Saltar para o conteúdo

Mosselen (4)

20 Abril, 2009

14-04-09_120Alguma coisa soava mal: «a reunião será no andar 5 1/2». Cinco e meio? Que raio de andar é esse? Mas era verdade, saímos e vimos a placa a confirmar. Regressamos e reparo então nos botões do elevador: do um ao doze, mas com os acrescentos do cinco e meio e do seis e meio. Ah….! O Parlamento Europeu é superticioso. Como tem 14 andares, suprime o «malfadado» 13º com a habilidade daqueles dois «meios».  São coisas que se ouvem dizer de alguns hóteis. Mas estes, bom, sempre não querem perder clientes. Mas no P.E? 

13 comentários leave one →
  1. 20 Abril, 2009 15:06

    Mas afinal substituíram um andar, o 13º, por dois, o 5,5º e o 6,5º.
    Se construirem mais dois andares, podem dar os número 5,25 º e 5,75º.

    Gostar

  2. Anónimo permalink
    20 Abril, 2009 15:34

    no 8 1/2 encontravas o fellini. cheira-me a campanha para desacreditar o parlamento e as eleições.

    Gostar

  3. Gabriel Silva permalink*
    20 Abril, 2009 15:40

    na altura também me lembrei de fazer essa ligação para o Felini, mas depois evaporou-se-me.
    Podia ser assim uma espécie de triologia….

    Gostar

  4. dcar permalink
    20 Abril, 2009 18:28

    Em “Quer ser John Malkovitch?” havia um andar 7 1/2. Mas era mesmo meio andar…

    Gostar

  5. per caso permalink
    20 Abril, 2009 18:52

    E então temos os 5,5 e os 6,5 como 12,5 e 13,5, nunca se usando o verdadeiro piso. Mas já é não terem fé em Our Lady of Fatima, ou creriam no 13 de Maio e de Outubro. De resto, o número 13 dá sorte, a crermos no número 4 (de 1+3), que para os Chineses se liga ao dinheiro. Como só eles talvez lá saibam, quando em plena crise global ainda crescem 9,5%, assim nas calmas e à sua maneira.

    Gostar

  6. 20 Abril, 2009 19:39

    Pois eu faço um desafio aos blasfemos:
    alguém conhece um único hotel com 13º andar?

    TODOS os hoteis com mais de 12 andares que conheci, e foram algumas dezenas, em nenhum havia 13º andar, mas sim um 12A.

    Gostar

  7. Anónimo permalink
    20 Abril, 2009 19:40

    O #1 não percebeu nada, mas não desiste de piscoisar.

    Gostar

  8. 21 Abril, 2009 13:06

    O que é realmente paradigmático nesta história é a forma sempre complicada e burocrática com que esta malta resolve pequenas dificuldades práticas.
    Normalmente os hotéis limitam-se a saltar do 12 para o 14 e pronto, já está, não chateia. Assume-se a superstição.
    Mas os nossos queridos eurocratas, nascidos com uma réplica do labirinto do Minotauro no lugar do cérebro e cheios de recalcamentos, sentiam-se incomodados por, em plena idade da razão, ceder a hábitos bacocos. Vai daí, martelam o sistema – como fazem com a nossa vida diariamente – e arranjam maneira de nem chegar ao 13. Estes gajos são ridículos.

    Gostar

  9. lucklucky permalink
    21 Abril, 2009 15:52

    Touché Diogo.

    Gostar

Trackbacks

  1. Memória Virtual | Reunião com Johannes Laitenberger (Porta-voz da Comissão Europeia)
  2. Mosselen (6) « BLASFÉMIAS
  3. Reunião com Johannes Laitenberger (Porta-voz da Comissão Europeia) « Memória Virtual
  4. Reunião com Johannes Laitenberger (Porta-voz da Comissão Europeia) | Memória Virtual

Indigne-se aqui.

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: