Saltar para o conteúdo

Assim se vê o que é um jornal de referência

23 Julho, 2012
by

Na última edição do Expresso, consta esta prosa de autor incerto mas que desvenda muito do que está em causa:

“Miguel Fernando Cassola de Miranda Relvas Na escola ‘o Cassola’, na pátria o Relvas – nasceu Virgem, em Lisboa, a 5 de setembro de 1961, quando os tambores da guerra clamavam “Angola é nossa”, território onde viveu até 1974. Terceiro filho de uma família sem história (até ao próprio ter nascido)…”.

O Expresso, com a acuidade que se lhe reconhece, em estilo falaciosamente piadético, coloca o dedo na maior de todas as feridas: o homem não tem pedigree, como devia, para pretender ocupar os lugares de decisão, pelos vistos, predestinados para os melhores berços e para aqueles que os “expressos” desta vida julguem convenientes.

Anúncios

Os comentários estão fechados.

%d bloggers like this: