Saltar para o conteúdo

OPERAÇÃO PROPAGANDA

16 Janeiro, 2012

Hoje a RTP1 irá transmitir um evento organizado pelo ministério da propaganda liderado por Miguel Relvas. Que é bom de lembrar tutela  a comunicação social do estado e o futebol.

Embora exista um ministério das Negócios Estrangeiros, hoje em dia apostado em estabelecer contactos económicos, um ministerio da Economia e uma Secretaria de Estado da Cultura, nenhum deles aparentemente é apropriado para os temas em «debate». Não, tem mesmo de ser o ministro da propaganda, comunicação social e futebol.

Fica aqui o texto de press release sobre o evento que certamente virá a ser matéria obrigatória de algum curso de comunicação social que se proponha estudar as práticas de manipulação do poder político na segunda década do séc. XXI:

21:00 – Operação Especial: O Reencontro

Fátima Campos Ferreira apresenta um especial em directo de Luanda e em simultâneo em Portugal e Angola com políticos, empresários, desportistas e artistas portugueses e angolanos. Nesta operação especial, debate-se a vida nos dois países, os interesses comuns, as oportunidades de negócio e as diferenças que enriquecem as relações. Marcam presença o ministro adjunto e dos assuntos parlamentares Miguel Relvas e o ministro de estado e chefe da Casa Civil da Presidência da República de Angola, Carlos Feijó. Participam ainda os gestores Zeinal Brava (PT) e Alberto da Ponte (Central de Cervejas), os músicos Rui Veloso e Paulo Flores, a ex-atleta e campeã olímpica Rosa Mota e o presidente da Federação Portuguesa de Futebol Fernando Gomes.» (in Público)

33 comentários leave one →
  1. ZÉ DA PÓVOA permalink
    16 Janeiro, 2012 18:39

    Comparado com o nosso ministro da propaganda o Goebbels era um principiante!

    Gostar

  2. Arlindo da Costa permalink
    16 Janeiro, 2012 18:57

    Claro, propaganda da mais pura com o alto patrocínio da «loja» do Sr. Relvas.
    Negócios luso-tropicais.
    O Braga de Macedo é que percebe muito disso!
    Ainda vamos ver o Sr. Portas num Prós&Contras na Líbia com o pessoal da AlQuaeda que derrubaram o pró-ocidental Kadaphi.
    O mundo é lindo!

    Gostar

  3. 16 Janeiro, 2012 19:18

    Ainda bem que li isto. Embora raramente veja a RTP, sempre podia enganar-me…
    Assim, estou avisado, porra! Estes relvas aventalícios estão a abusar, né?

    Gostar

  4. 16 Janeiro, 2012 19:24

    A Rosa Mota deve ir como suplente do Mantorras.

    Gostar

  5. Bento Caraças permalink
    16 Janeiro, 2012 19:25

    Felizmente estou a salvo destas estopadas. Recuso perder tempo com programas televisivos que sejam entregues à moderação do emplastro do jornalismo indigena ao serviço do poder vigente. Bastam alguns minutos para logo sentir mau estar com as impertinências da Fátima Campos Ferreira.

    Gostar

  6. Arlindo da Costa permalink
    16 Janeiro, 2012 19:29

    Também não é segredo para ninguém que o maçon Relvinhas quer entregar a privatização da RTP a uma holding de capitais angolanos, né?
    Depois do mensalão carioca, vamos ter «roque santeiro» luandense!
    É aproveitar, pois este governo já não chega ao Natal!

    Gostar

  7. aremandus permalink
    16 Janeiro, 2012 19:47

    A Rosa Mota deve ir como suplente do Mantorras.´eh eh!
    e até o monhê do Zeinal vai estar no centro de tanta catinga!

    Gostar

  8. luis permalink
    16 Janeiro, 2012 20:10

    Parece que levar e instalar a maçonaria em Angola é um dos objectivos do governo, digo, do Relvas, digo, da maçonaria- e de uma maçonaria imperial! – que governa o país através do governo.
    http://sol.sapo.pt/inicio/Lusofonia/Angola/Interior.aspx?content_id=27831

    Gostar

  9. Pi-Erre permalink
    16 Janeiro, 2012 20:23

    Ena pai! Aquilo até mete futebol, ex-atletismo, música e cervejas. Vai ser uma festa de arromba !!!

    Gostar

  10. Arlindo da Costa permalink
    16 Janeiro, 2012 20:23

    Está em marcha o Quinto Império, com sede em Luanda, e sob o comando do Relvas, e com o apoio técnico e tecnológico do Bava.
    Putugal tem futuro!

    Gostar

  11. 16 Janeiro, 2012 20:26

    Subscrevo totalmente este texto. Um abraço

    Gostar

  12. 16 Janeiro, 2012 20:35

    Será que eles também vão falar das “parcerias” como se a corrupção não ditasse a obrigatoriedade de encaixar umas criaturas locais?

    Gostar

  13. Arlindo da Costa permalink
    16 Janeiro, 2012 21:08

    Parcerias! E que «parcerias«!, off shore, perdão, of course….

    Gostar

  14. Silvério Coutinho permalink
    16 Janeiro, 2012 21:47

    Secretaria de Estado da Cultura?????
    Onde?????
    É que este governo não tem!

    Gostar

  15. licas permalink
    16 Janeiro, 2012 22:27

    Oh c´orror o govêrno tentar fomentar discussão com Angola acerca de interesses comuns
    e oportunidades de negócio !!!
    Estes *arrelvados* já estão furiosos por se pretender *aliviar* o peso Troikano
    por aproximação com a *negritude*. RACISTAS é que os postadores acima se mostram e ao
    mesmo tempo mais troikistas que a troika (que não se opõem que se diversifiquem contactos
    extra-UE.
    E a comparação com o Gobbels é tão, tão, que até parece nazi.

    Gostar

  16. JOSE HENRIQUES permalink
    16 Janeiro, 2012 22:37

    …E AINDA POR CIMA PAGAMOS COM A CONTRIBUIÇÃO AUDIOVISUAL OBRIGATÓRIA NA FACTURA DA ELECTRICIDADE (2,25 €/mês ) E AINDA MAIS 6% IVA (deve ser produto básico ao contrario de um pacote de flocos de aveia 100% cereal que passou a pagar 23%)
    VIVA A RTP. VIVA…

    Gostar

  17. licas permalink
    16 Janeiro, 2012 22:43

    Arlindo da Costa
    Posted 16 Janeiro, 2012 at 21:08 | Permalink
    Parcerias! E que «parcerias«!, off shore, perdão, of course….
    __________
    off-shore põe o que o Sórates *amealhou* mais a sua estuporadissima família

    Gostar

  18. licas permalink
    16 Janeiro, 2012 22:51

    Fica aqui o texto de press release sobre o evento que certamente virá a ser matéria obrigatória de algum curso de comunicação social que se proponha estudar as práticas de manipulação do poder político na segunda década do séc. XXI:
    _______________________
    Para o efeito temos o máximo expoente no distinto ex-Primeiro J. S. que assegurou-nos
    que a ser eleito (como foi pelos papalvos dos tugas) umas dezenas ou scentenas de milhar
    de novos empregos. . .

    Gostar

  19. Tolstoi permalink
    16 Janeiro, 2012 23:25

    O Relvas fala aos solavancos e repete frases para ganhar tempo.

    Gostar

  20. simon permalink
    17 Janeiro, 2012 00:34

    Antes disso tudo que prevêem, mes amis, ainda pode haver uma guerra de que nem a S&P se alivre
    http://www.washingtonsblog.com/2012/01/russia-should-anything-happen-to-iran-this-will-be-a-direct-threat-to-our-national-security.html

    Gostar

  21. Arlindo da Costa permalink
    17 Janeiro, 2012 00:34

    Quando um Relvas chega a Ministro, é sinal que já batemos no fundo, como bateu o Costa Concórdia…

    Gostar

  22. jmg permalink
    17 Janeiro, 2012 00:54

    Geralmente costumo assistir ao Prós e Contras, sublimemente moderado por Fátima Campos Ferreira, essa referência do jornalismo televisivo português. Costumo assistir, como terapia de substituição do Xanax (vulgo Alprazolan) que tomo regularmente para conseguir dormir 4 ou 5 horas por noite. Sempre poupo 4 comprimidos por mês, o que, nos tempos que correm, não é despiciendo… Relativamente a este “evento”, optei por não ver porque estou cansado de tanta palhaçada e de tanto nos pormos de joelhos perante uns novos ricos quaisquer. Estragou-se a média do Xanax mas, pior do que isso, estragou-se a dignidade dos media portugueses.

    Gostar

  23. Zebedeu Flautista permalink
    17 Janeiro, 2012 03:47

    Cabinda é nossa!

    Gostar

  24. aremandus permalink
    17 Janeiro, 2012 09:40

    Grande Gabriel! Aqueles lambes cus a empresários amigos do ditador de Luanda deveriam ficar com capitis deminutio!

    Gostar

  25. Artur permalink
    17 Janeiro, 2012 10:07

    Fechem mas é aquela porra de TV. Mais a mais com o Acordo Ortográfico o que era uma espelunca passou a vala comum.

    Gostar

  26. ikonoklasta permalink
    17 Janeiro, 2012 11:02

    entamos na manhã de terça e só agora vejo o postal do Gabriel que, mais uma vez põe o dedo na frida e mostra um espírito crítico que os blasfemos perderam com a chegada ao poder de Passos Coelho… mais um parabéns ao Gabriel!…
    .
    ontem, por acaso, calhou eu passar pela RTP na hora do tal programa e fiquei tão indignada, ao fim de 5mn, que zapei logo para outro canal… o ministro da propaganda mete-me nojo, mas também todo o governo me está a meter nojo… então aquela de Passos Coelho a criticar a notação da S&P para lixo… antes da caída do Socrates dizia que as más notações deviam-se às politicas erradas e que ia melhorar tudo com ele no poder, agora é a agência que é mazinha…

    Gostar

  27. Gante permalink
    17 Janeiro, 2012 12:41

    Já sei que é de somenos, mas a moda da vírgula a seguir ao sujeito (“Nesta operação especial, debate-se…”) tira-me do sério. Esta gente está empregada em Comunicação?

    Sobre o resto está tudo dito.

    Gostar

  28. 18 Janeiro, 2012 09:11

    Bom artigo, subscrevo-o!

    Gostar

  29. Zé Carioca permalink
    18 Janeiro, 2012 16:55

    Vi o programa! Para além do Paulo Flores, da mamá kuiba e do Dr. José Cerqueira, o resto são tugas a fazer negócio ( com qualquer um e a qualquer preço) e angolanos do sistema – toca a roubar ao povo. Das “individualidades” presentes saliento o racista e “anti-portugueses” Jorge Valentim ( ex-unita vendido). Quanto ao conteúdo- NADA que interesse a ambas as partes ou neste caso à defesa dos nossos interesses, porque o dos angolanos tratam eles e muito bem, são muitos anos de tarimba quando comparados com estes aprendizes de feiticeiro do PS/PSD e CDS, já olhamos de cima para baixo, agora olhamos de baixo para cima, e está na hora sem complexos falarmos ao mesmo nível.

    Gostar

  30. Joesilva5 permalink
    20 Janeiro, 2012 12:09

    Bom dia,
    Desculpem lá este Relvas, ministro da propaganda, maçon e não sei o que mais, não é o mesmo que manda a malta emigrar porque diz que abre a cabeça ir ver o mundo e que depois nós dizemos: Quem me dera que fosses tu a aplicar este perceito, fosses vêr o mundo, abrisses a cabeça e ficasses por lá.`´E o mesmo não é???????

    Gostar

Trackbacks

  1. Operação Propaganda | Total Blog
  2. A remar para o mesmo lado, com a Fátima. | Total Blog
  3. A remar para o mesmo lado, sempre com a Fátima. | vida breve

Indigne-se aqui.

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: