Saltar para o conteúdo

A idiotice do ano!

14 Janeiro, 2010

TGV: “Lisboa pode mesmo «transformar-se na praia de Madrid“.

Não foi um ouvinte da tsf, nem nenhum daqueles rodapés de sms  idiotas nos foruns televisivos. Foi alguém que é ministro das Obras Públicas, mas que parece denotar total desespero para justificar o injustificável.

Anúncios
78 comentários leave one →
  1. Anónimo permalink
    14 Janeiro, 2010 19:43

    Mais um lacaio dos espanhóis que deixou cair a máscara!

    Gostar

  2. balde-de-cal permalink
    14 Janeiro, 2010 19:44

    na minha aldeia levava porrada nos …

    o teatro tide continua

    o pm tal como Palinuro abandonou há muito o leme e o barco corre o risco de se afundar

    despareceu dinheiro
    santarem
    ministérios da justiça e das finanças

    rebaldaria

    Gostar

  3. PML permalink
    14 Janeiro, 2010 19:45

    Transformar-se na praia de Madrid é muito vago… que tal uma vaga de fundo, do género do “Allgarve” para tornarmos Lisboa a “Costa da Caparica” de Madrid?

    Gostar

  4. 14 Janeiro, 2010 19:55

    3. PML:

    A Costa da Caparica da Europa, masé. Gostam muito destes títulos.

    Note-se que Lisboa é precisamente a zona do país mais carente de desenvolvimento, neste momento. É preciso ter lata.

    Gostar

  5. Pi-Erre permalink
    14 Janeiro, 2010 20:01

    O ministro até que tem razão. Já houve uma praia em Xabregas, em tempos idos. Depois passou para Belém e agora para Algés. É só recuperá-las.

    Gostar

  6. 14 Janeiro, 2010 20:19

    E há outra declaração deste novel ministro: quando os utentes do TGV ultrapassarem “a barreira psicológica”(!??) para usá-lo…

    Será que este ministro conhece o território espanhol ? A costa marítima espanhola ? O turismo espanhol ?
    E que tal se passasse um atestado de menoridade intelectual e cultural aos seus pares no Conselho de ministros ?

    Esta malta anda a gozar connosco ! Só pode ! — e goza, porque sabe que só ‘meia-dúzia’ estão atentos ao que fazem, dizem, e quando dizem… “jamé”.

    Gostar

  7. 14 Janeiro, 2010 20:25

    Porra !, imaginem se a este ministro tivessem juntado Luís Nazaré como ministro da economia, como alguém terá alvitrado aquando da constituição deste governo…

    Gostar

  8. 14 Janeiro, 2010 20:29

    Deve ser por isso que eu, esta tarde, li num daqueles écrans televisivos das estações do “metro” de Lisboa, que o TGV vai criar 3000 empregos em 2015.
    A paranóia propagandística do socretinismo não tem limites.

    Gostar

  9. 14 Janeiro, 2010 20:39

    Acho risível a argumentação deste professor doutor. E sou a favor do TGV, se e quando houver dinheiro.

    Mas o que se pode esperar de um tipo que aparecia de sorriso aberto imediatamente atrás de João Rendeiro, numa reportagem que a TV passou a dias referente ao lançamento do livro “Testemunho de um Banqueiro”, livro que saiu quando o sucesso do referido banqueiro já estava à taxa zero.

    Para quem é que este tipo pensará que está a falar com esta argumentação idiota. Agora vamos investir milhares de milhões para os madrilenos poderem vir para o Guincho?

    E, já agora, sr ministro, Madrid poderá transformar-se no quê para os lisboetas?

    Porra não acertam uma!

    Gostar

  10. Kowalski permalink
    14 Janeiro, 2010 20:46

    vamos ser uma espécie de republica dominicana na europa

    Gostar

  11. 14 Janeiro, 2010 20:52

    Presidente da Amadora arguido em processo com nove anos
    Joaquim Raposo confirmou à TVI que vai prestar declarações em breve

    Nove anos depois do início das investigações, o presidente da câmara da Amadora é arguido no inquérito aberto às relações entre a autarquia e grandes empresas de construção civil. Joaquim Raposo confirmou à TVI que deverá prestar declarações em breve ao Ministério Público. Para além do presidente da câmara, o vereador do urbanismo e alguns empreiteiros locais foram citados como arguidos.

     Joaquim Raposo eleito pelo partido socialista vai prestar declarações como arguido para determinar se há ou não corrupção em grande escala entre a autarquia e empreiteiros com urbanizações no concelho.

    Em 2004 e 2005, o presidente da câmara, vários vereadores e empreiteiros tinham já sido objecto de buscas, tendo a Polícia Judiciária apreendido computadores e grande volume de documentação. Mas o processo arrastou-se, correndo o risco de prescrever.
    http://www.tvi24.iol.pt/sociedade/corrupcao-joaquim-raposo-ultimas-amadora-arguido-tvi24/1131579-4071.html

    Gostar

  12. lucklucky permalink
    14 Janeiro, 2010 20:52

    A Guerra no Orçamento pelo TGV começou. Se o PSD ou CDS cedem(isso significa votar a favor ou abster-se) como espero mostrarão mais uma vez a sua completa inutilidade.

    “E sou a favor do TGV, se e quando houver dinheiro.” Só pode estar a brincar. Faça as contas a quanto dinheiro ficaria nos bolsos de cada família Portuguesa em vez de colocá-lo num poço sem fundo?

    Já se esqueceu dos Estádios do Euro?

    Gostar

  13. Anónimo permalink
    14 Janeiro, 2010 20:57

    há 20 , 30 anos …talvez.
    hoy los madrileños que no tienem casita em marbella ó manga del mar menor , u otro cualquier sítio de moda y movida , se van al caribe , coño.

    Gostar

  14. 14 Janeiro, 2010 21:00

    Empresa da mãe de Sócrates citada no processo de corrupção na Amadora

    A empresa da mãe do primeiro-ministro, que está a ser investigada no âmbito do Freeport, surge envolvida num processo de corrupção na Câmara da Amadora, o qual abarca outras figuras relevantes do PS

    A equipa que está a investigar o caso Freeport suspeita que José Paulo Bernardo Pinto de Sousa, primo do primeiro-ministro, possa ser o parente que o arguido Charles Smith acusa de ter sido o receptor das ‘luvas’ alegadamente entregues a Sócrates para conseguir o licenciamento do projecto de Alcochete.

    José Paulo Bernardo está também referenciado num outro processo, que desde 2001 corre no Departamento Central de Investigação e Acção Penal (DCIAP), onde se investigam indícios de tráfico de influências, corrupção, financiamento a partidos e branqueamento de capitais, e que tem como figura principal o actual presidente da Câmara da Amadora, Joaquim Raposo.

    Raposo é um dos vários suspeitos deste vasto processo, cuja investigação se tem arrastado apesar de já terem sido constituídos oito arguidos. Em causa, soube o SOL, estão os actos
    ilícitos praticados por uma rede de pessoas ligadas à Câmara da Amadora e a empresas de construção civil, e que envolve também elementos da Direcção Regional de Ambiente e Ordenamento do Território, a que presidiu Fernanda Vara.

    Esta arquitecta – uma das arguidas no processo da Amadora – integrou a comissão que deu parecer favorável ao Estudo de Impacto Ambiental que permitiu o licenciamento do projecto
    Freeport, em Alcochete.

    Nas buscas desencadeadas pela Polícia Judiciária, em 2004, às empresas suspeitas neste processo e a vários serviços da Câmara da Amadora, o computador do presidente, Joaquim
    Raposo, foi um dos que mais provas deu aos investigadores. Foi aqui, soube o SOL, que surgiu a referência à Mecaso – uma das empresas de Maria Adelaide Carvalho Monteiro, mãe de José Sócrates, e José Paulo Bernardo, o primo de quem agora se suspeita.

    Joaquim Raposo, que o SOL não conseguiu contactar antes do fecho da edição após várias tentativas, ao ter conhecimento da notícia afirmou que «o único computador que foi levado era o do presidente da Assembleia Municipal, António Preto», e não o seu.

    Confrontado com uma escuta que existe no processo, o presidente da Câmara de Amadora adianta ainda que «nunca» ouviu falar da MECASO nem conhece o primo do primeiro-ministro. «Logo, não lhe podia ter telefonado», afirma.

    Em relação a Fernanda Vara, Raposo diz apenas ter tido contacto enquanto autarca, para lhe «pedir alguns pareceres».
    http://www.sol.sapo.pt/PaginaInicial/Sociedade/Interior.aspx?content_id=131046

    Gostar

  15. 14 Janeiro, 2010 21:22

    «quando os utentes do TGV ultrapassarem “a barreira psicológica”»

    Cum caneco, a “Barreira psicológica”, a minha, acaba de ser ultrapassada.
    Assim passei a entender as contas da RAVE:
    2033, entre Lisboa e Madrid e Porto Madrid,
    25 mil passageiros dia em cada um dos eixos.
    12.500 em cada sentido.
    Sejamos honestos e reconheçamos esta carola do Lino II.
    Los madrilistas a ir e regressar no mesmo dia à Costa da Caparica, os lisboetas e os portuenses a ir tomar a bica en las Cibeles. Por supuesto.
    E na máquina, à frente do 1º TGV, sua majestade o príncipe Sócrates,
    com o factor Barroso na coxia.
    Há-dem ir longe, os eleitores que puseram estes trastes no comando.

    Gostar

  16. Licas permalink
    14 Janeiro, 2010 21:28

    8.Alves Pimenta disse
    14 Janeiro, 2010 às 8:29 pm
    Deve ser por isso que eu, esta tarde, li num daqueles écrans televisivos das estações do “metro” de Lisboa, que o TGV vai criar 3000 empregos em 2015.
    A paranóia propagandística do socretinismo não tem limites.
    ******************************

    Nem os Stalinistas na ex-U.R.S.S.
    am assim sujeito s tal propaganda intensamente despudorada !
    O T.G.V. mesmo que venha a ser útil,
    NÃO É, DE CERTEZA, A OPÇÃO MAIS PRUDENTE, NESTE MOMENTO DE CRISE. ESPEREM, POR DEUS!!!
    ESPEREM!!! UTILIZEM O DINHEIRO EM
    PROJECTOS RENTÁVEIS A CURTO PRAZO.
    PRUDÊNCIA!!!

    Gostar

  17. 14 Janeiro, 2010 21:34

    A quem é útil o TGV?
    A quem fabrica as carruagens e as linhas, aos alemães e aos franceses e aos espanhois que deslocalizam todas as representações que passam a ter sede em Madrid, vêm pela manhã até Lx e vão à noite para Madrid! – João Salgueiros, jornal da TVI

    Gostar

  18. 14 Janeiro, 2010 21:36

    TGV: “Lisboa pode mesmo «transformar-se na praia de Madrid“.

    Mais um doido ou como justificar o injustificável a pedido do minino de oiro!

    Gostar

  19. Anónimo permalink
    14 Janeiro, 2010 21:52

    Olhe, vá de calhambete que no Porto gostam muito.

    Gostar

  20. Anónimo permalink
    14 Janeiro, 2010 22:03

    ups! calhambeque!

    Gostar

  21. crizzum permalink
    14 Janeiro, 2010 22:11

    Se ouvirem até o fim o ministro ainda tem umas pérolas. Sobre as empresas que antigamente vendiam palha, o combustível na altura das carroças. E considerar que os agentes económicos da altura, os que estavam ligados às carroças, ficaram “extremamente tristes” quando apareceu o comboio….

    mais um MOP bacoco

    Gostar

  22. al harem permalink
    14 Janeiro, 2010 22:15

    Yo soy un españolito xuxa e mucho me gusta vostro ministro tan guapo. Lo año passado estuve ne la playa en algés, una de las mejores del mundo como todos saben e me quedé dormido al sol boca arriba en la playa y sufri muchas quemaduras! Nel servicio nacional de salud pergunté ? “Qué puedo hacer?”
    El médico cubano me recomendió – unte todo su cuerpo con una crema de Aloe Vera, tómese 2 pastillas de Viagra y, lógicamente, duerma boca arriba.
    – Lo del Aloe Vera y dormir boca arriba, lo entiendo, pero… ¿para
    qué las 2 pastillas de viagra?.
    Y el medico respondió: Para que la sábana no le toque el cuerpo…
    Pero qui si fuera ahora com lo ministro e sus muchachos no me importava nada! Las playas portuguesas son las mejoras, coño!

    Gostar

  23. 14 Janeiro, 2010 22:15

    Finalmente alguém explicou com clareza a importância do TGV para Madrid.

    Gostar

  24. 14 Janeiro, 2010 22:16

    Este circo governativo continua em grande agora é este doutor professor que fala como estivesse no café com os amigos a beber uns copos.

    Mas na verdade a ideia de portugal ser desenvolvido como uma praia de engates está de acordo com estes gajos porreiros (vulgo PS)

    Gostar

  25. agonia permalink
    14 Janeiro, 2010 22:18

    Porque não te callas, mendonza? Será que este cromo quer rivalizar com o jamé? É de ficar agoniado, que mal fizemos nós para ouvir tanta alarvidade?

    Gostar

  26. Anónimo permalink
    14 Janeiro, 2010 22:22

    O Ministro pode muito bem ser transferido para um hospital de Madrid a alta velocidade.

    Gostar

  27. 14 Janeiro, 2010 22:22

    http://bulimunda.wordpress.com/2010/01/14/frase-pos-acordo-de-7-de-janeiro/
    Mal por mal… nós andamos é roidinhos de inveja oor não sermos espanhóis…

    Gostar

  28. no.toutiço permalink
    14 Janeiro, 2010 22:28

    Animosidades, preconceitos, hostilidades à parte o Ministro até ‘pode’ ter razão. As críticas inscrevem-se na linha das críticas a Sócrates pelo seu optimismo motivador.Sejamos objectivos:não é realista captar muitos milhares de potenciais turistas (de turismo popular)espanhóis para as excepcionais e longuíssimas praias da Costa? Quem falou das praias do sul de Espanha não as deve conhecer.Torre de Molinos? Ah!Ah!Ah!
    Ou governar não é também (e sobretudo) ser visionário quanto ao futuro? Ai se outros países (Israel por exemplo) tivessem aquela Costa!

    Gostar

  29. 14 Janeiro, 2010 22:32

    Já temos um sucessor de Mário Lino…

    Gostar

  30. 14 Janeiro, 2010 22:36

    Não sairia mais barato construir uma praia artificial em Madrid?

    Gostar

  31. 14 Janeiro, 2010 22:43

    Ai se outros países (Israel por exemplo) tivessem aquela Costa!

    Mas é só um instantinho.
    De Madrid para Paris depois Bucareste, Istambul e já está.
    O que é preciso, como diz aí um patrício, é sonhar.

    Gostar

  32. lucklucky permalink
    14 Janeiro, 2010 22:45

    “optimismo motivador”

    Só lembra Hitler a falar de Divisões que já tinham sido destruídas como se ainda estivessem funcionais…

    “não é realista captar muitos milhares de potenciais turistas (de turismo popular)espanhóis para as excepcionais e longuíssimas praias da Costa?”

    Como é que isso tem funcionado com aviões? Já agora pergunte-se porque é que não há Ryanair e outras em Lisboa, nem nenhum candidato à Câmara de Lisboa falou no assunto.

    “Deve ser por isso que eu, esta tarde, li num daqueles écrans televisivos das estações do “metro” de Lisboa, que o TGV vai criar 3000 empregos em 2015.”

    Só a extraordinária indigência dos jornalistas é que permite coisas dessas andem por aí. Porque é que ninguém pergunta quantos milhares de empregos o TGV vai tirar?
    O dinheiro que vai para o TGV não fica no bolsos dos Portugueses ou seja noutro lado.
    Por haver menos dinheiro no bolsos dos Portugueses por causa do TGV, menos gastarão em restaurantes, pousadas etc…

    Gostar

  33. Kolchak permalink
    14 Janeiro, 2010 22:47

    Vergonha! Vergonha! Vergonha! Vergonha! Vergonha!

    Só vejo Miguéis de Vasconcelos a vender a Pátria todos os dias!

    Gostar

  34. luikki permalink
    14 Janeiro, 2010 22:48

    este até está bem….
    não destoa das patacoadas do lino…

    Gostar

  35. Gabriel Silva permalink*
    14 Janeiro, 2010 22:48

    (28) “ai se outros países (Israel por exemplo) tivessem aquela Costa!”

    sim, seria promovida a linha tgv Bagadad-Haifa sob o slogan: “a praia de Bagadad”

    Gostar

  36. Anti-Barrigas Grandes permalink
    14 Janeiro, 2010 23:02

    O que é que estão à espera para derrubar este governo?

    Será que os partidos da oposição vão trair o seu eleitorado e sustentar os xuxas até 2013?

    Gostar

  37. Mr. Hyde permalink
    14 Janeiro, 2010 23:11

    As praias de Lisboa e as tripas do Porto.

    Gostar

  38. per caso permalink
    14 Janeiro, 2010 23:15

    Melhor, quanto a mim, foi a sua resposta à questão ponderosa do jornalista quanto ao vazio da época invernal, ao que o fino ministro atalhou com o atractivo dessa autêntica estância de Inverno, a esquecer a Sierra Nevada, qual é a pista de gelo do Centro Estoril-Cascais.

    Gostar

  39. 14 Janeiro, 2010 23:17

    Deve ser um vírus que anda pelo ministério. Apanharam-no os dois ministros.

    Já agora: o mapa de Portugal redesenhado depois de Mário Lino e depois de António Mendonça http://fliscorno.blogspot.com/2010/01/portugal-actualizado-novamente.html

    Gostar

  40. chouriço permalink
    14 Janeiro, 2010 23:24

    # 36, todos estão a trair-nos há muito tempo, cada um à sua maneira, todas as maneiras são ignóbeis. Quem vai derrubar este governo são as swaps e já começou hoje.
    “Spread” da dívida pública portuguesa quase duplica em dois meses
    Os investidores estão a exigir uma maior rentabilidade para comprar divida pública portuguesa, com o diferencial entre as “yields” das obrigações portuguesas face às alemãs a aumentar fortemente nos últimos dias. Hoje situa-se em 82 pontos base, quase o dobro do registado há dois meses. J. Negócios.

    Gostar

  41. Aqui Estou permalink
    14 Janeiro, 2010 23:26

    A Idiotice do Ano é ouvir practicamente toda a gente que diz que é PPD-PSD!

    Então aquela do Conspirador-Cavacas que “tinha os computadores ..vulneráveis!!!!!!!” …..pra justificar a INVENTONA DE BELÉM…tsc..tsc..tsc….mais vale andarem caladinhos.

    Gostar

  42. Anónimo permalink
    14 Janeiro, 2010 23:35

    28 , o turista popular vá al pueblo a visitar la família , no a la playa…y los otros se tumban al sol en murcia y valencia , o al norte , galicia e vascongadas o al estranjero . ou pensa que a moda do brasil e méxico é só cá? e quem vai para a praia em lisboa? alugam um carro depois prás voltinhas? um bocadinho pró carote , não ? e os preços dos hóteis em lisboa e arredores ? upa , upa!!

    http://www.actualidad24horas.com/mas-del-70-de-los-madrilenos-saldran-de-vacaciones-este-verano-segun-estimaciones-de-la-camara-de-comercio/11424/

    Gostar

  43. não estranho nem estranhar permalink
    14 Janeiro, 2010 23:35

    Ó Gabriel,
    gosto da placa, em árabe, mas chamar Madrid àquilo lá em baixo também é desconsiderar a capital ibérica por demais… Se acrescentassem uma nota da mudança de fuso horário, ainda vá…

    Gostar

  44. não estranho nem estranhar permalink
    14 Janeiro, 2010 23:37

    Então, depois da asas terem voado do Porto para Lisboa, com o tgv querem combater agora o Allgarve tão publicitado por outro ex-ministro?

    Gostar

  45. Anónimo permalink
    14 Janeiro, 2010 23:45

    e mais , com aviões baratíssimos , se quisessem ir de férias sem pópó , já lisboa era a praia de madrid. não é preciso tgv para nada nesse assunto de mollhar os pés.

    Gostar

  46. Rxc permalink
    14 Janeiro, 2010 23:54

    41, é que já nem se dignam a alinhavar duas críticas com sentido? É só bota-baixismo primário. Devia ser moderno e progressista, e deixar-se de defender políticas retrógradas e anacrónicas, como a que defende o betão a todo o custo. Modernize-se homem, que isso de cavar buracos para combater a depressão é coisa do século passado!

    Gostar

  47. Réplica permalink
    15 Janeiro, 2010 00:00

    Mais um Palhaço com o carimbo Socrateiro… Palhaço e estúpido.

    Gostar

  48. Réplica permalink
    15 Janeiro, 2010 00:05

    Epá já me esquecia …. e o gajo da Mota-Engil o Coelho o girente… amigo do Socrateiro, e da terra do Vara… os inocentes…hehehehehe.

    Gostar

  49. 15 Janeiro, 2010 00:08

    Que da ocidental praia lusitana…

    Em busca de escaldões
    nesta costa ocidental,
    virão vastas multidões
    para delírio total!

    Um TGV auspicioso
    para tamanhas aventuras,
    há que estar atencioso
    pois serão tantas as farturas…

    Real ou imaginada
    a crise está presente
    de forma iluminada
    e bastante reluzente.

    Gostar

  50. 15 Janeiro, 2010 00:13

    Para quê Marbella quando se pode ir para Lisboa? Este ministro é um ente infra-humano.

    Gostar

  51. Xico permalink
    15 Janeiro, 2010 00:22

    ——————-
    O gaijo até é capaz de ter razão se considerarmos a poluição das águas do Tejo por causa das canalizações e despejos. O inginheiro Sócrates está seguramente à espera da oportunidade para rever a situação e projectar as obras necessárias – é sempre a encher…
    Os madrilenos já andam chateados com a merda do Manzanares e assim têm a alternativa do vir ao Tejo que tem muita merda mas tem muito mais água e sempre podem ir fazer umas compritas ali ao Martim Moniz, aos monhés que sempre são primos do Costa da câmara.
    Xico

    Gostar

  52. 15 Janeiro, 2010 00:29

    Desde há décadas que há uma colónia de turistas espanhóis, durante o mês de Agosto na Figueira da Foz. É a praia mais perto, de gente que more em Salamanca, por exemplo.

    Quanto aos madrilenos na praia de Lisboa(?), convinha prolongar o TGV até ao Estoril.

    Gostar

  53. Anónimo permalink
    15 Janeiro, 2010 00:38

    “ai se outros países (Espanha por exemplo) tivessem aquela Costa!”

    Estavam cheios de portugueses. É só ir a Benidorm.

    Gostar

  54. carlos graça permalink
    15 Janeiro, 2010 00:41

    Tantos coletes de força pendurados no cabide, e estes pseudo-políticos de perna-à-solta!…

    Gostar

  55. 15 Janeiro, 2010 00:44

    Já??? Mas ainda só estamos em Janeiro…

    Gostar

  56. Aqui Estou permalink
    15 Janeiro, 2010 00:50

    E isto não é nada comparado com o que a Coligação da Tanga disse, na voz de Ferreira Leite em 2003, quando anunciou o TGV com 5 linhas!!! na Figueira da Foz, ao lado Aznar!!
    Dizia ela que então que a taxa de desempregro iría baixar consideravelmente e o PIB tería um crescimento de 2%!!! Para além de que Portugal iría beneficiar da entrada de Turista que iriam frequentar as prais portuguesas e jogar no Casino de Lisboa e no da Figueira da Foz!!!

    AHHHH LEOA!!!!!

    Gostar

  57. 15 Janeiro, 2010 01:05

    Que visão estratégica e de futuro!

    Será anedota???

    Gostar

  58. 15 Janeiro, 2010 01:10

    Portugal actualizado – novamente

    http://www.fliscorno.blogspot.com/2010/01/portugal-actualizado-novamente.html

    Gostar

  59. 15 Janeiro, 2010 01:36

    Para quem julgava que não era possível pior, enganou-se redondamente. Eu fui um deles.

    Gostar

  60. Anónimo permalink
    15 Janeiro, 2010 02:12

    este é um país em que já nem a terra vale alguma coisa. não há cultivo , não tem valor ; e com a população a diminuir , casas já construidas para todos e mais alguns e como não se prevê que cada um de nós tenha 3 casas , para construir também já não tem grande valor.

    Gostar

  61. tina permalink
    15 Janeiro, 2010 07:24

    Era realmente espectacular chegar a Lisboa de TGV e, depois de conseguirem chegar à Caparica, ter de apanhar aquele comboizinho que tem de parar cada vez que um cão se atravessa na linha.

    Gostar

  62. Rxc permalink
    15 Janeiro, 2010 09:21

    56, e? You point being? O erro de uns justifica o de outros? Vamos continuar a cometer as mesmas asneiras, só porque os anteriores também o fizeram? Isso é tão retrógrado e conservador…Modernize-se homem!

    Gostar

  63. PML permalink
    15 Janeiro, 2010 10:01

    #61,

    Nah, como somos um país rico e o TGV entra em Lisboa pela margem sul do Tejo, que tal uma extensão do mesmo passando pela Costa, com paragens na praia Nova, na Nova Praia, praia do Rei, Rainha, Cabana do Pescador e Fonte da Telha?

    Isto sim, é que era rentabilizar o TGV nos meses de Verão!!

    Gostar

  64. Romao permalink
    15 Janeiro, 2010 10:24

    Lisboa – Madrid, 10 Março. 40 € ida e volta pela vueling e 38 € pela Easyjet. Aguardo que o TGV seja, no mínimo, o mesmo valor. Porque pode haver quem acene com qualquer critério para justificar o investimento, mas o que me vai fazer decidir é a bilheteira. O resto é demagogia em papel de rebuçado.

    Gostar

  65. lucklucky permalink
    15 Janeiro, 2010 10:35

    “Porque pode haver quem acene com qualquer critério para justificar o investimento, mas o que me vai fazer decidir é a bilheteira.”

    Resolve-se facilmente esse “Problema”.
    É só umas taxas sobre o bilhete de avião e mais umas no aeroporto e subsídios a fundo perdido para o TGV 😀
    É só olhar para os Defices no Transportes Públicos…

    Tornar as coisas mais baratas é muito difícil por isso o Estado torna tudo mais caro…

    Gostar

  66. javali permalink
    15 Janeiro, 2010 10:45

    Afinal o Basco de ontem tinha razão…

    Gostar

  67. Anomino permalink
    15 Janeiro, 2010 10:54

    .
    À excepção das redes suburbanas o que verdadeiramente está em causa é se faz sentido a REDE FERROVIARIA NACIONAL DE PASSAGEIROS no sec XXI.
    .
    O comboio para passageiros fez sentido quando no sec XIX viajar por estrada Porto/ Lisboa ou Faro/ Porto significava dias de viagem ou nos idos anos 70 Lisboa a Coimbra demorava cerca de 5/6 horas ou Porto a Faro 12/14H etc. Para já não falar de Braga, Bragança, Guarda, C Branco, Portalegre, Beja ou Faro
    .
    Hoje não se justificam nem fazem qualquer sentido politico os prejuízos milionários dos comboios de passageiros portugueses pagos pelos aumentos disparatados de Impostos dos Cidadãos, Famílias e Empresas.
    .
    Obra nacional não são TGV’s.
    .
    É este Ministério decididamente ter coragem para pura e simplesmente encerrar definitivamente a rede ferroviária nacional de passageiros, excepto as suburbanas. Deixar no bolso dos Portugueses os impostos correspondentes ao prejuízo público a caminho do bilião de euros anuais para ‘irem brincar aos comboios’.
    .
    Convem ninguém esquecer que GOVERNAR BEM tem como unico objectivo final aumentar o dinheiro mensal no bolso de cada, e de todos, os Cidadãos, Famílias e Empresas.
    .

    Gostar

  68. honni soit qui mal y pense permalink
    15 Janeiro, 2010 11:05

    Para um Povo obsequioso e servil , basbaque dos turistas que o visitam , sabujo e de toalhinha no braço e a pensar que o que está a dar é viver da nojeira servil do tôrismo … convirá que o ministro só disse a verdade .

    Repugna … mas é verdade .Basta ver os telejornais e os destaques dados a tudo o que é iniciativa de comes e bebes e coisas eventeiras por todo o rectangulo.

    Gostar

  69. 15 Janeiro, 2010 11:06

    O anónimo #67. deve estar preocupado com a baixa na venda de automóveis.
    Se vendesse comboios estaria a pedir o TGV para os suburbanos.

    Gostar

  70. tina permalink
    15 Janeiro, 2010 11:26

    “que tal uma extensão do mesmo passando pela Costa, com paragens na praia Nova, na Nova Praia, praia do Rei, Rainha, Cabana do Pescador e Fonte da Telha?”

    ahahahaha!….

    Gostar

  71. DesconfiandoSempre permalink
    15 Janeiro, 2010 12:46

    Já quando foi do evento do comboio, reclamaram. Reclamaram os carroceiros, os vendedoras de palha, os carpinteiros, os curtidores, os ferradores, os ferreiros, os comerciantes de ferraduras e cravos, as bestas e até as moscas, por falta de bestas e de bostas
    Mudam-se os tempos, mas vai-se a ver sâo sempre os mesmos!

    Gostar

  72. Anomino permalink
    15 Janeiro, 2010 13:21

    .
    O Senhor Piscoiso #69 é um criativo de factos imaginários.
    .
    Nunca dei subsidios para abate de carros velhos preocupado com a baixa de carros novos. Nem trabalho em stands sequer para vender carros, peças ou pisca-piscas. Nem tenho estaminé de intermediação, comissionista ou agenciamento de TGV’s, comboios ou comboiozinhos Merklin. Ou sequer tacho publico ou partidário ou jornaleiro
    .

    Gostar

  73. António permalink
    15 Janeiro, 2010 14:26

    ..e vai-se transformar também em uma lixeira, como as praias do medterrâneo espanhol? Não seria mais rentavél que se transformar-se em uma casa de putas como as centenas que há em Espanha para o turismo de bebedeira e droga? Se tem que se transformar…

    Gostar

  74. 15 Janeiro, 2010 16:45

    é uma evolução. Lisboa passa de escapadela de Páscoa a Resort de Veraneio.

    Gostar

  75. Raoul de Joinville permalink
    16 Janeiro, 2010 12:27

    Os madrilenos são mais exigentes do que isso.

    Lisboa, para eles, nem para praia serve…

    Gostar

  76. António permalink
    17 Janeiro, 2010 12:29

    “Os madrilenos são mais exigentes do que isso.”

    Não pense. Agora exigem menos. Se podem comer-se um “bocadillo”, pagar a hipoteca de um apartamente devaluado e chegar ao dia 15 de cada mês com um pedaço de “tortilla” no frigorifico, já são felizes.

    Gostar

  77. Réplica permalink
    17 Janeiro, 2010 22:48

    Porquê? os Antónios têm uma visão do mundo à sua dimensão……

    Gostar

  78. indigente permalink
    17 Janeiro, 2010 22:57

    Não se esquecem que é o sucessor do “Jamé”. Só um ministro do Pinto de Sousa poderia dizer tal barbaridade. Temos “Jamé II”

    Gostar

Indigne-se aqui.

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: