Saltar para o conteúdo

Tensão na Ucrânia e orgulho para Portugal

23 Fevereiro, 2022

Apesar de tudo, os Portugueses ainda vão tendo motivos de orgulho e o mundo não seria o mesmo se não tivéssemos um conterrâneo a liderar as Nações Unidas. António Guterres é um secretário geral da ONU “excecional” e representa “tudo aquilo que prestigia Portugal no mundo”, pelo menos é esta a opinião do Presidente da República, um septuagenário que se notabilizou por dar frequentes entrevistas semi-nu para a televisão enquanto seca a água das nádegas depois de mergulhos no mar.

Depois da sua assolapada paixão nacional pela educação, Guterres dedicou-se às melhores causas internacionais, próprias das miss-mundo urbano-beatas: do feminismo e anti-racismo, às alterações climáticas que nas palavras do nosso ex primeiro-ministro era a “mais importante e imediata ameaça à vida humana”. Isto até aparecer a covid 19. Aí Guterres passou a achar que o clima podia afinal esperar e que a Humanidade deveria passar a ter “apenas uma luta”: o “combate” à covid 19, numa espécie de fantasia quixotesca para sinalizar virtude e enganar simplórios. Chegou até a recrutar 110.000 “influencers” para espalhar nas redes sociais aquilo que considerava ser a sua verdade, certa e conveniente, sobre o vírus e a doença.

António Guterres nunca foi bom a aritmética nem em contabilidade pelo que o que pagou a esta rapaziada não lhe perturbou o sono. Assim como continua a dormir tranquilamente acumulando a pensão vitalícia superior a 4.000€ mensais paga pelos contribuintes portugueses ao seu salário anual de 200.000 euros de alto-dirigente da ONU, organização que por sinal sofre de seríssimas dificuldades financeiras.

Mas o que gostaria mesmo de destacar nesta crónica é que nas últimas semanas e dias ficou cristalino o papel absolutamente fundamental de Guterres e da ONU para garantir a paz na Ucrânia. Como se viu, nenhum líder político mundial deu algum passo ou fez alguma diligência sem consultar previamente Guterres. Os chefes de estado estiveram todo este tempo expectantes acerca do que António teria a dizer ao planeta. E Guterres não desiludiu: declarou-se “profundamente preocupado” com os acontecimentos.

Esta tensão entre a Rússia e a Ucrânia é mais um episódio que avoluma o número de pessoas que se questiona sobre se a ONU serve hoje algum propósito relevante e práctico no mundo das relações internacionais. Mas pelo menos ficamos com certezas acerca da utilidade de Guterres.

A minha crónica de hoje, aqui:

12 comentários leave one →
  1. Leunam permalink
    23 Fevereiro, 2022 20:11

    Dizia o roto ONU: porque não te vestes tu?

    Gostar

  2. carlos rosa permalink
    23 Fevereiro, 2022 21:14

    O que é que Guterres tem em comum com Marcelo, além de serem católicos?
    São duas inutilidades.

    Gostar

  3. carlos rosa permalink
    24 Fevereiro, 2022 00:30

    Ouviram aquela gaja da Entidade Reguladora dos Serviços de Água e Resíduos?
    Como as Câmaras têm os canos da rede de distribuição da Água todos rotos e não os querem arranjar, diz a gaja a mando do Costa a ver se as bichas pegam, que devem ser os consumidores a pagar as obras.
    Isto não é já demais?
    Uma pu rtuguesa daquelas………..Hem?

    Gostar

  4. lucklucky permalink
    24 Fevereiro, 2022 08:32

    “The United Nations is the accept forum for the expression of international hatred”

    Yes, Prime Minister.

    Gostar

  5. Desalinhado permalink
    24 Fevereiro, 2022 09:18

    Os russos invadiram a Ucrânia? E mais uma vez os ciganos invadiram um hospital?
    Não, que ideia! Não teria sido um punhado de blindados enviados pelo sr. Putin que se enganou nas coordenadas quando andava a fazer um roteiro turístico junto à fronteira? Ou um grupo de cidadãos, como agora se usa dizer, que decidiu ir voluntariamente medir a tensão a médicos e enfermeiros que estavam de plantão? E que alertada a polícia, só chegou passados 50 minutos com as garrafas de champanhe quando a festa já tinha acabado?
    Este fino recorte de tratamento revolta-me e cria-me urticária. Já não se tratam os bois pelos nomes.
    Depois digam que o Trump e o André Ventura é que são malucos.
    Não queriam uma Europa a debater questões mais fofinhas e fracturantes, como os direitos das minorias, dos animais, das LGBTs e o diabo a sete e outras paneleirices do género?
    Afinal, há não há coisas bem mais importantes a defender na Europa?
    Por acaso ainda ninguém tinha reparado que faltam verdadeiros líderes europeus e mundiais com os tomates no sítio?
    Capados como Guterres, papa Francisco ou Biden? Dispensamos.
    Mansos como Macron, Sanchez ou Boris? Prescindimos.
    Mais caseiramente, palhaços inúteis e tristes como Costa e Marcelo? Abominamos.
    Andámos todos distraídos e entretidos a traçar linhas vermelhas e a estabelecer cordões sanitários. Comigo não passará! Afinal Putin passou como quis. Com total apoio de Nicolás Maduro e do Partido Comunista Português. Haja coerência, camaradas!
    Doravante, nada será como dantes. Quartel-general no Rato e bazuca em Abrantes.
    Como é ridícula a política.
    Por cá continua sem chover. O país debate-se com uma seca severa e uma maioria absoluta austera. Já não há pastos para a alimentação dos animais, daqueles que não têm direitos mas que nos alimentam.
    O conselho de Estado vai convocar todos os portugueses, mesmo os que chegaram ilegalmente em barcaças por mar, a fazer a dança da chuva, tipo singin’ in the rain, para ver se a coisa resulta e caem umas pinguitas.
    Mas não desanimemos. Portugal é resiliente ou não fosse o autor da patente PRR.
    E como o governos, o actual e o que há-de tomar posse estão de licença por fraude eleitoral, e o parlamento goza férias prolongadas, o presidente da república só fala(va) dia 29 de Março, mas entretanto já falou e tem falado, para na verdade dizer coisa nenhuma, como é seu hábito.
    O que nos vale é que vem aí o Carnaval e o bondoso do Costa já deu tolerância de ponto à malta. As pessoas já se habituaram às máscaras, já nem vão estranhar.
    Com tantos brasileiros já a viver em Portugal, têm chegado às catadupas, vai ser um forrobodó.
    Em Portugal continua sem chover, mas na Ucrânia, infelizmente, a qualquer momento podem chover mísseis.
    Triste Europa esta!

    Gostar

    • Mário Marques permalink
      24 Fevereiro, 2022 12:33

      Muito bom!.

      Gostar

    • SRG permalink
      24 Fevereiro, 2022 17:58

      Brilhante Desalinhado. Assino por baixo. Excelente fotografia da política portuguesa e não só. Cts.

      Gostar

  6. Weltenbummler permalink
    24 Fevereiro, 2022 09:40

    caíu outra ponte e o gugu e restantes anedotas não deram por isso

    Gostar

  7. carlos rosa permalink
    24 Fevereiro, 2022 11:15

    CAMARADAS!
    A nossa querida Rússia está em perigo!
    Os ucranianos levam a cabo o genocídio dos nossos camaradas russos!
    Não podemos ficar de braços caídos a assistir a mais este hediondo ataque à terra de Stalin, nosso grande líder espiritual.
    O Partido Comunista Português é solidário com a nossa querida Rússia.
    Já está a circular por todas as células do nosso partido o Manifesto para inscrição dos camaradas voluntários para combater na linha da frente da guerra contra a Ucrânia.
    Os primeiros seis voluntários inscritos são os seis camaradas que até aqui lutaram nas fileiras do partido na Assembleia da República Burguesa de Portugal.
    Muitos milhares farão o mesmo.
    A reação não passará!
    Viva o Partido Comunista Português!
    Stalin vive!

    Gostar

  8. Azeitona de Moura permalink
    24 Fevereiro, 2022 23:23

    e vá lá que o inteligente não terminou com a costumada frase:
    … querem saber o resultado… é só fazer as contas…

    Gostar

  9. André Silva permalink
    25 Fevereiro, 2022 21:56

    Quer dizer, da inutilidade de Guterres. Aliás, mais do mesmo e o mesmo de sempre do triste personagem.

    Gostar

Indigne-se aqui.

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: