe 2 subsídios tributados em IRS . O funcionário publico recebe
    apenas 1 subsídio tributado em IRS ( o outro subsídio é tributado autonomamente fora do IRS e com uma taxa de 100% !…”mutatis mutandi” para o pensionista igualmente discriminado …) . Em suma, recebem ZERO !…
    Aguardamos os futuros valores concretos de taxas e escalões de IRS para em conjunção de taxas e sobretaxas , podermos aquilatar se o principio da PROGRESSIVIDADE é violado . Desde já está violado o princípio da EQUIDADE (2 contra 1) . E está violado o princípio da UNICIDADE do IRS , distorcendo o Sistema Fiscal consignado no artigo 104º da Constituição , ao pretender tributar 1 subsídio autonomamente fora do IRS com uma escandalosa taxa de 100 % . Pior do que o CONFISCO é o ROUBO …
    Aquelas taxas e sobretaxas de legalidade duvidosa não passam de uma ardilosa anestesia fiscal para não evidenciar as reais elevadas taxas de IRS provocando mais uma distorção fiscal para além das distorções económicas e sociais que esta pandilha está realizando .
    A Associação de Juizes já se pronunciou informalmente no sentido da inconstitucionalidade .
    N.B. Estas politicas ? Eleições ? Remodelação governamental ? Estado de emergência ? Um Governo todo “escavacado” ? Temos um problema insolúvel ? Uma verdadeira Quadratura do Circulo ?
    MORTE súbita ou MORTE lenta ? Qual delas a melhor ? Eis a questão …
    P.S. Segundo a DOUTRINA jurídica mais recente , no actual contexto , há fundamento para não criminalizar o facto de adjectivar o PPC de LADRÃO !…

    Gostar

Trackbacks

  1. «O bom exemplo» « Memória Virtual

Indigne-se aqui.

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: