Saltar para o conteúdo

Teremos sempre Israel?

1 Abril, 2018

A pergunta faz todo o sentido. Em primeiro lugar porque Portugal tem nos últimos tempos divergido do que é o seu posicionamento histórico em assuntos de política externa. O caso da recente crise diplomática com a Rússia é um exemplo dessa divergência mas nem sequer é o caso mais relevante. O que aconteceu no nosso parlamento na passada semana a propósito dos votos apresentados pelo Bloco de Esquerda e pelo PCP sobre a Catalunha é um sinal ainda mais preocupante.

Anúncios
6 comentários leave one →
  1. Arlindo da Costa permalink
    1 Abril, 2018 21:52

    Israel existe porque as forças progressistas de todo o mundo assim o deliberaram e apoiaram.

    Se os judeus estivessem à espera do apoio «cristão» dos partidos e governos da direita da Europa e das Américas, certamente que a esta hora já estavam todos fritos…

    Liked by 1 person

  2. lucklucky permalink
    2 Abril, 2018 09:55

    Mais mentiras do Arlindo.

    Foi a Igreja Católica que esteve contra os Progressistas defensores do Eugenismo nos anos 20 e 30 . Que foi mais um ataque da Esquerda à pessoa individual.
    Da Suécia à Califórnia foi onde a esterilização forçada dos “indesejáveis” foi feita.

    Foram partidos Socialistas tendência Marxista que assassinaram os Judeus. NAZIS= Nacional Socialismo mais as suas teorias eugénicas

    De Direita não tinham nada pois não respeitavam o individualismo.

    Este ataque do Hamas foi combinado com a Esquerda Marxista do Partido Trabalhista em Inglaterra que finalmente foi desmascarado pelo seu ódio aos Judeus.

    Claro não há protestos do PSD e CDS.

    Gostar

  3. Zé Manel Tonto permalink
    2 Abril, 2018 19:54

    Enquanto a maioria dos israelitas souber identificar no islão o inimigo que os quer destruir, Israel estará bem e de saúde.

    Quando a maioria estiver transformada nuns bananas politicamente correctos como a generalidade dos europeus, a ruína será certa e rápida.

    Gostar

    • Arlindo da Costa permalink
      2 Abril, 2018 21:41

      Historicamente os árabes foram sempre os melhores amigos dos judeus. Nunca os expulsaram nem nunca os queimaram vivos.

      Quem os expulsou e os queimaram vivos foram os católicos espanhóis e portugueses; os cristãos nazis alemães, polacos e austríacos; e sem esquecer os poograms dos russos e ucranianos.

      O que Israel fez aos árabes nem a um cão se faz. Para além de lhes roubarem as terras e as casas, expulsaram-nos da sua pátria e mataram-nos.

      Jesus Cristo sabia bem quem eram os Judeus. Gente pouco confiável.

      Gostar

      • Zé Manel Tonto permalink
        3 Abril, 2018 13:16

        Arlindo tem juízo.

        O manual dos terroristas (al-coirão) explica como o fundador da seita matou 700 judeus de uma vila derrotada.

        O manual e o fundador da seita descrevem bastantes vezes o que fazer com judeus e cristãos, e o menos mau é a escravatura.

        Os israelitas são espertos o suficiente para ver onde está o perigo e disparam quando o inimigo tenta passar a fronteira.

        Os europeus chamam fascista ao Viktor Orban por meter uma rede na fronteira para tentar parar os invasores. Nem quero imaginar se fosse dada ordem para disparar.

        Gostar

      • Arlindo da Costa permalink
        3 Abril, 2018 19:33

        Tontinho da Silva, quantos milhares de palestinianos foram mortos por assassinos judeus?????

        Gostar

Indigne-se aqui.

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: