Skip to content

Se o suicídio é um direito…

29 Maio, 2018

…não seria suposto criminalizar quem tenta evitar que alguém exerça esse direito?

Anúncios
28 comentários leave one →
  1. Oscar Maximo permalink
    29 Maio, 2018 11:47

    Até há muita gente pendurada na varanda que não se sabe se está em apuros ou em tentativa de suicídio. Há que pedir educadamente para largar a mão direita para assinar um papel, depois de perguntar se não é canhoto.

    Gostar

  2. 29 Maio, 2018 12:06

    O paradoxo pode chegar ao extremo de, em casos de tentativas de suicídio do alto de edifícios, a polícia chegar lá e ter obrigação ou, de dar um empurrão, ou de levar para a junta médica para o suicida ter direito à tal boa morte e não dar espectáculo nem trabalhos na via pública.

    Salvar alguém, como o VC ironiza, pode ser uma atentado à liberdade individual.

    Gostar

  3. 29 Maio, 2018 12:08

    O comuna disse o mesmo e é mesmo assim. Polícia, médicos e enfermeiros ficam com a obrigação de não ajudarem a salvar ninguém, sem vasculharem bem se é um dos empatas que ainda quer viver e dar despesa.

    O marketing e publicidade nos lares opera milagres para o SNS e muitas famílias agradecem.

    Por isso é que na Holanda e Alemanha até chegam a ir de comboio com a filha, para se matarem e não darem trabalho.

    Gostar

  4. 29 Maio, 2018 12:10

    O que acontece a um médico que se recusa a praticar um aborto em horário de serviço no SNS?

    Gostar

  5. Mario Figueiredo permalink
    29 Maio, 2018 12:17

    Eu já nem consigo falar neste assunto. Sinto já demasiado nojo por tudo o que estou a assistir. Agora até tenho de aturar uma merda acéfala com cheiro a leite e que não mandatei para coisa nenhuma, com idade para ser minha neta, dizer que vai decidir pela consciência dela o que nunca me perguntou a mim: https://observador.pt/opiniao/uma-questao-de-consciencia/

    Gostar

    • 29 Maio, 2018 12:30

      Eu nem consigo ler para não me incomodar e nem deixo que algum conhecido venha com a conversa para não ser obrigada a insultá-lo.

      É impressionante o que faz dar voz a tanta gentinha imbecil que nem pensa.

      Gostar

    • 29 Maio, 2018 12:38

      Pois eu estou em idade de filhos menores e garanto que não consigo ler destas coisas que linkou. Todo o meu esforço é para que esses filhos menores não cheguem a maiores a tão mortos ao ponto de escrever coisas destas.

      Gostar

      • 29 Maio, 2018 13:00

        Diz bem. É impressionante e eu recuso-me a ler.

        Basta que v.s me digam por alto e já percebi o nojo de que se trata.

        Quem é responsável por isto?

        Que gente é esta?

        Gostar

      • 29 Maio, 2018 13:07

        É a líder da JSD.

        Gostar

      • 29 Maio, 2018 13:06

        Eles passaram a acreditar que controlam tudo.

        Já o Nietzsche dizia que a fezada na Ciência levava à incapacidade de aceitar o imponderável.

        E depois vivem de caprichos e vaidades e acham que mandam em tudo, até na Natureza.

        Eu tenho um amigo que vive na Suécia que pensa assim. A lógica dele é fazer todos os exames de despiste a todas as possíveis doenças reais e imaginárias com patrulha à tripalhada.

        Depois diz que em tendo os exames e até vai a Singapura faz~e-los mais baratos (são naives, estes ateuzinhos), diz que quer tirar férias e já tem a eutanásia garantida e tratada para o caso…

        O caso de poder deixar de controlar tudo

        ehehehehe

        A tia matou-se, a mãe foi ajudada em lar, toda a família que tinha lá já teve os tais direitos de saída.

        È mais ou menos este mundo monstruoso e moderno que esta bimbalhada tem em mente.

        Depois esquecem-se do que ele lamenta- que aquilo seja desumano. Que não haja contacto directo entre nada, nem na saúde nem na doença- é só profissionalismo….

        Gostar

      • 29 Maio, 2018 13:29

        Foge!

        Gostar

    • kapagrillos permalink
      29 Maio, 2018 12:55

      “Em qualquer um dos projetos se garante que não será aplicada a Eutanásia numa situação de uma qualquer doença, não será aplicada a Eutanásia a crianças, nem será aplicada a Eutanásia a uma qualquer pessoa que esteja momentaneamente numa depressão. Afastado que está o fantasma da rampa deslizante, voltemos então ao que está em causa.”

      “Em qualquer um dos projetos se garante que não será aplicada a Eutanásia numa situação de uma qualquer doença,”

      ???

      “não será aplicada a Eutanásia a crianças”

      pergunto eu, porque não? o sofrimento infantil não é indigno? a criança não tem direito a morrer com dignidade?
      passei por isso, minha senhora, de ouvir uma criança pedir para morrer.
      estava consciente, exprimiu-se num português correto e sabendo o desfecho inevitável da sua doença.
      não quererá a senhora deputada baixar a idade de consentimento da eutanásia por uma questão de respeito e dignidade? ou ainda é cedo?

      “nem será aplicada a Eutanásia a uma qualquer pessoa que esteja momentaneamente numa depressão.”

      pessoas que enfrentam depressões a vida toda, a quem terapias e medicamentos dão pouco ou nenhum alivio estão na calha.
      quantos anos disto serão precisos para a eutanásia? cinco, dez, vinte? seis meses?
      a depressão profunda não altera o discernimento, portanto, a momentânea sim?

      “Afastado que está o fantasma da rampa deslizante, voltemos então ao que está em causa.”

      Quem argumenta assim não é gaga.

      E aposto aqui que votará tudo o que acima rejeitou num futuro não tão distante assim.
      Mas se eu ainda for vivo vou fazer conta que esqueci.

      Liked by 1 person

    • António C. Mendes permalink
      29 Maio, 2018 12:56

      Coitada da menina. Tão em sofrimento. É natural, não tem maturidade para ter a certeza da roupa com que sai à noite, mas encontra-se, coitada, perante a decisão mais difícil em dois anos e meio. Convicta de que está na plena posse de todas as ferramentas para decidir sobre uma coisa destas, quando eu não lhe entregava a decisão de escolher a cor da parede da associação de estudantes de onde ela veio.
      É pá, eu tenho feito um enorme esforço para manter elevação na discussão.Tudo isto é muito sério. Mas estamos verdadeiramente lixados (esforço continuado). Mas que PSD é isto?

      Liked by 1 person

      • kapagrillos permalink
        29 Maio, 2018 13:07

        E esta é a “líder”, pense bem nisto.
        Primus inter pares.
        Imagine os colegas que a admiram e votaram nela.

        Gostar

      • António C. Mendes permalink
        29 Maio, 2018 13:11

        Eu preferia não imaginar!

        Gostar

      • 29 Maio, 2018 13:30

        Foge! é no que dá as quotas para a as capatazes

        Gostar

      • kapagrillos permalink
        29 Maio, 2018 18:10

        Capazes como a zazie eu assino por baixo cotas 2/3 em todas as legislaturas.

        Gostar

  6. Paulo Valente permalink
    29 Maio, 2018 12:52

    Se o suicídio é um direito, aproveite-o!

    Gostar

  7. carlos alberto ilharco permalink
    29 Maio, 2018 14:18

    Não e não.
    São as respostas às questões colocadas.
    Que o assunto é complexo basta ver o telejornal das treze da SIC, começou com este magno assunto esquecendo por completo o empate com a Tunísia e o atentado de Liège e continuou com a greve dos camionistas e a 342ª propostas de Costa para sermos felizes e no meio ainda houve tempo para falar na gasolina.
    A votação de logo vai ser uma excitação
    Já se sabe que sim ou não não valem nada,
    Espero que a AG do SCP seja mais emotiva.

    Gostar

    • carlos alberto ilharco permalink
      29 Maio, 2018 19:06

      Adenda
      Como eu dizia a bloquista Martins já veio dizer que este é apenas o primeiro passo.
      Serão feitas tantas votações ou referendos até se atingir o “sim”
      Nessa altura já este entusiasmo está todo anestesiado.
      Foi assim no aborto, porque havia de ser agora diferente?

      Gostar

  8. procópio permalink
    29 Maio, 2018 14:37

    Tuga, pára um pouco para reflectir. Tens pena que a selecção jogue mal, não podes ir para o all garb com o gázol caro de morrer, a tua mulher desempregada, anda de bandeirinha preta na mão, de nada lhe vale, a tua filha entra a más horas embora ande com bugigangas caras e use saltos altos e cremes bem cheirosos.
    Estás lixado, mesmo votando “à esquerda”, a menos que tenhas amigos câmara, surripies parte da pensão magra da mãe, chegues ao ponto de gamar uns cobres à revelia, ou trafiques uns pós no sodré.
    O que te prometeram, esquece. De esquerda, ou de direita, eles aparecem muito na têvê mas acabam sempre por encher o bolso e o teu está vazio.
    De resto tu nunca soubeste fazer nada,teus palras, palras, os teus palavrões mal escondem o facto de seres um poltrão, nem emigrar esteve ao teu alcance. Graças a Deus a lei agora abre-te a porta ao paraíso, não hesites, estás a ver o pontão, a linha do caminho de ferro, as águas fundas da boca do inferno.
    Segue o teu destino.

    Gostar

  9. 29 Maio, 2018 15:47

    “O ministro do Trabalho afirmou esta segunda-feira que a implementação das 35 horas semanais no setor privado “deve constituir um objetivo de longo ou médio prazo”, mas “não é um compromisso” do Governo para esta legislatura. “É um debate interessante, não é um compromisso que este Governo tenha assumido para esta legislatura”, afirmou Vieira da Silva, no Porto, salientando que “essa não é uma medida que esteja no programa do Governo, nem no programa eleitoral” do Partido Socialista e “nem sequer consta de qualquer dos acordos que foi celebrado entre o PS e os outros partidos” que apoiam o executivo.” Observador, 7/5/2018. Não é sobre a eutanásia, mas… onde é que consta a despenalização da eutanásia nestes documentos? Por que é que uns temas não constam do programa de Governo e podem ser discutidos na AR, e outros temas não?

    Gostar

  10. Rão Arques permalink
    29 Maio, 2018 18:05

    Na dúvida que insistentemente marca presença, a ser despenalizada seria preferível que não transformassem o que se pretende como um consciente e apressado fim de vida numa tortuosa e entediante morte lenta.
    Em vez de tantas entidades envolvidas na decisão do sim, uma junta médica para decidir não seria mais apropriada como suficiente?

    Gostar

  11. Arlindo da Costa permalink
    29 Maio, 2018 18:46

    Nalguns casos – que omito enunciar – o suicídio devia ser um dever constitucional…

    Gostar

  12. pitosga permalink
    29 Maio, 2018 18:47

    Claro que é um crime contra a morte.

    Gostar

Indigne-se aqui.

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

w

Connecting to %s

%d bloggers like this: