Saltar para o conteúdo

Subvenciona isto

21 Novembro, 2014

As subvenções têm impacto nulo no orçamento em termos de contabilidade da despesa; porém, têm um impacto brutal na capacidade dos parlamentares demonstrarem compreender os cortes que necessariamente terão que intensificar na despesa pública. Parece que a situação está a dividir o PSD enquanto o PS se divide em bloquistas ambiciosos no seu analfabetismo aritmético e socialistas que sabem que o acto de governar não tem relação com o objectivo que é obter o poder.

Se parece divertido é porque é.

asasfafa

efeito messiânico, via Popstar

23 comentários leave one →
  1. Jorge permalink
    21 Novembro, 2014 10:20

    Eu não vou votar nestes tipos: são imorais, mesmo que legais.

    Gostar

    • Euro2cent permalink
      21 Novembro, 2014 23:08

      Suspeito que o número absoluto de pessoas disposto a votar em qualquer dos bandos de facínoras está a cair a pique.

      Felizmente para eles que só precisam da percentagem dos papalvos restantes. Até porque foi assim que fizeram as leis.

      Gostar

  2. 21 Novembro, 2014 10:52

    Efeito nulo o tanas, Vitor Cunha. Experimente alocar os 8 milhões para pagar -ou não -os electricistas e pedreiros que faltam nas universidades, por exemplo ou até o papel higienico na AP e veja o impacto do “efeito nulo”. A tragédia do socialismo é essa, de achar que cada pequeno rombo tem efeito nulo, e planear grandes golpes com pequenos roubos ao cidadão… que somados nos deixam onde hoje estamos.

    Gostar

    • manuel permalink
      21 Novembro, 2014 11:49

      Lembro-me sempre daquela vergonha de cortarem nos subsídios de doença e desemprego e que foi considerado inconstitucional pelo TC, atacando os mais frágeis da sociedade.

      Gostar

      • 21 Novembro, 2014 23:58

        A maior abominação pode ser constitucional, mas não tem de ser aceitável. E sim a nossa constituição devia ser limpa, revista, ao invés de andar para aqui a servir para cobrir o injustificável. Mas vamos admitir que sim. Pomos então no mesmo barco marmanjos que recebem o chorudo subsidio vitalício ao fim de 10 anos de funções para o qual não contribuiram (funções das quais saem mais bem preparados e com uma teia de contactos e cumplicidades, note-se) , com os doentes ou desempregados que descontaram todos os meses para beneficiar de uma parca cobertura, e que não beneficiam de tal teia. Tem tudo a ver não tem, ó Sr. legalista?

        Gostar

      • 22 Novembro, 2014 00:04

        E sim, há os mais frágeis que devemos proteger e há as elites a quem se exige honradez e sentido de estado. Só arrivistas sem berço acham que o poder é uma borla que lhes cai no colo…

        Gostar

    • 21 Novembro, 2014 12:06

      Eu disse que tinha efeito nulo no orçamento, não efeito nulo por si só, tendo, inclusivamente, apontado um efeito não nulo.

      Gostar

  3. Portela Menos 1 permalink
    21 Novembro, 2014 11:52

    PS e PSD bandarilhando-se mutuamente 🙂

    Gostar

    • Artista Português permalink
      21 Novembro, 2014 16:05

      Eu diria mesmo mais: soarismo + cavaquismo em todo o seu esplendor!

      Gostar

  4. Baptista da Silva permalink
    21 Novembro, 2014 12:06

    Tinha que meter “Lelos” ao barulho…

    Gostar

    • Bolota permalink
      21 Novembro, 2014 14:01

      Mas estas são mesmo medidas á Lelos, que como nulos que são tem feito da politica o seu quintal. Mas há mais , Couto dos Santos é outra nulidade que queria continuar a mamar mais do que já mama.

      Até a Isabel Moreira, nascida num berço Socialista ( filha de Adriano Morreira) tanto defende esta medida como outras do seu restrito interesse e são conhecidas quais são.

      Gostar

  5. Almeida permalink
    21 Novembro, 2014 15:35

    Sobre esta trapalhada das subvenções, só há uma frase bem portuguesa para dizer: “Tenham vergonha na cara”!

    Gostar

  6. Alexandre Carvalho da Silveira permalink
    21 Novembro, 2014 15:57

    Três falências em 40 anos, o BPN, o BES, a cena das robalos, os vistos gold e agora isto! que mais irá nos acontecer? Olhando para a abrangência e a transversalidade da corrupção e da vigarice em Portugal, sou levado a concluir que este espírito de pilha-galinhas nos está na massa do sangue.
    Estes “fenómenos” que se tornaram banais são o “espelho da nação” que somos. É assim há mais de 800 anos, não percebo porque é que ainda ficamos espantados e escandalizados quando estas coisas acontecem. De resto, quem não tem telhados de vidro que atire a primeira pedra.

    Gostar

    • Portela Menos 1 permalink
      21 Novembro, 2014 19:33

      Arco da corrupção:
      Portucale, BPN, operação furacão, apito dourado, face oculta, monte branco, isaltinogate, BES, visto gold and so on…

      Gostar

      • Alexandre Carvalho da Silveira permalink
        22 Novembro, 2014 00:36

        E o Sócrates finalmente detido. O que não irá por aí de choro, baba e ranho…

        Gostar

  7. 21 Novembro, 2014 19:51

    Se não fosse o BE e depois o PC, “a coisa” tinha passado e aprovada por maioria…
    Depois, os velhacos deputados do P”SD” surgiriam “admirados”, os sacristas do PP “escandalizados” e os hipócritas do P”S” caladinhos… Resultado: gentalha e gentinha irmanados que não se importariam nadinha com a reposição.
    Canalhice institucionalizada !

    Gostar

  8. Cáustico permalink
    21 Novembro, 2014 20:10

    Este episódio das subvenções pôs a nu três tipos que pululam na política actual: o moralista hipócrita, o pacóvio inepto e o camaleão calculista.

    Gostar

  9. Portela Menos 1 permalink
    21 Novembro, 2014 22:40

    PS ainda nem é governo e já levou uma goleada que os eleitores não vão esquecer.
    Deputada da semana: Mariana Mortágua 🙂

    Gostar

    • Euro2cent permalink
      21 Novembro, 2014 23:18

      > Deputada da semana: Mariana Mortágua

      Não sabia quem era a ilustre, fui ver. Vi que foi incapaz de andar para a frente com um doutoramento em Londres, e veio deputar.

      Está bem. Decerto que está pronta para nos brindar com outros “inconseguimentos”, como diz a reformada chefe deles todos.

      Gostar

Indigne-se aqui.

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: