Skip to content

Proposta legislativa pelo amor

21 Julho, 2017

Em virtude do inalienável direito à felicidade de todos os seres humanos, a realização de desejos de carácter sexual não pode estar dependente de explícito consentimento nos casos em que tal consentimento não é possível. Milhares de pessoas são privadas de uma plena realização sexual e, consequentemente, privadas da plenitude que garante uma saudável vivência das necessidades humanas. Assim, pretendendo rectificar o papel repressor do Legislador que impõe injustos travões à saudável convivência entre cidadãos exigindo consentimento a quem está vedado de o conceder por circunstâncias alheias à sua vontade, deixa de ser necessário o explícito consentimento de comatosos para a participação em actos sexuais com pessoa consciente. Com esta proposta legislativa, o Estado retira-se da infeliz tarefa, que ainda mantém por resquícios de opressão heteropatriarcal, de regular o amor entre pessoas.

Adenda: Tomando em consideração a aparente fantasia molhada dos progressistas que os leva a imaginarem tratar-se de um problema fictício, deixo relato de um caso que poderá ajudar a compreender esta proposta legislativa, para evitar que tal aconteça após a morte – http://thestir.cafemom.com/parenting_news/146302/devastated_parents_with_son_in

Anúncios
8 comentários leave one →
  1. piscoiso permalink
    21 Julho, 2017 11:27

    Está a defender a violação? Credo!

    Gostar

    • 21 Julho, 2017 13:28

      Não se apoquente. Prometo pedir um parecer a miúdos da Casa Pia. Tenho a certeza que não deixará de votar em mim até ser condenado.

      Gostar

  2. Colono permalink
    21 Julho, 2017 11:55

    Plenário 2023

    Foi aprovado por maioria a proposta do PAN, que consente o casamento entre o dono (a) e o seu cão de estimação… Passa á especialidade… por espécies!

    Liked by 1 person

  3. Alain Bick permalink
    21 Julho, 2017 12:05

    a geringonça já está a fuder o rectângulo em estado cumatoso

    Gostar

  4. 21 Julho, 2017 13:52

    “Isto” está cada vez pior para a Igreja Católica, com falta de casamentos. “Acho” que há mãozinha dum lobby dos registos civis para aprovarem certas leis…
    Gays só por X tempo nos parlamentos (como aconteceu em Portugal) são capazes de tudo.
    Tal o “progresso”, não estranharei um decreto-lei que permita a uma pessoa o casamento com ela mesmo, sem comunhão de bens ! Se o BE lê isto…

    Gostar

  5. Arlindo da Costa permalink
    23 Julho, 2017 18:59

    Lá vem o ilustre Dr. Vitor Cunha com mais do mesmo!

    Vai à praia, homem!!

    Gostar

Indigne-se aqui.

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: