Skip to content

Consequências lógicas não referidas pela Helena Araújo

23 Julho, 2016

 (link)
Conclui-se que:

  1. O homem do machado equipara-se a Deus no julgamento dos justos;
  2. O homem do machado concluiu existir pelo menos um não-justo na carruagem chacinada;
  3. Devemos amar o homem do machado como a nós próprios. 

Anúncios
123 comentários leave one →
  1. PiErre permalink
    23 Julho, 2016 09:20

    Temos é que destruir a geringonça. Isso é que é importante !!!

    Liked by 2 people

  2. Manuel permalink
    23 Julho, 2016 09:42

    VC: Penso que, em breve, uma aliança das Fernandas e da Helena vai processá-lo por ser um refinado misógino! Se tiver lá na agenda Gramsciana delas é o que tem mais certo.

    Liked by 1 person

  3. 23 Julho, 2016 09:52

    Ela é psicodesarranjada. Não tenham dúvidas.

    Há uns séculos atrás era capaz de dar em beguina herética

    Liked by 1 person

    • Manuel permalink
      23 Julho, 2016 10:01

      Uma beguina é uma católica. Não há contradição? É propositado?

      Gostar

      • 23 Julho, 2016 10:11

        As beguinas milenaristas- as heréticas. Leia o Norman Cohn que ele conta como foi tudo isso.

        É estranho mas já reparei que é assunto que nem na faculdade deve ser falado.
        Ninguém sabe o que foram os extermínios em massa provocados por esses loucos milenaristas ao longo dos tempos. Principalmente aquando da Reforma.
        As beguinas heréticas ficavam loucas e de púdicas passavam a prostitutas e chacinavam também tudo.

        Era a tal impunidade dos que se julgam divinizados. Na altura seguiam uns pegadores que apareciam e que se diziam o Anti-Cristo e depois tomavam cidades e vilas inteiras e baniam o dinheiro e acabavam a matar meio mundo , sempre em nome da pureza da igualdade.

        O Marx inspirou-se neles.

        Liked by 1 person

      • 23 Julho, 2016 10:14

        Eu posso estar errada mas descobri que o John Gray pensa o mesmo e encontra o mesmo paralelismo entre esta loucura islâmica do presente e os milenaristas do passado.

        Eu até vou mais longe- acho que isto pode incluir mais “cagotaria”.

        E nem me admirava nada que este atentado de Munique já incluísse rivalidade entre cagotos autóctones contra cagotos estrangeiros.

        Porque se passou a alimentar a cagotaria a pão-de-ló e depois querem mais e os de fora estão a tirar privilégios porque levam doses reforçadas de pão-de-ló e alojamento.

        Gostar

      • 23 Julho, 2016 10:49

        Essa Araújo é uma “católica de esquerda” a que o marxismo obrigaria a ser ateia.

        Uma contradição do caraças que tende a desarranjar ainda mais a cabeça e a aumentar o fanatismo.

        Liked by 2 people

  4. 23 Julho, 2016 10:20

    Ainda nem tinha lido o jornal quando escrevi no outro post que isto podia ser rivalidade entre cagotaria interna (alimentada a pão-de-ló) com cagotaria externa privilegiada no pão-de-ló.

    Pois foi cagoto iraniano-alemão de centro de IRS onde se alimentam os cagotos mais antigos. Os mais recentes têm melhor alojamento e melhor alimento.

    Há muito que em Inglaterra estas rivalidades vêm a acontecer e quem mais está contra os ditos refugiados são os imigrantes que já lá estavam.

    Gostar

  5. 23 Julho, 2016 11:04

    Apenas um sincero, devoto, espontêneo, inocente, crente. A fé move montanhas.
    Óbviamente quem matou não foi ele, foi o machado.

    Liked by 1 person

  6. 23 Julho, 2016 11:26

    Boa análise. Esta esquerda cria-nos o problema, mete-nos de joelhos de costas para os muçulmanos e depois dão-lhes glória por pouparem um dos ajoelhados.
    E o maior problema é que as pessoas caem nestas mentiras. Ser burro é fácil demais.

    Gostar

  7. 23 Julho, 2016 11:32

    O resumo do Vitor Cunha está delicioso e diz tudo.

    Mas as pessoas são burras e outras gostam de ouvir o que querem. No facebook esta nojeira teve aplausos até da maluca da Inês Meneses.

    As taradas das ateias militantes também gostam muito porque aproveitam logo para dizer que o cristianismo é muito mais perigoso e matou muito mais gente.

    Dizem o mesmo do capitalismo, por comparação com o comunismo (como se o natural se pudesse comparar ao artificial ideológico)

    Liked by 1 person

  8. 23 Julho, 2016 11:34

    E estas imbecilidades são depois protegidas por censura lá no blogue dos estrangeirados I&D

    Gostar

  9. 23 Julho, 2016 12:10

    O problema não é a Helena Araújo ser uma tarada multiculti, o problema é os textos dela, como este de proto-poesia mística humanista a lavar mais branco o terror, terem ampla aceitação em tudo o que é elites bem-pensantes. Como se pode ver no facebook dela. Até o Eduardo Pitta disse que era um “texto magnífico”.

    Gostar

    • 23 Julho, 2016 12:39

      O Eduardo Pitta apoiou o Sócrates. Isso é um tatuagem.

      Liked by 1 person

    • 23 Julho, 2016 12:55

      Se quer que lhe diga, maior problema são os amiguinhos envergonhados que a usam para ela dizer o que eles não têm coragem de dizer.

      E depois ainda conseguem cunha para ela publicar a mesma merda nos jornais.

      Liked by 2 people

    • 23 Julho, 2016 12:57

      É o chamado lobby escardalho e estrangeirado I&D (idiots and dumbs) para não haver aso a maledicência.

      Gostar

      • 23 Julho, 2016 17:02

        Outra questão que se devia colocar é porque é que uma gaja que nem sequer é alemã parece ter como principal objectivo na vida ensinar aos alemães como é que se devem comportar para com os estrangeiros.

        Liked by 1 person

      • 23 Julho, 2016 17:15

        Lembro-me que um dia essa tarada no facebook chegou a dizer que não nos devemos preocupar com o terrorismo na Europa porque no resto do mundo há muito mais e que, na verdade, nós até temos muita sorte. Para ela, um mundo justo é um mundo em que as doses de terrorismo e selvajaria estão equilibradamente distribuídas pelas diferentes zonas do globo. É o globalismo do terror para não se dizer que uns estão mais a salvo que outros.
        E depois esta gentalha nunca tem resposta à altura. É só aplausos. Todos a correrem para ficarem bem na fotografia dos bons sentimentos.

        Liked by 2 people

      • 23 Julho, 2016 17:29

        Ela é demente e detesta portugueses. Só se lembra da nacionalidade para poder votar no Pinócrates.

        De resto, está mais velha e mais maluca.

        Gostar

      • 23 Julho, 2016 17:31

        Quando foi do caso daquele psicopata austríaco que tinha a família fechada na cave- o Fritzl, a alimária fez um post onde dizia: “pronto; nós temos o Fritzl e v.s têm a Maddie”.

        Literalmente. Esta mongalhada de esquerda que depois se julga superior por efeito de imigração ainda é mais cretina que os que por cá ficam.

        Liked by 1 person

      • 23 Julho, 2016 17:33

        de emigração- queria dizer.

        Gostar

      • 23 Julho, 2016 18:50

        Ela deve ter uma relação conflituosa qualquer com portugueses, de facto. Quando foi aquilo de Colónia, a tipa chegou a dizer que, pela descrição, os violadores e tarados sexuais que actuaram em bando em Colónia podiam perfeitamente ser emigrantes portugueses. Dá igual e é tudo ao molhe: árabes, paquistaneses, portugueses. Vêm todos de culturas “patriarcais” e é quanto basta. E atenção que disse isto sem ponta de sarcasmo – que é o que mais assusta.

        Liked by 2 people

      • 23 Julho, 2016 20:18

        Vêm de culturas patriacais, mas se espera que uma cultura enfeminizada seja capaz de enfrentar uma patriacal , então prepare-se para a submissão e tenha uma burca à disposição para ser usada. Pesquise qual é o espectro politico onde as mulheres mais votam e que tipo de politicas tendem a suportar, tal como a politica de refugiados e o multiculturalismo .

        Gostar

      • 23 Julho, 2016 20:29

        No atentado de Paris, ela estava lá e não sei se leu como ainda gozou com aquilo.

        A côncia apareceu logo para fazer chacota também. Até foram buscar um puto de uma escola a inventar que o pai também tinha morrido para o gozo ser maior e chamarem histéricos aos franceses e a toda a gente que se indignou.

        Agora achou muito bem um jornal alemão nem sequer se ter preocupado em entrevistar qualquer vítima do comboio. A única vítima é este castigador armado em Anti-Cristo.

        Como digo, existem tipologias de gente desarranjada e fanática e podem reaparecer ao longo dos séculos.

        Esta é uma beguina herética milenarista.

        Liked by 1 person

      • 23 Julho, 2016 20:31

        Aliás, ela disse logo que não ia colocar qualquer treta sempre que houvesse um atentado na Europa porque muitos mais existem na terra deles.

        É mesmo esta a tara- ela quer o mundo inteiro em guerra por efeitos de orientalismo à Edward Said

        Liked by 1 person

    • 23 Julho, 2016 20:36

      Para o caso o que ela diz nem se escreve e não teria qualquer visibilidade, caso outros que parecem mais sensatos a não metessem com artigos no Observador (pelo menos aí
      já li e penso que conseguiu outros megafones)

      O truque é dizer-se tradutora, Mas, mesmo sendo tradutora, também gosta muito de achincalhar os tugas, perguntando- vocês aí como é que dizem, não sei quantos (uma palavra portuguesa que ela finge que já nem conhece).

      Gostar

      • 23 Julho, 2016 21:36

        Ela já escreveu no Observador?? Não reparei. A outra, a Carreira, que acho que é economista, também já escreveu lá, mas essa, quando se limita a falar de economia, até diz por vezes umas coisas acertadas (tirando quando se refere ao keynesianismo como “a teoria económica”). Em saindo desse tema, tende a disparatar – pelo menos das vezes que a li, que não foram assim tantas.

        Gostar

  10. Manuel permalink
    23 Julho, 2016 12:47

    TSF” Munique: atacante recebia apoio psiquiátrico. Não foi encontrada ligação a grupos terroristas”. Continua o branqueamento na Alemanha. A vida dos Alemães vale zero, conta é a economia e a finança.

    Liked by 2 people

  11. JPT permalink
    23 Julho, 2016 12:51

    O “homem do comboio” era um rapaz de 17 anos com problemas mentais. Como o de hoje ou os de Columbine. Nos países civilizados, os doentes mentais tratam-se. Quem não tem pena por um doente mental ser morto pela polícia – ao mesmo tempo que reconhece o direito e o dever de a polícia tomar essa acção letal – não é, ele próprio civilizado.

    Gostar

    • 23 Julho, 2016 12:53

      Candidata-te a psico porque vão ser precisos mais de um milhão só para a última leva que meteram na Alemanha.

      Um psico por imigrante e refugiado.

      Liked by 2 people

    • 23 Julho, 2016 12:54

      E um polícia à porta de cada cidadão.

      Acho que é esta a inteligente proposta da mongalhada escardalha que nega as responsabilidades do descabelamento de importarem esta gente a granel.

      Liked by 2 people

    • 23 Julho, 2016 13:20

      O BinLaden tb era um muculmano com problemas mentais??? 😛

      Liked by 2 people

  12. JPT permalink
    23 Julho, 2016 12:57

    Só m dado para animar o cidadão ali de cima: até agora, dos 9 mortos do ataque de Munique, 3 eram cidadãos turcos e 3 kosovares. Menos 6 terroristas potenciais, portanto.

    Gostar

    • 23 Julho, 2016 12:59

      Se lesses o que eu escrevi e da rivalidade entre esta cagotaria antiga com a cagotaria moderna sabias porque foi assim que este os atraiu ao centro comercial.

      Era um cagoto já lá nascido, alimentado num programa de RSI que agora, com a rivalidade dos que entram, está a ter pequenas crises.

      Passa-se o mesmo em Inglaterra e os pequenos crimes são a granel mas não são noticiados por cá.

      Liked by 3 people

  13. 23 Julho, 2016 12:58

    O nosso 1º Ministro António Costa já disse no Twiter que sente a dor e a preocupação dos alemães pelo terror que vem do nada.

    Olha, este é mais um que acha que o terror vem do nada.
    Pronto, se vem do nada a gente não pode defender-se.
    Já viram alguém a defender-se de nada? Só se for um psicopata…

    Liked by 1 person

  14. 23 Julho, 2016 13:19

    A apresentadora do telejornal da RTP1 acaba de perguntar a um comentador/militar se este ataque em Munique é um ato terrorista.

    Isto está bonito!

    Liked by 2 people

  15. 23 Julho, 2016 13:54

    “Cardinal Robert Sarah, the Prefect for the Congregation of Divine Worship, called Islamic fundamentalism a “demonic” and “apocalyptic” beast along with the “idolatry of Western freedom.”

    Gostar

  16. lucklucky permalink
    23 Julho, 2016 15:30

    Foi a Esquerda que ajudou a criar e justificar o Terrorismo moderno nos últimos 40 anos..
    Quer por apoio material quer pelo jornalismo.

    O terrorista, o assassino foi elevado pela autora. É ele que tem a sua história. Os outros são cadáveres úteis à Esquerda.

    O seu objectivo é justificar quem destrói, assassina quando vai na direcção certa.

    Matar a Civilização Ocidental que a Esquerda odeia.
    A Esquerda odeia a separação de poderes, o mercado livre, os checks and balances e quer instituir uma tribo mundial numa sociedade onde o poder será absoluto e discricionário do burocrata.

    Se fosse um branco , um capitalista – alguém que possa ser identificado com o Ocidente “privilegiado” a fazer isto a Esquerda nunca escreveria um texto cheio de compreensão. escreveria um texto a listar todos os crimes reais e imaginários do capitalismo

    E bastaria um para ser o símbolo do mal do capitalismo, não seriam preciso milhares de chacinas , bastaria um.

    Liked by 4 people

    • 23 Julho, 2016 20:23

      Tem razão, mas o lucky sabe , que a toca do coelho é mais profunda que isso. O que seria a esquerda sem o suporte, o concluio e o financiamento da elite corporativo/capitalista ?

      Gostar

    • Euro2cent permalink
      23 Julho, 2016 21:04

      > o Terrorismo moderno nos últimos 40 anos..

      Ah. Portanto o regime terrorista original, o verdadeiro, estabelecido depois da revolução francesa de 1789 …

      … não conta.

      Esse era pelo progresso e pela liberdade. Bonzinho, portanto. Matriz do ocidente moderno.

      Ensinou-nos que os fins justificam os meios, e agora aqui temos outra aplicação desse principio.

      Bom proveito.

      Liked by 1 person

      • 23 Julho, 2016 21:11

        Muito mais antigo foi o dos judeus no Império Romano e seus continuadores – assassins, que também eram milenaristas islãmicos

        “:OP

        Gostar

      • 23 Julho, 2016 21:13

        Quem estava na primeira linha desse da Revolução francesa eram os mesmos cagotos de sempre.

        A nomenclatura dos faubourgs ainda o recorda.

        Gostar

      • 23 Julho, 2016 21:14

        E quem ensinou que os fins justificam os meios foi um italiano renascentista, conselheiro de um grande mecenas.

        Só por coisas. Cada coisa a cada um.

        Liked by 1 person

    • 24 Julho, 2016 12:22

      Muito bom caro LL.
      “… quer pelo jornalismo….” Chamar isso de, é uma ofensa a quem foi jornalista.

      As redações estão cheias de uma mistura de ignorantes subservientes comandadas por prosélitos a troco de um prato de lentilhas.
      No topo da piramide a luta pelo poder. Clubes financeiro/partidocratas despudoradamente em roda livre a discutirem o sexo dos anjos. Com os bárbaros já dentro de portas.
      Grande espetáculo.

      Gostar

  17. chipamanine permalink
    23 Julho, 2016 16:15

    E o efeito Renato Sanches!? Sim estou a falar da mixeginacao antropológica conexa.peco ajuda ao Boaventura Sousa Santos sff.

    Gostar

    • Tiradentes permalink
      23 Julho, 2016 16:24

      A escola é a mesma chipamanine.
      Nós devíamos todos suicidar-mo-nos por não termos sido bons para com os rapazes como aquela senhora que salvou a carruagem e permitiu só que o rapaz o fizesse na outra carruagem.
      Um gajo agora já sabe. Carruagens, autocarros, aviões para bons estão a salvo. Os outros já sabem com o que contam porque nunca foram bons para eles.

      Gostar

  18. LTR permalink
    23 Julho, 2016 16:47

    As conclusões fazem lembrar a história do sócrates no PS 🙂

    Gostar

  19. Juromenha permalink
    23 Julho, 2016 18:53

    Repugnantes, tanto as contorções “charlatano-pseudo intelectuais” como a ímplicita compreensão,cobertura e justificação do terrorista.
    Aqui não há inocência : na mais benigna das perspectivas trata-se da clássica “idiota útil”, classe para-profissional que tão prestimosos serviços prestou ( e continua a prestar) ao açougue comunista e seu derivados.
    Agora diversificaram a actividade – mas o objectivo continua a ser exactamente o mesmo.

    Gostar

    • Manuel permalink
      23 Julho, 2016 19:40

      Muito certo. E as autoridades colocam-se numa posição ridícula. Imagine que para a semana mais um David, filho de um taxista, se lembra de utilizar uma Glock e 300 munições na mochila e começa a disparar noutro sítio?

      Gostar

    • 23 Julho, 2016 20:34

      Olhe que os liberais e os capitalistas e a maioria dos conservadores também ja se converteram e adoram o multiculturalismo e as imigrações em massa e destruição das identidades nacionais. Se pensa que são só os marxistas, olhe bem à sua volta. A guerra prioritária ser travada não é necessariamente com o islão.

      Gostar

      • 23 Julho, 2016 20:43

        Capitalistas nem sei o que é, porque toda a gente vive do capital, incluindo os que o negam e preferem tê-lo por saque.

        Conservadores é mentira. Não querem

        Liberais é verdade, com uma diferença- mudam de ideias (como se viu em Inglaterra) quando se apercebem que nem por aí há mais valia.

        A grande diferença é que um liberal pode querer isso por pragmatismo e por pragmatismo verificar que nem merece o risco, enquanto que a escardalhada precisa por agenda para destruir o sistema.

        Gostar

      • 23 Julho, 2016 20:46

        Voltou a ler o jmf57 ou o Raposo com aqueles textos de choradinho e a compararem os ditos “refugiados” com os judeus em fuga do nazismo?

        Ou o Gabriel Silva aqui, a querer ir lá buscar tudo de avião?

        Não. Não leu. Porque aprendem.

        Os outros não aprendem. Militam por tara.

        Liked by 1 person

      • 23 Julho, 2016 21:52

        Por capitalistas falo dos magnatas. Os conservadores é mentira ? Já olhou bem para as declarações e politicas dos “conservadores” Ingleses e a CDU de merkel. Assim como as posições do parlamento europeu. Já reparou na oposição dos “conservadores” a trump por querer restaurar o patriotismo americano, proibir e repatriar islamicos e querer de volta os empregos perdidos sobretudo para a China ? Quando falo nos conservadores falo dos diretórios politico o establishment. Os conservadores venderam-se há muito e atiraram os seus principios pela a janela fora tal como os liberais.

        Gostar

      • 23 Julho, 2016 21:56

        V. não sabe o sentido das palavras e nunca deve ter ido mais longe que Badajoz.

        Um conservador inglês nada tem a ver com os neocons que são internacionalistas e neo-trotskistas.

        Se quer encontrar algum desses capitalistas com ideal suficiente para financiar ONGs que depois são usadas pela extrema-esquerda, procure o Soros.

        O resto não é nada e já lhe expliquei a diferença entre utilitarismo e fanatismo.

        Gostar

      • 23 Julho, 2016 21:57

        Quem milita em ONG de importação de minorias e ocupação de casas é a Vanessa Redgrave. Sempre foi trotskista e continua a sê-lo para fazer merda, mesmo velha.

        Gostar

      • 23 Julho, 2016 21:59

        Quem são os “capitalistas magnatas” que por cá têm lobby de mundo-às-avessas com importação de ilegais?

        Sabe?

        Eu não sei como funciona aquela cena internacional dos anarc@s à Guy Fawkes. Mas conheço os Jesuítas para os Refugiados para poder esclarecer a merda que também patrocinam.

        Gostar

      • 23 Julho, 2016 22:00

        Hoje em dia há muita confusão sobre as posições das pessoas. Os socialistas dizem-se liberais, os comunistas são os conservadores, etc. Não ligue às etiquetas.

        Liked by 1 person

      • 23 Julho, 2016 22:01

        Uma coisa é defender livre-circulação e mão-de-obra, mas com registo legal e de acordo com as necessidades e prioridades estabelecidas por cada país

        Outra coisa são ONGs que apenas se preocupam em legalizar ilegais e com uma agenda em que esses ilegais são sustentados pelo Estado sem servirem para mais nada que os intentos revolucionários deles.

        Gostar

      • 23 Julho, 2016 23:03

        Bom, nesse caso creio que devemos então aceitar a rectórica solipsista dos marxistas e afirmar que os comunistas de todas as tiranias comunistas, não eram verdadeiramente comunistas, porque distorceram o marxismo, e os verdadeiros comunistas jamais criariam tais regimes. Que interessam as definições e os principios, são as acções que importam daqueles que se afirmam como tal. Qual é a posição do partido popular espanhol, qual é a posição da CDU alemã, qual é a posição dos Tories ingleses. Se os tories não são conservadores, podemos então dizer que os PCP não é verdadeiramente comunista que porque bla bla bla .

        “Quem são os “capitalistas magnatas”” ai a ingenuidade, pensava que isso já lhe tinha passado.
        Pode começar por aqui:

        google.com/diversity

        forbes.com/sites/briansolomon/2013/04/11/mark-zuckerberg-undocumented-immigrants-should-be-part-of-our-future/
        bloomberg.com/news/articles/2014-07-11/gates-adelson-and-buffett-scold-congress-on-immigration

        Diga-me quem é que os belmiros e os balsemões de cá suportam e financiam ?

        E por último, O utilitarismo e fanatismo em grande medida, andam de mãos dadas. E realmente que diferença faz se os resultados e as consequências forem as mesmas ? Mas digo-lhe mais, o utilitarismo é ainda mais vil. É ausência consciente de principios e caratcter para beneficio pessoal, sabendo perfeitamente da sua malignidade.

        Gostar

      • 23 Julho, 2016 23:06

        Os resultados são também Estes

        Precisaram de algum financiamento?

        Gostar

      • 23 Julho, 2016 23:18

        Este aqui explica melhor.

        Los godos del Emperador Valente

        Gostar

    • 23 Julho, 2016 23:25

      Quanto a quem suportam e financiam por cá os Belmiros e Balsemões é uma boa pergunta que tem uma resposta simples-

      suportam e financiam a escardalhada do Público.

      Gostar

      • 23 Julho, 2016 23:40

        “Quem são os “capitalistas magnatas” que por cá têm lobby de mundo-às-avessas com importação de ilegais?”

        Prontos, está a ver. Foi capaz de responder à sua própria pergunta.

        Talvez a nossa discordância, tenha sido apenas uma falha de comunicação. Talvez sentiu-se ofendida quando afirmei em cima as tendências do voto feminino…

        Gostar

      • 24 Julho, 2016 00:00

        E como se costuma dizer, em politica o que parece é…

        Saudações “conservadoras”.

        Gostar

      • 24 Julho, 2016 00:05

        Nem li a cena do voto feminino nem isso me incomodaria pêvea

        Gostar

      • 24 Julho, 2016 00:58

        Sempre achei que o Belmiro mantinha aquele poço sem fundo que é o Público para passar pelos pingos da chuva, deixando-os dizer o que quisessem.

        Liked by 1 person

      • 24 Julho, 2016 01:05

        Tanto é ladrão aquele que rouba como o que fica à porta.

        Gostar

  20. Jorge permalink
    23 Julho, 2016 19:38

    Uma Glock 9mm não se compra numa esquina.
    Como é que um adolescente que nunca trabalhou tem dinheiro para isso,numa família de fracos rendimentos que,certamente, não lhe dava grande mesada?
    Com o n° de série apagado tem origem mais do que duvidosa.
    Como é que um adolescente tem acesso a estes meios?
    São armas que dão coice,a 10 m é provável que não acertasse um tiro,no entanto mata nove,fere 16 e dispara de um parque de estacionamento para uma janela e acerta à volta.
    Aonde treinou??

    Gostar

    • 23 Julho, 2016 22:20

      Uma coisa é certa- o ISIS não reivindicou e também podia tê-lo feito. É mentira quando dizem que o ISIS se aproveita de tudo que nada tem a ver com eles.

      Eles preocupam-se com a credibilidade. Só dizem que é o que sabem que é deles.

      Gostar

  21. miluramalho permalink
    23 Julho, 2016 19:39

    Reblogged this on Miluramalho’s Blog.

    Gostar

  22. 23 Julho, 2016 21:21

    “The Munich gunman shot himself immediately after he was approached by a police patrol, Munich police said. “As the police officers addressed him, he suddenly pulled out his pistol, held it to his head and fired a shot,” a statement issued by the police says. It occurred about 20:30 local time (19:30 GMT).”

    Se isto faz sentido PQP ! .AQUI HÁ GATO 😛

    Gostar

  23. Juromenha permalink
    23 Julho, 2016 22:05

    Desinformação, sem a mais pequena dúvida – mas mal feitinha, postiça , com laivos de amadorismo.

    Gostar

  24. Arlindo da Costa permalink
    23 Julho, 2016 22:11

    Desde a queda do Muro de Berlim nunca mais tivemos paz.
    Tenho saudades das férias grandes e de ir para a Europa sem o receio de ser esquartejado por um louco qualquer.
    Belos e deliciosos tempos, esses!

    Gostar

  25. 23 Julho, 2016 23:40

    “O amor ou a gratidão podem ser maiores que a loucura e o ódio”

    Que giro: o maluco viu uma mulher conhecida que o ajudou, sentiu um “amor ou gratidão” muito grandes e mudou de compartimento. Nesse outro compartimento não havia ninguém conhecido que o tenha ajudado, o “amor ou gratidão” era forte mas passou-lhe rápido e começou a dar machadadas, como era de sua intenção inicial.

    O “amor ou gratidão” não serviu para nada porque ele atacou na mesma!

    Gostar

    • 24 Julho, 2016 00:07

      Ela explicou que atacou nipos; não atacou alemães. Os alemães fizeram-lhe bem; os nipos não. A Alemanha é a maior.

      Traduz-se assim. A outra que levou facada e que ia a passear o cão devia ser francesa com caniche.

      Gostar

    • 24 Julho, 2016 00:11

      Imagine uma beguina milenarista com uma pitada de arianismo boche postiço e tem o retrato

      Gostar

      • 24 Julho, 2016 01:41

        Quem fala muito das beguinas e do Muntzer é a Maria Gabriela Llansol. Lembrei-me agora porque foi uma autora portuguesa que se interessou pelo assunto (embora na sua forma romanceada e mística).

        Gostar

      • 24 Julho, 2016 10:19

        Não sabia. Ainda bem que me conta que vou ver se dou com isso.
        Não conheço ninguém que se interesse pela questão.

        Gostar

      • 24 Julho, 2016 12:59

        A Llansol tem um imaginário único. Claro, é preciso saber entrar nele e gostar.

        “Começou por algumas mulheres partilharem a mesma casa que pertencia à mais rica; reduzimos nossas necessidades e trocámos os meios de as satisfazer; abrimos nossas portas e constituímos nove pequenas habitações com uma, duas, três beguinas. (…) Todas temos um amor comum – a aspiração à chama da vela; todas temos uma diferença comum – a verdadeira diferença (…)”

        in “Na casa de Julho e Agosto”

        “(…) ouvia-se o ruído da multidão que despertara à procura de Muntzer,
        estava escrito
        que a casa sonhada não podia servir de abrigo,
        nem de cama,
        nem de mesa,
        mas de lugar de batalha.”

        in “A restante vida”

        Gostar

      • 24 Julho, 2016 13:05

        Muito obrigada. Vou mesmo ler a Llansol. Quando estive em Bruges também tive o mesmo apelo de conhecer melhor as beguinas. E muitas ainda trabalham nos reservados da biblioteca.

        Interessa-me traçar pontes com o excesso artístico e o sublime da via apofásica medieval.

        Gostar

      • 24 Julho, 2016 13:06

        As heréticas são um extremo em que tudo é construído de forma fantástica. Não há realidade- há discurso.

        Foi por isso que me lembrei desta maluca Araújo
        ehehhehe

        E também eram itinerantes- sem terra nem pátria.

        Gostar

      • 24 Julho, 2016 13:11

        Se reparar ela tem uma necessidade de provocar pelo verbo e depois tranca toda a possível dúvida manifestada pela crítica.

        Ela censura e até diz que nem vai sequer voltar a ler mas é por ela, não é para recusar o outro. É para manter intocável aquela construção mental; aquela doutrina em que cegamente milita.

        Claro que o LA-C é palerma e fica lá a fazer de polícia e controleiro disto tudo. Mas isso é a habitual censura de esquerda.

        Gostar

      • 24 Julho, 2016 14:48

        Mas, Zazie, são só coisas que acontecem! http://pt.rfi.fr/mundo/20160723-jovem-alemao-autor-dos-9-mortos-de-munique

        Liked by 1 person

      • 24 Julho, 2016 14:51

        Então se era mixto, quem sou eu para o negar

        ehehehehe

        Gostar

      • 24 Julho, 2016 14:53

        Também li noutro lado que eram da classe média a RSI

        🙂

        Gostar

      • 24 Julho, 2016 15:06

        O meu pimpolho mandou-me agora um mail a perguntar se eu já tinha reparado que primeiro os jornais ainda disseram que era de origem iraniana.
        Agora tratam-no por David com ligações ao massacre da Noruega.

        Gostar

      • 24 Julho, 2016 15:07

        David, o judeu. Não há paciência para isto.

        Liked by 2 people

      • 24 Julho, 2016 15:07

        O Ali Sonboly passou a David

        Gostar

      • 24 Julho, 2016 15:49

        «Claro que o LA-C é palerma e fica lá a fazer de polícia e controleiro disto tudo. Mas isso é a habitual censura de esquerda.»

        Zazie, o L C-A agora aplica o sofisticado epíteto de “besta de merda” a quem ousa desafiar a helénica criatura.

        Gostar

      • 24 Julho, 2016 20:03

        Eu não conheço propriamente a realidade histórica das beguinas, excepto uma coisa ou outra que li na altura em que estava a ler os livros da Llansol. Mas agora também fiquei com curiosidade e também vou procurar.

        Gostar

      • 24 Julho, 2016 20:06

        É, ela alimenta-se de discurso, não de factos. Perante factos, contorna-os e põe-se a falar das suas contiguidades. É o que fazem os fanáticos, de resto.

        Gostar

      • 24 Julho, 2016 20:15

        Claro que se o “David” (?) fosse ariano ninguém estaria a falar dos seus problemas psiquiátricos ou do suposto bulliyng de que era alvo. Era imediatamente catapultado para a galeria de estrelas nazis sem apelo nem agravo.

        Gostar

  26. 24 Julho, 2016 01:34

    Ena…já temos nova prosa poética de fazer chorar as pedras da calçada (já agora, desconheço onde é que a tipa foi buscar a informação de que o pai dele é alemão, nos jornais o que aparece é que ele é filho de iranianos que pediram asilo na Alemanha):

    Helena Araújo
    32 mins ·
    Esta manhã, ao sermos informados que o atacante de Munique era filho de um casal iraniano e alemão pensámos imediatamente em conhecidos nossos, ele alemão, ela iraniana.
    Casal de médicos, que se mudou do sul da Alemanha, onde a iraniana trabalhava na área de emergência médica, para uma cidade na região da antiga Alemanha de Leste. Contava-me que quando ia com o filho para um parque infantil era insultada pelas outras crianças, que lhe diziam que aquele espaço não era para turcos, e que ela devia voltar para a terra dela. Justamente a ela, que já tinha salvado tantas vidas na Alemanha!, dizia-me, furiosa.
    O que se passará, o que crescerá no coração de uma criança que vê a sua mãe a ser assim sistematicamente desrespeitada e humilhada?

    Resumindo e concluindo: qualquer terrorista, psicopata ou serial killer é boa pessoa desde que tenha uma qualquer filiação genética oriental.

    Gostar

    • 24 Julho, 2016 07:58

      Bonito. Quando estreia o filme?

      Liked by 1 person

      • 24 Julho, 2016 13:04

        É melhor perguntar ao Nuno Rogeiro, que, segundo o próprio, está em comunicação directa com a polícia de Munique.

        Liked by 2 people

      • 24 Julho, 2016 13:42

        Continuo a achar a Helena a melhor argumentista de Bollywood de sempre.

        Liked by 2 people

      • 24 Julho, 2016 14:50

        Não consigo aguardar pelo dia em que o ganho de Bombaim (aliás, Mumbai, muito mais politicamente correcto, o que também significa que deverá substituir-se Bollywood por Mumllywood or whatever) será a nossa perda.

        Gostar

    • 24 Julho, 2016 10:21

      O tipo era filho de iranianos refugiados que foram para lá nos anos 90. Isso de “alemão” é de papel passado, mais nada.

      Gostar

  27. 24 Julho, 2016 01:51

    A sério que eu ainda gostava de ver essa gente andar a tentar desculpar o Breivik ou outro qualquer serial killer “ariano” por hipotéticos mini-traumas de infância ou juventude.

    E esta paranóia do bullying já enoja.
    http://www.spectator.co.uk/2016/06/generation-snowflake-how-we-train-our-kids-to-be-censorious-cry-babies/

    Liked by 1 person

  28. lucklucky permalink
    24 Julho, 2016 15:41

    Os Jornalistas querem deseperadamente um terrorista que seja “Ocidental”

    Por isso:

    Usa-se o segundo nome do autor David porque soa Ocidental .

    Quando não dá para usar só David, usa-se os 3 nomes porque é preciso que o nome Ocidental lá esteja.

    Vamos ver quantos terroristas vão ser nomeados por 3 nomes. E se usa o do meio como nome preferido.

    Gostar

    • JPT permalink
      24 Julho, 2016 16:23

      Anders Behring Breivik? John Wayne Gacy? Eric Robert Rudolph? Lee Harvey Osvald? John Wilkes Booth? Osama Bin Laden?

      Gostar

      • lucklucky permalink
        24 Julho, 2016 16:58

        Desde quando Brevik é escrito com 3 nomes? Tens 4 embora Bin não seja propriamente nome.

        E ainda vamos ver que o nome do meio é Davoud…

        Ali Davoud Sonoboly

        A propósito a polícia Alemã bem feita com o sistema designou o autor por “David S.”

        Gostar

      • 24 Julho, 2016 17:28

        Lee Harvey Oswald e John Wilkes Booth eram assassinos e não terroristas. São coisas distintas. Tal como Manuel dos Reis da Silva Buíça.

        Quanto à polícia alemã, lucklucky, há muito que suspeito que ela lê a Helena Araújo.

        Liked by 1 person

      • 24 Julho, 2016 18:01

        Imagino a infeliz infância que o pobre homem de Reutlingen terá tido, zazie. Mas, vá lá, pouco antes, iria brandir a machete na direcção de uma outra mulher, quando, subitamente, a reconheceu como aquela que lhe servia a sopa todos os dias. Um verdadeiro coração de ouro.

        PS Se calhar chamava-se Ezequiel, ou Saul, ou Samuel.

        Liked by 1 person

      • 24 Julho, 2016 18:05

        As leis de posse de machetes, na Alemanha, também carecem de urgente revisão.

        Gostar

      • 24 Julho, 2016 18:12

        Deve ter sido uma vítima do colonialismo porque teve levar a catana quando se refugiou.

        Desta vez foi mortal e veio nos jornais, por causa da onda.
        Mas o currículo era antigo e faz parte do que convém tapar.

        Liked by 2 people

      • 24 Julho, 2016 20:23

        Tem havido várias violações de mulheres e adolescentes na Europa central e do norte pelos supostos “traumatizados de guerra”. Os jornais locais (e depois os de “extrema-direita”) reportam-nos mas a coisa pára por aí. Algumas são até violações em grupo. Isso é aquilo que se pode tapar. Não se pôde tapar em Colónia porque a coisa tomou proporções realmente impressionantes.

        Liked by 1 person

    • 24 Julho, 2016 20:28

      Uma violação é um crime que é relativamente fácil esconder do público. É bem sabido que as vítimas têm vergonha e não andam por aí a alardear que foram violadas.

      Liked by 1 person

  29. Jorge permalink
    24 Julho, 2016 18:21

    E a Araujo deve estar toda molhadinha…mais um para ajudar.

    Liked by 1 person

  30. orabolas permalink
    24 Julho, 2016 18:23

    Vá lá ver, os pixicólogos alumães são uma treta: este também vai cantar o fadinho do coitadinho?… http://rr.sapo.pt/noticia/59759/ataque_com_catana_faz_um_morto_e_dois_feridos_na_alemanha?utm_source=rss

    Gostar

  31. Arlindo da Costa permalink
    24 Julho, 2016 18:32

    O homem do machado é um empreendedor. Usa a liberdade tal e qual vocês apregoam.
    Façam o mesmo se têm tomates para isso.

    Gostar

Indigne-se aqui.

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: