Skip to content

Ora, ora se os CTT deixarem de ser privados teremos a respectiva comissão de trabalhadores tão afónica quanto a do METRO

3 Janeiro, 2018

CTT vão fechar 22 lojas. Comissão de trabalhadores teme novos encerramentos

Anúncios
13 comentários leave one →
  1. Procópio permalink
    3 Janeiro, 2018 12:54

    Está tudo a correr conforme o previsto.
    Nós continuamos a pagar até ver.

    Gostar

  2. Procópio permalink
    3 Janeiro, 2018 13:17

    O tuga vive experiências pobres, incompletas, pautadas pelos gostos impostos pelos mídia, pela intersindical e pelos pulhíticos excitados e comilões da central de negócios. Nem sequer são gostos seus, mas ele está perdido na confusão das notícias falsas, é empurrado pelo malabarismo dos intrujões, espoliado por todo o tipo de falsários.
    O tuga vai sobrevivendo, é sombra de um cidadão de corpo inteiro. Já nasceu míope, como se não bastasse puseram-lhe óculos baços, fazendo-lhe crer que está tudo bem, que não há forma de ser diferente.
    Assim vai oscilando entre o estado afónico (Metro) e o disfónico (auto-europa).
    Ainda não vimos como acaba. Sejamos otimistas, nem todas as farsas acabam mal.

    Liked by 1 person

  3. 3 Janeiro, 2018 13:21

    olhem para a comissão trabalhadores da CGD, caladinhos que nem ratos. Os trabalhadores a serem ameaçados e coagidos para vender produtos financeiros a QUEM NÃO OS QUER, SENÃO VÃO PARA A RUA. O presidente que ganha 20 mil euros mês, fora o sprémios anuais ( só 100% mais que a administração no tempo da troika)a ameaçar tudo e todos , prometeu fechar ainda mais 200 balcões e mandar embora centenas de empregados. Maldito governo neoliberal gritavam antigamente os sindicatos.

    Liked by 3 people

  4. Manuel Assis Teixeira permalink
    3 Janeiro, 2018 13:37

    a comissão de trabalhadores do Metro está afonica porque todas as suas reivindicações têm sido satisfeitas mesmo as mais absurdas! Mas tudo é feito por trás da cortina, sem alardes! Quem paga? Isso já sabemos! Quando esta maioria se esboroar ainda vamos saber muito mais! E aí voltamos ao aguenta…Até la… talvez tenhamos que usar aparelhos auditivos, para tentar ouvir um sonzinho desta maltosa!

    Gostar

  5. Luis permalink
    3 Janeiro, 2018 15:08

    Uma das primeiras coisas que me espantou mal cheguei a Inglaterra foi a ausencia de servicos nas terriolas. Vivi numa povoacao com 5 mil habitantes que nao tinha nem centro de saude, cafe, mercearia, correios. Havia uma escola primaria, a creche era a casa de uma ama que cuidava de criancas, nao havia edificio de junta de freguesia. Tambem nao tinha caixa multibanco, muito menos banco. Quem queria estes servicos ia a capital do county, que ficava a 12 quilometros. Isto era assim ha uns anos e assim continua. Ora na minha terriola natal em Portugal, havia de tudo, e sao 3500 almas. Duas agencias bancarias, quatro caixas MB, correios, escola basica ate ao nono ano, jardim de infancia, pavilhao polidesportivo, junta de freguesia, posto publico de internet, centro de saude, 20 e tal restaurantes e cafes, 4 ou 5 cabeleireiras e esteticistas, 3 padarias, loja de chines e 3 ou 4 mercearias. A sede de concelho fica a 10 quilometros, ha autocarros e servico regional de comboio.

    Comecei entao a perceber por que motivo nos jornais espanhois dizem que somos perdularios…

    Querem tudo a porta de casa, ninguem faz contas, nao se ve se ha populacao suficiente para ser viavel.

    Liked by 2 people

    • Monti permalink
      3 Janeiro, 2018 21:07

      Barões falidos, mas ricos de prosápia.
      Incentivados e enganados por empreendedoras firmas partidárias.

      Gostar

  6. 3 Janeiro, 2018 15:59

    De passagem por Lisboa ligo canais de tv’s para saber alguma notícia importante e deparo-me na TVI com o deputado Telmo Correia. Aguento uns segundos e ouço mais ou menos isto: “hoje o país vai estar atento ao jogo, nas fábricas, nas escolas…”.
    Eram cerca das 15:00. Supondo que demorou 60 minutos para chegar ao estúdio, mais 60 minutos para presença e desmaquilhagem, outros 60 para regressar à Assembleia da República, o deputado, numa quarta-feira, não devia estar a trabalhar na Assembleia da República, ou terá pedido dispensa dos trabalhos por 3 horas para “serviço externo” ?
    Este deputado sempre-em-bicos-de-pés (há outros, aquela frase podia ser dum portista ou sportinguista…) mais uma vez deu péssimo exemplo a quem tiver alguns neurónios. E irresponsavelmente promove o desleixo, a desatenção no trabalho “nas fábricas, nas escolas” — um puro deputado de regime onde o futebol e futebolices anestesiam a vastíssima maioria dos tugas e ele sabe-o, e dele se aproveita para auto-promoção. Podia ser um “representante da nação” de Maduro, dum Berlusconi ou do tipo da Coreia do Norte, o que é preciso é entreter o maralhal.
    Por esta e outras esgotou-se-me a paciência para aturar políticos, para a javardice, para o sítio. Não vale a pena perder tempo a colocar bitaites sobre o que acontece neste país. Ainda bem porque vou estar fora da choldra.

    Liked by 1 person

  7. Procópio permalink
    3 Janeiro, 2018 16:47

    Quanto à central de negócios
    “Não vos enganeis. As más companhias corrompem os bons costumes” (I Cor. 15 33).
    Quando á suposta democracia.
    Democracia no sítio? Existe apenas uma oligarquia em colapso desde que o ddt borregou.
    O presidente, aliás seu amigo do tempo da Comporta e o primeiro ministro nº 2, feito com a cáfila do nº1, representam ademanes do poder que resta na sociedade falida.
    Preocupam-se tanto com as massas como com a vilezas que os rodeiam. Querem mandar. Estão-se nas tintas para quem vota e para quem pensa que o voto conta para alguma coisa. Eles já aprenderam há muito a dar a volta o voto. Nisso são mestres, desde os tempos do jorginho cenoura, já nesse temp acolitado pelo dos afetos e outros comparsas.
    Partidos há vários, mas unidos por uma mancha bolorenta que tudo contamina.

    Liked by 1 person

    • 3 Janeiro, 2018 17:53

      Exactamente isso !

      Procópio
      ainda tem paciência e classe para aguentar o sítio. Até Belém, em 2021, com a grande marcha a ser iniciada com uns gins a partir do Procópio…

      Hoje interessei-me por saber se nas principais propostas para o país por parte do Santana e do Rio (r)estava alguma coisinha “piquena” que fosse sobre Desenvolvimento Intelectual e Cultura — nadinha de nada.
      Do Rio-autarca, porque consabida a sua guerra contra a Cultura, só numa enormíssima surpresa para mim encontraria algo. Do Santana ex-secretário de estado da Cultura, nem uma piscadela de olho.
      Passem bem.

      Porra ! Quando é que o PSD debate e propõe o que quer na área da Cultura ? Depois queixam-se por autores apartidários terem a chamada simpatia pelo P”S”…

      Gostar

  8. 3 Janeiro, 2018 18:41

    nem mais. Essa é que é essa.

    Gostar

  9. Arlindo da Costa permalink
    3 Janeiro, 2018 23:04

    A privatização dos CTT foi uma roubalheira à moda de Passos & Portas.

    Deviam responder em juízo!

    Gostar

Indigne-se aqui.

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

w

Connecting to %s

%d bloggers like this: