Saltar para o conteúdo

A normalização da anormalidade

21 Novembro, 2022

Chama-se “agenda Woke” e está aí em força. É um movimento “progressista” que surge de décadas de formatação social para que haja uma percepção distorcida do que é certo ou errado, do que é normal ou anormal, do que é ciência ou teoria. Não tem nada a ver com aceitação, igualdade de direitos, respeito pelas diferenças. É a normalização, por imposição, do feio, do absurdo, do grotesco e das teorias sem fundamento científico com um objectivo (dissimulado) bem definido: o controlo social.

Foram anos e anos de preparação, através das escolas públicas e dos “mass media”, para criar uma sociedade de idiotas úteis incapazes de pensar por si e submissos a toda a propaganda e doutrinação das agendas globalistas com vista a uma mudança profunda da sociedade para que uma elite autonomeada a possa dominar. A este movimento chamaram de “despertar” para o “respeito pela liberdade” para que ninguém tenha sequer a ousadia de criticar estes absurdos sem incorrer no risco de ser conotado de racista, conservador “radical”, extremista de direita ou homofóbico e ser, consequentemente, cancelado da sociedade. Veja-se o exemplo de como classificaram o comentário da actriz brasileira, Cássia Kis, depois de ter dito que “homem com homem não dá filho”.

Por isso, foi com a passividade da maioria, que não se insurgiu contra o avanço desta desconstrução social, que chegamos até aqui, e onde foi possível ver, estes dias, uma pessoa trans, do sexo masculino, feio e gordo, ganhar um concurso de misses. Isto realmente nem mesmo inventado!

Os avisos estavam todos à nossa frente há muito tempo quando gradualmente foram adulterando o conceito de artes em que se chegou ao cúmulo de levar para um museu, quadros e esculturas invisíveis, urinois, excrementos enlatados e lixo espalhado numa sala, para que os totós doutrinados admirassem aquilo a que designaram de “arte” contemporânea. É chique. E ai de quem afirmar que isto não é arte!

Veja-se, também, o caso do artista que desatou aos berros no parlamento Europeu sob a complacência dos eurodeputados, todos com ar de parvos, a bateram palmas à “brilhante actuação”.

Seguiram-se mais aberrações como teatros assistidos por crianças, com casais ao vivo a praticarem sexo, ou homens nus, onde se convidam os menores a participar em palco. Isto tudo, promovido pelas escolas, claro, para dar um ar “educacional” ao evento.

Depois, as palestras de travestis nas bibliotecas escolares, para crianças. Repito: travestis para “ensino” a crianças. Tudo normal. Para de seguida abrir-se a porta à doutrinação LGBT através da famosa “Teoria da Ideologia de Género”, sem qualquer sustentação científica – como o denunciei aqui neste artigo “A Ideologia de Género não é Ciência é Doutrinação”– mas que mesmo assim entrou em força nos planos curriculares das escolas através dos Ministérios de Educação do mundo ocidental e graças a isso, hoje temos:

  1. WC públicos mistos;
  2. erotização precoce das crianças na pré-escola;
  3. ensino de linguagem estapafúrdia (inventada ) “inclusiva e neutra”;
  4. ensino de que nascemos sem sexo e ser o que quisermos;
  5. ensino de que homens menstruam e engravidam;
  6. ensino de que não há definição para mulher;
  7. normalização da prática do aborto como forma contraceptiva (está mesmo nos guiões do ME escritos por feministas e com programa feminista como se pode verificar pelo índice dos guiões aqui, aqui, aqui, aqui e aqui).

É um Teoria que virou “ciência” mas que salvaguardam em nota prévia de introdução, nos manuais, não vá o diabo tecê-las e um dia, os representantes da Comissão para a Cidadania e a Igualdade de Género, terem de sentar na barra dos tribunais.

Em consequência da abordagem incorrecta sobre o aborto, ensinado nas aulas de cidadania como sendo uma opção à contracepção, formou-se uma sociedade que aceita esta prática em bebés com meses de gestação e pós nascimento. Enquanto isso, banem e censuram filmes – como foi o caso de “UNPLANNED” – que despertam para a realidade sobre o tema do aborto. Medo de quê? Que as jovens depois de verem o que é realmente um aborto, deixem de o querer fazer? Onde está a liberdade individual de decidir, em consciência, quando se censura um dos lados?

Mas as aberrações deste novo “mundo woke” não ficam por aqui. Fazem-se parques infantis com órgãos sexuais gigantes com a maior naturalidade. Aqui um escorrega na Noruega:

Como se tudo isto não bastasse, normaliza-se a pedofilia através da Netflix, enquanto a Disney reinventa personagens que eram brancas e para passarem a ser negras como gesto de afirmação “anti-racista”. Mas não consta que personagens negras tenham sido revisionadas para serem brancas. Claro. A outras, mudam-lhes o sexo para as tornar “inclusivas” e chega-se ao ridículo de exigir que as vozes de filmes animados sejam de negros quando o personagem é negro. E nem a Branca de Neve escapou ficando sem os anões porque a história infantil, das mais lindas da Disney, os “ofende”. Dizem, estes apanhados do “wokismo”.

Para compor o ramalhete, temos indivíduos trans (mulheres com próstata) a competir e vencer nas provas de desporto ao lado de mulheres (sem próstata) que devem estar muito orgulhosas por verem a sua luta pelos direitos iguais aos homens, levado à letra.

E agora a cereja no topo: carne artificial impressa em 3D e a introdução gradual de insectos na alimentação para substituir a carne (que será, no futuro, uma iguaria exclusiva das elites, o próximo “caviar”) e andar de bicicleta ou trotinete ou carro eléctrico (que será acessível apenas aos mais endinheirados), em nome da defesa do clima (claro está), enquanto estes donos do mundo autonomeados, andam de jatinho particular e comem carninha e peixinho do melhor que há no planeta, nas suas mansões bilionárias à beira mar, rindo da nossa cara de “ovinos”.

Ah! e o poliamor, que no meu tempo se chamava de poligamia e orgia, e que regressa como o direito ao amor múltiplo. Ironicamente, quase sempre é constituído por um homem e várias mulheres e dizem que querem pôr fim ao patriarcado. Estes “piquenos” têm imenso sentido de humor.

Esta agenda woke (despertar) é maquiavélica. Na verdade não procura a igualdade de direitos e muito menos promover a liberdade individual. Estão a impor um padrão de comportamento, e sob falsas boas intenções, para enfraquecer/cancelar o sexo masculino, tornando-o afeminado e estéril, e assim poder mais facilmente, instituir uma sociedade dominável e submissa que não terá testosterona suficiente para lhes fazer frente na implementação das grandes agendas globais, “climáticas”, digitais e “covideiras”, que os tornam financeiramente ainda mais poderosos.

É o avanço do mundo ao contrário, completamente louco e caótico, que subverterá a ordem social actual, para que seja possível imporem uma nova ordem (The Great Reset), criada por estas elites poderosas do WEF e que surgirá como SALVADORA do mundo. Um mundo que entretanto estará tão enfraquecido, que não reagirá ao “invasor” e aceitará, feliz, não ter absolutamente nada, e ser dominado por autocratas não eleitos.

Está mais do que na hora do “despertar”, mas desta vez, dos lobos.

34 comentários leave one →
  1. Terry Malloy permalink
    21 Novembro, 2022 11:43

    Cara Cristina,

    os americanos chamam a isso ‘truth bombs’.

    Mas a guerra já foi vencida pelo outro lado há alguns anos. Agora resta resistir nas catacumbas.

    Haverá dia.

    Liked by 2 people

    • 21 Novembro, 2022 15:50

      Concordo Terry mas pessoalmente prefiro o estardalhaço, aqui ou na via pública ou em qualquer parte.
      Mote a manter:
      “Sou macho latino, nascido e crescido na coutada ibérica.”
      Aprendi dos Homens do Mirandum que homem fêmea escorraça-se até Espanha à paulada, que eles lá tratam dele e por cá: paneleirada é contagiosa! Deficientes e atrasados mentais são seres humanos a respeitar, mas primeiro a internar …
      Se as Mulheres fossem iguais aos Homens o mundo não tinha piada nenhuma, nem nunca avançava. Assim, querem-se diferentes e se bem que 80% iguais, cada uns e umas devem ser excelentes nos 20% que os diferenciam.
      Tratar da casa não é exclusivo da Mulher, tenho muito gosto em fazer parte das coisas que se tem de fazer, mas só o equilibrio construido entre Homem macho e Mulher fêmea na distribuição de tarefas permite o menor incomodo e maior prazer para ambos. … bom era quando havia criadagem para tudo, mas t´dificil … assim, quem vier dar “leis” nisso é parvo ou nem sabe do que estou a falar.
      Quanto às legiões de criancinhas adulteradas e corrompidas por esse mundo fora, primeiro havemos de recuperá-las, mas o Wokismo cairá quando outras coisas caírem de maduras, como a “Histeria Climática” … porque os que enveredam por caminhos não testados afundam-se nas areias movediças … em breve …
      Alguém já viu por aqui o Pascácio do Horácio? LOL

      Liked by 1 person

  2. André Silva permalink
    21 Novembro, 2022 11:52

    Cada país, cada povo, só tem aquilo que merece.
    Não por acaso à medida que as mulheres têm cada vez mais “peso” (figurado e literal, pelo que se observa) no mundo, nas sociedades, cada vez o caos é maior e o buraco (sem segundos sentidos…!) é cada vez mais fundo. Esta é a realidade, pura, dura e crua. Atente-se, só como exemplo, na ficha técnica do Manifesto da CIG. Nem um único homem!
    E enquanto não se conseguir, não for possível não se quiser impedir isso e os homens (com as mulheres de bem e de verdade ao seu lado) não voltarem a tomar conta dos destinos do mundo, o caminho é sempre a piorar. Peço desculpa (ou não peço coisa nenhuma) mas as mulheres são, como sempre foram, a principal causa de destruição das civilizações. As excepções – como a Cristina Miranda – são isso mesmo, excepções. Louváveis, necessárias, esperançosas, mas excepções.
    Mas o karma é f0did0: são elas, juntamente com todas as outras “minorias”, que pagam e pagarão a Factura mais elevada. O que vier a seguir logo se verá.

    Liked by 1 person

  3. 21 Novembro, 2022 12:00

    Chegou-se ao ponto a que os antigos já chamavam “merda em lata”.

    Liked by 1 person

  4. 21 Novembro, 2022 12:53

    um homem rouba o destaque às mulheres e as femin** aceitam?!

    Liked by 1 person

  5. lim permalink
    21 Novembro, 2022 13:56

    Merdas e paneleirices

    Liked by 2 people

  6. Jorge permalink
    21 Novembro, 2022 15:42

    Destruir a civilização ocidental po dentri é o objectivo destes malucos.E o mais assustador é que estão a conseguir já que a maioria silenciosa encolhe os ombros e nada faz.

    Liked by 2 people

  7. 21 Novembro, 2022 17:34

    Seita Bizarra com Historial de Pedofilia no Toys R Us e na Casa Pia

    A Família Internacional (Family International), também conhecidos por Meninos de Deus (Children of God), através das organizações de fachada Associação Nova Dimensão (AND) e Acção Missionária Aurora (AMA), há vários anos tem estado a fazer embrulhos e a angariar donativos em dinheiro nas lojas de brinquedos Toys R Us em Portugal. Vai a escolas distribuir material escolar e aproveita para divulgar a sua propaganda. Recentemente conseguiu infiltrar-se na Casa Pia de Lisboa.

    A Família Internacional é uma seita bizarra conhecida internacionalmente por um historial de promoção de prostituição e abuso sexual de crianças. Foi fundada pelo pedófilo David Brandt Berg.

    A Toys R Us permitiu que uma seita sinistra com um historial de pedofilia e prostituição se sirva descaradamente das suas lojas para angariar dinheiro e disseminar propaganda, muita dela direccionada especificamente a crianças. É uma situação completamente aberrante e inadmissível.

    Liked by 2 people

  8. 21 Novembro, 2022 18:00

    Agora observemos a dona Cristina a virar o bico ao prego e a tentar argumentar que o pretende implementar no Irão e nos paises islâmicos, através de revoluções coloridas, como a pressão agora sobre o Qatar, nada tem haver com as agendas globalistas “wokistas”.

    Cristina no seu artigo “outra vez arroz Maria João ?”
    “Quando alguém se diz muito preocupado com a inclusão, direitos humanos, diversidade e bla bla bla mas não escreve uma linha sobre as mulheres no Irão (ou qualquer outro país islâmico), está tudo dito sobre o que na realidade defendem: o tacho que lhe ofereceram dentro do sistema (Jornal Público e SIC) para divulgar a agenda globalista da moda.”

    Gostar

  9. 21 Novembro, 2022 18:11

    E assistamos à dissonância cognitiva nos respectivos comentadeiros enquanto descarregam sobre o “globalismo wokista” e ao mesmo tempo mantêm a sua lealdade ao imperialismo globohomo americano contra a Russia.

    Liked by 1 person

    • André Silva permalink
      22 Novembro, 2022 15:34

      Totalmente de acordo consigo uma vez mais. Aliás, permita-me saudá-lo calorosamente e recordar a si e a todos que já há alguma tempo que o vejo como o único iluminado esclarecido por aqui.

      Gostar

    • André Silva permalink
      22 Novembro, 2022 15:37

      Apenas uma única humilde e singela questão, se não for muito atrevimento da minha parte, e reconhecendo eu a minha profunda ignorância e enorme limitação intelectual que me assiste: o que raio é “imperialismo globohomo” (deduzo que seja o que for só exista americano, claro)???
      Antecipadamente grato, um seu leal admirador e quem sabe no servidor.

      Gostar

    • 22 Novembro, 2022 21:41

      Para amanhã não em voltar a perguntar, embora receio que o seu retardamento cognitivo seja permanente.

      Gostar

      • André Silva permalink
        23 Novembro, 2022 11:32

        Peço imensa desculpa, mas pode traduzir (para um humilde Português como eu compreender) o que quer dizer “Para amanhã não em voltar a perguntar…”?

        Gostar

    • 22 Novembro, 2022 21:41

      Gostar

      • André Silva permalink
        23 Novembro, 2022 11:34

        Parece um freak show com a mulher-barbuda! Que fixe!!! Só faltam o gigante, o anão e mais tutti quanti!

        Gostar

  10. A. R permalink
    21 Novembro, 2022 20:31

    É uma sociedade doente. O Homem olhava para além de si: criar, compreender, estudar, inovar.
    Agora – pensando garantida a paz, a segurança, o alimento- olha para os orifícios do corpo e não percebe para que servem, olha para si e não sabe quem é, não se entende e centra-se nas perversidades mais doentias.

    Liked by 2 people

  11. Pedro Resende permalink
    21 Novembro, 2022 20:57

    E ninguém se foca para tratar do assunto! Um bacanal de tarados

    Liked by 2 people

  12. carlos rosa permalink
    22 Novembro, 2022 00:29

    Agora o que é preciso é mandar abaixo o Costa.
    Não é que o magano já levou a dívida portuguesa a 800 mil milhões de euros?
    Só à conta dele o Costa já contribuiu com uns 100 mil milhões e vai ter que pagá-los com uma língua de palmo.
    O Chega vai a correr atrás dele. E apanha-o.
    Vai borrar-se todo, mas depois de tomar banho vai ter que pagar.

    Liked by 1 person

  13. lim pinho permalink
    22 Novembro, 2022 10:53

    Em resumo: mariquices e bostas. De ambos os sexos.
    O único caso de varíola dos macacos em cães foi descrita num pobre cujos donos eram um casal de maricas.
    No Catar a Fifa afinfou-lhes contra as mariquices.
    José Eugénio Soares [Jô Soares] disse: qualquer idiota pode pintar um quadro mas só um génio é capaz de vendê-lo.

    Liked by 1 person

  14. carlos rosa permalink
    22 Novembro, 2022 13:24

    Resumindo e concluindo, o BE só já tem os votos dos/das panascas.
    E o PCP tem os votos dos saudosistas do Stalin que já morreu há 69 anos.
    O PS vai arrebanhando os votos dos que antes votavam nesses partidos.
    Mas muitos que votavam no PS já deixaram de votar dadas as poucas vergonhas de Sócrates e Costa.

    Gostar

  15. JgMenos permalink
    22 Novembro, 2022 17:15

    O cancelamento da demência deve estar na agenda woke, sendo os actos preparatórios feitos sob a capa da arte e dos direitos humanos.

    Há muito a esperar da criatividade dos doidos e não há porque negar-lhes direitos.

    Ressalva: não incluir na demência a homossexualidade e demais anormalidades biológicas não incapacitantes da mente.

    Gostar

    • André Silva permalink
      22 Novembro, 2022 21:23

      As evidências fortemente sugerem que t er o cócó empurrado para dentro acaba por fazê-lo chegar ao – e substituir o – cérebro. No caso dos homens, claro, no das mulheres é muito bom e recomenda-se vivamemte!

      Gostar

      • JgMenos permalink
        23 Novembro, 2022 00:07

        A sua aparente familiaridade com questões ligadas à defecação leva-me a esperar que saiba explicar aquela instalação que consistia em o artista a cagar em público no espaço expositivo e que o Vargas Llosa não conseguiu interpretar artisticamente.

        Gostar

      • André Silva permalink
        23 Novembro, 2022 11:38

        Lamento não o poder ajudar. Estou emocional e fisicamente mais ligado à imposição de supositórios do que à defecação, i.e., estou mais na secção empurrar para dentro do que puxar para fora!.

        Liked by 1 person

  16. Ausente52 permalink
    23 Novembro, 2022 08:06

    A minha mulher leu a peça que a Cristina publicou.
    No final, aproximou-se de mim e disse: “que orgulho e vaidade tenho de seres o Homem, marido e pai de 3 filhas. Fim de citacao.

    Gostar

  17. João Lopes permalink
    23 Novembro, 2022 21:40

    Os sinais de decadência da civilização ocidental são por demais evidentes. Resta àqueles que, como eu, não aceitam de bom grado a miséria moral que nos tem vindo a ser imposta, lutar para inverter esta situação. Nem que seja à cajadada.

    Liked by 1 person

  18. Maria permalink
    24 Novembro, 2022 16:00

    Cristina, todos os seus textos são de antologia e se tal é possível cada um é melhor do que o anterior. A Cristina, que é inteligente e muito bem informada, sabe perfeitamente quem está por detrás desta tragédia social e moral que desde há largo tempo, na verdade já vão muitos séculos, abarca quase por completo os Cinco Continentes. Ela teve o seu início – embora com outros contornos desde o séc. 17 na Inglaterra com a fundação da maçonaria – na Revolução Francesa, mas foi intensificando a sua acção terrorífica à medida que as ‘democracias’ iam sendo introduzidas na maioria dos países até então independentes e soberanos. Não nos iludamos, a civilização ocidental está extremamente doente social e moralmente e com pouquíssimas hipóteses de reverter a situação, salvo e só através de uma revolução mundial. Quem a irá despoletar ainda é cedo para identificar, mas que ela tem estado desde há largas décadas na mente d’alguns milhões de patriotas que felizmente ainda exitem no mundo, europeus e norte-americanos (e não estranhamente também n’alguns países asiáticos), lá isso está.
    que
    Havia mais texto e na minha modesta opinião com algum interesse… mas foi apagado!!! Fica para a próxima.

    Liked by 1 person

  19. Maria permalink
    24 Novembro, 2022 16:05

    Esqueci-me de acrescentar que estou completamente d’acordo com o avisado comentário de João Lopes. Parabéns.

    Liked by 1 person

  20. Zé Manel Tonto permalink
    25 Novembro, 2022 19:17

    “o direito ao amor múltiplo. Ironicamente, quase sempre é constituído por um homem e várias mulheres e dizem que querem pôr fim ao patriarcado”

    Isso não é assim tão linear, há bastantes casos em que é o contrário.
    O que há em comum, seja um homem e várias mulheres, ou o seu contrário, é que em geral todos os envolvidos são muito pouco atraentes.

    A fotografia que colocou é paradigmática.

    Gostar

    • André Silva permalink
      28 Novembro, 2022 16:16

      Tem a enorme vantagem de o se estragar uma casa!

      Gostar

      • André Silva permalink
        28 Novembro, 2022 16:16

        Tem a enorme vantagem de só se estragar uma casa!

        Gostar

  21. Andre Miguel permalink
    26 Novembro, 2022 08:43

    E depois temos os mesmos “liberais” que alertam para o woke, a apelidar de fascistas, machistas e outros mimos, lideres como Trump, Bolsonaro, Erdoğan, Orban ou Putin… Afinal em que ficamos?

    Liked by 1 person

Indigne-se aqui.

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: