Skip to content

O espelho da sua alma.

14 Março, 2018

Domingos Lopes escreve hoje no PÚBLICO um texto intitulado “A cátedra de Massamá que é um verdadeiro espelho da sua alma. Sobre Pedro Passos Coelho escreve Domingos Lopes:  Morando em Massamá, chegou àquele cargo onde quase ninguém chega. Durante o mandato defendeu as oligarquias do sistema financeiro e, em relação aos estudantes, mandou-os sair da zona de conforto e deixarem de ser piegas.”

Para lá de uma misteriosa fixação com Massamá e sabendo-se como as questões locais são importantes para Domingues Lopes (este é o homem que só percebeu a ignomínia da invasão da Checoslováquia em 1968 quando, em 2009, foi afastado pelo PCP das listas de candidatos à Assembleia Municipal do Alandroal) estamos perante o retrato do progressismo que nos pastoreia, enxameado de comissários políticos capazes até de cavalgar a onda dos arrependimentos.

 

Será que 40 anos bastariam a Domingos Lopes para concluir que a contestação à ida de Passos Coelho para o ISCSP é uma manifestação de intolerância? Não sei. Quiçá se alguém o convidadasse para a União das Freguesias de Massamá e Monte Abraão acabasse a pensar mais rapidamente. É que 40 anos para perceber o que aconteceu na Checoslováquia é pensar muito devagarinho.

 

Anúncios
41 comentários leave one →
  1. 14 Março, 2018 10:28

    Porra, já não há paciência para aturar essa estória de Massamá ! À falta de argumentos, Massamá ! Faz-me recordar o que o MSoares disse do Cavaco por causa deste ter nascido e crescido no Algarve, muito antes do chiquérrimo ALLgarve.

    Alguém que pergunte à Varela e ao Domingos onde nasceu, onde trabalhou e onde vive o Jerónimo. E se o Jerónimo fosse PM, aldrabariam o CV e, afinal, tinha nascido em Lisboa ou no Estoril ?

    Gostar

    • lucklucky permalink
      14 Março, 2018 19:33

      O PCP faz parte dos privilegiados do regime, não admira quepara o PCP quem venha de Massamá pertença a outra classe social.

      O PCP criou por sua discriminação e xenofobia outra classe social : os que vêm dos subúrbios.

      Gostar

  2. Artista português permalink
    14 Março, 2018 10:29

    Essa de “defender as oligarquias do sistema financeiro” é, no mínimo, deliciosa. Em que galáxia vegeta DL? Será que ele já contou essa ao ex-DDT?

    Gostar

  3. 14 Março, 2018 11:12

    Esta parolagem da esquerda republicana é do mais pedante e classista que existe. Passos Coelho “é de Massamá” (suburbano de Massamá, como diria a baronesa Raquel Varela). Cavaco Silva é, para a corte socialista, “o filho do gasolineiro” ou “o homem de Boliqueime”, e foi gozado pelos paineleiros do Eixo do Mai por ter uma marquise. Já João-filho-do-pai-Soares, um grunho que apenas iludiu uma vida de medíocre anonimato por ser filho de quem é, recebe tratamento de “doutor” e é um “homem de cultura”. Que nojo de gente.

    Liked by 1 person

    • 14 Março, 2018 11:50

      O seu comentário é excelente.
      Subscrevo.

      Gostar

    • 14 Março, 2018 12:58

      O que vai safando este nojo de gente foi a atitude de Passos Coelho do “Que se lixem as
      eleições”.
      Portugal ainda não estava, nem está preparado para ter governantes como o Passos Coelho.
      Com os Orgãos de informação totalmente controlados pela oligarquia do PÊIESSE, não se pode ter atitudes como a que o Passos Coelho teve. Aí ele foi ingénuo.
      Da próxima vez que patriotas portugueses venham a governar Portugal tem que se fazer o que é preciso sem o anunciar. E quem grandolar é posto na ordem.
      Portugal precisa de ser posto na ordem.
      Mas há muitos que não gostam de andar na ordem.
      E há tanto mato por limpar em Portugal!

      Gostar

    • Mauritano permalink
      14 Março, 2018 13:58

      Na mouche

      Gostar

    • naco permalink
      14 Março, 2018 21:53

      João sousa , muito bem .

      Gostar

  4. 14 Março, 2018 11:49

    Para a esquerda caviar é crime morar em Massamá.
    Chique mesmo é morar nas Avenidas Novas ou Parque das Nações, e – talvez – na Foz no Porto.

    Gostar

  5. Procópio permalink
    14 Março, 2018 12:06

    Resta ao domingos ir à missa, não só ao domingo, mas todos os dias. Não vá pecar.
    É na Rua Soeiro Pereira Gomes, 3, 1600-196 Lisboa onde pode enxarcar a pinha débil de caca, invocar o assassino Beria e os goulags. Lá, se pudesse, metia quem não lhe seguisse a cartilha desbotada pelo tempo.
    O desgraçado é o menos, curioso é o afã do jornaleco falido se prestar à onda avassaladora dos merdia eficaz no assassinato pulhítico.
    Os merdia executam hoje em silêncio, o que 22000 tiros faziam antes.

    Gostar

  6. 14 Março, 2018 12:25

    Fosse para onde fosse PASSOS COELHO para os geringonços era sempre criticado e amaldiçoado !

    Gostar

  7. André Miguel permalink
    14 Março, 2018 12:36

    Ver os cães de fila da geringonça ainda a rosnar a PPC, mesmo depois de deixar a política, é a certeza do país de merda que somos. Valha-nos pelo menos sabermos que há alguém que eles temem e, nem que seja, só por isso PPC merece todo o apoio daqueles que não alinham pela insanidade dos defensores do elixir da pobreza.

    Gostar

  8. David Fernandes permalink
    14 Março, 2018 12:50

    É o normal racismo e xenofobia contra a Linha de Sintra por parte dos Portugueses. Principalmente acutilante na burguesia pedante de Lisboa que vive do Estado, manifesta-se em todos os portugueses de modo geral.

    Gostar

  9. licas permalink
    14 Março, 2018 12:51

    Tem razão, F. Carvalho.
    Porém, eu ainda distingo um convinte para o privado, em que em princípio é consequencia de a pessoa ter mérito, do que é “merecer” uma profissão de Professor Universitário para a qual se torna indispensável (e não é para todos, asseguro-lhe) provar formalmente o seu valor académico.

    Gostar

    • 14 Março, 2018 13:24

      Não podia faltar esse elogiozito ao Salazar.
      O Estado Novo foi governado por 2 professores catedráticos e estes saudosistas, como o Licas, continuam a mostrar reverência pelos professores universitários.

      Gostar

      • licas permalink
        14 Março, 2018 13:59

        Shiri Biri PERMALINK
        14 Março, 2018 13:24

        Está provado, inequivocamente, que não SABE LER.

        Gostar

  10. JPT permalink
    14 Março, 2018 13:17

    Já que dá voz a, pelo menos, dois estalinistas (ou o camarada Vilarigues já deixou aqueles lados?) o “Público”, em defesa da “inclusividade”, devia também dar uma coluna a um nazi, ou, no mínimo, a um fascista (não digo a um adepto do regime do Dr. Salazar, porque, por péssimo que tenha sido, e foi, não merece tão injusta comparação). Não se alegue que os estalinistas têm sempre à volta de 10% de votos expressos e os fascistas não têm, porque, como é sabido, a nossa lei fundamental proíbe partidos com essa ideologia, pelo que podemos assumir que muitos dos que se abstêm são adeptos frustrados do Duce, do Caudillo, ou do Führer, aos quais, parece-me, deve-se ser dada igualdade no direito a defender ideologias responsáveis pela morte de milhões.

    Gostar

  11. ANTONIO MANUEL PAIXAO AFONSO permalink
    14 Março, 2018 13:29

    Sites como o Observador, como o blogue Blasfémias, e outros, têm cada vez mais razão de existir. Este PM, costa o bosta é o grande culpado de tudo o que está a acontecer neste País. O que está a acontecer neste País a PPC é o mais vil ataque, pós 25 de abril, feito a algum ser humano feito neste PAÍS. mas um País que dá voz a energumenos como Mário Nogueira, não vai ter mais do que merece.

    Liked by 2 people

    • 14 Março, 2018 16:03

      Tem toda a razão.
      E reparem como o Costa já anda em pulgas, a caminho do Parlamento europeu para mandar umas postas de pescada, armado em europeísta, fazendo-se passar por grande lutador pela Europa comunitária, quando já sente o chão a fugir-lhe debaixo dos pés de barro.

      Não corras tanto que te cansas, oh Costa!
      Talvez vás ter uma Europa Comunitária forte, sim, mas não comandada pelos atuais burocratas como tu, que provaram o poder e não o querem largar. Esses vão ser corridos da cena europeia.
      Com os portugueses tens brincado. Com os que ano após ano vão ganhando eleições na Europa é que te vais cagar. E por cá também se prepara o teu afastamento. De nada te vai servir andares empertigado no Parlamento Europeu de fatinho e gravata pagos pelos contribuintes portugueses.

      Gostar

  12. Juromenha permalink
    14 Março, 2018 13:32

    Um “cocktail” de ignorância, inveja e dor-de-corno.
    Como diria o outro,”lumpen à la carte ( em estrangeiro fica mais fino…).

    Gostar

  13. Aónio Lourenço permalink
    14 Março, 2018 13:57

    A esquerda caviar não perdoa o facto de Passos Coelho vir de Massamá, como nunca perdoou o facto de Cavaco vir de Boliqueime. Preferem a etnia Louçã, aristocracia de sangue azul que pensa primeiro sempre no povo. O que não se escreveria, se alguém do CDS fizesse uma epígrafe semelhante sobre as origens humildes de Jerónimo de Sousa? Algo como: “O discurso parlamentar do serralheiro de Pirescoxe”! Muita da esquerda, é, sempre foi, preconceituosa, pois não admite que pessoas de origem humilde, possam ser de direita, porque a esquerda intitula-se monopolista dos direitos sociais dos pobres.

    Liked by 1 person

  14. José Domingos permalink
    14 Março, 2018 17:22

    Os pindéricos “elitistas” lisboetas, não admitem ninguém de fora da capital. Habituados a comerem migalhas e a venderem as mães, se isso lhes der algum lucro, com passeios pelo parque do eduardo, labregos, que nunca fizeram nada na vida, nunca foram despedidos nem assinaram qualquer contracto de trabalho, parasitas com o dinheiro dos outros.
    Demasiados miseráveis para serem alguém na vida, pararam no tempo.

    Gostar

  15. Arlindo da Costa permalink
    14 Março, 2018 17:31

    De facto é uma vergonha sem nome promover o Sr. Passos a professor catedrático. Só neste país.

    Um tipo que até aos 40 nada fez na vida a não ser andar nas jotas e a estudar nas discotecas, chegou a PM sem saber, agora vai para professor!!!!!

    Ele que emigre e saiba como é que se verga a mola!

    Gostar

    • alex.soares permalink
      14 Março, 2018 22:37

      Como é que bosta excelência sabe essas coisas todas ? também fre-cu-entaria tais paragens ?
      Oh lindinho tosta, a tua mola não verga porque também não endireita.
      Já agora um aviso amigo, não venhas a Marco de Canaveses se não podes ficar a saber com quantos paus se faz uma fogueira.

      Gostar

      • 15 Março, 2018 19:11

        Alex Soares,

        Os conservadores são tolerantes. Nunca se esqueça disso. Não precisamos de bater no adversário porque as nossas ideias são melhores.

        Agora, podemos sempre gozá-los até à exaustão. E o nosso amigo Arlindo é um alvo com uma mosca do tamanho de um rinoceronte. E míope como o tal perissodáctilo.

        Gostar

      • 16 Março, 2018 09:57

        Francisco Miguel Colaço
        15 Março, 2018 19:11

        “Alex Soares,

        Os conservadores são tolerantes. Nunca se esqueça disso. Não precisamos de bater no adversário porque as nossas ideias são melhores.”

        Ser tolerante com os intolerantes é cobardia.
        Os comunistas são criminosos que têm as mãos sujas de sangue pelo Planeta inteiro.
        São justamente os últimos com quem devemos ser tolerantes porque eles são intolerantes e consequentes com essa intolerância: matam quem pensa diferente deles.

        Gostar

  16. Procópio permalink
    14 Março, 2018 17:45

    David Rosa PERMALINK
    14 Março, 2018 16:03
    Palavras sábias. Aguardemos.

    Gostar

  17. Procópio permalink
    14 Março, 2018 17:52

    A carta assinada por Dombrovskis e Moscovici pede que seja apresentado um detalhado e ambicioso Programa Nacional de Reformas.

    A Comissão Europeia considera que Portugal continua com desequilíbrios mas que, contrariamente a 2017, estes já não são “excessivos”. Ainda assim, numa carta enviada pelo vice-presidente da Comissão, Valdis Dombrovskis, e pelo comissário dos Assuntos Económicos, Pierre Moscovici, é pedido que as autoridades portuguesas façam clarificações sobre as medidas para resolver o problema da dívida elevada e para fortalecer a saúde do setor bancário.

    Dois vândalos abraçados

    https://static.globalnoticias.pt/dn/image.aspx?brand=DN&type=generate&guid=04e373b8-eb8f-420a-b488-0b8c9d0c2037&w=579&t=20180314122100

    Só não a beijou na boca, mas ela merecia a contaminação

    Gostar

  18. Procópio permalink
    14 Março, 2018 18:09

    Pedro Passos Coelho não quiz ouvir as sábias palavras do pai.
    No dia da tomada de posse ele se referiu ao tremendo risco de tentar governar o sítio.

    Já noutro contexto Goethe avisava:
    “Se queres libertar muitos, ousa servir muitos. Queres saber até que ponto isso é perigoso?
    Então experimenta!”

    Pedro Passos Coelho era um inocente. Embora aceitando as reservas de licas no post das 12.15 sobre o mérito a exigir a um professor catedrático, penso que talvez tenha aprendido o suficiente durante o tempo em que governou em ambiente economicamente tumultuouso e traiçoeiro para justificar a nomeação. Só os mestrandos o dirão.

    Gostar

    • Tiro ao Alvo permalink
      14 Março, 2018 19:17

      E não se pode esquecer que no fim do mandato, apesar da permanente campanha movida pela oposição, e quase sem a necessária colaboração dos outros órgãos de soberania, nem beneficiando da compreensão dos juízes do TC, o Passos Coelho foi a jogo e ganhou as eleições. Esse feito ninguém lho tira.

      Liked by 1 person

  19. carlos alberto ilharco permalink
    14 Março, 2018 18:36

    Farto-me de rir com a ignorância atrevida das pessoas quando falam de e sobre Massamá.
    A dita cuja é superior em população, rendimento, actividade, trânsito (infelizmente) e comércio a 90% das cidades portuguesas de que muitos se orgulham.
    Realmente ninguém nasce em Massamá,ainda que tenha um Hospital bem perto.
    Não falta absolutamente nada por aqui, e em todos os campos pede meças.
    Passos Coelho mora numa belo edifício e num espaço de cem metros tem tudo, até uma Igreja.
    Para quem cita esta terra como subúrbio, deixem de ser ignorantes.

    Gostar

  20. lucklucky permalink
    14 Março, 2018 19:36

    Esquerda a inventar classes sociais sempre que pode apesar de dizer sempre que não as quer.

    Liked by 1 person

  21. 14 Março, 2018 19:50

    “Esta visão sobre o papel dos professores catedráticos não tem nada nem de esquerda, nem de direita, nem de elitismo, nem de menosprezo por um ilustríssimo morador de Massamá. ”

    Quem mente, engana-se e nega logo em 1º lugar a sua tendência. Não tem nada de esquerda? Nem a mão?

    Liked by 1 person

  22. A. R permalink
    14 Março, 2018 20:45

    O comunismo é uma doença sem cura. A verdade é que até um afinador de máquinas é deputado vitalício da nação! Não há como a democracia para se viver à mama do contribuinte. Moita carrasco

    Gostar

    • Eule permalink
      15 Março, 2018 09:39

      Discordo. Considero que o comunismo é, sem qualquer dúvida, uma religião fanática e, como tal, não segue qualquer raciocínio lógico.

      Gostar

  23. colono permalink
    14 Março, 2018 21:15

    PPC — manda a escumalha de esquerda à m****deixa essa Universidade que nada produziu (os) a bem do país…. manda-os á pqp com todas as letras…

    Gostar

  24. Chopin permalink
    15 Março, 2018 00:13

    Um verdadeiro interpretador da vontade dos povos merece outra dignidade que Massamá não dá:

    “Foi nesta casinha que Cunhal se acoitou durante o tempo que em 1983 e 1984 era o de grande crise, com fome em Setúbal e gente com grandes dificuldades económicas devido à bancarrota de então, fomentada precisamente pela política e sistema económico comunista e socialista, o das nacionalizações da estrutura produtiva do país.

    Em segredo, sempre escondido dos cidadãos e do povo trabalhador, dos operários e camponeses que jurava defender, Cunhal e amigos do partido vinham para a mansão, desfrutar o que criticavam aos “burgueses”, latifundiários e capitalistas.”
    http://portadaloja.blogspot.pt/2017/12/domingos-abrantes-comunista-fossilizado.html

    Gostar

  25. JP Ribeiro permalink
    15 Março, 2018 09:23

    Só mesmo no terceiro mundo latino americano mas também em Portugal ( a Palestina da Europa), um jornal dá abrigo a um defensor de trogloditas, execuções sumárias, miséria generalizada, tudo em nome de um paraíso prometido e que nunca chega. Essa gente devia ter vergonha na cara.

    Gostar

  26. licas permalink
    15 Março, 2018 14:29

    JP Ribeiro PERMALINK
    15 Março, 2018 09:23
    São mestres em interpretar as evidências mais simples da maneira que convem á luta de classe, artigo de fé”, facciosos em extremo, nada os demove. Inútil ter uma discussão racional do apuramento dos resultados das tentativas da implementação (mesmo à força) desses paraísos imaginários.

    Gostar

Indigne-se aqui.

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

w

Connecting to %s

%d bloggers like this: