Saltar para o conteúdo

O manto de silêncio que encobre a sanha ideológica do Ministério da Educação

4 Julho, 2021

Não Transita, apesar de ter “desenvolvido com excelência as aprendizagens essenciais a todas as disciplinas, exceto a Cidadania e Desenvolvimento por falta de assiduidade. Parabéns” Complicado? O aluno é excelente mas não transita? E os parabéns está aqui a que título?

Esta é avaliação de Tiago Mesquita Guimarães um dos filhos do casal que recusou, por objecção de consciência, que os seus filhos, Tiago e Rafael, participassem nas aulas da disciplina de “Cidadania e Desenvolvimento”. Argumenta o casal Mesquita Guimarães que os conteúdos desta disciplina  “são da responsabilidade educativa das famílias”.

O caso arrasta-se há anos: em 2020, o Secretário de Estado da Educação, João Costa, sobrepôs-se ilegalmente à decisão do conselho de turma e reprovou por despacho os dois irmãos. A família Mesquita Guimarães colocou então uma providência cautelar contra o Ministério da Educação. Venceu. A decisão do ministério foi anulada e os dois alunos, excelentes alunos por sinal, não foram obrigados a recuar dois anos para irem frequentar as aulas de Cidadania e Desenvolvimento.

Agora em 2021, Rafael e Tiago Mesquita Guimarães correm novamente o risco de reprovar. As notas continuam a ser excelentes mas  as faltas às aulas de de Cidadania e Desenvolvimento levam ao tal “Não Transita”. Por enquanto e à excepção do Notícias Viriato  este assanhamento ideológico por parte do ministério da Educação pouco tem sido noticiado. Subestimar o que está em causa é um erro tremendo. Tal como aconteceu com o fim dos contratos de associação com os colégios, também neste caso optar pela indiferença terá um custo caro.

18 comentários leave one →
  1. 4 Julho, 2021 15:53

    Solução à “xuxa” para estes casos :
    – Cria-se uma associação sem fins lucrativos para defender este ponto de vista.
    – Declara-se como grupo minoritário ( muito importante) !
    – Pede uns subsídios para financiar o propósito!
    – Usa o dinheiro para patrocinar um partido político do circulo do poder (agora é mais um segmento de recta, ou será um ponto ?).
    – Quando a oportunidade aparecer, zás muda a lei e tá o problema resolvido, e ainda saca um lugarzito de secretário de estado duma treta qq sem interesse nenhum que lhe permite reembolsar todos os anos perdidos a aturar aquela m3rd4, e encaixar o primo e o namorado da sopeira como choffer dum caprino qualquer … hops, isso pode dar azar !

    Liked by 1 person

  2. 4 Julho, 2021 17:21

    Depois daquele momento de inspiração andei a fazer trabalho mais sério, pq o caso justifica!
    Estava eu a procurar os planos curriculares dessa mal fadada disciplina no site da DGE (uma b0sta por sinal), pq gosto de ir à fonte, e deparei-me com este Despacho nº 6173/2016 que é a fonte do problema!
    Reparem no despacho 6171 à esquerda no início da página : 50% das ajudas de custo ! 50% ?, quem diria, estava tão poupadinho na altura, e agora será que ainda é 50% ?
    Noutro despacho (8476-A/2018) encontrei esta treta :
    “2 — As Aprendizagens Essenciais afirmam -se como referencial de base às várias dimensões do desenvolvimento curricular, incluindo a avaliação externa.”
    Que raio será isso de avaliação externa ?

    Gostar

  3. 4 Julho, 2021 17:24

    Depois daquele momento de inspiração andei a fazer trabalho mais sério, pq o caso justifica!
    Estava eu a procurar os planos curriculares dessa mal fadada disciplina no site da DGE (uma b0sta por sinal), pq gosto de ir à fonte, e deparei-me com este Despacho nº 6173/2016 que é a fonte do problema!
    Reparem no despacho 6171 à esquerda no início da página : 50% das ajudas de custo ! 50% ?, quem diria, estava tão poupadinho na altura, e agora será que ainda é 50% ?

    Gostar

  4. chipamanine permalink
    4 Julho, 2021 17:25

    Isto é apenas a instituição das aulas de religião e moral do século passado instituidas pelo governo de Salazar, versão moderna cuja Igreja é o estado supostamente laico mas mais moralista e fascista do que outros fascismos.
    A intenção é criar rebanhos de ovelhas com “valores” o mais “variados possível” para os poder conduzir como e para onde a igreja-estado quiser. Quanto mais novos começarem a ser doutrinados melhor.
    Quando chegarem a adultos “beberão” do pai-estado aquilo que ele disser e se encaminharão para onde ele quiser.
    A Igreja-estado dos iluminados que sabem o que é melhor para os outros e para todos de forma a que os possam “governar”

    Liked by 1 person

    • 5 Julho, 2021 00:56

      Procure informar-se, e verá que há de facto temas nas disciplinas de cidadania que fazem sentido, e se leu bem o caso “Mesquita Guimarães” verá que o pp pai assume isso!
      No entanto há outros temas em que os pais entendem ter o direito de “objecção de consciência”!
      Aliás reconhecido pelo tribunal, mas com eficácia apenas para o passado!
      Por isso meteram tb uma “providência cautelar antecipatória” (q ao contrário da normal não é urgente) da qual ainda não há resultado (?), por isso teriam de accionar outra normal a cada ano, o que é uma grande seca!
      A disciplina de religião e moral é facultativa! Para quê espalhar confusão ?

      Gostar

      • chipamanine permalink
        5 Julho, 2021 06:45

        Pois foi informando-me que formei a minha opinião: Ao contrário de outros que pelo visto vão no engodo. A introdução de temas com validade apenas servem para isso, para engana tolos. A verdadeira finalidade está na inclusão de “outros temas” que são eminentemente morais no sentido educativo.
        Além de não ter percebido nem metade do que escrevi pois que quando referi a disciplina de religião e moral fi-lo no tempo do Salazar e como comparativo e vc mistura com a mesma nos dias que correm.
        Pelo seu comentário ao que escrevi fico sem dúvida de que não o tendo percebido, jamais será capaz de perceber a verdadeira intenção da tal “disciplina” obrigatória (só porque tem temas válidos?) . A confusão vai apenas na sua cabeça que não entendeu o sentido do meu comentário.
        Repito a intenção obrigatória da dita cuja é a passagem da mensagem da igreja-estado com “pózinhos de bom senso” para atrair os tolos mas cuja finalidade é o relativismo materialista (do qual também já parece sofrer) para no futuro assegurar uma manada de ovelhas relativistas que seguem as directrizes do pai-estado quando e como ele quiser.

        Gostar

      • 5 Julho, 2021 10:38

        Pois fique então com as suas confusões que eu fico com as minhas, mas cuidado com as conclusões que tira porque no que a mim respeita estão todas erradas!
        Faço votos que haja por aqui muita gente mais perspicaz do que eu para entender essa sua escrita que dissimula as ideias!

        Gostar

      • chipamanine permalink
        5 Julho, 2021 11:09

        A escrita não dissimula ideia nenhuma. Está lá escrita preto no branco a intenção
        A incapacidade de conceptualização dela talvez, ou quase de certeza.
        As conclusões que eu tirei foram apenas o facto de vc ter misturado no tempo e na forma duas realidades afastadas no tempo que eu reputei como similares. Isso é um facto que nem na sua última resposta foi capaz de abordar ……suponho, porque não percebeu.
        Eu sempre tive e terei muitas duvidas que não podem ser misturadas com confusões. Vc partiu do princípio preconceituoso de que eu não estaria informado e não gostou da resposta porque ela suplanta a forma rasteira e prática que esse “programa de cidadania” quer passar ao comum dos mortais que ou não leu ou sequer o percebe e fica “iluminado” com as “rasteirinhas de bondades” (ou de boutades) que lá se incluem para ter a adesão do desavisado.
        Fique bem

        Gostar

      • lucklucky permalink
        5 Julho, 2021 18:46

        A disciplina de religião e moral é facultativa! Para quê espalhar confusão ?

        Isto é a disciplina de religião e moral, a Política é a única religião, logo a única moral que resta no Ocidente mas você ainda não entendeu.

        Gostar

  5. Zé Manel Tonto permalink
    4 Julho, 2021 17:36

    Há alunos a passar de ano e mal sabem ler, ou escrever.
    Conheci professores que diziam ser pressionados a subir a nota a alunos, para eles não chumbarem.
    Alguns, mesmo com várias negativas, eram aprovados pelo conselho de turma, ou conselho da revolução, ou lá que porra lhe chamam agora.

    Mas se os alunos não forem às “aulas” de cidadania, ser endoutrinados no ambientalismo militante, no comunismo chique, e em achar que um homem pode dizer que é uma menina de cinco anos, e ir expor o material com que nasceu no balneário das mulheres, chumbam.

    Liked by 1 person

  6. Weltenbummler permalink
    4 Julho, 2021 17:37

    no social-fascismo do ‘costavírus’ os contribuintes existe para servir o estado.
    neste marxismo não há lugar para a diversidade de opiniões
    eu Pedreiro-Livre e anarca não passo de fascista

    Alexandre O’Neill
    Este país, enquanto se alivia,
    manda-nos à mãe, à irmã, à tia,
    a nós e à tirania,
    sem perder tempo nem caligrafia

    Gostar

  7. Desalinhado permalink
    4 Julho, 2021 18:59

    É o lobby LGBT a funcionar. E pelo que se vê tem muita força.
    Há hoje, na sociedade portuguesa, uma depravação congénita e assumida, que capta mais mobilização para este e outros movimentos do género do que por assuntos fundamentais na educação e bem-estar dos cidadãos.
    Chamadas de atenção para a realidade do desemprego e da pobreza, são agora substituídos por desfiles demagógicos com as cores do arco-íris.
    Também o ensino, infelizmente, está a ser capturado e influenciado por esta promiscuidade e disfuncionalidade de modas curriculares sem sentido, que em vez de se preocuparem com a formação do indivíduo, apenas fomentam a sua alienação.

    Liked by 2 people

  8. Vasco Silveira permalink
    4 Julho, 2021 19:49

    Caros Senhores

    Agradeço o merecido destaque que dão à luta corajosa e solitária que Tiago Mesquita de Guimarães tem travado contra uma máquina burocrática dominada pelos apaartchiks do PCP ( Fenprof), e um governo fraco, sem ministro da educação ( é a Fenprof), mas rancoroso e raivoso contra quem se lhe opõe, desrespeitando se necessário os tribunais
    .
    Desde já me disponibilizo para cooperar, financeira e pessoalmente, para alguma forma de associação que enfrente aquele aparelho ideológico montado no estado português, na senda do caminho que Tiago Mesquita de Guimarães tem trilhado.

    Os meus parabéns para esta pessoa honrada e convicta, que merece ter mais apoios e solidariedade dos pais e cidadãos, bem como um merecido seguimento nesta sua luta pela liberdade de ensino.

    Bem haja o Sr. Tiago Mesquita de Guimarães.

    Melhores cumprimentos

    Vasco Silveira

    Liked by 1 person

  9. Adelaide permalink
    4 Julho, 2021 23:25

    Que país, onde um secretário de Estado da Educação, por despacho, reprova alunos.

    Como já disse o comentador “chipamanine”, a Educação para a cidadania é apenas um substituto da religião e moral. Ao menos a última era facultativa e, pelo menos no meu tempo, não havia nota.
    A lavagem cerebral dos miúdos na escola é impressionante. Há uns tempos uma sobrinha minha andava angustiada com a salvação do planeta, da biodiversidade, alterações climáticas, camada de ozono, aquecimento global, plásticos – a miúda nem dormia. Nove anos de idade e já com o peso do mundo nos ombros…Não é justo, nem saudável!

    Liked by 1 person

    • chipamanine permalink
      5 Julho, 2021 06:59

      Uma das “con-sequências” é precisamente essa. Criar a fragilidade nas crianças de forma a que elas “encontrem” na disciplina moral do estado o seu “refúgio” e depois integrem o rebanho dos bem pensantes assim orientados.
      Faça ver à sua sobrinha que o simples facto de ela ter um telemóvel destrói todas essas angustias que lhe foram inculcadas. O telemóvel usa plásticos que poluem o planeta e dão cabo da biodiversidade, Usa minérios que são explorados atacando a natureza e explorando senão escravizando populações mais pobres. O uso deles e da internet consome uma larga fatia da energia hoje produzida em todo o mundo contribuindo fortemente para aquilo que chamam de “aquecimento global antropogénico” e por aí fora que sendo ainda uma criança tem de se assumir no sentido de se realmente fica preocupada com essas coisas delas também deve prescindir. Talvez a menina “acorde” para essa hipocrisia moral que lhe é inculcada e que a fragiliza, em vez de a fortalecer.

      Liked by 1 person

  10. Prova Indirecta permalink
    5 Julho, 2021 07:46

    O “ parabéns “ é francamente para gozar com quem trabalha, chega a ser obsceno pela prepotência . Oxalá ao fdp fascista que o redigiu , mereça a atenção devida no acórdão do recurso .

    Liked by 1 person

  11. LTR permalink
    5 Julho, 2021 10:57

    Tiveram azar. Se fossem da família certa até entravam na universidade sem completar o secundário.

    Gostar

  12. Jorge MR permalink
    7 Julho, 2021 14:31

    Eu, questiono é, que num mar de centenas de milhares de enc de educação, só um tem – nos no sítio, ou seja, deita mão da objecção de consciência, abalando um pouco o sistema? Deviam ser muitos mais a pôr em causa estas doutrinacões de esquerda.

    Gostar

Indigne-se aqui.

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: