Skip to content

Coitadinha da diáspora

19 Dezembro, 2011

Este país adora ser enganado. Irrita-se quando alguém diz o óbvio. Mesmo agora que vivemos do que nos emprestam continuamos a cultivar a alienação. Passos Coelho, segundo Marcelo Rebelo de Sousa,  Ia borrando a pintura porque disse o óbvio: muitos professores sem lugar para serem professores em Portugal têm possibilidades de trabalho nos países que falam português. Décadas de conversa redonda viciaram-nos no gosto pelo engano. Se passos Coelho tivesse dito Vamos desenvolver de sinergias no espaço da lusofonia com particular destaque nas novas gerações de professores ou  vamos lançar um programa de mobilidade de quadros potencializando as dinâmicas no âmbito do mundo de língua portuguesa  ou mais poeticamente a nossa aposta é na língua que é de facto a nossa pátria. E esse espaço da pátria língua que nos liberta da geografia é um imenso mundo de oportunidades para os jovens professores ninguém se tinha indignado.

Mas para lá desta questão da linguagem temos ainda um outro paradoxo: há séculos que os portugueses emigram para terras onde são o que for preciso. Todos os dias parte agora gente para Angola. Há anos que os governos de Portugal mandam os empresários investir em novos mercados e em novas terras. Durante décadas as remessas dos emigrantes (ou da diáspora termo que sempre dá um mais cultural à emigração) foram fundamentais para que o país vivesse melhor. E de repente causa estranheza a António José Seguro, Mário Nogueira e Marcelo Rebelo de Sousa que um PM diga que os professores que não têm lugar em Portugal podem trabalhar nos países que falam português? Ele há sinergias muito irritantes.

Anúncios
83 comentários leave one →
  1. honni soit qui mal y pense permalink
    19 Dezembro, 2011 16:56

    De facto .
    Mas é triste que tantos portugueses tenham ora de encarar Portugal como a terra do nascimento e da morte .
    De facto o velho do restelo não tinha razão .
    Mas sempre foi assim desde 1415 até 1974/5.Porque haveria de ser diferente .
    Custa pensar no sangue derramado para manter um Império , para agora estarmos reduzidos a um rectangulo cuja mais valia é um cabhão na Nazaré , e um avnçado do Real Madrid.

    Gostar

  2. afédoshomens permalink
    19 Dezembro, 2011 17:00

    sempre julguei que helenafmatos fosse professora. como votou no coelho este ora manda-a para angola, para o meio da selva.
    acho muito justo para todos os prof.s que votaram nele

    Gostar

  3. afédoshomens permalink
    19 Dezembro, 2011 17:03

    e como existem muitas prof.s com cabelos curtos e caras de rapazes-chamam-se lésbicas,deduzo que o coelho também as mande para áfrica!

    Gostar

  4. Antonio Maria permalink
    19 Dezembro, 2011 17:04

    Grande Helena.
    É preciso de mais gente como ela para dizer alto e bom som o que TODA a gente pensa e não diz, ainda viciada (ou controlada) pelos tempos do Socratismo

    Gostar

  5. afédoshomens permalink
    19 Dezembro, 2011 17:08

    estou a tentar contactar aquela senhora a quem o coelho ofereceu uma enxada para ela cavar terra,para ma emprestar para lhe acertar com ela no meio daqueles cabelos rarefeitos-de-homem-falhado na selecção natural.

    Gostar

  6. Carlos permalink
    19 Dezembro, 2011 17:10

    A Helena neste seu post mostra o que faz toda a diferença ao pôr-se numa suposta narrativa de Primeiro ministro: “Vamos desenvolver…” ou “A nossa aposta…”. Ora o que o Passos Coelho disse não foi “nós vamos…”, foi “vós desenrasquem-se…”, que eu não sei o que fazer além de vos anunciar a pobreza para os próximos anos…. Até a Helena ao tentar defender o indefensável mostra como se devia fazer política. Um bom Natal para si.

    Gostar

  7. 19 Dezembro, 2011 17:15

    É assim mesmo helena.
    Primeiro castigaram os funcionários públicos,
    Mas não falei, por não ser funcionária pública.
    Depois, foram os reformados,
    Nada disse então, por não ser reformada,
    Em seguida, castigaram os pensionistas
    Decidi não falar, porque não sou pensionista.
    Mais tarde, foi a vez dos jovens,
    Também me calei, por não ser já jovem.
    Então, um dia, vieram buscar-me.
    Mas, por essa altura, já não restava nenhuma voz,
    Que, em meu nome, se fizesse ouvir.

    Esse poema, devidamente adaptado é para si…

    Gostar

  8. 19 Dezembro, 2011 17:16

    “Ora o que o Passos Coelho disse não foi “nós vamos…”, foi “vós desenrasquem-se…”
    .
    Exactamente! É importantíssimo dar às pessoas a “carta de alforria” para que saibam tratar de si próprias. É que o “paizinho” não dura sempre.

    Gostar

  9. Regina Nabais permalink
    19 Dezembro, 2011 17:23

    Como sou filha, neta e bisneta de emigrantes, e eu mesma fui emigrante por dez anos, julgo ter compreendido bem o que disse o primeiro ministro, entendi que estava a anunciar uma alternativa muito válida e interessante para quem sendo professor e não esteja na disposição de mudar de profissão. Digo isto porque, por exemplo, só Angola precisa imediatamente de 14000 destes profissionais. No entanto, eu teria preferido que ele tivesse anunciado o esforço nacional de intercâmbio Lusófono ou medidas de integração no estrangeiro, que o governo estava a considerar com responsáveis dos países de língua portuguesa, e que pudessem favorecer que fossem os próprios a decidir-se pela opção de emigrar. Digamos que, sendo favorável à ideia, não penso que PPC se tenha explicado bem e, politicamente, deixou a desejar.

    Gostar

  10. Eleitor permalink
    19 Dezembro, 2011 17:39

    Comprovadamente, os portugueses não gostam de ouvir verdades. Preferem canções de embalar.
    PPC disse o óbvio: não há lugar para tantos professores cá dentro mas há oportunidades lá fora.

    Gostar

  11. joao manuel permalink
    19 Dezembro, 2011 17:51

    então e os professores que todos os anos assinam contratos para irem para as escolas de portugueses na Suiça ? …não são considerados emigrantes ?

    Gostar

  12. Arlindo da Costa permalink
    19 Dezembro, 2011 17:52

    Que envie o tiririca Marcelo para Angola ou para o raio que o parta!

    Gostar

  13. rachel permalink
    19 Dezembro, 2011 18:00

    achincalham o homem por ser frontal? parece-me óbvio; perante o desemprego tentar uma alternativa: emigrar. não percebo a indignação.

    Gostar

  14. Arlindo da Costa permalink
    19 Dezembro, 2011 18:01

    Alguns dos srs professores e professoras, os tais que fizeram a vida negra ao Sr. Engº José Sócrates, digníssimo ex-PM desta República, talvez preferissem que o actual PM, ilustrissímo africanista Passos Coelho, lhes enviassem para as «escolas portuguesas» na Suiça, Mónaco, Luxemburgo, Andorra e Liechstein….
    Esses professores que fizeram autênticas campanhas negrasd – até foram criados blogues para o efeito – devem pagar em vida todo o mal que fizeram a Sócrates e ao País.
    Deus não dorme!

    Gostar

  15. JHB permalink
    19 Dezembro, 2011 18:07

    O problema é que nós não pagamos ao primeiro-ministro para dizer o óbvio nem por conselhos de desenvolvimento profissional.

    Gostar

  16. 19 Dezembro, 2011 18:10

    nao me parece ser essa a questao. O homem e primeiro ministro e tem de ter atencao ao que diz institucionalmente. Se numa conversa de amigos ou a porta fechada aconselhar alguem a emigrar nada tem de mal. Agora, como PM?

    Gostar

  17. ann permalink
    19 Dezembro, 2011 18:13

    Dizer aos cidadãos de um país para estes o abandonarem, pela segunda vez. A primeira foi pelo Secretário do Desporto e da Juventude e a segunda é pelo próprio PM. É ou não é assumir que não se tem um projeto, que não se tem uma solução? A solução passa por ir para um país em que este não seja o nosso PM e este não seja o nosso governo. Assim, ele não tem que nos governar e nós passamos a pertencer à vida política de alguém que não elegemos e que não nos diz nada.
    A emigração, de uma maneira geral, é algo muito triste. Ninguém deve crescer numa sociedade para se erradicar noutra. Deixar até a sua terra sempre foi tradicionalmente encarado como algo de negativo. Exceções feitas a pessoas que emigram por razões de excelência, as pessoas que optam por isso e têm vidas cosmopolitas por opção. Os que emigram por desespero, são os filhos dos quais a pátria não soube cuidar. E não é mais do que triste.

    Gostar

  18. castanheira antigo permalink
    19 Dezembro, 2011 18:27

    Esta indignação só mostra que há alguns portugueses que preferem a aldrabice ,a mentira e a fantasia do que a realidade nua e crua . Preferem a falsa protecção de um aldrabão como por exemplo socrates ou cavaco . Mas foi essa fantasia que nos fez entrar neste inferno donde demorará a sair . Foram socialistas como estes dois que aumentaram impostos e diminuiram o preço do dinheiro , destruindo as poupanças dos portugueses e consequentemente a economia .

    Gostar

  19. anti-comuna permalink
    19 Dezembro, 2011 18:30

    Eu hoje vi uma coisa interessante. O bastonário da ordem dos médicos a candidatar-se a… Ministro das finanças! lololol
    .
    .
    Neste país vê-se cada coisa…

    Gostar

  20. 19 Dezembro, 2011 19:03

    Passos podia resolver o problema com uma só passada:
    Convidava helenafmatos para assessora de imprensa.
    Quiçá também jmf1957 para ministro da propaganda.

    Gostar

  21. Arlindo da Costa permalink
    19 Dezembro, 2011 19:04

    O Bastonário da Ordem dos Médicos, ao presidir ao Juramento de Hipócrates para novos médicos, falou de tudo menos de Medicina.
    Falou no Iva dos restaurantes e na economia paralela.
    Só não falou das consultas S/ recibo dos médicos aristocratas e muito menos no receituário por objectivos (objectivos das farmacêuticas!), e que desde há décadas tem sido um fartote.
    Daria para pagar o empréstimo à troika!

    Gostar

  22. Zé da Póvoa permalink
    19 Dezembro, 2011 19:04

    Ao que consta em Angola e em Timor também estão a ser precisos aprendizes de jornalismo. Não há quem queira, desde já, dar um passo à frente. Ou será preferível continuar por aqui a comer do que sobeja do pote?

    Gostar

  23. Nuno permalink
    19 Dezembro, 2011 19:06

    Vi e ouvi Pedro Passos Coelho, embora seja pouquíssimo o tempo que ligo a uma televisão.
    O Primeiro Ministro disse a evidência e pareceu-me notar um certo constrangimento pois uma evidência não se explica.
    Os professores, se não têm colocação e se querem continuar a leccionar têm de procurar onde. Se não há em Portugal, emigram para onde lhes apeteça e os aceitem.
    Além disso, supõe-se que tenham uma formação que lhes permita qualificação para outras profissões. Em Portugal ou no estrangeiro. Mas se insistem em não emigrar têm no seu país escolhas múltiplas desde a política a roçar mato, de torneiro mecânico a pintor, de bate-chapa a escritor e por aí fora. Só que, em Portugal, não têm trabalho como professores.
    Eu sou formado e estou no estrangeiro.
    E gosto. Inglaterra é excelente – ao contrário do que dizem alguns idiotas.

    Gostar

  24. afédoshomens permalink
    19 Dezembro, 2011 19:12

    tem muito engº a tomar no cú em londres,tem sim

    Gostar

  25. 19 Dezembro, 2011 19:15

    É como diz a minha tia Rosalina:
    Se não há lugar… ponha-se lá fora!

    Gostar

  26. António Parente permalink
    19 Dezembro, 2011 19:31

    A Helena F. Matos, com quem eu concordo na maioria das vezes, esquece-se que o PSD apresentou um programa eleitoral onde na página 67 apresentava um PCCE e na página seguinte estabelecia que um dos objectivos do PCCE seria “criação de emprego e redução do desemprego”.

    No programa de Governo esse objectivo – criação de emprego e redução do desemprego – também lá está escrito.

    Ponderado o exposto, parece-me que as declarações de Passos Coelho, na sequência de declarações anteriores de um secretário de estado, são uma declaração de impotência e ausência de propostas e de ideias para cumprir aquilo a que se propôs: criar emprego e reduzir o desemprego.

    Consequências? Parecem-me óbvias.

    Gostar

  27. O mentiroso permalink
    19 Dezembro, 2011 19:33

    Que havia gente com saudades dos barretes e meias mentiras que lhes foram sendo enfiados ao longo dos anos, eu sabia.
    Que um deles era o dr. Martelo eu não sabia.
    E não acredito que o seja.
    Quando muito, gostaria também de praticar o acto.
    Se a sua “sabedoria” era algo que já me enjoava um bocadito, a pressa em dizer baboseiras, deu para no futuro mudar de canal cada vez que leve com ele.
    Já quanto ao camarada dos professores “saltar” em cima do Passos Coelho por ter falado verdade, só tenho a dizer que tenho azar em não ter esse artista a defender-me por aos 56 anos ter sido obrigado a emigrar por não ter trabalho em Portugal.
    E não me considero menos pessoa ou cidadão por isso!
    Há é gente que devido ao “peso” dos seus sindicatos, conseguiram criar dentro da classe trabalhadora e “em seu nome” vários níveis de remunerações e mordomias que são autênticas obscenidades se comparadas.
    Embora culpe políticas (ou a falta delas) do ps em determinada região do país, que nesta idade, me atiraram para o desemprego e a emigração.
    O pc podia muito bem mandar esse camarada em missão de condolências à Coreia do Norte e deixá-lo por lá a organizar os profs lá do sítio!

    Gostar

  28. lucklucky permalink
    19 Dezembro, 2011 19:35

    Os professores também podem oferecer os seus serviços de leccionar cá em Portugal demonstrando muito mais qualidade que a porcaria de escolas que existem.
    Podem começar por dizer mandamos a porcaria do currículo do Kremlin da 5 de Outubro para o lixo e os seus filhos começam a ler e a fazer contas na 3ª classe sabem inglês no 6ºano e ao 9ºAno já podem entrar nas Faculdade.
    .
    Olhem o MIT
    Millions of learners have enjoyed the free lecture videos and other course materials published online through the Massachusetts Institute of Technology’s OpenCourseWare project. Now MIT plans to release a fresh batch of open online courses—and, for the first time, to offer certificates to outside students who complete them.
    http://chronicle.com/article/MIT-Will-Offer-Certificates-to/130121/
    .
    Quando todos os tugas começarem a estudar online e terem currículos de Universidades estrangeiras quero ver qual será a reacção das corporações.

    Gostar

  29. zazie permalink
    19 Dezembro, 2011 19:37

    Mas ele é conselheiro pessoal ou governante?
    .
    Se é governante, o mais que tem a fazer é cuidar do seu povo em vez de o exportar.
    .
    E, se queria falar nessa possibilidade, enquanto governante, só o podia fazer por via de políticas com esses países onde se facilitasse a entrada e os vistos.
    .
    Ora nem isto ele sabe. Nem sabe das dificuldades da entrada em África e nem está a tirar dividendos de os deixar entrar para apanharem os restos por tuta e meia.
    .
    E eu eté fiz post acerca do assunto mas apenas pela anedota do sindicalista a dizer que emigração pedagógica sempre houve mas por solidariedade.

    Gostar

  30. zazie permalink
    19 Dezembro, 2011 19:41

    O Coelho teve conversa de dona-de-casa e a HM gosta desse tipo de converseta que qualquer dona pode ter no cabeleireiro.
    .
    Foi exclusivamente isto. E foi um tiro no pé.
    .
    Já na campanha tinha tido aquela da enxada para a velhota. Agora repetiu a bacorada. Logo um tipo que se licenciou aos 40 anos e que deu aulas de uma inutilidade chamada “Ciências da Educação”.
    .
    Os ingleses cuidam de resgatar os seus, atempadamente. Este trata de empurrar pela porta fora.

    Gostar

  31. zazie permalink
    19 Dezembro, 2011 19:44

    E ainda disse maior anormalidade (foram só imbecilidades) que os profs são mão-de-obra altamente qualificada e podiam ir para os PALOPs.
    .
    Deve ser para ensinar português a brasucas…

    Gostar

  32. Carlos permalink
    19 Dezembro, 2011 19:45

    Está errado, afédoshomens. O engenheireiro engenheiro que gosta de tomar no cu está em Paris. Ah, e já agora escreva sem erros, sim?

    Gostar

  33. tina permalink
    19 Dezembro, 2011 19:46

    “seria “criação de emprego e redução do desemprego””
    .
    pois é, temos que pedir aos portugueses que procriem rapidamente para que os professores desempregados arranjem emprego. Força portugueses, não deixem mal os professores desempregados!

    Gostar

  34. tina permalink
    19 Dezembro, 2011 19:49

    E para quem não sabe, o rátio professores/alunos em Portugal é superior à média europeia.

    Gostar

  35. zazie permalink
    19 Dezembro, 2011 19:50

    Os profs não são mão-de-obra altamente qualificada em parte nenhuma do mundo, incluindo em Àfrica.
    .
    Os ingleses vêm cá buscá-los aos centros de emprego e até à Austrália porque ninguém quer uma profissão mais mal pga que os homens do lixo ou os bombeiros.
    .
    O que mais há é linhas SOS por toda a Europa e o nº de mortos nessa profissão “altamente qualificada” aumenta de dia para dia.

    Gostar

  36. zazie permalink
    19 Dezembro, 2011 19:53

    O problema é outro.
    .
    São 2, até:
    .
    1- O Estado secou todo o ensino particular e agora está sem cheta para aguentar o monstro (e não despedem os inúteis dos pedagogos e burocratas porque devem ser intocáveis). Nem mudam a estrutura totalitária e estatal dando lugar ao privado.
    .
    2- As empresas por cá só contratam gente em função do nome do curso e não há ligação alguma entre a universidade e o mundo do trabalho. Preferem vender doutoramentos a granel a analfabetos.

    Gostar

  37. nuno granja permalink
    19 Dezembro, 2011 19:55

    Nem mais, excelente post.

    Gostar

  38. zazie permalink
    19 Dezembro, 2011 19:55

    Mas os profs ainda têm de aturar outra coisa pior- as donas-de-casa desocupadas que se enfiam nas associações de pais e não passam de bimbas ressabiadas como é o caso da tinamonga.

    Gostar

  39. zazie permalink
    19 Dezembro, 2011 19:56

    A gaja procriou mas os filhos nem vão à escola. Aprenderam a ler numa fábrica de chouriços. Só pode.

    Gostar

  40. zazie permalink
    19 Dezembro, 2011 19:57

    A corporação das donas-de-casa de associações de pais é que podia ser exportada que não faz qualquer falta.

    Gostar

  41. Pi-Erre permalink
    19 Dezembro, 2011 20:05

    Desta vez concordo com a Zazie. De facto, o Passos , em certas matérias, não está a actuar como governante mas como mero conselheiro. É esse o papel de um governante? Creio bem que não.

    Gostar

  42. A. R permalink
    19 Dezembro, 2011 20:07

    A esquerdalha ainda não entendeu que nos enfiou numa fossa colossal. O Seguro coitadinho ainda está em estado de choque e o tio Bernardino chora compulsivamente pelo querido líder.

    Gostar

  43. dragão azul permalink
    19 Dezembro, 2011 20:17

    Os Senhores professores parecem peças de porcelana. Ninguém pode melindrá-los sob pena de se partirem.
    É o corporativismo em todo o seu explendor.

    Gostar

  44. Arlindo da Costa permalink
    19 Dezembro, 2011 20:25

    Passos é o Liquidatário Oficial duma «coisa» que em tempos se chamou Portugal.
    Aliás, não é primeira vez que uma certa fidalguia de «direita» cospe na bandeira portuguesa!

    Gostar

  45. 19 Dezembro, 2011 20:39

    Já perdi a pachorra para ouvir o pateta do Marcelo.
    O gajo está cheché de todo, chiça!

    Gostar

  46. 19 Dezembro, 2011 21:05

    trágico é que sejam as pessoas com iniciativa e com vontade de trabalhar no duro para terem para si e para as suas famílias que tenham emigrado já por falta de liberdade económica nesta trampa. não sei quê de desempregados e tal , e estavam à espera de quê os que diabolizam os 666 patrões ? que o estado os empregue a todos ? puxa , nem com a Cuba dos doutores a pontapé a fazer marcha atrás estes cromos esquerdoides culpados do desemprego desta malta tãoooooo qualificada aprendem , caramba.

    Gostar

  47. tina permalink
    19 Dezembro, 2011 21:46

    O CafédosHomens e a Zarilú precisam urgentemente de levar a vacina contra a raiva.

    Gostar

  48. 19 Dezembro, 2011 21:59

    um amaricano barra em pc e pirataria , Dedé. não se preocupe. reflicta : quem são os donos dos bancos e do sistema financeiro ? são esses..o que é que os boches lhes fizeram ? pois.. devem então andar a afiar os dentes há bué para morder as canelas à alemanha , os periféricos somos tipo aperitivo . e prontos , depois há uns boches que gaseiam cenas nuns pcs , a infantaria dos bifes e dos amaricanos depois põem outras mais
    à maneira dos periféricos e tal , e a gente passa entre os pingos de chuva. entretanto convém que faça um investimento com futuro a curto prazo : compre uma terrinha e plante e crie umas galinhas , que estas guerras de números nunca se sabe quanto duram e se ficamos isolados..

    Gostar

  49. Portela Menos 1 permalink
    19 Dezembro, 2011 22:16

    2010: cerca de 1.000.000 de pessoas (10% da população) sem qualquer formação escolar.
    Passos, com a sua licenciatura manhosa aos 40 anos e Sócrates, que não é engenheiro, não podiam ajudar ?

    Gostar

  50. António Joaquim permalink
    19 Dezembro, 2011 22:31

    Obviamente que se um primeiro-ministro de um pais aconselha os cidadãos a emigrar está a demitir-se do país!

    Gostar

  51. zazie permalink
    19 Dezembro, 2011 22:41

    Os neotontos são muito engraçados. Conseguem fazer campanha e votar num tipo que nem precisa de governar- basta aconselhar a dar o fora.
    .
    É o minorquismo- Um país resumido a um Estado onde cabam apenas os governantes minorcas.

    Gostar

  52. Joe Masalo permalink
    19 Dezembro, 2011 22:46

    Esqueçam os nossos politicos de trazer por casa, estes senhores não passam de capatazes dos grandes da europa, neste momento a europa tem um presidente (não é o barroso, esse foi fazer um SPA de longa duração para bruxelas) é a senhora alemã e o senhor françês, este como 1ºministro europeu (nem quero dizer os nomes de propósito), as directizes que eles ditam é para serem cumpridas, tudo o resto é paissagem.
    Portanto meus caros não se aborreçam com esta gente, que são autênticas marionetas e nós uma plateia a bater palmas a estes palhaços.

    Gostar

  53. 19 Dezembro, 2011 23:08

    olha lá , Zazie , tu que sabes de história , não achas que era sensato começarmos assim , de fininho , a periferia , a fazermos club com a Inglaterra?

    Gostar

  54. 19 Dezembro, 2011 23:12

    Emigrar ou não é uma opção pessoal. O convite de PC para os portugueses emigrarem não é mais do que uma declaração pública de impotencia e de incapacidade para melhorar a vida dos cidadãos e de fazer sair o País da crise em que se encontra. Um governante que se preze e com fé no futuro do seu País, nunca diria o que ele disse.

    Gostar

  55. 19 Dezembro, 2011 23:39

    Zazie,

    ainda que tenhas razão nos 2 pontos que explicaste, uma coisa não impede a outra. E atualmente o Estado/Privado não têm capacidade para absorver o “excedente”. É impossível. Em 2 anos? Como?
    O que PPC disse foi simples e sem má fé. Há oportunidades fora de Portugal. Não quer isso dizer que o sistema de ensino não necessita das reformas que explicaste…

    R.

    Gostar

  56. zazie permalink
    19 Dezembro, 2011 23:43

    Então tu votas num tipo para primeiro ministro para dizer o que pode dizer o teu pai.
    .
    O gajo tem poder e dá conselhos. Não precisa de fazer mais nada. Manda o povo desenrascar-se que ele é chefe de cerimónias de estranjeiros.

    Gostar

  57. zazie permalink
    19 Dezembro, 2011 23:44

    Acaso está ele a negociar vantagens nessa cena para os professores com os PALOPs?
    .
    O tipo nem sabe as dificuldades em entrarem lá tugas nem quer saber. Isso dá muito trabalho e ele não foi eleito para cuidar do povo. Apenas para dar conselhos como se não fosse nada com ele.

    Gostar

  58. zazie permalink
    19 Dezembro, 2011 23:46

    Mas os neotontos gostam é disto. De quem finja que é governante por causa da ideologia minorca. Se o país se resumir aos governantes a ver se o Estado não acaba…
    .
    “:OP

    Gostar

  59. 19 Dezembro, 2011 23:46

    Zazie, ele “tem” poderes é um pouco subjetivo. Ele tem poderes e nada garante que consiga inscrever na Constituição o limite ao défice. Ele tem poderes e não garante que consegue correr com o sindicalista do Noronha de Nascimento… a questão não é essa. Peca por não ter apontado o resto do “caminho”, não peca por ter dito o que disse. Além disso não foi um “conselho”, se o entendeste como tal é porque estás de má fé. Além disso achar que um primeiro ministro pode automaticamente mudar uma estrutura com mais de 100 anos, é ter vento na cabeça…
    R.

    Gostar

  60. zazie permalink
    19 Dezembro, 2011 23:53

    O que não se percebe é porque é que resumiu o conselho apenas aos professores. Acaso há saída para os portugueses que não estejam no poleiro ou bem protegidos pelo encosto político-partidário?
    .
    Ele chegou a Primeiro Ministro para evitar a mesma sorte, é isso. É que, se era para dar o exemplo, mais valia ter aconselhado os funcionários públicos desempregados a seguirem o exemplo do antecessor- na Rive Gauche até oferecem apartamentos a quem queira doutorar-se para chegar a presidente.

    Gostar

  61. zazie permalink
    19 Dezembro, 2011 23:55

    É uma questão de estratégia de deslocalização. Vá para fora que não vai dentro e regressar só para mais alto do que se caiu.

    Gostar

  62. zazie permalink
    19 Dezembro, 2011 23:56

    O gajo é nabo. Ponto final. Nem sequer sabe do que fala. Se soubesse estava calado.
    .
    Quer-se dizer, o PM inglês trata de resgatar os ingleses, este trata de despachar os tugas.

    Gostar

  63. zazie permalink
    19 Dezembro, 2011 23:58

    Se não foi um conselho foi o quê?
    .
    Foi a explicação de algumas medidas políticas que esteja a tratar com esses países a quem até está a dar mais benefícios do que os que já tinham por cá?
    .
    É política ou paleio de cabeleireira?

    Gostar

  64. 19 Dezembro, 2011 23:59

    ai.. mas parece que há pessoas que pensam que tudo isto tem um outro objectivo que não seja o poder voltar a pedir emprestado . eu faço um desenho : o Passos aconselha os tugas pq ele tem o mesmo objectivo de governação que todos os outros adolescentes antes dele tiveram , ir ao pote do estado. azar , azarinho , o zézito esvaziou-o , logo , tem de espremer os que ainda dão alguma coisa e expulsar os que , obviamente , tadinhos ., não sabem fazer nada e são um encargo .está aflito !!! será que consegue ir ao pote antes do euro implodir?
    o único governante adulto que portugal alguma vez teve foi o coitado do salazar. claro que as crianças o odiaram. tão rural e atrasado com a cena da poupança.

    Gostar

  65. zazie permalink
    20 Dezembro, 2011 00:03

    O morgadinho da cubata vive em Angola e contou que Angola absorveria uns 2% dos profs tugas. Mais nada. E, para isso, era preciso fazer muito porque entrar lá é coisa tramada de entraves e burocracia.
    .
    Acaso o tipo explicou isto? Não temos nós leis com os PALOPS para safar bandidos de prisão ou dar anos de dispensa de descontos para Segurança e IRS aos chineses?.
    .
    Faz algum sentido um Primeiro Ministro aconselhar o seu povo a dar o fora por causa da crise e manter a porta aberta e todos os benefícios aos estrangeiros que queiram abancar ou sacar?
    .
    Isto nem em tempo de guerra. Nunca me lembro de algum dirigente dizer uma imbecilidade destas. O tipo tem tarimba política para pelo menos medir as palavras.
    .
    Se nem isso consegue, então tem bocarra a mais.

    Gostar

  66. zazie permalink
    20 Dezembro, 2011 00:04

    Eu até acredito que foi uma saída infeliz de um tipo que não tem uma única ideia para Portugal.
    .
    Ele sai-se com estas banalidades a dar para o “menino mimado”. Já na camapnha disse à outra mulherzinha desempregada que lhe oferecia uma enxada pelo Natal.

    Gostar

  67. zazie permalink
    20 Dezembro, 2011 00:06

    Mas pronto é assim a boa da “democracia”. O que é preciso é continuar a votar de cruz que eles fazem o mesmo com o mandado- desgovernam de olhos fechados.

    Gostar

  68. zazie permalink
    20 Dezembro, 2011 00:08

    O Salazar, o Caetano e muitos dos nossos reizinhos. De resto, quando não é para o saque é para o empata.

    Gostar

  69. Humberto permalink
    20 Dezembro, 2011 00:23

    O excesso de políticos amadores, quase profissionais e já com cartão de profissional especializado também deve ser atendido. Parece que há formidáveis oportunidades no Brasil em Angola e em Moçambique para estes excelentes profissionais que eventualmente não consigam lugares de assessor ou equiparado. O ministro Álvaro aliás podia aproveitar este belíssimo conselho e retomar aquela notável carreira no Canadá e voltar a escrever o blog sobre a economia Robison Crusoe que o notabilizou como um dos teóricos de referência.

    Gostar

  70. 20 Dezembro, 2011 08:37

    I beg to differ. The idea of sending away qualified and educated Portuguese abroad, because there is no work here is in essence defeatist. It removes the focus from the important objective of creating conditions for companies to employ and produce more.
    Concerning the teachers in particular, it is obvious there are too many now and in the future. But instead of asking them to emigrate they should be requalified for other professions. Already Portugal is one of the countries in Europe with the least educated working force. Also asking the teachers to emigrate will only make sure the smartest and most dynamic leave. They are the ones most needed.
    Instead the teachers of no talent or mediocre talent should be fired. In fact, a small percentage should be let go every year. No matter the length of career. 20%-30% less teachers at a higher salary would not hurt Portugal. It might once again make teaching a profession of high status sought out by gifted people. Personally, I cannot think of a more important profession…

    Gostar

  71. afédoshomens permalink
    20 Dezembro, 2011 09:02

    aquele com curso duvidoso começou a governar atacando privilégios das corporações em nome de um telos comum para todos os portugueses. já aquele da licenciatura manhosa aos 40 anos começa a governar exortando os portugueses a desenrascarem-se mas borda fora, lá longe…

    Gostar

  72. zazie permalink
    20 Dezembro, 2011 09:19

    Quando tocar nos militares, vai mandá-los para mercenários.
    .
    eheheh

    Gostar

  73. 20 Dezembro, 2011 10:03

    Sou filho e neto de emigrantes e como tal aqui deixo êste meu desabafo.
    A Pátria-Mãe p’ra mim madrasta/
    empurrou-me p’rà emigração/
    e maldita seja a Governação/
    que Portugal p’rà miséria arrasta.

    Gostar

  74. 20 Dezembro, 2011 10:31

    A história política recente, está cheia de exemplos de gente que caiu por não saber passar a mensagem.Veja-se o exemplo Correia de Campos com as maternidades. O que o Coelho disse (e, antes dele, um secretário de estado patético), foi um disparate.

    Gostar

  75. honni soit qui mal y pense permalink
    20 Dezembro, 2011 11:32

    Se sairam em 1415 era pq esta coisa não dava para se auto-sustentar , e tambem se queria viver melhor .
    Agora reduzidos ao rectangulo sem recursos para levar uma boa vida , e sem fundos europeus para explorar , estamos … de tanga .
    Aliás a predação de recursos de outros territórios desde 1415 até 1974 foi tão pouco redestribuida que a miséria foi sempre a regra para a maioria , e a riqueza a excepção de alguns .
    Tinhamos a noção de um Império , mas vivia-se com poucos recursos e muita pobreza ( a tal honrada mas … )

    Agora ofende um bocado perceber que estamos de mão estendida para com satrapas como a RPChina ou a filha do ZéDu … mas de facto em menos de 50 anos Angola passará efectivamente a deter Portugal … e nós levámos 500 anos a fingir tomar conta daquilo .
    Valeria mais viver como um senhor , que viver como um servo no seu próprio País ? tanto sangue , e perdas de vida … ( qdo forem a um cemitério percorram as campas dos soldados caídos no Ultramar … esses é que foram uns heróis … )
    Tal como a choldra da I Republica , arruinou Portugal , a choldra da III tb só sabia comprar votos com “dinheiros públicos ” … mas era isso que todos queriam , encostados ao Estado Social(ista) .

    Agora não dá mais … quem pode emigre para a estranja , porque colónias já não há .

    Isto vai tornar-se um inferno com tanta receita fiscal que se vai inventar para “sacar” mais dinheiro para “comprar votos ” … o sistema imortal de uma democracia tomada por vigaristas .

    Nota do regime : Hoje a Helena Roseta advogou criar um sistema de inspecção de casas tal como para os carros … ( mais uma receitazinha a jeito ) , os mediadores do imobiliário concordaram logo … tal como outras taxas e impostos inventados como certificações energeticas , taxas da agua , taxas da electricidade … em breve virá a taxa do ar , do obeso , do possuidor de ferrari , do detentor de aquarios , do dono de animais domesticos , do possuidor de relva , do utilizador de ATM

    ou encontram petroleo na costa ou temos mesmo de fugir …

    Gostar

    • Joe Masalo permalink
      20 Dezembro, 2011 13:58

      Concordo com o comentário, mas anda distraído, já se paga todas essas taxas referidas, a execpção do ar…por enquanto…

      Gostar

  76. Wegie permalink
    20 Dezembro, 2011 14:56

    A explicação para o convite à emigração deve ser procurada no ethos e pathos retornado , maioritário neste governo. Um imenso azedume nunca ultrapassado, acumulado contra Portugal e os portugueses desde 1975. Finalmente no poder chegou a hora da revanche.

    Gostar

  77. Paul permalink
    20 Dezembro, 2011 17:56

    Eu dou empréstimos para todas as categorias de pessoas ou seja as empresas, as empresas,

    escolas, indústrias etc Nós damos a nossos empréstimos em muito * * censurado e

    rates.We moderada são certificados e registrados legit lender.it é um

    empresa respeitável e bem conhecida. Nós damos a empréstimos a uma taxa muito * * CENSURADO

    de cerca de 3% de taxa,.

    Nós somos sinceros e emprestador de dinheiro privadas certificadas. Determinada quantidade para fora $ 5.000

    para 90 milhões dólares americanos Milhão de Dólares, Euro e Libras, disponível dou

    empréstimos internacionais e locais para todo o país no mundo.

    A taxa de juros aplicável a todos os empréstimos é de 3%.

    thompsonpaulloanfirm@yahoo.com

    FORMULÁRIO DE PEDIDO DE EMPRÉSTIMO

    Nome (Mr., Sra., Dr., etc): Sr. ………………………..

    Primeiro nome :……………………………………….. …….

    Nome do meio :……………………………………….. ……

    Sobrenome: ……………………………………….. …….

    Data de nascimento (aaaa-mm-dd ):………………………………..

    Sexo :………………………………………… ……….

    Estado civil :……………………………………….. …

    Montante total necessário ………………………………………

    Para fins de empréstimo :………………………………………. ..

    Duração de tempo …………………. ………………………..

    Endereço :…………………. …………………………….

    Cidade :……………………. ………………………… …

    Estado / província :…………… …………………………….

    Zip / código postal :……………………. …………………..

    País :…………………. …………………………….

    Telefone :………………………………………… ………..

    Fax :…………………….. …………………………….

    Móvel / celular :………….. …………………………….

    Como você aqui conosco …. Nome do site ………………….

    Renda Mensal …………………

    Quantidade necessária :……….. Em Palavras ………………………..

    Ocupação :………………. …………………………….

    Ter você aplica para um empréstimo antes :…………………………..

    E-mail: thompsonpaulloanfirm@yahoo.com

    EU QUERO QUE VOCÊ preencher o formulário EMPRÉSTIMO, usando os detalhes correto, eu

    SERÁ aguarda a sua resposta, você.

    RESPEITO

    Mr. Thompson Paul

    Gostar

  78. Nuno permalink
    21 Dezembro, 2011 03:47

    Se a Zazie – que diz não ser monga – tem uma solução para os professores e para o desemprego em geral que explique, por favor, quais os planos que tem para apresentar.

    Gostar

  79. vasco Silveira permalink
    21 Dezembro, 2011 10:06

    Tantos comentários…
    Há muito yempo que não manifesto o meu apreço pelos textos de Helena Matos : gosto do sempre presente toque irónico/sarcástico, mas ainda aprecio mais o pensamento que os fundamenta
    As alternativas que sugere, em Novilíngua , para não ferir as susceptibilidades do Povão que Só Tem Direitos (Portugueses) são absolutamente deliciosas, porque são totalmente reais.
    Para quando novo trabalho de fundo (livro de ensaio)?
    Muito obrigado pelo prazer refrescante que me dá a leitura dos seus textos.

    Gostar

  80. afédoshomens permalink
    21 Dezembro, 2011 10:35

    o que me parece é que a zazie é demasiado inteligente para que dois terços dos aqui comentadores a possam entender.
    a monga da tina, por ex. prefere os afectos da sua inteligência emocional: despeitada por ter amado socrates, agarra-se agora a passos como quem se agarra ao último fio de vida…para a seguir ser enganada como ela gosta!

    Gostar

Trackbacks

  1. A avençada ultramontana | Total Blog

Indigne-se aqui.

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: