Saltar para o conteúdo

E se o presidente fosse outro

22 Janeiro, 2009

os títulos de hoje seriam assim:

Americanos nem queriam acreditar: o presidente enganou-se a prestar juramento

Primeira-dama desilude: opções políticas levaram a que escolhesse uma estilista cubana e um costureira nascido em Taiwan para desenharem os fatos que usou nas cerimónias.

O novo presidente ainda não se pronunciou sobre as denúncias do impacto ambiental da cerimónia de tomada de posse

Anúncios
41 comentários leave one →
  1. miguel dias permalink
    22 Janeiro, 2009 13:40

    Pois mas não é. Chatice.
    Assim temos ficar pelo se…
    É chato ter de comentar o se…não é?
    É comentar uma possibilidade do que poderia ser mas não é, porque já foi. Uma análise ex-ante da possibilidade ex-post.
    Deixa uma sensação de vazio, de amargo na boca, de inutilidade. Não é?

    Gostar

  2. 22 Janeiro, 2009 13:41

    É por isso que não é outro. Percebeu agora porque é que foi Obama a ganhar?

    Ninguém precisa destes headlines. Já estamos embebidos em sangue até o nariz. Essa é a hora da convergência… consenso… união…

    Relaxe. Vem aí 4 anos do caneco.

    Gostar

  3. Anónimo permalink
    22 Janeiro, 2009 13:45

    A Helena Matos tem em má conta os jornalistas. Devem ser todos uns parolos coitadinhos.

    Gostar

  4. Anónimo permalink
    22 Janeiro, 2009 13:53

    As imagens do baile inaugural com o casal a dançar ao som de Beyounce “At last” é qualquer coisa de sublime que faz sorrir. Imagens de como a vida pode ser mesmo bela. Para que andam os camelos em guerras?
    Guardei o video do youtube. É o sonho americano num filme de hollywood mas real.

    Os azedos? Não lhes liguem. Deixem ficar azedos sozinhos até que se cansem e definhem ou mudem de vida.

    Gostar

  5. Ulisses permalink
    22 Janeiro, 2009 13:58

    Foi o presidente do supremo, o conservador Roberts, quem se enganou no juramento.

    Gostar

  6. 22 Janeiro, 2009 13:59

    «Primeira-dama desilude: opções políticas levaram a que escolhesse uma estilista cubana e um costureira nascido em Taiwan para desenharem os fatos que usou nas cerimónias.»

    Isto desilude? Só a quem ainda está no registo maniqueista-bushista.

    Gostar

  7. 22 Janeiro, 2009 14:02

    Mas quem se enganou foi o Presidente do Constitucional….

    Gostar

  8. 22 Janeiro, 2009 14:02

    Leia-se “enganou no juramento”

    Gostar

  9. 22 Janeiro, 2009 14:03

    A propósito, sugere-se a leitura deste post:

    http://lobi.blogs.sapo.pt/325377.html

    Gostar

  10. maloud permalink
    22 Janeiro, 2009 14:09

    A Helena deve julgar que ninguém percebe inglês e engole tudo o que decide servir. Trate-se que isso e capaz de ter cura.

    Gostar

  11. helderega permalink
    22 Janeiro, 2009 14:11

    “Americanos nem queriam acreditar: o presidente enganou-se a prestar juramento”.

    Pois, mas foi o republicano conservador juiz do supremo John Roberts que trocou a ordem das palavras, induzindo Obama em erro. Inacreditável hein?

    Então? Já começou o escrutínio? Nem ao menos um mini-estado de graça? Não? Ok, então vou ajudá-la. Cá vai uma dica: o laço do cabelo de uma das filhas do Obama foi feito numa fábrica paquistanesa, onde crianças são sujeitas a trabalho escravo. Não tem que agradecer!

    Gostar

  12. Anónimo permalink
    22 Janeiro, 2009 14:16

    Devem ser os titulos que Helena Matos colocaria nos jornais se pudesse.

    Gostar

  13. ordralfabetix permalink
    22 Janeiro, 2009 14:16

    4. Ulisses, foste Grant

    “o laço do cabelo de uma das filhas do Obama foi feito numa fábrica paquistanesa”

    E o laço da Aretha Franklin?

    Gostar

  14. caramelo permalink
    22 Janeiro, 2009 14:17

    Se o Presidente fosse outro, os jornais teriam titulos parvos… é isso que quer dizer a Helena? Este post tem uma utilidade do caraças.

    Gostar

  15. helderega permalink
    22 Janeiro, 2009 14:20

    Quanto ao laço da Aretha, não imagino onde diabo foi desencantá-lo!

    Gostar

  16. fghfghdfh permalink
    22 Janeiro, 2009 14:22

    E imagine-se que os donos da imprensa não eram os esquerdistas moderados Balsemão e Belmiro e outros que tal… era o PREC reloaded, não? A manipulação de que se queixa também passa por aqui. Se a Helena Matos fosse presidente era um pau se houvesse jornais. Espero não ir para a lista dos terroristas que nós sabemos que tem.

    Gostar

  17. rxc permalink
    22 Janeiro, 2009 14:28

    Nothing to see here, move along…

    Gostar

  18. 22 Janeiro, 2009 14:48

    A minha tia Carcenígea, admiradora de Helena Matos nos livres de canto, fartou-se de chorar ao ler este post.
    Ainda lhe disse que o post era humorístico, o que piorou o pranto.

    Gostar

  19. 22 Janeiro, 2009 14:49

    é a última vez que leio um post ou um artigo da HM… já conheço o conteúdo de todos os próximos, pelo que já li até agora!

    nada a ver, nada a ler, nada a aprender, nada a debater, aqui, circulem!

    Gostar

  20. Anónimo permalink
    22 Janeiro, 2009 14:56

    Já chateia esta conversa: “E se o presidente fosse outro”. Helena mude de disco, não é assim tão velha.

    Gostar

  21. 22 Janeiro, 2009 15:02

    “A minha tia Carcenígea (…)”

    A sua casa de tias, Piscoiso, tem “meninas” com cada nome…

    Gostar

  22. Antunes Liberato permalink
    22 Janeiro, 2009 15:05

    Esta Helena é de facto inenarável…
    Toma-nos a todos por parvos…

    Gostar

  23. Já Volto permalink
    22 Janeiro, 2009 15:12

    eheheheh

    Helena… cada tiro cada melro.

    Já lhe dei o conselho de pensar antes de postar.

    Quanto ao engano estamos conversados.

    Quanto à desilusão da primeira dama ainda estou a tentar perceber onde está a desilusão. A mulher estava lindíssima! Cuba faz-lhe comiXão? Ou é Taiwan?

    Gostar

  24. Marcos Garrido permalink
    22 Janeiro, 2009 15:42

    Helena, continue assim!!! A ajuizar pelas alarvidades que se têm dito aqui é uma obra de caridade destruir de imediato esta aura de santidade que o Obama tem. O tipo é apenas um tipo, nem mais nem menos! Ainda por cima é político e americano, o que só por si não lhe abona nada de bom. Mas já há quem lhe queira fazer um santuário, que se há de fazer? Apesar que Sant’Obama nao soa mal…

    Gostar

  25. Ai Helena permalink
    22 Janeiro, 2009 16:16

    A Helena esqueceu-se de mencionar a suspensão de todos os julgamentos de Guantanamo, esqueceu-se de mencionar o eminente fecho da mesma prisão, documento que já se encontra nas mãos de jornalistas da AP, esses sim verdadeiros jornalistas que não se comparam com os parolos que temos no nosso país e que só sabem beijar o cú ao poder político e aos respectivos patrões.

    A Helena esquece-se do mais importante… porque será? Dor de cotovelo?

    Gostar

  26. 22 Janeiro, 2009 17:00

    Como é que dizia o CAA, Gabriel? Suspender processos sjudiciais não é a mesma coisa que encerrar Gantánamo? Olha, pois não. Não é que o CAA tinha razão?!

    http://noticias.sapo.pt/especial/eleicoes_eua/dia_das_eleicoes/2009/01/22/encerramento_guantanamo/index.html

    Gostar

  27. Goodfeeling permalink
    22 Janeiro, 2009 17:27

    Se o mundo fosse perfeito não havia tantos ses…
    Se eu ganhasse o euromilhões tambem os titulos seriam outros.

    Gostar

  28. tina permalink
    22 Janeiro, 2009 17:48

    AHAHAHAHAHA!… Parabéns Helena, muito inspirado.

    Gostar

  29. Anónimo permalink
    22 Janeiro, 2009 17:51

    Pior ainda:
    já gritam que ele fechou Guantanamo, quando apenas mandou suspender os julgamentos!

    O que implica mais tempo de prisão.

    Também já sabemos que as asneiras que fizer (por exemplo, baixar as defesas perante a Al Qaeda…e acontecer algo pior do que 11/Setembro…), a culpa será “do Bush”!

    A frase da tomada de posse será o símbolo da Presidência: indecisão, enganos, correcções envergonhadas…e os “media”, rastejantes como batráquios invertebrados, a assobiar para o lado.

    o sátiro

    Gostar

  30. Anónimo permalink
    22 Janeiro, 2009 18:09

    Os grandes entusiastas do costume não têm qqer autoridade para criticar Bush, quando-por ex- nada dizem sobre os presos políticos cubanos, ou estiveram caladinhos como ratos nestes 50 anos de invasão e genocídio no Tibete pela república Popular(!) da China.

    É asqueroso gritar tanto por Guantanamo quando se enfiam mulheres dentro de sacos de batatas e são mortas à pedrada no Irão, Palestina, Sudão, Somália, Nigéria Muçulmana e, sabe-se lá, nas tribos mais herméticas islâmicas perante o silêncio dos defensores dos presos “do Bush”!

    o sátiro

    Gostar

  31. 22 Janeiro, 2009 18:24

    se o presidente fosse outro, ainda não tinha chegado aqui:

    Yes he can!

    Barack Obama décrète la fermeture du camp de Guantanamo
    Jeudi 22 janvier 2009

    Le président américain, Barack Obama, décrète la fermeture du centre de détention de Guantanamo dans un délai maximum d’un an. Il impose aussi aux États-Unis de respecter les conventions de Genève sur les prisonniers de guerre.

    e com vídeo em bonus!

    http://www.france24.com/fr/20090122-Etats-Unis-Guantanamo-centre-detention-fermeture-an-Obama

    Gostar

  32. 22 Janeiro, 2009 19:22

    e-ko disse
    22 Janeiro, 2009 às 6:36 pm

    YES, he did!

    Gostar

  33. 22 Janeiro, 2009 19:24

    Ah…

    E tudo isso enquanto a seríssima jornalista Helena Matos elaborava acerca da vestimenta da Primeira Dama. Afinal, quem é que sabe de prioridades, quem é?

    Gostar

  34. 22 Janeiro, 2009 19:48

    Quantas garrafas de vodka terão sido bebidas no dia 20 , entre Smolensk e Vladivostok ( para simplificar…), quando houve mesmo a certeza de que a coisa era em firme?
    E 89 aqui tão perto!…
    A isto chama-se ganhar “El Gordo” sem sequer se comprar a cautela!

    Gostar

  35. José Manuel Santos Ferreira permalink
    22 Janeiro, 2009 19:54

    Agora, parece a Vera Lagoa

    Gostar

  36. balanta permalink
    22 Janeiro, 2009 22:49

    a escolha não dos estilistas não foi inocente. China e Cuba = autocracias, o combate pela liberdade também se vai fazer aí…. espero….

    Gostar

  37. anónimo permalink
    23 Janeiro, 2009 11:06

    Mais na verdade a verdadera historia foi assim:

    O cabrao do republicano ja queria enganhar a Obama (antes de començar a ser presidente),com o xuramento errado. what mafia !.

    Mais o inteligente mulato que paresce estar feito a prova destes nascido para bem torear e a estes cabroes e anti-americanos primarios…

    Gostar

  38. anónimo permalink
    23 Janeiro, 2009 11:07

    Portanto e de momento:

    Cabroes e anti-americanos primarios, 0; o mulato 1

    Gostar

  39. anónimo permalink
    23 Janeiro, 2009 11:09

    Esta Helena jornalista nem siquer viu a toma de posessao do presidente Obama. E quem tentou enganar a quem…

    ! Deprimente !

    Gostar

  40. Anónimo permalink
    23 Janeiro, 2009 14:11

    quem tiver um pouco de memória e reler as manchetes dos últimos 8 anos sobre “o” Bush, vê com facilidade que a HM adivinhou o que essa cambada iria escrever(?).

    Obama “decretou” o fim de Guantanamo para as TVs e os “defensores” dos dtos humanos gritarem viva.

    Mas o que vai fazer com os presos, qdo se sabe q 61 dos já libertados voltaram para actividades terroristas?

    O mundo vai ser menos perigoso…mas só para quem vive a congeminar atentados tipo Bombaím, Madrid, Casablanca, Bali,etc.,

    As vítimas com certeza não apreciarão estas novidades.
    A não ser que alguma delas venha a ser uma fanática obamaníaca.

    Gostar

Indigne-se aqui.

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: