Saltar para o conteúdo

Vilarinho de Negrões

25 Junho, 2019

Nas Terras do Barroso, por altura de meados dos anos 60, a albufeira criada pela barragem do Alto Rabagão poupou à subida das águas na sua margem sul uma pequena península chamada Vilarinho de Negrões.

Visitei a zona recentemente, onde a vida rural continua a concentrar as suas principais actividades na criação de gado e na produção de cereais.

Há dois anos, Vilarinho de Negrões, aldeia do concelho de Montalegre, foi uma das semi-finalistas candidatas às “7 Maravilhas de Portugal” na categoria Aldeias Ribeirinhas, numa iniciativa promovida pela RTP. Na altura o presidente da junta dizia que “esta distinção vai atrair ainda mais visitantes”.

Logo depois do concurso da televisão pública o PS teve nas eleições autárquicas 60,6% dos votos no concelho, mais de 85% na freguesia e elegeu a totalidade dos deputados da assembleia de freguesia de Negrões, com 95,5% dos votos.

Eu tendo a ligar pouco a este tipo de concursos, sou descrente em relação a políticos empolgados e desconfio ainda mais de autarcas de freguesias onde o PS tem votações desta magnitude governando sem oposição.

Infelizmente o meu cepticismo não se revelou infundado. Segundo pude eu próprio testemunhar e também mo contaram dois ou três locais com quem me cruzei (da vintena de pessoas que lá moram), Vilarinho de Negrões é hoje uma aldeia completamente ao abandono, com casas destruídas, sem saneamento básico, ruas sujas e uma população desencantada com o seu destino.

A região é de facto de uma beleza superlativa e tem paisagens magníficas.
Mas é preferível tirar fotos à distância e não viver lá.

vilarinho-negroes

7 comentários leave one →
  1. Procópio permalink
    25 Junho, 2019 22:36

    Desencantados com o seu destino? Animem-se, não estão sós. O pêésse está convosco.
    A faixa do litoral ainda tem a cabeça de fora. De resto o país sumiu.
    Nada de novo na traseira ocidental.

    Liked by 2 people

  2. MJRB permalink
    25 Junho, 2019 22:57

    O P”S” nunca abandona os seus, incluindo o sócrates. Para recuperar ânimos locais, atrair turistas e deixar umas massarocas no café da esquina, o P”S” vai fazer o próximo congresso nacional no palheiro do Ti Toino das cabras. E contrata os músicos do regime Xutos & Godinho, para abrilhantarem o encerramento.

    Liked by 1 person

  3. 25 Junho, 2019 23:04

    Tu tens mais graça quando vestes a pele de bolsonaro, pá

    Gostar

  4. Leunam permalink
    26 Junho, 2019 00:21

    Os internacionalistas estão-se marimbando para um País concreto onde as dificuldades são mais que muitas.
    Eles nunca tiveram as aflições de uma vaca mal parida, duma chuvada de granizo ou um vendaval que lhes destruísse a seara ou um fogo que lhes queimou as oliveiras, as fruteiras todas e aquele pinhalzito que tanto tempo demorou a crescer.
    Nunca lhes faltou o médico por perto nem boa escola para os seus meninos.
    Jantares no Gambrinos e similares, bom passadio em geral e o País que se lixe que a internacional é que está a dar.
    Assim, Portugal jamais sairá da cepa torta.
    Como lhes convém.

    Liked by 1 person

    • Jornaleco permalink
      26 Junho, 2019 00:30

      Eu conheço lugares, sítios, onde essa canalha da esquerda fascista andou a mandar fazer com o meu dinheiro, sem me pedir autorização, passeios, que ali nunca serão precisos e não fazem sentido nenhum, em vésperas de eleições, claro.

      Valeu a pena? O dinheiro está estoirado, nas mãos de malandros, que não o mereciam.

      Não valeu a pena.

      Mas a malta do costume, sem educação, primitiva, votou nessas bestas.

      Liked by 2 people

  5. LTR permalink
    26 Junho, 2019 14:45

    Enquanto a malta rosa não puser as mãos na Madeira e não der cabo daquilo tudo não descansam. O maior mérito dos madeirenses foi saberem que a alternativa era muito pior.

    Liked by 1 person

  6. Jorge MRA permalink
    27 Junho, 2019 22:22

    Agora percebo porque a RTP insiste com este tipo de pseudo concursos – é só para ajudar os autarcas a se perpetuarem no poder. Ainda hoje um programa directo da Tânia Ribas na vila Montemor o Velho (paraíso xuxa), sobre a doçaria portuguesa. E a final será no mesmo local em 7 de setembro, mesmo antes das eleições. Palavras para quê!!!

    Gostar

Indigne-se aqui.

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: