Saltar para o conteúdo

Go, Johnny, go

12 Abril, 2015

20150412-Moreira-JN

Rui Moreira tem toda a razão. Isto é um problema sério, que merece a consideração de todos os portuenses através de uma densa e profunda reflexão que permita estabelecer limites a esta vilanagem. A descaracterização da cidade pelo turismo é notória e altamente perniciosa para a imagem da cidade invicta, agora vencida por esse rebanho de invejosos da nossa tripeiridade. Além disso, não queremos aqui turista de pé-rapado.

Sobre a identidade da cidade, por exemplo, uma pessoa já não pode simplesmente mijar contra um poste sem ver um turista de máquina fotográfica a fotografar a Torre dos Clérigos. Já nem se pode ser tranquilamente violado na Rua dos Caldeireiros, tal a quantidade de comedores de panini que saem daqueles restaurantes descaracterizados, onde já nem um cão se pode comer, mesmo com a inócua descrição no menu de “cabrito assado”. Anda um gajo a decapar a pintura do Renault 5 do vizinho e a ser preso por isso para estes labregos depois irem às galerias de arte alternativa apreciar uma decapagem de um Bel’Miró ou ouvir um poema punk de Brochnyziev.

Uma pessoa quer abrir a gabardina na Avenida dos Aliados às 21h00 para mostrar a masculinidade à universitária assustada e é logo confrontado por dezenas de estrangeiros e até portugueses que nos impedem de realizar a nossa felicidade. Anda uma pessoa a tentar ser palmada no autocarro por um carteirista de boina e tudo o que consegue é o número de telefone de uma bifa.

É preciso acabar com esta descaracterização da cidade. O Porto quer-se triste e taciturno, cheio de suburbanos que falam como uma canção dos Trabalhadores do Comércio e que regressam a casa no comboio às 18h30, não de pós-modernos a beberem os nossos cimbalinos às 22h00, hora a que qualquer café decente deveria estar fechado. Ai, Lima 5, Lima 5…

É preciso acabar com isto de ingleses no Porto. Estão a descaracterizar a cidade. Tenho dito.

57 comentários leave one →
  1. 12 Abril, 2015 13:33

    Ó c’um carago: um presidente mundano, cosmopolita, preocupa-se com “a dependência excessiva do turismo e a perda de identidade da cidade” !? Uma cidade cosmopolita, o comércio e outras actividades dependentes de turistas, concordarão com essa taxa ?
    Espero que RMoreira não ceda ao veganismo para que as tripas continuem a deliciar-me.

    Gostar

  2. 12 Abril, 2015 13:36

    Desculpe, este Rui Moreira é familiar deste Rui Moreira que escreve aqui maravilhas sobre o Porto?

    Gostar

    • anti-comuna permalink
      12 Abril, 2015 14:21

      Parece que é o mesmo mas descobrimos agora que o tipo tem complexos de inferioridade face a Lisboa. Há uma parte do Porto que é assim. Se Lisboa tem, eles têm que ter maior. 😉

      Gostar

      • 12 Abril, 2015 14:34

        Há um “Rui Moreira” aqui no Blas ?

        Lisboa com “complexos de inferioridade” em relação ao Porto ? Naahhhh…

        Já por mais de uma vez escrevi aqui que o Porto, o Norte, têm praticamente tudo para se sentirem sem esses complexos ou invejas. Uns quantos não representam todos…

        Gostar

  3. anti-comuna permalink
    12 Abril, 2015 14:15

    Este é mais outro Liberal de pacotilha, que emergiu no Porto. Chuif!

    Gostar

    • lucklucky permalink
      12 Abril, 2015 14:39

      Liberal nunca foi.

      Gostar

      • anti-comuna permalink
        12 Abril, 2015 14:44

        Outros julgam-se Liberais mas também não o são. 😉

        Gostar

  4. Maria Antonieta permalink
    12 Abril, 2015 14:21

    Mas a sério que nunca foram a nenhuma cidade com taxas para turistas? Que campónios!

    Gostar

    • 12 Abril, 2015 14:25

      Eu fui. Não era bem uma cidade, era a piscina do António Costa. Mas gostei.

      Gostar

    • anti-comuna permalink
      12 Abril, 2015 14:26

      Essas cidades estão a perder quota de mercado precisamente para cidades sem taxas, como Porto e Lisboa.

      Afinal quem é campónio mesmo? Os pseudo-burgueses das cidades Portuguesas? A parolagem citadina que se acha superior aos tamanqueiros do Interior do país? lol

      Gostar

    • lucklucky permalink
      12 Abril, 2015 14:41

      Esta julga que teria salvo o pescoço com ainda mais impostos.

      Gostar

    • David permalink
      12 Abril, 2015 22:25

      Londres, Paris, Roma, Nova Iorque, Berlim… Estao completamentente despovoadas de turistas! Raios, sao desertos autenticos!

      Gostar

      • 13 Abril, 2015 00:57

        Vc. imagine que os presidentes de câmara dessas e doutras cidades afirmavam que estavam preocupados com “a perda de identidade” por causa dos turistas…

        Gostar

  5. anti-comuna permalink
    12 Abril, 2015 14:47

    Caro MJRB, não confunda o Porto com o Norte:

    “Já por mais de uma vez escrevi aqui que o Porto, o Norte, têm praticamente tudo para se sentirem sem esses complexos ou invejas. Uns quantos não representam todos…”

    No Porto há demasiados parolos com inveja de não viverem em Lisboa e, se Lisboa tem, eles têm que a ter maior. 😉 E a cidade do Porto continua em decadência apesar do trabalho meritório do Rui Rio.

    O Norte é muito mas muito mais que o Porto e não inveja as duas grandes cidades Portugueses. Aliás, basta ver como Braga já ultrapassou o Porto e não precisam de o dizer. Já o são e têm estratégias de crescimento que metem o Porto no bolso.

    Gostar

    • 12 Abril, 2015 14:57

      Conheço gente do Porto e do Norte sem invejas de Lisboa ou do Sul. Conheço poucas com esses problemas vivenciais.

      Óbvio que “o Norte é muito mas muito mais do que o Porto”.
      O Porto e o Norte têm praticamente tudo para serem ainda muito mais um cidade e região progressivas, estabilizadas e apelativas.

      Gostar

      • anti-comuna permalink
        12 Abril, 2015 15:01

        “Conheço poucas com esses problemas vivenciais.”

        Mas há muita gente com esses problemas existenciais, tipo Rui Moreira. Que continua a não descobrir uma estratégia para evitar a decadência do Porto.

        “O Porto e o Norte têm praticamente tudo para serem ainda muito mais um cidade e região progressivas, estabilizadas e apelativas.”

        O Porto perdeu o comboio do dinamismo económico e já só vivem do passado e, agora, do Turismo. Mas o Turismo não chega para disputar o título de “Capital do Norte”. Hoje, indubitavelmente, Braga é a capital económica de um uma macropólis que vai desde, pelo menos, Viana do Castelo a Aveiro. E duas cidades estão a “secar” o Porto: Braga e Aveiro.

        A grande capital do Norte é, hoje em dia, Braga. E têm uma estratégia clara para tornarem-se numa das cidades mais importantes da europa. 😉

        Gostar

  6. 12 Abril, 2015 15:04

    Este gaijo é doido! Não é ele que está a falar mas a troupe de um tal Pizarro! O de Lisboa disse “mata” este faz de câmara de eco e diz “esfola”!
    Eu até nem sou do Porto… Nasci e vivo no outro lado do rio e por isso já sou “mouro”; se calhar nem devia estar a comentar isto, mas dá volta ao estômago ver que estes almofadinhas que nasceram em berço de ouro e nunca tiveram que fazer pela vida porque outros fizeram por eles venham agora criar condições para complicar a vida a quem quer apenas trabalhar e ganhar a vida com dignidade. Em boa verdade, quem o escolheu não têm mais do que aquilo que merece…

    Gostar

  7. 12 Abril, 2015 15:21

    anti,

    Não conheço a actual realidade bracarense (sem dúvida cidade atraente, com “substância”), mas acredito no que me informa. Assim sendo, óptimo !

    Gostar

    • anti-comuna permalink
      12 Abril, 2015 15:33

      Braga é hoje a capital económica do Norte porque tem a sorte de estar bem situada (por exemplo, colada ao Vale do Ave, coração industrial do Norte), de ter uma excelente Uiversidade, a do Minho e ser tida por alguns como um futuro Silicon Valley europeu.

      Hoje Braga já colhe imensos beneficios de sedear a Universidade do Minho, que tem permitido o surgimento de um novo tecido económico ligado a novas tecnologias, que por sua vez estão cada vez mais interligadas com as chamadas velhas tecnologias, ou sectores industriais tradicionais.

      Braga beneficia também do forte incremento industrial que está a surgir ao redor do porto de Viana do Castelo, que por sua vez ainda se liga aos sectores industriais Galegos, em especial à fábrica da PSA em Vigo. Por felicidade de Viana do Castelo e, naturalmente Braga, emergiu um pequeno cluster industrial ligado à energia eólica, que por sua vez está cada vez mais a crescer, muito graças às exportações.

      Braga é uma cidade moderna, com boas infraestruturas, uma Universidade excelente e até um Laboratório que começa a gerar mais valias para o tecido económico envolvente, ligao às nanotecnologias e aos novo materiais, incluindo compósitos. Está ligada ao aeoroporto por auto-estrada, a 55 kms. e ao porto de Leixões, está ainda ligada ao porto de Viana do Castelo. Está ligada sobretudo à Galiza, que cada vez mais se integra economicamente com o Alto Minho.

      É uma cidade jovem, rodeada por cidades importantes, fortemente industriais, que salvaram os chamados sectores tradicionais e começam a desenvolver os novos sectores industriais, em especial nas chamadas TI.

      Por fim Braga será verdadeiramente a cidade a Norte do Douro, que liga cada vez mais o litoral ao Interior. Nota-se isso nos investimentos cada vez maiores, que a indústria mais perto do litoral vai fazendo no Interior.

      E têm uma estratégia clara: querem mesmo ser um novo Silicon Valley na Europa. 😉

      PS Não vivo e nunca vivi em Braga, nem lá estudei sequer. Mas é a realidade económica que o mostra.

      Gostar

      • 12 Abril, 2015 15:55

        OK ! Fico contente por ter lido algo que desconhecia da Braga actual.

        Gostar

      • Tiro ao Alvo permalink
        12 Abril, 2015 20:13

        Anti-comuna parece-me que está a exagerar em relação a Braga. E quando fala da Universidade do Minho não pode esquecer o pólo de Guimarães, onde está sediada a Escola de Engenharia da UM.
        Por outro lado, quando diz que Braga tem boas infraestruturas, e se está a referir a vias de comunicação, parece-me que a obra foi feita de forma muito atamancada. E se a cidade cresceu muito, como de facto aconteceu, esse crescimento foi desordenado, descaracterizando bastante a cidade, que era bem bonita.
        Declaração de interesses: sou do norte, mas não tripeiro.

        Gostar

  8. Jorge permalink
    12 Abril, 2015 15:29

    Este Moreira é a prova viva de que não é com independentes que se renova a política autárquica. Costumam ser tão maus como os eleitos pelos partidos. Este Moreira tem a agravante de ter andado a fingir que era um liberal quando, na verdade, não passa de mais um reles socialista a fazer obra medíocre à custa dos contribuintes.

    Gostar

    • Bolota permalink
      13 Abril, 2015 13:58

      Jorge,

      Independente como?? Teve o apoio de Miguel Veiga e de Paulo Rangel, por exemplo…

      Gostar

  9. LTR permalink
    12 Abril, 2015 16:24

    Quanto mais estruturalmente corrupto é um país, mais generalizada a vontade de quem não mama mamar como os que já mamam. Ou se possível, até mais.

    Gostar

  10. 12 Abril, 2015 16:25

    Caro anti,

    Tenho uma boa (ou razoável) notícia também para si.
    Há dias, opinei noutro post que SNóvoa não seria o candidato do P”S”, porque não “pegava” no eleitorado inclusivé o “socialista”.
    Há minutos, revi numa tv SN a justificar-se porque anda a reboque e apresentado publicamente pelo ACosta e pelo P”S”. Mentiu e indiciou que outro candidato o substituirá.
    SN vai ficar amornado até se deixar desaparecer com uma desculpa qualquer. Afinal mais um moleque.

    Gostar

    • anti-comuna permalink
      12 Abril, 2015 18:34

      Obrigado. Uma boa noticia. Vão acabar por apoiar o Henrique Neto. 😉

      Gostar

      • Euro2cent permalink
        12 Abril, 2015 21:57

        > Vão acabar por apoiar o Henrique Neto.

        Quem, a associação de malfeitores do Largo dos Ratos?

        Os que elegeram Socrátes para chefe com 98% dos votos, e partiram a mobilia da A.R. para levar um escapado à justiça em ombros?

        Isso é uma boa notícia para quem?

        Gostar

  11. 12 Abril, 2015 16:59

    Caro anti,

    Ora aqui está mais um –note, mais um– contributo/tiro nos pés para que o P”SD” não vença as legislativas: O governo vai permitir que os militares se reformem aos 60 anos, com pensão por inteiro.

    Gostar

    • Duarte de Aviz permalink
      12 Abril, 2015 17:43

      Não me parece que seja uma ideia assim tão má como isso. A partir dessa idade só dão despesa.

      Gostar

  12. crizzum permalink
    12 Abril, 2015 18:07

    Que tal começar por indignar-se com o Pinto da Costa, O tal que descaracterizou o FCP com espanhóis de 3ª categoria?

    Gostar

  13. manuel branco permalink
    12 Abril, 2015 19:34

    Por Lisboa, acredite, já tinha acabado com o maldito 28. Nunca fui roubado mas está sempre apinhado e pergunto-me o que é que aqueles doidos andam ali a fazer, em pé, sem verem nada, quando têm o equivalente onde podem ir sentados. Os desgraçados que têm de recorrer à carrimpana é que têm que aguentar aquela treta porque é simbólica de Lisboa. A outra praga é a calçada a portuguesa. Aos defensores dela só dou um conselho: toca a descer as ruas inclinadas pavimentadas com essas pedrinhas – a branca então – a fazer sprint. Vão ver como num minuto batem com o queixo no primeiro poste que estiver por perto.

    Gostar

  14. licas permalink
    12 Abril, 2015 20:06

    E quanto a mim há mais: Já se deram conta
    da verdadeira tortura (à KGB) se se estar de joelhos 8 horas
    a disoporem-se as pedrinhas no chão para depois serem calcadas para completar
    a tal calçada à Portuguesa?
    (à Portuguesa só o cozido, mais nada).

    Gostar

  15. licas permalink
    12 Abril, 2015 20:11

    Acabo de ver
    O presidente Maduro não vai permitir traições________à Venezuela.

    TUDO pela Nação, NADA contra a Nação, lembram-se no
    tempo da Outra Senhora?

    Gostar

    • Bolota permalink
      12 Abril, 2015 21:18

      licas,

      Assume lá, o Maduro e afins por tudo e por nada é pancada não é??? Sabias que isso tem tratamento???? A que propósito foi o Maduro pata aqui chamado????

      Atina porra

      Gostar

    • Euro2cent permalink
      12 Abril, 2015 22:33

      > lembram-se no tempo da Outra Senhora?

      Sim. Na altura também acreditei nestes bandalhos da liberdade e tripa forra. Mea culpa, mea maxima culpa.

      “Atrás de mim virá quem de mim bom fará.” Fomos governados por homens honestos, e preferimos acreditar em bandidos.

      Agora pagamos por isso.

      Gostar

  16. licas permalink
    12 Abril, 2015 22:57

    O Maduro encoberto por linguagem “apropriada” teceu uma rede de
    tal maneira perigosa que já descambou em Fascismo extremo.
    Para os comunistas que têm o único propósito a apropriação
    do Estado (toda a História confirma) vai utilizando-se do palavreado
    anti-democracia do dito para desgastar, desmoralizar, subverter,
    a espinha dorsal da Democracia. Sempre o fizeram e continuarão
    até à vitória total. Daí por diante já sabemos o que acontece.

    Gostar

  17. licas permalink
    12 Abril, 2015 23:07

    Quando os estados bálticos que conhecem os russos perfeitamente
    solicitam que a NATO os protejam com bases locais, os “curadores da paz” marxistas – leninistas gritam : HORROR, vem aí a III guerra mundial !. Mas quando Putin come
    a Crimeia e não só ficam calados se não forem chamados, e qundo o são
    justificam com consultas ao povo realizadas sem controlo/inspeção isenta de qualquer
    espécie.

    Gostar

    • Tiradentes permalink
      13 Abril, 2015 08:39

      Entre “nozes” felizes “comentadeiros” do blasfémias, há um que se destaca de longe, pelo número de intervenções referindo outros assuntos que não o postado. Muitos deles querendo determinar a “agenda” do próprio blog. Basta fazer uma pequena revista para contar dezenas senão mesmo centenas de intervenções com esse cariz. Inclusive de resposta em resposta salta de um tema para outro tipo batráquio à procura do seu charco.
      Ora bem…..é o único que caso alguém o faça também reclama de tal facto.
      Direitos de autor?

      Gostar

      • Tiro ao Alvo permalink
        13 Abril, 2015 14:55

        Tem razão. Um deles é o Bolota. Se eu pudesse mandava-o dar uma curva.

        Gostar

  18. Eduardo permalink
    13 Abril, 2015 12:04

    Este nem original é a roubar.
    Pobre pateta.
    Limita-se a copiar as ideias dos alfacinhas para roubar.
    Vais longe na estupidez

    Gostar

  19. manuel permalink
    13 Abril, 2015 14:27

    Deixem lá o meu presidente também errar qualquer coisa. A azia é muita, em breve, está a iniciar novo mandato e ainda não curaram a ressaca do primeiro.

    Gostar

  20. Castrol permalink
    13 Abril, 2015 15:25

    Este Rui Moreira é um pândego…

    Gostar

  21. Rodrigo Magalhães permalink
    13 Abril, 2015 16:48

    O Porto não lhe dá o segundo mandato, já percebeu que RM é uma marioneta do PS, manobram-lhe a intervenção como querem, um dia põem-no em palco a dizer uma barbaridade grave, e expulsam-no da coligação.

    Gostar

  22. Churchill permalink
    13 Abril, 2015 18:13

    Mas o resto da noticia, não sei se neste ou noutro jornal, ainda é melhor.
    O individuo pediu uma reunião com a ANA (acho que ele pensava que era mais uma loura tonta para ir aos jantares!) para saber se também podiam fazer como em Lisboa, e cobrar logo a todos os que caíssem por ali. Nem reparou que o bom do aeroporto é no município do lado, e o “dono” já veio também pedir a quota do encaixe (acho que para este o argumento seria o incomodo ambiental do ruído). Depois da ideia o de Faro também quer, e aguarda-se a todo o momento que o autarca de Beja siga as pisadas, se por acaso algum avião aterrar por lá.
    Uma alegria, se um japonês quiser vir conhecer Sintra paga um taxa ao sucessor da dinastia sem eleições do monhé para passar pela 2ª circular!

    Gostar

  23. Carlos Dias permalink
    13 Abril, 2015 20:00

    Já estou a ver tudo.
    O RM já está a preparar-se para ser um político em ascensão.
    Mais outro a tirar selfies para se candidatar a uma gaita qualquer.
    Só lhe falta dar uma medalha ao Carlos do Carmo e um abraço ao M.Soares

    Gostar

  24. licas permalink
    13 Abril, 2015 21:00

    Para saúde da nossa democracia a contribuiçáo
    do Blasfémias pode ser assegurada pela ausência
    de unanimismo. Aqui (ainda), para desgosto de meia dúzia,
    há liberdade. Quem se sinta desconfortável com a falta
    de unanimismo aconselho a que se inscreva como militante
    do Partido que sabemos: aí quem náo segue o pastor (de almas)
    está condenado.
    Tenho uma sugestáo a fazer: será possível proibir-se o uso do “calão”
    como arma de calar o oponente?
    É que aqui não é a CGTP/PCP, nem empunhamos cartazes.

    Gostar

    • licas permalink
      13 Abril, 2015 21:26

      EXEMPLO (apreciem):

      Colono
      12 Abril, 2015 14:31
      Camarada Licas ( ou laricas) ?
      Não te esqueças ( meu pulha) que fostes um chulo dos “saudosos dos velhos tempos”… Como és da EU … até a teta secar de vez… ai serás mais um saudoso dos europeus!
      Via pra c. da tua prima que não tem responde mais… a um comuna só escarro!

      Gostar

  25. Carlos Dias permalink
    13 Abril, 2015 22:15

    O provincianismo não vem dos que dizem palavrões (como eu, claro).
    Vem daqueles que se acham mundanos e gostam de sushi.

    Gostar

  26. Carlos Dias permalink
    13 Abril, 2015 22:20

    Estou a ver que o RM também passou a gostar de sushi.
    O que é pena.
    Arroz por arroz, prefiro o de sarrabulho.

    Gostar

  27. licas permalink
    13 Abril, 2015 23:59

    Estou há 3 horas a assistir à parada cívica-militar que
    Maduro promoveu quando da chegada do Cume de las Américas-
    Muito Chato, muito longo, muitíssimo medalhado, absutamente intragável.
    Excepto
    _____Muerte a Carmona (num painel)
    _____Viva la Revolution de Abril.
    _____e quarteirões de Pátria.
    A palhaçada está cada vez mais infecciosa . . .

    Gostar

  28. 14 Abril, 2015 09:48

    Mas há alguma dúvida que o excesso de turistas descaracteriza um local?

    Gostar

    • Carlos Dias permalink
      14 Abril, 2015 14:47

      Claro, Nova York, Londres, Paris, Barcelona, Tóquio, Gondomar, Barreiro, Espinho, Vila Moura, Quarteira,, Pequim, etc … Já não são as mesmas desde que vão para lá forasteiros.

      Gostar

  29. Carlos Dias permalink
    14 Abril, 2015 14:52

    Até porque como foi dito os portuenses são habitués a cagar nas ruas, mostrar a piroca às meninas (aos meninos é só na Casa Pia), arranhar os R5, etc,etc.
    É por isso que os forasteiros vem cá ver-nos.
    (os lisboetas vão viajar até ao Parque das Nações)

    Gostar

Indigne-se aqui.

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers gostam disto: