Saltar para o conteúdo

Foi em Setembro que te conheci

29 Setembro, 2022

Estou muito contente com o 8º anúncio da ligação em TGV entre Porto e Lisboa. Já tinha ficado muito contente com o 7º anúncio, até mais de que com o 5º anúncio, e agora este 8º teve tanto impacto positivo no meu empoderamento como pessoa como teve o 1º. Estou certo que ainda vou vibrar mais no meu íntimo com o 9º anúncio.

O TGV permitirá a ligação das duas únicas cidades que interessam no país em 75 minutos, uma melhoria significativa em relação aos 170 minutos de agora. Na realidade, uma melhoria de exactamente 95 minutos. Se agora a ligação custa 37,35€, portanto 21,97 cêntimos por minuto, decerto que custará em alta velocidade algo como 16,47€. Se um indivíduo num carro a gasóleo poluente dos que gasta 7 litros a cada 100 km tiver a indecente ideia de se deslocar por uma das duas (ainda esperamos a terceira, que há-de vir, pelo menos em anúncio) autoestradas completamente fundamentais (à altura, agora já não são ecologicamente desejadas) para o desenvolvimento económico do universo lusitano, com portagens, acabaria a gastar 22,40 em portagem e 22 litros de gasóleo, o que, de acordo aqui com a bomba do local em que vivo, seriam só 1,834€/litro, ou seja 40€. Por 62,40€ um comum poluidor burguês chega a Lisboa quando poderia usar o baratíssimo e hipster comboio por apenas 37,35€. Claro, há a hipótese do poluidor ser um membro de um casal com filhos e aí o carro continuaria a custar 62,40€ face aos 74,70€ do comboio lento (e supondo que os filhos não pagam, o que pode até acontecer se, por exemplo, ficarem em casa enquanto os pais vão ver as luzes de Natal à grande metropole). Quando o comboio custar 16,47€, não só a viagem será muito mais rápida como até os filhos poderão ir ver os deputados da nação e ainda outras atracções do jardim zoológico.

Por isso mesmo estou entusiasmado e vejo com excelentes olhos as medidas de poupança de energia a bem do nosso planeta. Vale bem a pena passar um bocado de frio ou uma pequena amputação por esta causa. Vale bem a pena desligar a iluminação pública na hora mais propícia a violações, até porque é necessário assegurar a privacidade dos envolvidos e a não discriminação dos trans. Vale bem a pena construir-se mais uma ponte sobre o Douro para assegurar que a viagem demora 75 e não 76 minutos. Vale bem a pena passar um bocado de fome ou escorbuto para cumprir com o desígnio mundial de lutarmos todos pela paz e pela democracia até ao último ucraniano.

Em último lugar, quero agradecer pessoalmente ao governo pelos 125 euros. Tenho a certeza que todos os portugueses poderão viver uma vida mais folgada com este incentivo à felicidade e subsistência do planeta. Espero que a devastação nuclear ocorra só depois de os podermos usar numa festa de arromba.

32 comentários leave one →
  1. Augusto Faria permalink
    29 Setembro, 2022 13:40

    Já me tinha esquecido que havia um iluminado aqui no Blasfémias que é Putinista

    Gostar

    • balio permalink
      30 Setembro, 2022 11:42

      Não se trata de ser putinista. Pode-se lutar contra Putin sem ser mediante sanções económicas que nos prejudicam.

      Gostar

    • carlos rosa permalink
      30 Setembro, 2022 20:59

      Na cerimónia de anexação de 4 províncias ucranianas na Rússia, o chefe Putin botou discurso a favor dos países pobres do Mundo, iluminado por candeeiros de ouro, cada um com mais de 200 kg de peso.

      Gostar

      • balio permalink
        1 Outubro, 2022 08:23

        O ouro dos candeeiros não mata a fome a ninguém. Pertença esse ouro à Rússia ou a seja quem for, não serve para desenvolver países pobres.

        Gostar

  2. António Castro permalink
    29 Setembro, 2022 18:54

    AhAhAh. O que nos vale é ainda conservarmos o sentido de humor.

    Gostar

  3. marão permalink
    30 Setembro, 2022 06:17

    Antes do TGV Porto/Lisboa ainda vamos gramar com um estudo Portela/Montijo.

    Gostar

  4. freakonaleash permalink
    30 Setembro, 2022 09:35

    “Vale bem a pena passar um bocado de fome ou escorbuto para cumprir com o desígnio mundial de lutarmos todos pela paz e pela democracia até ao último ucraniano. ”

    Edgy!

    Não se esqueça que deve de bater as botas enquanto estica o braço em saudação ao retrato do seu querido Führer Putin que tem na mesinha de cabeceira.

    Gostar

  5. balio permalink
    30 Setembro, 2022 11:41

    Vale bem a pena passar um bocado de fome para cumprir com o desígnio mundial de lutarmos todos pela paz e pela democracia até ao último ucraniano.

    Exatamente.

    Nunca a Europa teve governos tão maus, que reduzem o seu povo a tanta miséria.

    Gostar

  6. 30 Setembro, 2022 16:11

    O dinheiro vai ser rebentado de uma maneira ou de outra. Ao menos tal como Medina Carreira afirmava, as infraestruturas sempre ficariam para as gerações futuras. Se a única coisa que podemos entregar às gerações futuras é apenas só dívidas, ou dívidas e infraestruturas. A última oelo menos é menos má.

    Agora em relação a uma possivel devastação nuclear. Talvez seja melhor que venha logo, assim como um grande dilúvio. Pois já não há paciência para aturar toda esta praga de normies mutantes genéticos que só sobem debitar o program.exe, e que já não se distinguem dos bots nem de zombies. Tal como podemos verificar logo no primeiro comentário feito por um NPC, e logo abaixo por outros freaks.

    Este lixo genético de idiotas que outrora teria sido eliminado de forma natural do mundo, acumula-se agora nos tempos modernos graças à civilização tecnológica e a um pacifismo patológico que não é mais do que uma mistura de cobardia e sornice, mantendo-os vivos. E dai a quantidade de dementes, mediocres, bobos e palhaços que são eleitos por esta gente e que estão a levar-nos para o colapso.

    Gostar

    • 8 Outubro, 2022 09:42

      Mg,

      Desconfio sempre das pessoas que, a um aumento de receita, inventam mil despesas onde a gastar. A essas nunca haverá dinheiro que as contente.

      Esta verdade, que ambos conhecemos e partilhamos, é o germe da podre situação portuguesa.

      Gostar

  7. jose valeriano permalink
    30 Setembro, 2022 17:48

    Não sou como agora chamam a qualquer um de PUTINISTA mas espero que a Europa que tanto têm apregoado a boca cheia de DEMOCRATAS o que irão fazer quando baterem com a cabeça na parede?
    A Europa democrática que já nada têm para oferecer ao povo a não ser miséria e fome.
    Estes estadistas com seus discursos que têm não passa de venda de banha de cobra.
    O que irão disser aos povos quanto tiverem a morrer de frio?
    O que irão dizer quando estivermos a passar fome?
    O que irão dizer a uma parte da sociedade que foi atrás dos seus discursos e compraram carros elétricos e agora vão pagar os carregamentos caros mais caros que os combustíveis fosseis?
    O que irão dizer aos agricultores que não podem produzir por causa das alterações climáticas como por exemplo produção de carne e outros produtos?
    O que irão dizer aos agricultores de produção intensiva que são aqueles que lhes poem o comer na mesa?
    Ainda haveria mais perguntas para ficarem no ar mas não vale a pena pensar muito pois os grandes políticos europeus pensam por todo o povo pois estes já não pensam por eles.
    Para alguns que pensam que sabem tudo e que venham com palestras de que o mundo vai acabar que é essa a mensagem que eles passam atão até sou em parte putinista.
    Uma parte da sociedade pensa que os produtos que comem nasce por ordem e graça do senhor.
    Se não houvesse este tipo de agricultura intensiva uma grande parte da sociedade já tinha morrido á mingua.
    Não sabem o que se passa no mundo rural ou será meramente retórica para encher linguiças.

    Gostar

    • Zé Manel Tonto permalink
      2 Outubro, 2022 14:49

      “O que irão disser aos povos quanto tiverem a morrer de frio?
      O que irão dizer quando estivermos a passar fome?”

      A ministra dos negócios estrangeiros da Alemanha já respondeu a essas perguntas. Disse a cavalgadura que não quer saber do que os seus eleitores na Alemanha pensam, que prometeu apoio à Ucrânia, e quer cumprir a palavra.

      As pessoas na Europa têm que perceber que os seus problemas económicos acabam, ou pelo menos serão aliviados, quando os países Ocidentais disserem ao fantoche Zelensky que tem que aceitar o acordo que lhe for posto à frente para assinar, ou desenrascar-se sem armas, e fundos Ocidentais.

      Podia ter sido assinado um cessar fogo, e a Rússia até estava a disponivel a voltar para onde estava antes da invasão, mas o primeiro ministro Britânico, e o secretário de estado Americano foram imediatamente a Kiev dar um abanão ao fantoche Zelensky, e dizer-lhe para não assinar.

      Enquanto os europeus não acordarem, e forçarem os seus políticos, com violência, se necessário for, a parar o apoio à Ucrânia,e forçar um cessar fogo, a única coisa que se pode dizer é “the beatings will continue until morale improve”.

      Gostar

      • Duarte de Aviz permalink
        2 Outubro, 2022 17:21

        Tonto,
        Então o Ras-Putino estava pronto para assinar um acordo?
        Quem é que te disse?
        Foi o Jerónimo?
        Exatamente como fez na Crimeia, na Ossétia e Abcázia, certo?
        O mesmo que ele escreveu no cartão de eterna amizade que enviou à Estónia, Letónia e Lituânia?
        Não és nada tonto, oh Zé!

        Gostar

      • balio permalink
        4 Outubro, 2022 16:36

        Eu não digo que seja necessário parar o apoio à Ucrânia. Mas é certamente necessário fazer as pazes com a Rússia. Acabar com as sanções económicas à Rússia é imprescindível. As sanções são anti-liberais e destroem a economia, quer a russa, quer a nossa. As sanções são um jogo em que todos perdem.

        Gostar

  8. voza0db permalink
    30 Setembro, 2022 19:04

    Com sorte e engenho o preço do bilhete do TGV será algo a rondar os 100€! Com o salário mínimo a rondar os 1500€ (lá para 2030!) com o preço da energia eléctrica “verde” e do gás africano e americano em alta (pois em 2030 os Donos serão dos poucos a usar gás), os 16€ e trocos NEM EM SONHOS MOLHADOS.

    Quanto aos 125 euritos por cabeça de escravo boçal CHEGA E SOBRA…

    Gostar

  9. carlos rosa permalink
    30 Setembro, 2022 19:48

    Por acaso, estou a ler o “Mágico de Auschwitz” do José Rodrigues dos Santos.

    Por acaso o Hitler também chamava à eliminação dos judeus uma Operação Especial.
    Por acaso o Hitler achava que pertencia a uma raça superior, a ariana, e que os judeus pertenciam a uma raça inferior.
    Por acaso o Putin acha que pertence a um povo especial, o russo, fruto da mãe-Rússia e que os ocidentais são uns neo-colonialistas, uns opressores, enfim uns malandros que estão a atacar a mãe-Rússia.
    Por acaso o Hitler, na sua luta pela sobrevivência da humanidade pura, começou por atacar outro país, a Polónia.
    Por acaso o Hitler não conseguiu o seu objetivo de salvar a Humanidade e desapareceu do mapa.
    Será desta vez que temos homem para salvar a Humanidade?

    Gostar

    • Atento permalink
      30 Setembro, 2022 20:57

      estou a ler o … José Rodrigues dos Santos.

      Está no seu direito, mas não é propriamente algo que se anuncie. Também anuncia quando está na sanita?

      Gostar

      • carlos rosa permalink
        30 Setembro, 2022 21:01

        Mantem-te Atento porque vou precisamente agora à sanita cagar para ti.

        Gostar

      • Zé Manel Tonto permalink
        2 Outubro, 2022 14:52

        “Também anuncia quando está na sanita?”

        Se alguém bater à porta da casa de banho, pois que remédio, terei que anunciar.

        😀

        Gostar

  10. Atento permalink
    30 Setembro, 2022 20:55

    Tenho de dar razão ao Vítor Cunha e ao MG.

    Só discordo do MG quanto à ‘obra para as gerações futuras’: muita dela assenta em calotes (+ juros) que só enchem pulhíticos, mamões e DDT.

    A obra que faz falta, e com urgência, é uma forca em frente ao Paralamento. Só depois poderemos pensar noutras. Todo o Centrão Podre era convidado para a inauguração. O Trafulha 44 e o Mamão Salgado eram convidados de honra.

    Gostar

    • Zé Manel Tonto permalink
      2 Outubro, 2022 14:54

      “uma forca em frente ao Paralamento”

      Guilhotina é melhor. É mais rápido, e tem menos custos de operação. Com forca tem que estar sempre a arranjar mais corda, é uma chatice.

      Gostar

  11. Zé Manel Tonto permalink
    2 Outubro, 2022 14:57

    “Em último lugar, quero agradecer pessoalmente ao governo pelos 125 euros.”

    Imprimir dinheiro, e entregá-lo às pessoas que foram obrigadas a ficar confinadas, foi a origem desta inflação. Basta ver a evolução do preço de commodities, e ver que a trajectória ascendente começa em Junho de 2020.

    Como é que os governos querem combater a inflação? Entregar mais 125€ por cabeça.

    Estamos dentro de um buraco, continuar a cavar vai resolver a coisa. Esse é o nivel intelectual dos inuteis que governam.

    Gostar

    • balio permalink
      4 Outubro, 2022 16:33

      Imprimir dinheiro, e entregá-lo às pessoas que foram obrigadas a ficar confinadas, foi a origem desta inflação.

      Exatamente.

      Como é que os governos querem combater a inflação? Entregar mais 125€ por cabeça.

      Noutros países é pior – querem pagar às pessoas a conta da luz, por maior que esta seja.

      Gostar

  12. Duarte de Aviz permalink
    2 Outubro, 2022 17:04

    Ah ! Ah! AH !
    “Vale bem a pena passar um bocado de fome ou escorbuto para cumprir com o desígnio mundial de lutarmos todos pela paz e pela democracia até ao último ucraniano.”
    GENIAL!!!!
    Completamente de acordo. Eu também acho que só nos devemos preocupar com o Rás-Putino quando ele entrar em glória em Berlin e discursar no “Reichstag”.
    Aí sim. É que ficamos sem parceria para pagar o aeroporto de São João da Madeira e o comboio foguete para Lisboa.

    Gostar

  13. Luis Simões permalink
    3 Outubro, 2022 13:42

    Neste País tudo é feito em cima dos joelhos, á doida e somos todos a pagar os disparates e a incompetências deste governo socialistas como os foram noutras épocas como os efeitos Sócrates etc. Esta doença mental dos Portugueses começa a ser preocupante , basta um genérico de um politico vir prometer o céu e a terra para todos irem colocá-lo , quiçá em maioria depois de rebentarem com a economia , descaracterizarem o país , saem impunemente como cão por vinha vindimada como inimputáveis , ou seja criatura que requeria estar num hospício e infelizmente esta a frente do pais e a dar resgate para todos nós para pagar a fatura . Isto para mim já não é um país que se aconselhe a ninguém , ate há uns tempos era para velhos e agora par toda a gente . Não há governo , há um grupo de boys reunidos onde cada um diz o disparate que de momento lhe vem a cabeça , incompetentes . Nem sequer um Presidente da Republica que não se sabe impor , não sabe colocar o país no carris das boas maneiras , o pais está entregue ao seu destino com esta gente , que é a miséria profunda .
    Falam em estudos de aeroporto em Santarém !!! O TGV para ???
    Conheço a base de Beja , que foi dos Alemães , tem-se ali as melhores estruturas do País desde a pista que suporta os aviões de maior porte que a de Lisboa não tem , hangares fantásticos e de todo tem as estruturas a mais fantástica do País , que os políticos ou mesmo as comissões nunca visitaram nem sequer conhecem mas de certeza absoluta . Um TGV de Beja para Lisboa de certo era mais barato e até com uma hipotético ligação de outro TGV direto a Sevilha e desta a Madrid . Madrid tem um aeroporto Internacional a quase 60Km do Centro de Madrid onde por minha desgraça tive uma vez sem saber que vir de taxi e paguei forte e feio essa deslocação .
    Hoje o país está ainda suportado com gente que tem ainda idade de trabalho quando essa gente se reformar , estou mesmo muito preocupado que a juventude hoje saído das nossas Universidades vem muito mal preparado e é mesmo muito preocupante , ou os mais velhos não passam os seus conhecimentos ou há por aqui uma falha que vai ser dramático para este país Como em Empresa destruiu-se empresas como a Lisnave etc. e hoje metalomecânicas a sério não as há que é um problema extremamente grave para as construções e material necessário que o país vai precisar para continuar a ser pais .

    Gostar

    • freakonaleash permalink
      4 Outubro, 2022 09:30

      Também defendo a solução Beja com ligação ferroviária à maneira (penso que o Alfa Pendular daria conta do recado). Mas claro que esta não é uma opção que seja debatida pois é demasiado económica para os amiguinhos do xuxialismo (PS ou PSD).

      A cambada de adoradores do querido Führer Putin que para aqui andam é do catano, quer libertários que sócio comunas, um case study certamente. Abominam assim tanto a liberdade dos outros?
      Acham mesmo que se o Ocidente aceitar as fronteiras ucranianas que führer orc deseja, que o maluco fica por ali!?
      É que os nazorcs já nem consideram os ucranianos uma identidade, um povo , uma cultura, mas apenas mais carne para assimilar à força na miséria do povo subjugado da federação orc!
      Cambada de velhacos facínoras é o que sois! Entre a pax americana (com todos os defeitos e abusos que tem) e a miséria orc…venham os overlords americanos!

      Gostar

      • Observador permalink
        4 Outubro, 2022 20:04

        Eu não abomino a liberdade de ninguém, mas não me arvoro em defensor dos povos do mundo se isso me custar a vida ou o bem-estar. Vocês acham mesmo que o Putin quer Portugal ou mesmo Espanha para alguma coisa? Devo ter melhor com que limpar o c***. Pra quê inventar perigos ou repetir as histórias que a comunicação social inventa? Só se for para que o supositório da miséria que aí vem (desemprego, falências, fome) nos entre melhor rabo acima, com menos dor. Só que não, vai doer mesmo muito.

        Gostar

      • Zé Manel Tonto permalink
        4 Outubro, 2022 21:59

        “Abominam assim tanto a liberdade dos outros?”

        Andei dois anos a fazer essa pergunta, e quase toda a gente disse sim.

        Gostar

      • Luis Simões permalink
        5 Outubro, 2022 12:39

        Acho esta conversa DE MUITO MAU GOSTO . Então uma criatura que assuma qualquer função Administrativa do Estado , pode não saber se tem as caraterísticas perante as leis , se está em condições de as tomar , ENTRETANTO SE ALGUÉM O DENUNCIAR ELE VAI A CORRER LIMPAR-SE !!!

        Mas que sociedade é esta ? Até me parece que isto já é uma anarquia !!!
        Toma-se a responsabilidade e depois se verá se tem ou não condições de as tomar , para mais de uma criatura que já tinha sido secretário de estado da saúde AO TEMPO DE SÓCRATES ??

        A LEI O QUE DIZ , É QUE QUALQUER PORTUGUES NÃO PODE DESCONHECER AS LEIS DO PAIS !! ISTO DE UMA VEZ ME FOI DITO POR UM JUIZ , NUNCA MAIS ME ESQUECEU NA VIDA

        UMA CRIATURA QUE VAI ASSUMIR A RESPONSABILIDADE DE SER MINISTRO OU OUTRA DE GRANDE RESPONSABILIDADE DEPOIS DE TOMAR O LUGAR ” POR TER SIDO DENUNCIADO PUBLICAMENTE DA INFLAÇÃO ” VAI A CORRER ATRÁS DO PREJUÍZO E TUDO FICA BEM ??

        VAMOS ENTÃO COMEÇAR A TER UM PROBLEMA GRAVE NO PAÍS E NA JUSTIÇA , UM CRIMINOSO MATA , ASSALTA ETC E PERANTE O JUIZ DIZ QUE NÃO SABIA , QUE ERA PROIBIDO DE MATAR OU ASSALTAR , NÃO SABE DA LEI , VAI PEDIR DESCULPA AO MORTO OU AO ASSALTADO E TUDO BEM , SEGUE PARA O PRÓXIMO CRIME .

        Incompatibilidades de ministros devem cessar “imediatamente”, diz Marcelo

        O Presidente da República considerou esta terça-feira, questionado sobre o caso do ministro da Saúde, Manuel Pizarro, que as incompatibilidades com o exercício de cargos governativos devem cessar logo que há a percepção da sua existência.

        Marcelo Rebelo de Sousa, que falava aos jornalistas na sede da União das Misericórdias Portuguesas, em Lisboa, afirmou não conhecer e não querer comentar em concreto o caso de Manuel Pizarro, que segundo uma notícia da TVI ainda é sócio-gerente de uma empresa de consultoria na área da saúde.

        “Em abstrato é muito simples: se alguém tem uma incompatibilidade que é verdadeiramente incompatibilidade – eu não sei se é verdade, se não – por exercer funções que são incompatíveis com o exercício de uma função pública, qualquer que ela seja, o que deve fazer imediatamente, se o não fez antes, é resolver esse problema. E há duas maneiras de o resolver: uma é deixar de exercer a função pública, outra é deixar de exercer a função privada”, acrescentou o chefe de Estado.

        O Presidente da República admitiu que alguém possa tomar posse de um cargo governativo sem se aperceber de uma incompatibilidade com atividades privadas: “Se não o fez antes, logo que tenha a noção de que realmente há incompatibilidade, ou cessa a função pública, ou cessa a função privada”.

        “Se não houve a perceção antes de que havia incompatibilidade, é simples: desde o momento em que há a perceção, retiram-se as consequências“, reforçou, quando questionado se esta incompatibilidade de Manuel Pizarro não devia ter sido evitada de início. De acordo com a TVI, o ministro da Saúde comunicou por escrito estar “ciente de que o exercício de funções como ministro é incompatível com a integração em corpos sociais de pessoas coletivas de fins lucrativos”.

        Assumindo-se como sócio-gerente da empresa Manuel Pizarro – Consultadoria, Lda., o ministro declarou à TVI que o processo de dissolução da mesma “já se iniciou” e “não se encontra ainda concluído por ser necessário proceder à venda de um ativo da empresa”, um imóvel no Porto, cuja escritura “está marcada para os primeiros dias de outubro”.

        Gostar

  14. Observador permalink
    4 Outubro, 2022 20:12

    Aliás, tenho dificuldade em perceber que os estadistas europeus estejam a fazer o que fazem, a afundar a Europa e os povos cujos destinos supostamente deviam dirigir em nome do bem de outro povo. Eu pensava que os tugas, por ex., elegem políticos tugas (de merda, já se sabe) para lhes tratarem das coisas tuguesas. Não sabia que, afinal, aos políticos que cada um elege, aqui, em Espanha, na Itália, etc., também se pode exigir que cuidem dos ucranianos, dos iemenitas, dos iranianos oprimidos, etc. Na medida do possível, pela diplomacia, é uma coisa. Agora mandarem tudo pelo cano abaixo, afundando os países europeus na recessão e na miséria, nunca tinha visto em parte nenhuma do mundo, em época nenhuma. Acho altruísmo a mais. Há qualquer coisa que não faz sentido. No Reino Unido, as contas da electricidade de uma família de classe média-baixa com 2 filhos estão a a tingir os 2500€ por mês. Mas eu gosto mais dos ucranianos ou dos meus filhos e netos e bisnetos?!

    Gostar

Indigne-se aqui.

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: