Skip to content

A isto chamava-se alienação

14 Maio, 2008

Temos  o nosso primeiro-ministro e mais alguns membros do governo transformados em figurantes dos shows de Hugo Chávez, não discutimos sequer o preço político que pagamos não só pelo petróleo venezuelano mas também para que a comunidade portuguesa naquele país não sofra represálias governamentais e estamos a discutir se José Sócrates fumou no avião? E agora o primeiro-ministro promete-nos que vai deixar de fumar? Estamos completamente tolinhos!

Anúncios
35 comentários leave one →
  1. Anónimo permalink
    14 Maio, 2008 18:11

    não imaginava vexa a pedir desculpa. a ser verdade coisa “está preta”.para ser socialisticamente correcto devia ter dito negro.

    Gostar

  2. 14 Maio, 2008 18:14

    E agora o primeiro-ministro promete-nos que vai deixar de fumar?
    Claro, claro… não prometeu mais nada?
    Ora bem, deixar de fumar é o objectivo cumprir na próxima legislatura (juntamente com o resto que ele prometeu).

    Quanto ao preço, político e não só, acho que já nem vale a pena pensar.
    Quem quiser paga, quem não quiser… pode sempre emigrar (já nem me lembro quem disse isso).

    Gostar

  3. Anónimo permalink
    14 Maio, 2008 18:16

    Cara Helena,

    Não há absolutamente nada para discutir. Pela amostra (porque esta história é apenas uma amostra) nós já imaginamos todo o resto dos atropelos, incompetências e golpes de teatro que pautam a maneira como o país é “governado” pelos eleitos. E olhe que deve ser cada uma!

    Gostar

  4. Anónimo permalink
    14 Maio, 2008 18:19

    Poos estao. Deve ser por isso que o jornalista achou tal noticia interessante. Já quando o ministro vai a Italia, ficam a discutir sapatos. Ou quando o governo vai a qualquer outro lado fora do país, fazem perguntas sobre coisas que nao possuem nada a ver com o evento, perguntam sobre a polémica do momento que está a quilometros de distancia.

    Gostar

  5. Anónimo permalink
    14 Maio, 2008 18:22

    ..Já tinha reparado que os jornais já nao servem para informar, mas para criar polémicas parvas, idiotas e alienar tudo.

    Gostar

  6. Anónimo permalink
    14 Maio, 2008 18:29

    “Política: PSD e BE querem que José Sócrates seja multado por fumar em avião” jornal público

    ihihihihih
    isto é mesmo divertido

    Gostar

  7. Anónimo permalink
    14 Maio, 2008 18:33

    Nos estados de direito há coisas que são uma grande chatice:

    http://www.pgdlisboa.pt/pgdl/leis/lei_mostra_articulado.php?nid=130&tabela=leis&ficha=1&pagina=1

    Gostar

  8. Anónimo permalink
    14 Maio, 2008 18:35

    Agora no voo de volta da Venezuela, devem trazer os folhas de coca oferecidas por Hugo Chavez para mascarem. Já que nao podem fumar. O ministro Pinho vai sair do aviao com uma ganza…lol

    Gostar

  9. 14 Maio, 2008 18:42

    Pior, é de absoluta indignidade e vexame nacional o comportamento do cidadão no lugar de PM, face a “proto” Ditadores como eduardo dos Santos, Khaddaffi e Chavez (eleito democráticamente, mas golpista nos idos de 90).

    Aliás, Sócrates retratar bem a aflição que vai num Portugal em completo beco sem saída.

    Gostar

  10. a. verneuil permalink
    14 Maio, 2008 18:51

    O pior vai ser quando os taxis pararem, até o picoiso vai dizer xissa. Claro que ele vai dizer que anda a pé. Mas que vai haver novidades…, eu até aconselharia o ingenheiro a adiar por uns tempos a cessação tabágica, ele vai precisar, vai.
    Pensando bem, quem sou eu miserável pagador de impostos que vai para a cama cedo para seguir no autocarro às 7.30 da manhã, sem tempo para as aventuras da noite, longe dos off shores dourados, monopólios e cartéis, quem sou eu para dar sugestões?

    Gostar

  11. JOÃO CARLOS permalink
    14 Maio, 2008 18:58

    É uma tristeza ver os representantes de Portugal prestarem-se a estas figuras ao pé de um louco perigoso. Para quem não recebe o Dalai Lama….e a seguir recebe e anda aos abraços com o Kadhafi, o Mugabe e o Chavez, não está mal . E não me venham falar nos negócios, porque os EUA são o maior ou segundo maior cliente do petroleo da Venezuela e não lhe passam cartão, deixam-no a babar-se sózinho…..

    Gostar

  12. 14 Maio, 2008 19:18

    É sim, é importante discutir Sócrates ter fumado no avião.
    Porque, para mim, se um líder que exige sacrifícios terríveis aos outros;
    que é incapaz de fazer, de entre eles, um dos mais insignificantes;
    e que, depois, mente ao dizer “que desconhecia que estava a violar a lei”…
    … Esse líder é um cobarde.
    E isto, desculpe-me Helena, é importante sim senhor.
    E explica, aliás, muita das coisas que os comentadores deste post já referiram.
    (nota final: já fui fumador inveterado e andei de avião sem poder fumar até 13 horas de voo, portanto tenho autoridade para falar)

    Gostar

  13. balde-de-cal permalink
    14 Maio, 2008 19:29

    o socialismo tem destas e doutras coisas
    “- vai boi voando!
    -de que cor?”

    Gostar

  14. Justiça de Fafe permalink
    14 Maio, 2008 19:35

    Esta cambada( inclui tb PCP e outros q tais) são uns lambe-botas de ditadores e psicopatas.
    E depois gritam pela liberdade no 25 A!
    E quem não gritar é fáxissta…

    Gostar

  15. 14 Maio, 2008 19:41

    Helena Matos
    qual o preço político que pagamos?

    Gostar

  16. José permalink
    14 Maio, 2008 19:51

    “Alienação” é um termo marxista, modificado depois, como manda a boa semântica, para situações diversas.

    Marx por Marx, prefiro então citar um crítico de Marx: Guy Debord, um dos “ideólogos” de Maio de 68 e dos anos sessenta de todo o lado e dos nossos setenta ( e oitenta).

    Guy Debord, referia-se a estes fenómenos como sendo os da sociedade do espectáculo.

    O caso de “por que no te callas”, insere-se no mesmo fenómeno global.

    Assim, não se trata de alienação alguma, mas da essência do próprio sistema. E Sócrates, sabe-o muito bem, porque é o exemplo típico deste tipo de sociedade oca, de plástico e toda feita de aparências. E nem falo do tal inenarrável Pinho que esse é uma espécie de Castelo Branco da política.
    Peguem nesses dois, juntem-lhes o Vieira da Silva ( breuuughh) e tem um retrato perfeito destes Dorian Gray de trazer por casa.

    Agora, apetecia-me dizer a palavra exacta, mas é proibida. Adivinhem qual é…

    Gostar

  17. 14 Maio, 2008 19:57

    Helena Matos, não sei se pretende relativizar o episódio do PM não achar necessário cumprir uma lei que o seu governo recentemente aprovou. É que em vez do que escreveu, podia de facto ter abordado o tema que diz não estar a ser discutido 😉

    Gostar

  18. calhau permalink
    14 Maio, 2008 19:57

    Show político!

    Quem é o encenador?

    Na plateia estão os tótós.
    Entretidíssimos.

    Gostar

  19. Anónimo permalink
    14 Maio, 2008 19:58

    O plástico é o governo ir promover negocios na Venezuela onde existe uma grande comunidade portuguesa, e onde empresas em que o estado participa pretende fazer bons negócios e os tipos de plástico andarem a discutir o cigarro no aviao fretado, coisa que parece que até à data ninguém tinha dito que era proibido. Ainda mais durante a viagem ninguém se queixou dos faltosos. Mandaram para os jornais. Essa é que é essa. Os incomodados nao se queixaram dos faltosos durante a viagem.

    Gostar

  20. Anónimo permalink
    14 Maio, 2008 20:03

    O que deveria ter acontecido, já que alguém se incomodou com o fumo, era queixar-se ao responsável de voo e este ter avisado os faltosos que nao podiam fumar. Apagavam os cigarros e eram multados. Mas como era o PM e o ministro,em vez disso os xoninhas fizeram queixinhas para os jornais.

    Gostar

  21. joão costa permalink
    14 Maio, 2008 20:49

    O q é curioso é que ai em portugal , criaram uma polemica sobre se o primeiro ministro fumou no avião , bem , só gostaria de dizer q sempre q um governante a nivel de ministro ou de primeiro visita um pais onde existem milhares de PORTUGUESES, eu creio que ai não fazem a menor ideia o q isso representa para nós,

    Gostar

  22. Joaquim Amado Lopes permalink
    14 Maio, 2008 22:28

    A Helena Matos tem toda a razão. Com tantos problemas e questões importantes, de que adianta discutir a absoluta falta de carácter do Primeiro-Ministro ou este violar uma Lei de que fez cavalo de batalha e desrespeitar as pessoas que convidou para o acompanharem numa viagem ao estrangeiro?

    Afinal, alguém julga que se vai concluir que José Sócrates não é aquilo que já todos sabemos que ele é? Mais vale discutirmos qualquer coisa que se possa mudar para melhor, não aquilo que não tem remédio.

    Gostar

  23. Anónimo permalink
    14 Maio, 2008 22:39

    É muito importante discutir o problema nas tv’s. Para mim dá para ver quantos jornalistas, comentadores e etc sao pessoas completamente odiosas e a evitar a todo custo. Há gente completamente rasca e de baixo nível. Estas polémicas dá perfeitamente para se saber em quem se pode acreditar ou nao. Para mim todos aqueles que atacam o cigarro e andam para aí escandalizados e a fazer chinfrim com o assunto, é para riscar do mapa das pessoas que vale a pena ouvir.

    Gostar

  24. 14 Maio, 2008 22:48

    esta malta da oposição são uns cómicos lol

    Gostar

  25. 14 Maio, 2008 22:50

    A crítica política está ao nível do cigarro, sinal que nada mai sabem ou podem criticar.

    Gostar

  26. J.Pereira permalink
    14 Maio, 2008 23:23

    O estado a que isto chegou : sermos “representados” por semelhante ralé!

    Gostar

  27. neca carneiro permalink
    14 Maio, 2008 23:43

    De facto… ao que isto chegou! Com os aumentos sucessivos dos petróleos, num destes dias voltamos aos carros a vapor…
    Ah, pois, por falar em vapores… era só fumaça ou o homem deu mesmo umas chupadas?!…
    É assim mesmo! Aqui p´ra “carneirada” saber quem manda aqui no redil… apoiado!

    Gostar

  28. Justiça de Fafe permalink
    15 Maio, 2008 00:22

    fumar por fumar, o Chávez tb fuma coca oferecida pelo amigo cocalero Evo.

    Gostar

  29. 15 Maio, 2008 00:37

    Mas este país é como dizia Filipe II de Castela: Não se governa nem se deixa governar!
    De facto até leio por aí uns quantos iluminados que consideram desprezível quer o apoio à comunidade portuguesa na Venezuela, quer a protecção de fontes economicamente viáveis e interessantes para continuarmos a consumir petróleo !
    Isto para não falar da exportação de manufacturas, alimentos e da nossa tecnologia na área da produção de energia renovável. Exportação que tem como contrapartida os postos d etrabalho em Portugal.
    Mas o que interessa discutir é literalmente uma nuvem de fumo. certamente para evitar poder de facto ver quais são os nossos interesses!

    Gostar

  30. ferro permalink
    15 Maio, 2008 00:54

    é realmente deplorável que por interesses económicos e estratégicos se verge a mola como acontece relativamente á arábia saudita, á russia, ao pakistão etc

    Gostar

  31. 15 Maio, 2008 10:04

    Que preço político é esse, Matos? Ou estás só a falar de cor?

    Gostar

  32. Anónimo permalink
    15 Maio, 2008 10:09

    Obama deve ganhar as eleiçoes e se nao ganhar McCann que é o mesmo. Assim os estados unidos nao se devem vingar contra quem negoceia com quem eles nao gostam mesmo. Lula já saiu do rol, mas Chavez nao vai sair tao cedo.

    Gostar

  33. all-fenos permalink
    15 Maio, 2008 11:19

    Os mesmos que fizeram finca pé nas mais absurdas justificações para a proibição de fumar em propriedade privada e que a mantem agora relativizam em fretes de aviões e não só.
    O próprio fumador vem á frente das camaras prometer que vai deixar de fumar e que não sabia que estaria a cometer uma ilegalidade.
    Diria o mesmo o senhor da tasca na Fuzeta que não sabia que tinha de por o autocolante de proibição de fumar na porta do estabelecimento? Levou com a multa da ASAE ou não? Ele prometeu que deixaria de fumar?
    O Sr Pinto de Sousa que fume, os portugueses não querem saber se ele se vai atascar de nicotina ou não,ou talvez até queiram que ele fume cada vez mais para obter algum resultado…
    O que os portugueses querem saber é se a moralidade de tal acto pode ser relativizado aplicando-se a todas as situações e desde que nao seja um PM, um ministro, ou qualquer outro figurão apoiado em fretes pagas pelo imposto das suas nicotinodependencias e que promovem as mesmas atraz de cortinas.
    A questão não é de facto mas de principio de quem promove até leis que fazem questao de forma fundamentalista aplicar a uns e a relativização dos actos nos outros.
    Logo aparecem apologistas de “valores mais altos se alevantam” se mostram e ululam,e são os mesmos que tambem quando em outros casos dizem que os valores nao deveriam ceder aos interesses.

    Gostar

  34. Tribunus permalink
    15 Maio, 2008 16:57

    Como se pode acreditar que os interesses portugueses foram defendidos, por gente deste tipo?

    Gostar

  35. NunoA permalink
    16 Maio, 2008 15:20

    O preconceito ideológico tolda qq raciocinio coerente! Este post é um exemplo prático desse preconceito!
    Alguém me informa por favor qual a lei que proíbe que se fume em voos privados? Obrigado

    Gostar

Indigne-se aqui.

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: