Saltar para o conteúdo

Os proprietários de andares no Prédio Coutinho não são gente? Ou isso do assédio só se aplica aos senhorios e não ao Estado?

25 Junho, 2019

Portanto o mesmo Estado que aprovou legislação para impedir o despejo de arrendatários que vivem “há mais de 20 anos” nas casa e que ameaça com penas várias os senhorios que recorram a um ambiente intimidativo, hostil, degradante, de perigo, humilhante, desestabilizador ou ofensivo, ou impeça ou prejudique gravemente o acesso e a fruição do locado pelos inquilinos</a recorre está a recorrer a corte  está a recorrer a cortes de gás e água, a notificações ” se sai já não entra” para tomar conta do prédio Coutinho. Os residentes do predio Coutinho vivem lá desde os anos 70, se fossem inquilinos de um desses abominados senhoriso privados ou okupas certamente que não eram tratados deste modo. E os activistas já lá lá estavam aos saltinhos!

Anúncios
41 comentários leave one →
  1. 25 Junho, 2019 20:29

    Para além do mais, decorre dos factos noticiados, que o presidente da C.M. está a cometer o crime de maus tratos a idosos. E ninguém o denuncia ao Mº Pº?

    Liked by 3 people

  2. MJRB permalink
    25 Junho, 2019 21:40

    Mais uma prova da canalhice, abuso, desumanidade, de certos autarcas (no caso “socialista”) e deste desgoverno: “Quero, posso e mando, os outros que se lixem”.
    Derrubam um edifício daqueles, desalojam famílias que pagaram apartamentos, estão-se marimbando para a vida das pessoas sobretudo idosos, por causa de um mercado municipal ? Não há outro local para esse mercado ?
    Onde está a justiça ? Está-se “cagando” para ela própria ?
    Mais um episódio reprovável a juntar a outros protagonizados pelo tipo que preside à câmara.
    Perante este lamentável caso, onde estão os advogados mediáticos (e com algum poder na justiça) que se prontificam para gratuitamente defender indefesos ? Não entram em cena, não é oportuno, porque a câmara é P”S” ?

    Liked by 3 people

    • Ausente52 permalink
      26 Junho, 2019 08:58

      uns por debilidade politica, outros por cobardia, e ainda outros por interesses obscuros, nas próximas eleições a “mãozinha no ar” vai ser a que mais ordena. Aposto.

      Liked by 1 person

      • MJRB permalink
        26 Junho, 2019 09:42

        Mais que certo, isso. Em troca, um prato de lentilhas.

        Liked by 1 person

    • Velho do Restelo permalink
      27 Junho, 2019 20:43

      É um facto que a justiça ficou muito mal nesta foto! Se fosse “cega” estava-se nas tintas para o imbróglio lamacento em que os politiqueiros se meteram !
      Já viram o que acontecia se os “irreverentes” ganhassem no Constitucional ?
      Com grande parte das fracções na posse da VianaPolis, e sem poder demolir o prédio, só lhes restava desfazer os negócios efectuados (c/ nova indemnização por danos causados) e/ou vender as fracções que os proprietários não aceitassem de volta!

      Gostar

  3. Os corruptos que se cuidem permalink
    25 Junho, 2019 21:49

    É o mesmo que aceitou ser subornado para fechar a praça de touros. Agora compraram o da Póvoa. Não há jornalismo de investigação para descobrir a careca aos mentores da coisa… muito se ia saber.

    Liked by 1 person

  4. MJRB permalink
    25 Junho, 2019 21:51

    O puzzle que tenho notado e prevejo num futuro próximo quase montado em certa justiça tuga está a encaixar-se: hoje foi noticiado que a mão rosa continua a manipular o processo marquês. No momento certo…não há provas de corrupção e até pode haver uma ventania que faça voar papelada ou o descuido de um dedo que anule tudo nos computadores.
    Também hoje pelas notícias da corrupção neste Portugal “somos os melhores dos melhores dos melhores”, oh !, coincidência das coincidências, o MCThomaz telefonou à PGRepública a dar-lhe apoio e incentivo para combater a corrupção — faz o seu papel para de vez em quando e no intervalo do permanente delírio festivo, justificar o cargo à populaça-NADA.

    Liked by 2 people

  5. José Monteiro permalink
    25 Junho, 2019 21:52

    A pedir uma Tróika para a autarquia.
    Ontem já era tarde.
    Por uma Comissão de Inquérito, dos amestrados macacos no circo S. Bento.
    É o que parece ser a sua actividade fundamental: correr atrás das canas.
    Vão apresentar 89 perguntas a Mr Sócrates.

    Liked by 1 person

  6. MJRB permalink
    25 Junho, 2019 21:59

    Os activistas profissionais (!) e “amadores” do BE e do PC, os deputados da oposição nessa autarquia, os deputados “da nação”, de nada sabem ou estão já a banhos.

    Liked by 1 person

  7. Tiro ao Alvo permalink
    25 Junho, 2019 22:27

    Realmente, se fossem inquilinos aqueles velhotes não seriam despejados, mas como são donos, rua com eles. Sem dó nem piedadade. Em nome da estética (?).
    Aquele presidente da Cãmara de Viana nunca me enganou, ele que não queria privatizar os Estaleiros por estar a mamar a sua reforma por inteiro, como antigo trabalhador daquela empresa pública, encenando o enterro dos estaleiros que agora estão vivinhos da silva. A mim, este tipo parece-me parente do presidente de Pedrógão.

    Liked by 4 people

    • Oscar Maximo permalink
      26 Junho, 2019 13:10

      Não foram espertos o suficiente para por lá inquilinos amigos, como eu fiz com uma casa de irmão que foi a leilão.

      Gostar

      • Oscar Maximo permalink
        26 Junho, 2019 13:12

        Nesse caso tinham de indemnizar o inquilino e o senhorio.

        Gostar

      • Tiro ao Alvo permalink
        26 Junho, 2019 14:58

        Não sei o que é que o Óscar andou a fazer, mas se um daqueles andares tivesse sido alugado a um casal de velhotes, estes estariam protegidos pela lei. Assim como estariam, penso eu, se fossem ciganos. Ou…

        Gostar

  8. Beirao permalink
    26 Junho, 2019 09:13

    Dois pesos e duas medidas, mas para a seita esquerdalha isso não interessa nada.
    E os tugas, acéfalos, calam-se muito bem caladinhos.
    Com este tipo de gente não se vai a lado nenhum.

    Liked by 3 people

  9. 26 Junho, 2019 13:41

    Aquela merda é para implodir e o resto é conversa.

    Abriguem-nos ou os animais que construíram a trampa e mais os que autorizaram que lhes dêem casa

    Gostar

    • Tiro ao Alvo permalink
      26 Junho, 2019 15:06

      Zazie, mas as pessoas não são para implodir…
      Os animais que deixaram construir “aquilo” devem estar bem de vida, penso eu.
      Que aquilo destoa, destoa; que a solução encontrada, com grandes gastos de dinheiro de todos nós, é própria do “eu quero, posso e mando”, é; que um presidente da Câmara tenha poder para cortar a água, a energia eléctrica e o gás, mete medo.

      Liked by 1 person

      • Luís Lavoura permalink
        26 Junho, 2019 17:24

        que um presidente da Câmara tenha poder para cortar a água, a energia eléctrica e o gás

        Se o prédio foi legalmente expropriado, então passou a pertencer à Câmara e, evidentemente, a Câmara tem agora o direito de cortar a luz, água e gás àquilo que lhe pertence.

        A Câmara não tem poder para cortar a água e a luz a uma casa que não lhe pertence. Mas tem o poder de o fazer a uma casa que, legalmente, lhe pertence. Mal estaríamos se não o tivesse…

        Gostar

      • 26 Junho, 2019 19:26

        Estou-me nas tintas para choradinho agora. Aquilo nunca devia ter sido autorizado.

        Se expropriaram, ponto final. Implodam a merda.

        Gostar

      • 26 Junho, 2019 19:27

        Como diz o palerma comuna-liberal e, desta vez acertado, se foi expropriado, claro que tem todo o poder e direito.

        Gostar

  10. 26 Junho, 2019 15:41

    Os que autorizaram foram os autarcas que ganharam a Câmara nas autárquicas 1976, leia-se PPD/PSD, zazie

    Gostar

    • 26 Junho, 2019 19:25

      E depois? achas que eu sou imbecil facciosa como tu, que só conta o clube e não a merda que é feita?

      Gostar

  11. Luís Lavoura permalink
    26 Junho, 2019 17:20

    Mas o prédio não foi legalmente expropriado, o valor das indemnizações dirimido em tribunal, e as indemnizações devidamente pagas?
    A partir do momento em que as indemnizações estão pagas, as pessoas têm que, evidentemente, abandonar os lugares expropriados. Se não o fizerem, colocam-se fora da lei.

    Liked by 1 person

  12. João Crespo permalink
    26 Junho, 2019 20:27

    A questão é o Indivíduo contra o Estado (Socialista): Domingo manifestação de todos pelas 11h em frente ao Prédio Coutinho. Vamos mostrar que o estado não pode mais que todos aqueles que defendem aquilo que é seu.

    Liked by 1 person

  13. Velho do Restelo permalink
    27 Junho, 2019 18:06

    Tenho ouvido muitas notícias sobre este caso, mas depois de ler alguns dos comentários aqui publicados fico com algumas dúvidas :

    » Falam em expropriação ! Mas qual o interesse público que justifica a destruição de um edifício que aparentemente até era sólido e de boa construção, o que nem sempre acontece na actualidade onde a técnica do “ferro corrido” prevalece !
    Além disso, nem todos os proprietários aceitaram as indemnizações propostas, e quando justiça falha só nos resta resistir com dignidade !

    » Se o problema é a estética do “mamarracho” sozinho no meio da cidade de Viana,
    também podiam resolver o problema construindo mais 2 ou 3 torres para lhe fazer companhia !
    Lisboa também tem os seus “mamarrachos” e ninguém se incomoda!
    O Sheraton de Lisboa foi construído na mesma época, tem quase o dobro da altura, mas ninguém pensou em o demolir ! Porquê ?

    » Será que mais uma vez a INVEJA está na base de todo o conflito ? O preço dum andar no “Coutinho” era alto, e na altura não havia crédito fácil (malparado), por isso os invejosos não conseguiram uma casa com vista para o rio. Sendo gente de má catadura, “se não posso ter, mais ninguém pode” !, e assim se desenvolveu a ideia do “bota abaixo”.

    » Os políticos, na mira do voto, vão com a maioria! Além disso, depois de botar abaixo, há sempre a possibilidade de voltar a construir e ganhar comissão em ambas as obras !!

    » Curioso é que no dia em que a GNR caçou um gangue que se dedicava a assaltar e burlar idosos, a PSP era cúmplice de sequestro e maus-tratos a idosos tudo com o aval do poder político, judicial e pasme-se até da Zazie …
    Se o Blasfémias é o local certo para nos indignar-mos, então eu agradeço à Helena pela oportunidade, pois sinto-me envergonhado por fazer parte deste país tão podre e tão hipócrita onde a inveja impera !

    Liked by 1 person

    • Velho do Restelo permalink
      27 Junho, 2019 18:10

      correcção : “… para nos indignarmos, …”

      Gostar

    • 27 Junho, 2019 19:37

      Nem sabia que eram velhos.
      Para o caso, um velho tem direito a uma casa bonita; não a essa porcaria.

      A questão é legal. Se indemnizam, tanto faz ser no coutinho como em vivenda em zona reservada da Arrábida ou Serra da Estrela, ou barraca de praia em ilha algarvia ou Costa da Caparica.
      Já muitas por igual foram abaixo.

      Gostar

    • José Monteiro permalink
      27 Junho, 2019 19:44

      Em 2000, já Defensor Moura como presidente da câmara, eleito pelo PS, derrotando Branco Morais do PSD. José Sócrates enquanto Ministro do Ambiente do governo de António Guterres considerou aquele prédio como o um cancro* e um aborto* arquitectónico e como exemplo o referido prédio deveria ser demolido e ser feita a reconversão do centro da cidade de Viana do Castelo.
      * Entre cancro e aborto, a feliz filosofia de um engenheiro falhado, Mr Sócrates quando jovem.
      Envie-se para a Dívida.

      Gostar

      • Velho do Restelo permalink
        27 Junho, 2019 20:02

        E aquela moradia que ele projectou (penso que é única) ? Também já foi abaixo ? Aquilo sim era um aborto !

        Gostar

      • 27 Junho, 2019 20:05

        A torre que o pai dele construiu na Covilhã ainda é pior.

        Gostar

      • Velho do Restelo permalink
        27 Junho, 2019 20:32

        Ora bolas, afinal é genético ! O moço não tem culpa de sair aos seus 🙂

        Gostar

  14. 27 Junho, 2019 20:44

    Quanto a relativizações estéticas daquela porcaria, é ir ao Google e escrever Viana do Castelo Prédio Coutinho

    Está tudo dito.

    Gostar

    • Velho do Restelo permalink
      27 Junho, 2019 20:54

      É um facto, é um mamarracho que destoa por estar sozinho !
      Experimenta plantar mais 2 ou 3 na foto e verás que passa a ser uma cidade como qualquer outra ! Ou será esse o problema ? Ficava muito parecida com Lx e isso é proibido ?
      Ainda não percebi qual a diferença do Sheraton (sou leigo em arquitectura, mas vigarices cheiro-as a léguas).

      Gostar

      • 27 Junho, 2019 21:07

        Esqueça. Não tem nada a ver com Lisboa.
        Tal como um centro de grande capital pode ter zona de arranha-céus, tipo City ou assim, e isso não obriga qualquer outra cidade ou vila sem esse espaço específico a imitar em pequena escala o que as outras têm em grande.

        Provincianismo é isto. Querer mais porcaria para parecer grande.

        Portugal começou a ficar estragado, a todos os níveis, quando tudo começou a imitar Lisboa e Lisboa a imitar NY ou Las Vegas em qualquer terriola de Centro Comercial mega+

        Gostar

      • 27 Junho, 2019 21:11

        Complexos desses são iguaizinhos à invejazinha dos pobrezinhos contra os riquinhos. E ser-se de Esquerda é literalmente vender esses complexos e apelar a essas invejazinhas de treta.

        Eu gosto muito de Lisboa e sou Lisboeta mas em saindo daqui não troco uma aldeia por nada. Nada de nada.
        Em qualquer parte para onde vou procuro sempre o mais genuíno que está nesse orgulho da tradição de quem sabe o que é a sua identidade sem precisar de comprar postiço aos outros.

        Ser-se aquilo que se é, é muito importante. Os portugueses começaram a deixar de ser isso, com o 25 de Abril e até aqui se explora esse sentimentozinho merdoso da invejazinha na merda urbanística

        Uma merda maior, à Lisboeta é que era uma boa merda!

        Gostar

      • 27 Junho, 2019 21:15

        O Sheraton está à beira-rio de uma vila tapando tudo o mais?

        Se há coisa que esta conversa de treta confirma é aquilo que eu sempre digo- quem nunca perde a tradição não precisa de aprender “bom-gosto”

        Não há, em parte alguma, em momento algum civilizacional, melhor e mais perfeita arquitectura de um tempo específico que a que é tradicional e popular.
        Com todo o saber e sentido funcional que as gentes foram aprendendo, sem precisarem de “intelectuais” ou grandes “arquiectos” para lhes ensinarem

        Gostar

  15. 27 Junho, 2019 21:18

    Além do mais, pintura, escultura, música e qualquer outra arte até podem ser discutíveis e só interferem com quem as compra ou assiste a espectáculos.
    Arquitectura é outra coisa- é o local onde se vive e o modo como se vive e isso é impossível de contornar.

    Eu até penso que o meio faz as pessoas e o meio é tanto arquitectura e urbanismo quanto paisagem.
    Muito mais que a treta da alimentação, como agora está na moda dizer.

    A paisagem que nos rodeia, faz as pessoas.
    Por isso os bairros são tão importantes.
    Por isso as pessoas do campo são mais genuínas que as desenraizadas citadinas

    Gostar

  16. 27 Junho, 2019 21:20

    E é por isso que o meu ódio de estimação é esse vandalismo a que chegam a chamar “arte urbana”.

    Cadeia com isso, Cadeia a todos. Nem que fosse o Picasso a cagar as paredes de uma bairro com a mais valiosa “obra de arte”.

    Gostar

  17. 27 Junho, 2019 21:22

    Acho que esteticamente nem sou de Direita, Sou como o John Galliano ao ver a outra tipa mal-vestida e com malinha foleira- dá-me ganas de higiene a gás.
    “:OP

    Gostar

  18. Oscar Maximo permalink
    27 Junho, 2019 23:35

    Muito pior quer fazer o Medina na Almirante dos Reis. Um prédio com o triplo da altura (e não o dobro) dos adjacentes, a deitar sombra para toda a zona, contra todas as regras relacionadas com a largura da via, etc.
    Será que depois também não é responsabilizado, como os autarcas de Viana que aprovaram o Coutinho ?

    Liked by 1 person

    • 28 Junho, 2019 00:08

      Não é muito pior mas é muito mau, mesmo na Almirante Reis.
      E sim, fazer valer urbanismo é aproveitar para não deixar passar mais crimes destes.

      Gostar

    • 28 Junho, 2019 00:10

      Para isso era preciso que a puta da política não fosse sempre a única coisa que movimenta as claques.

      Se o facciosismo tribal não tivesse sempre de tratar tudo como um campeonato de bola, éramos um país menos patológico.

      Liked by 1 person

Indigne-se aqui.

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: