Saltar para o conteúdo

Livro de estilo

15 Dezembro, 2008

Ontem, numa conferência de imprensa, um jornalista atirou com os sapatos a George Bush. Não é um comportamento adequado para um jornalista numa conferência de imprensa. Estava à espera de ver este jornalista criticado no “Sobe e desce” do Público. Mas não. quem lá está (a descer) é o alvo do sapato. Para o Público, atirar sapatos não é criticável. Criticável é levar com eles. Apesar de tudo, esperemos que os jornalistas do Público não adoptem esta prática nas conferências de imprensa em que participam.

Anúncios
58 comentários leave one →
  1. rxc permalink
    15 Dezembro, 2008 13:02

    Procure saber a razão dos sapatos terem voado. Se calhar merecia era ser julgado por crimes de guerra e encarcerado para o resto da vida…

    Gostar

  2. 15 Dezembro, 2008 13:12

    Lolololol…lapidar. Este post magoa…

    Gostar

  3. Fernanda Valente permalink
    15 Dezembro, 2008 13:22

    1. Rxc

    Assino em baixo.

    Gostar

  4. 15 Dezembro, 2008 13:30

    É uma vergonha. Já quando atiraram ovos à Ministra, puseram a Ministra.

    Gostar

  5. Mula da comprativa permalink
    15 Dezembro, 2008 13:33

    Ainda vão ter saudades do Bush.Que demonstra não ser cobarde como muitos que falam grosso…

    Gostar

  6. Pizarro permalink
    15 Dezembro, 2008 13:49

    No mesmo país, há uns anos, este jornalista teria sido fuzilado. Talvez se devesse mesmo abandonar o Iraque de um momento para o outro, para ver mais uma guerra civil durante os próximos 50 anos.

    Gostar

  7. francisco permalink
    15 Dezembro, 2008 13:51

    Um atirou 2 sapatos, o outro mandou atirar milhares de bombas e o JM indigna-se com os jornalistas do Público. O mundo está louco!

    Gostar

  8. lucklucky permalink
    15 Dezembro, 2008 13:55

    É o que se pode esperar do Jornalismo do Português.
    Uma das classes com mais responsabilidade no estado do País.

    “Procure saber a razão dos sapatos terem voado.”

    Talvez um jornalista que gosta de ditadores por isso é que trabalha para uma TV do Cairo…

    “No mesmo país, há uns anos, este jornalista teria sido fuzilado.”

    Nem chegava a ser jornalista.

    Gostar

  9. Filipe permalink
    15 Dezembro, 2008 14:03

    Por incrivel que pareça o Sr Bush saiu-se bem: bons reflexos, coragem e sentido de humor.

    Gostar

  10. Anónimo permalink
    15 Dezembro, 2008 14:13

    Eu não sei se o Público vai começar a atirar sapatos, mas da próxima vez em que der uma conferência de imprensa vou atirar os meus sapatos aos jornalistas do Público: a melhor defesa é o ataque.

    Gostar

  11. Antonio M. permalink
    15 Dezembro, 2008 14:17

    O jornalista era do Egipto o que diz mais sobre a classe jornalistica egipcia, proibida de criticar o regime interno mas livre de espalhar o ódio aos judeus e ocidente. No entanto Bush com muita classe e sentido de humor comentou de seguida ” aquele tipo atirou-me com um nº 10 mas eu não calço esse nº de sapatos “…sentido de humor e classe que faltam a muitos lideres e comentadores……

    Gostar

  12. João Amaral permalink
    15 Dezembro, 2008 14:21

    Ó Francisco vai dar banho ao cão…..felizmente hoje o Iraque tem uma constituição que não permite que aquele atirador de sapatos seja fuzilado juntamente com a sua familia até à 3ª geração….O Governo Iraquiano ao contrário do governo Russo não manda assassinar jornalistas. Muita classe na resposta do G.W-.Bush…isso é o que te rói a ti a a toda a esquerdalhada anarquista.

    Gostar

  13. rxc permalink
    15 Dezembro, 2008 14:28

    E quem é que, noutros tempos, apoiou o agora caído em desgraça e facínora Saddam? Memória curta…O que interessa são as negociatas que se podem fazer agora, que a longo prazo estamos todos mortos. E quantos ditadores, apoiados pelos EUA, terra da liberdade, continuam no activo?

    Gostar

  14. francisco permalink
    15 Dezembro, 2008 14:31

    ó João Amaral calma homem, toda gente já percebeu que é um grande democrata.

    Gostar

  15. fidel permalink
    15 Dezembro, 2008 14:38

    e que tal um camarada jornalista desse pasquim atirar um sapatito ao camarada engenheiro na próxima conferencia de imprensa ? ou quem sabe ao camarada Chico esse grande exemplo da democracia e da tolerância ?

    Será que não existe em Portugal um único jornal livre dessas caixas de ressonância de uma certa esquerda radical, órfãos do pós abrilada, cujo último grande contributo para Portugal foi a criação do primeiro ministro sócrates.

    Faziam um grande serviço a todos nós se fossem perguntar ao camarada cavaco se esta moeda lhe agrada mais e quem lá voaria mais um sapatito.

    Gostar

  16. Joaquim permalink
    15 Dezembro, 2008 14:42

    Alguns acusam George W. Bush, depois deste ter acabado com Saddam Hussein, por os EUA o terem apoiado há muitos anos atrás (antes de GWB ser Presidente).
    Outros louvam o facto de o Governo de José Sócrates ter tomado a decisão correcta(?) de construir o Novo Aeroporto de Lisboa em Alcochete, depois de anos a insistir no disparate da OTA, a gastar milhões para tornar essa decisão irreversível e insistir contra tudo e contra todos que aquela era a melhor opção possível.

    Teria muita piada se fossem os mesmos.

    Gostar

  17. João Santos permalink
    15 Dezembro, 2008 14:46

    Eles rejubilam, mas no fundo estão furiosos pq o atirador de sapatos falhou e pq o bush teve muita classe e elegancia na resposta, o que não está ao alcance da esquerdalhada e dos jornalistas de sarjeta ( que no Publico dizem que o jornalista é iraquiano qdo é egipcio). Os jornalistas iraquianos hoje podem escrever em liberdade e estão agradecido ao Bush.

    Gostar

  18. 15 Dezembro, 2008 14:48

    Ou seja, há uma evolução no Iraque. Já se pode atirar sapatos a Bush sem se ser fuzilado.
    No tempo de Saddam era-se promovido.

    Gostar

  19. lucklucky permalink
    15 Dezembro, 2008 14:52

    “E quem é que, noutros tempos, apoiou o agora caído em desgraça e facínora Saddam?”

    Deve-se estar a referir a Estaline…Se é mesmo Saddam então só se pode referir á União Soviética, França e Alemanha Ocidental porque com “apoio” Americano não havia maneira de Saddam ter ficado no poder contra os iraquianos e ainda menos ter ganho a guerra contra o Irão.

    “E quantos ditadores, apoiados pelos EUA, terra da liberdade, continuam no activo?”

    Alguns no mundo Árabe não é…?

    Gostar

  20. Francisco permalink
    15 Dezembro, 2008 14:53

    O Iraque vai vencer…a alqaeda no iraque está de rastos, já não têm munições para atirar aos americanos, atiram com sapatos…o Bush tam grandes reflexos e sentido de humor…e consegue pôr a esquerdalhada a ranger a dentuça…….e o Público a mentir ( o atirador sapatos é egipcío e não iraquiano ).

    Gostar

  21. 15 Dezembro, 2008 15:04

    Este Francisco deve estar infiltrado na Alqaeda.
    Até sabe que agora se abastece de armamento nas sapatarias.

    Gostar

  22. francisco permalink
    15 Dezembro, 2008 15:27

    Há dois Francisco, não confundir ssf.

    Gostar

  23. honni soit qui mal y pense permalink
    15 Dezembro, 2008 15:50

    9

    concordo com o Filipe

    tá bem á vontade , e tem fartado de se rir de si próprio , muito sentido de humor , o que só revela que tem uma personalidade positiva

    qto ao tal jornalista , como em geral nos muçulmanos , com algumas honrosas excepções , todos ums cambada de imprestáveis xenofobos , racistas e mosógenos … bem pode ir comer merda , ou os sapatos que atirou

    ora

    Gostar

  24. honni soit qui mal y pense permalink
    15 Dezembro, 2008 15:50

    ainda vai para o Daily Show como colaborador do Jon Stewart … isso é que era

    Gostar

  25. honni soit qui mal y pense permalink
    15 Dezembro, 2008 15:52

    24
    tou a falar do Bush , não do caganita do jornalista egipcio … esse “bravo” que atirou os sapatos … atirá-se com os sapatos ao Saddam que a gente queria ver como se safava …

    Gostar

  26. anónimo permalink
    15 Dezembro, 2008 16:28

    Meu deus, que final de ano. Os jovens a tirar pedras e os jornalistas sapatos.

    Por certo, nao sei de onde sacou Honni Soit Qui Mal Y Pense que o tal jornalista é egipcio…

    Gostar

  27. honni soit qui mal y pense permalink
    15 Dezembro, 2008 16:33

    26

    saquei da BBC e CNN ontem

    Gostar

  28. lucklucky permalink
    15 Dezembro, 2008 16:38

    O jornalista é iraquiano mas trabalha para uma TV baseada no Cairo.

    “Al-Baghdadia television demands that the Iraqi authorities immediately release their stringer Muntazer al-Zaidi, in line with the democracy and freedom of expression that the American authorities promised the Iraqi people,” it said in a statement.

    “Any measures against Muntazer will be considered the acts of a dictatorial regime,” it added.

    One of his colleagues in the Baghdad office of Al-Baghdadia said Zaidi had been planning to throw shoes at Bush if ever he got the chance.

    “When he said he was going to do it, we didn’t doubt him,” he said.

    http://www.breitbart.com/article.php?id=081215101512.zc72xjiu&show_article=1

    Tal como os hipócritas jornalistas do Publico querem Democracia e Liberdade quando lehes convém mas não gostam de quem a trouxe.

    Gostar

  29. honni soit qui mal y pense permalink
    15 Dezembro, 2008 17:05

    são mesmo uns cobardolas cagalhões estes arrabetas , ver só a cagância dos argumentos

    “immediately release , any measures , acts of a dictatorial regime”

    cá levava logo com um processo crime e civil , essa é que é essa , e prisão preventiva

    pelo menos que ponham o gajo a engraxar sapatos um mês inteiro , para ver o que é bom

    Gostar

  30. rxc permalink
    15 Dezembro, 2008 17:05

    “Deve-se estar a referir a Estaline…”
    Lucklucky, realmente vê-se que tem queda para a coisa histórica. Parece o outro, da geração do Kennedy com 3 anos de idade. Porreiro, pá!

    “Alguns no mundo Árabe não é…?”
    Não pense que defendo qualquer tipo de regime ditatorial…Mas então há ditadores bons e ditadores maus? É que para mim é tudo farinha do mesmo saco, sejam de esquerda ou de direita. O povo que trate deles, e os EUA que se deixem de ingerências externas. Ron Paul ’12!

    Gostar

  31. honni soit qui mal y pense permalink
    15 Dezembro, 2008 17:08

    logo á noite a ver se passo pela AL-Jazeera ,onde este badameco já deve ser o herói da “rua arabe” e o rei do engraxe de Casablanka a Samarkanda ,… sempre varia do habitual adolescente borbulhento,e sexualmente perturbado, bombista-suicida do Hamas de trazer por casa…

    ora

    Gostar

  32. rxc permalink
    15 Dezembro, 2008 17:21

    Nós e eles, ainda e sempre. Deve ser tanto herói como o piloto americano que bombardeou uma aldeia iraquiana ou um casamento no Afeganistão.
    Tudo o que cheire a caril e reze a Maomé é largar-lhes uma bomba em cima, a todos, não é?

    Gostar

  33. José Manuel Santos Ferreira permalink
    15 Dezembro, 2008 17:28

    Foi um belo momento de tv
    Pena foi a falta de pontaria

    Gostar

  34. OLP permalink
    15 Dezembro, 2008 18:02

    Caril?(mistura de varias especiarias)
    Caril é indiano amigo, roubado pelos muçulmanos no sex VIII e depois vendido como coisa própria de sua autoria …aliás como muita outra coisa dos iluminadas e idas expansões de cimatarra em punho.

    Gostar

  35. Antonio Medeiros permalink
    15 Dezembro, 2008 18:02

    No mundo árabe em geral vendem-se crianças com menos de 10 anos para casamentos com velhos, mutilam-se genitalmente crianças do sexo feminino, segregam-se as mulheres, condena-se à morte seres humanos por apedrejamento, castiga-se com a decepação de membros, são mortos adolescentes para defender a honra do clã, ensina-se de pequenino a ser-se mártir suicida, usam-se crianças, mulheres e deficientes mentais como bombas..a maioria senão a totalidade dos estados muçulmanos na ONU recusa-se a assinar a declaração universal dos direitos humanos porque é contrária à lei divina a sharia…e no entanto os tótós como o José Manuel Ferreira insurgem-se é contra o Bush…vai lá, vai…que vais longe…..

    Gostar

  36. Jaime S. permalink
    15 Dezembro, 2008 18:11

    O Corão manda o bom muçulmano perseguir e converter pela força os judeus e os infiéis não crentes…já imaginaram se no antigo testamento ou no novo existisse algo de identico mas em vez da palavra perseguição ao judeu estivesse a perseguição ao muçulmano ? o islão é INCOMPATÍVEL com a declaração universal dos direitos humanos, razão pela qual os estados muçulmanos não a ratificam na ONU. O mundo dito civilizado, as associações humanitárias, os media, etc estão calados a este respeito, porquê ?

    Gostar

  37. lica permalink
    15 Dezembro, 2008 18:12

    foi a mão de deus que o livrou de levar com o sapato.É que o que faz o Bush ser um religioso fanático. Apelo a todos os infiéis que se convertem para se safarem de apanhar com bombas em cima caso haja uma guerra contra os seus paises.

    Gostar

  38. 15 Dezembro, 2008 18:43

    Bush, perante o episódio, foi excelente na resposta, com um sentido de humor como poucos. Surpreendeu ? Sem dúvida ! Só que há um pormenor: será que aquela inteligência não colheu no momento dum assessor, via mini-auscultador, orelha esquerda, a deixa para a resposta humorada ?

    Até ontem era desconhecida uma nova “arma”, que passa por todos os controles: sapatos !
    Que pena, os reflexos de Bush ! Eles até foram bem certeiros…

    Gostar

  39. 15 Dezembro, 2008 19:03

    Estamos dominados pela mediocridade intelectual. O Público já foi contaminado. Então aquelas setinhas da última página há muito que são ridículas, um espelho da confusão moral dominante.

    Gostar

  40. 15 Dezembro, 2008 19:04

    38

    O Cavaco não tem aqueles reflexos nem aquele sentido de humor. É uma questão de rapidez cerebral…

    Gostar

  41. 15 Dezembro, 2008 19:54

    Este é um post típico “à la Miranda”.

    Atirar um sapato a Bush é patético. Mas não é por ter levado com o sapato que Bush está no “Desce”. É por isto:

    “Os esforços americanos no Iraque foram um “falhanço total”, conclui o rascunho de um relatório federal sobre a guerra do Iraque, ontem divulgado pelo jornal The New York Times (NYT), que calcula o custo dos erros feitos no país de Saddam Hussein em mais de 100 mil milhões de dólares (cerca de 75 mil milhões de euros).
    A operação americana está marcada pela burocracia e ignorância dos elementos básicos da sociedade iraquiana, diz o documento, que só será oficialmente apresentado no próximo mês de Fevereiro. Intitulado Lições duras: A experiência de reconstrução do Iraque, o relatório, compilado pelo gabinete do Inspector-Geral Especial para a Reconstrução do Iraque…”

    in Publico 15/12/08

    Para quem quiser ler o original fica o link:

    http://www.nytimes.com/2008/12/14/world/middleeast/14reconstruct.html?_r=1&scp=1&sq=iraq%20report&st=cse

    PS: O pateta que atirou o sapato ao Bush é já um herói no Iraque e no mundo árabe. Porque será?

    Gostar

  42. 15 Dezembro, 2008 20:17

    Em vez de comentar uma entrada sobre o mesmo assunto no Arrastão, tomei a liberdade de o citar.

    Gostar

  43. Jaime S. permalink
    15 Dezembro, 2008 21:05

    Ordralfabetix….já os esforços portugueses em Timor ( país enorme com milhões de pessoas e atentados terroristas )foram coroados de exito, encontrando-se o povo timorense em paz social, economica e com um futuro radioso pela frente.Porque é que o Bush não perguntou às autoridades portuguesas como é que se reconstrói um país, já que é tão fácil assim ? se as coisas fossem sempre assim tão fáceis !!!!

    Gostar

  44. orabolas permalink
    15 Dezembro, 2008 21:05

    Mais um exemplo a dignificar essa bela classe…

    Gostar

  45. lucklucky permalink
    15 Dezembro, 2008 21:17

    “Não pense que defendo qualquer tipo de regime ditatorial…Mas então há ditadores bons e ditadores maus? É que para mim é tudo farinha do mesmo saco, sejam de esquerda ou de direita. O povo que trate deles, e os EUA que se deixem de ingerências externas.”

    Mais uma prova que vê o mundo só com um grau de cinzento ou será a preto e branco 😉 ? Há ditadores que são uma ameaça externa além de serem uma ameaça para os próprios cidadãos e outros são só uma ameaça para os próprios cidadãos. Há ditadores que matam centenas de milhar e outros que matam 1000. Grau! Os EUA sempre se defenderam fora das suas fronteiras e fizeram-no desde que atacaram os Piratas no Norte de África no Séc XIX.

    Gostar

  46. Pinto permalink
    15 Dezembro, 2008 22:04

    Outro post de tirar o chapéu.

    Gostar

  47. rxc permalink
    15 Dezembro, 2008 22:15

    46, Portugal também conquistou Ceuta aos Mouros, acha que isso é motivo para invadirmos Marrocos hoje?

    Assumam de vez que são um império e deixem-se de andar a espalhar a “liberdade”. O que andam é a defender os seus interesses, ponto final. Por vezes são coincidentes com os da Europa, noutras são óbvios competidores…
    E por falar em ditadores que são uma ameaça externa, já ouviu falar da Indonésia e da invasão a Timor em ’75? É que essa brincadeira, que teve a complacência de Ford e Kissinger, acabou na morte de umas largas dezenas de milhar de timorenses.
    O que digo e reitero, é que os EUA são um império não-assumido, mascarado em defensor da liberdade, apesar de ter um historial longo de ingerência e apoio a ditadores sanguinários (ver o que a CIA andou a fazer na América do Sul nas décadas de 70/80), e que a qualquer altura pode virar o seu poderio militar global contra quem ameaçar os seus interesses estratégicos (Europa incluída). E não é preciso ser-se anti-americano para constatar esta evidente realidade (ver o caso desse verdadeira patriota americano, o Dr Ron Paul).

    Gostar

  48. rxc permalink
    15 Dezembro, 2008 22:16

    34, estava a remeter para um sketch dos Gato Fedorento. Tempo a mais a ver Sic Radical, suponho…

    Gostar

  49. celestine permalink
    15 Dezembro, 2008 22:33

    Ai, a sapatada
    no bush é que está fixe,
    no topo, tipo mais besta, cum carago!

    Gostar

  50. 16 Dezembro, 2008 02:28

    1- isso só demonstra a escala de valores que anda pelo Público:sempre a defender a selvajaria islâmica (crimes de honra, lapidação de mulheres…) através da censura aviltante- até nos blogs do Público!!! E acham-se evoluído(a)s!!! 2- o gajo é um exemplo da coragem islâmica: nunca fez o mesmo com Saddam, Ayatollahs, Moqtad al Sadr, etc…é natural k seja herói para muitos islâmicos: selvajaria islâmica é com eles. Vejo a tv “al jazzera” em inglês e NUNCA falam dos podres dos países deles, ou só os desculpam, como Mumbai, embora sejam bastante isentos no resto do mundo

    Gostar

  51. 16 Dezembro, 2008 02:40

    curioso ver a alegria de “comentadores” pela sapatada, mas qto às bombas sunitas-xiitas, ódio de 1300 anos, calam-se: aí está o valor da vida humana! W. Bush acabou com Saddam, obrigou os árabes a abrir um pouco (o Qatar vai organizar uma cimeira sobre dtos humanos, embora tímida, coisa inimaginável há 5 anos!!!). É isto k leva ao desvario, à raiva, ao descontrolo os críticos de W.Bush!

    Gostar

  52. Jaime S. permalink
    16 Dezembro, 2008 12:32

    É engraçado como o ódio ao Bush consegue unir a esquerdalhada e os muçulmanos radicais…..mesmo que estes ultimos defendam o enforcamento de homosexuais, decepação de membros, pena de morte por lapidação, inferioridade das mulheres, mutilação genital….

    Gostar

  53. honni soit qui mal y pense permalink
    17 Dezembro, 2008 07:45

    MJRB
    o Bush devia ter levado com os sapatos para sua satisfação … try next time … achei piada essa do assessor humorista no auricular … “o Bush é tão básico que nunca conseguiria ter espirito para dizer uma piada bem colocada ” é a sua ideia ” só com auxilio externo ” … o assessor era o Larry David ou o Seinfeld esses porcos judeus

    tenha juízo

    Rxc
    já antes de Ceuta os seus amigos verdetes fascista tinham invadido a Peninsula , e esses até hoje nunca pediram desculpa a si ou a mim … se a si pouco lhe importa , então viver sob a sharia tb não

    Gostar

  54. A. R permalink
    17 Dezembro, 2008 19:59

    Sabem como posso lançar sapatos a Putin, Medvedev pela invasão da Geórgia?

    Gostar

Trackbacks

  1. Cuidado com os jornalistas do Público « O Insurgente
  2. Fique por dentro Estilo » Blog Archive » Livro de estilo « BLASFÉMIAS
  3. Blog Room: um exemplo concreto… « bem-vindo à esfera

Indigne-se aqui.

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: