Saltar para o conteúdo

Boa solução

7 Setembro, 2012

O governo optou por contornar a decisão do TC mantendo os cortes na Função Pública, mexendo pouco no rendimento global do sector privado e aproveitando para reforçar a desvalorização interna.  Os trabalhadores do sector privado saíram a perder, mas a constituição obriga a repartir sacrifícios.

42 comentários leave one →
  1. Aliazs permalink
    7 Setembro, 2012 19:28

    the finger with best regards

    Gostar

  2. Fincapé permalink
    7 Setembro, 2012 19:37

    Não é má solução, não.
    Assim, os tais grandes vencimentos altamente meritórios, bem como acionistas das grandes empresas, podem aumentar o seu pecúlio.
    No fundo, trata-se de uma justa transferência de quem ganha menos para os que, ganhando muito, podem agora ganhar um pouco mais.
    Parece quse uma antecipação da justa política americana se vier a ganhar o Romney mais o fã da Rand.

    Gostar

  3. yoda permalink
    7 Setembro, 2012 19:40

    Mexendo pouco? Para quem tenha um salário bruto na casa dos 1500€, isto representa 10% no rendimento líquido. Mais do que isso só pagando para trabalhar…

    Gostar

  4. 7 Setembro, 2012 19:41

    Ouvida a conversa em família do PM e lido este post de JMiranda,
    não me importaria nadinha que a selecção de futebol perdesse hoje — para ajudar incautos e anestesiados contribuintes a abrir “a pestana” !
    (Claro que a selecção vai vencer os fracalhotes do Luxemburgo).

    Gostar

  5. Rui Baptista permalink
    7 Setembro, 2012 19:45

    Blasfémias, onde aumentos de impostos passaram a ser soluções boas… desde que o CAA está na AR.

    Gostar

  6. 7 Setembro, 2012 19:47

    Pode, o P”S”, começar a catapultar internamente um sucessor de AJSeguro (obviamente impoluto –quem ?–) e muitíssimo melhor do que o “certinho” líder, porque vencerá as próximas legislativas.

    Gostar

  7. Fincapé permalink
    7 Setembro, 2012 19:52

    João Miranda,
    Os seus fãs não dão pela ironia.
    Ou é demasiado sofisticada ou eles não são bons a interpretar. Eh! Eh! Eh!

    Gostar

  8. Luca permalink
    7 Setembro, 2012 19:57

    Giro.
    O FP, na prática, continuam com menos dois salários.
    Para o TC não chiar muito, retira-se um aos privados.
    E os aposentados… bem, Socorro Paulinho das Feiras.

    Gostar

  9. LDr permalink
    7 Setembro, 2012 19:58

    397,7 : o novo salário mínimo em Portugal (after taxes).

    Gostar

  10. katrin permalink
    7 Setembro, 2012 20:02

    Os trabalhadores, do setor privado saíram a perder, diz, cínico, Miranda, enquanto os do setor público já perdiam mais e continuam .

    Gostar

  11. Francisco Colaço permalink
    7 Setembro, 2012 20:02

    João Miranda,
    .
    Boa solução? Para quem? Para a crise, para o país, para as empresas não é de certeza. É boa solução para o funcionalismo (distinguindo de funcionário) e para o crescimento do poder tentacular do Estado.
    .
    A boa solução faria o Estado não valer mais que 25% da economia.

    Gostar

  12. yoda permalink
    7 Setembro, 2012 20:02

    Só consegue usar da ironia aquele de quem, tipicamente, não se esperam opiniões idiotas…

    Gostar

  13. Eduardo permalink
    7 Setembro, 2012 20:07

    João Miranda, peço desculpa, mas em relação a 2011, os trabalhadores do setor privado perdem um subsídio (por via do acréscimo de 7pp na segurança social) e os trabalhadores do setor público perdem dois subsídios (um por via do mesmo acréscimo e outro que não é reposto). Certo? Queria só deixar saudações de um futuro melhor para aqueles que não percebem que diminuindo o custo de trabalho a procura pelo mesmo aumenta.

    Gostar

  14. Democrata permalink
    7 Setembro, 2012 20:09

    Acabamos de ouvir o último primeiro-ministro eleito pelo PSD.
    O CDS conseguirá sair ileso da tempestade e transformar-se no maior partido da direita?
    Os jotinhas já podem deixar de pagar as cotas do partido, tal investimento não vale a pena.
    O coelho não sentiu a mudança dos ventos?
    A única esperança para um exército, quando se vê chefiado por um louco suicida, é obviamente, substituir o chefe. Ou então marchar alegremente para o precipício.

    Gostar

  15. blitzkrieg permalink
    7 Setembro, 2012 20:13

    Ok, quem foi o engraçadinho que usou a password do João Miranda!?!?!??

    Gostar

  16. trill permalink
    7 Setembro, 2012 20:22

    a ver se o Instituto Público onde o Miranda estava fecha de vez, já que o departamento da Lusófona para lá caminhará à falta de alunos (claro que o Miranda ainda espera ir para assessor, ou quiçá mais – mas talvez não porque com jeitinho os assessores ainda ganharão mais que os sec’s e até do que os ministros, tratam/ganham os “contactos” e não se chamuscam – de um gabinete ministerial por isso pouco lhe importa) -> já que o MEC trata a Lusófona com pinças e com luvas (brancas…)

    Gostar

  17. trill permalink
    7 Setembro, 2012 20:22

    c o avental posto, claro.

    Gostar

  18. trill permalink
    7 Setembro, 2012 20:27

    e assim se arranjou uma maneira de não tocar (ou continuar a tocar com pinças, luvas e avental) nas ppp, nas rendas, nas Fundações, nos Institutos Públicos onde a boyzada está (bem) instalada…

    Gostar

  19. LDr permalink
    7 Setembro, 2012 20:31

    Quem vai pagar é o sector privado. Os mais pobres… Enquanto nas reformas e na AP o corte de subsídios afecta só os salários mais altos, já o aumento de imposto de 11 para 18% vai afectar todos os trabalhadores.

    Gostar

  20. Paulo permalink
    7 Setembro, 2012 20:33

    Miranda
    Concordo que o governo ignorou olimpicamente o tribunal constitucional, e que agora fica na posição incomoda de fazer alguma coisa ou baixar as calcinhas de vez. Em todo o caso o melhor é acabar com essa coisa que não serve para nada.
    Depois desculpe mas nao fica nada igual para os funcionários públicos, pois vão manter o corte de um salário, o outro é repartido em 12 prestações (+7% brutos), e adicionado um corte mensal de 7%, mas o IRS vai subir muito, pois em 2012 pelo menos o valor global de IRS foi mais baixo. E isto são as contas ainda antes da alteração aos escalões, que foi anunciada.
    Os privados vão ter um corte de rendimento liquido, relativo ao salário base, mas as ajudas de custo, carrito de serviço, telefone e outras habilidades vão ficar de fora, ou seja, quem vai levar forte são os mesmos deste ano e mais uma franja de “clientes” cumpridores, para aprenderem a não ser parvos!
    .
    Em resumo, os boys do Portas ficam satisfeitos, a RtP vai continuar a pagar salários de futebolista, as fundações ficam ameaçadas (mas enquanto o pau vai e vem …) e as administraçoes das empresas publicas vão ficando lotadas de pessoal do CDS e de independentes que tenham dito bem do PM.

    Gostar

  21. trill permalink
    7 Setembro, 2012 20:39

    “Em resumo, os boys do Portas ficam satisfeitos, a RtP vai continuar a pagar salários de futebolista, as fundações ficam ameaçadas (mas enquanto o pau vai e vem …) e as administraçoes das empresas publicas vão ficando lotadas de pessoal do CDS e de independentes que tenham dito bem do PM.”

    Gostar

  22. JDGF permalink
    7 Setembro, 2012 20:39

    Falta saber se as ‘soluções’ encontradas são, na realidade, justas e equitativas. Não basta afirmá-lo. Tornou-se necesário demonstrá-lo.
    Tudo o emaranhado retórico de PPC cheira a malabarismos à volta de taxas (para que o CDS ‘engula’ que não são impostos) deixando tudo na mesma.
    De resto, o que está na calha é mais um ‘efeito preverso’, pelo lado da receita, que esbarará inevitavelmente com um agravamento da espiral recessiva (por brutal ‘quebra’ do rendimento disponível pelas famílias) e a consequente intensificação das taxas de desemprego.
    Crer que a redução da TSU para as empresas será traduzida por um aumento de investimento e pela criação de postos de trabalho é o mesmo que acreditar no Pai Natal.
    Só interessaria saber se daqui a 1 ano perante um eventual insucesso, vamos ter novas medidas e a imputação das causas ao passado. No meio de tão ‘geniais’ previsões macroeconómicas seria de ‘utillidade pública’ sabermos por quanto tempo mais a culpa viverá solteira?

    Gostar

  23. Zebedeu Flautista permalink
    7 Setembro, 2012 20:43

    A culpa é do Salazar e de 48 anos de trevas antiliberais.

    Gostar

  24. Portela Menos 1 permalink
    7 Setembro, 2012 20:50

    após as entrevistas rápidas no fim do jogo LUX-POR (1-2) PPCoelho vai continuar a sua comunicação ao país, anunciando o resto das medidas, tendo em conta a equidade nos sacrifícios, a saber:
    – Revisão imediata das rendas da PPP
    – aumento do IRC para empresas com volume de negócios acima de 30milhões de euros
    – Aumento de impostos sobre rendimentos de capital
    – Diminuição do IMI
    – Fim de apoios públicos a Fundações
    – …

    Gostar

  25. Portela Menos 1 permalink
    7 Setembro, 2012 20:56

    LDr, Posted 7 Setembro, 2012 at 20:31
    .
    “o corte de subsídios afecta só os salários mais altos”
    então um salário ou reforma de 1.100 euros – aos quais vão ser cortados 2 subsídios – são “os salários mais altos”?

    Gostar

  26. António Pedro Pereir permalink
    7 Setembro, 2012 20:57

    O que foi hoje anunciado pelo rapazola.
    Reformados e pensionistas – corte dos 2 subsídios: (-14%)
    Activos do Público – corte de 1 subsídio + 7% para a Segurança Social (CGA e ADSE): (-14%)
    Activos do Privado – apenas 7% para a Segurança Social: (-7%)
    Empresas – as boas e as más, as que precisam e as que não precisam (que continuam com lucros chorudos apesar da crise, Pingos Doces, Continentes, etc.): (+5,75%)
    Fundações – a seguir iremos tratar delas (especialmente as do «inimigos», demora tempo conseguir distingui-las das dos amigos: (-??%)
    PPP e Rendas da energia – iremos continuar a reduzi-las: (-??%)
    Capital – silêncio, vai-se cantar o fado: (+??%)
    Mais palavras para quê?
    É um artista português.

    Agora o que não foi anunciado hoje pelo rapazola mas já tinha sido anteriormente:

    A reorganização dos escalões do IRS, mais um aumento para as classes médias (anunciado anteontem pelo secretário de Estado Paulo Núncio).
    Aumento do IMI: o índice de cálculo passa de 0.4 para 0.5, apenas mais 25% de aumento para todos, em geral, e actualização do valor das casas, que pode ir até 100% (anunciado anteriormente via Troika).

    Gostar

  27. orabolas permalink
    7 Setembro, 2012 21:02

    “Os privados vão ter um corte de rendimento liquido, relativo ao salário base, mas as ajudas de custo, carrito de serviço, telefone e outras habilidades vão ficar de fora…” Porra pá, agfinal eu e mais 90 e tal porcento dos gajos lá da fábrica estamos cheios de “habilidades” e não sabiamos…. há palermas que dá dó….

    Gostar

  28. A. R permalink
    7 Setembro, 2012 21:09

    Vivia-se em festa e momentos históricos: o aborto uma festa com gritos de alegria e o povo a pagar o acto e um mês de férias; o divórcio na hora uma festarola; a sodomia passou a uma virtude publica e espectáculos à frente da casa da Democracia eram comuns; adopção por por emparelhados onde o amor nunca acaba um must…. Acabou a festa! Estamos a pagar a factura da festa non-stop.

    Gostar

  29. Cáustico permalink
    7 Setembro, 2012 21:24

    Isto já vai na indigência.
    Pedro Passos Coelho acabou de mostra a fibra de que é feito.
    Não, não é fibra de coco. É de cocó.

    Gostar

  30. Carlos Ferraz permalink
    7 Setembro, 2012 21:41

    É apenas mais do mesmo, não é sequer um princípio de solução. Mas o João Miranda é refractário aos argumentos racionais, é um liberal faz de conta e continua a não ter uma proposta válida para discutir.
    Este governo não vai lá e há um ano que deu para perceber.

    Gostar

  31. fredo permalink
    7 Setembro, 2012 22:28

    Boa solução?
    Metê-los todos em ácido sulfúrico e esperar que dissolvessem. Isso sim, seria uma boa solução.

    Gostar

  32. empresário permalink
    7 Setembro, 2012 22:29

    Boa Solução ??? !!! . Acha que vai aumentar o emprego ? Sem Investimento não há emprego e este País nem de longe nem de perto tem condições para nele investir . São infinitas as razões …Competitividade ? E os outros custos ? Nomeadamente energia ? Sou empresário privado , no fim do ano de 2013 dou um prémio especial correspondente a um salário e todo isento de TSU e assim tento manter o estimulo(produtividade) do meu trabalhador dentro da minha empresa . Quanto ao publico , tenho curiosidade em saber o que vai acontecer com a ADSE ?
    Qual boa solução … já meditou que esta “austeridade” colide com os seguintes princípios constitucionais (e para nossa maior desgraça , cavaco é “analfabeto com problemas vocais” : UNICIDADE , PROGRESSIVIDADE e IGUALDADE .
    E à margem disto ainda vão mexer no IRS e dar creditos fiscais a quem eventualmente é analfabeto fiscal e até não paga IRS !!!…
    Em Portugal , a AUSTERIDADE não passa de um verdadeiro ATESTADO DE INCOMPETÊNCIA GOVERNATIVA
    P.S.
    1. Onde estão os ministros deste País ?
    2. Foi COINCIDÊNCIA P.P.C. ter escolhido falar uma hora antes de entrarmos num campo de futebol ?
    3. VGASPAR , “ex-euroburocrata” , não é Ministro das Finanças , nem Ministro do Orçamento(Adriano Moreira) mas sim um desastrado “merceeiro” que vai levar a mercearia à falência . Pior que Teixeira dos Santos tal como P.P.C. é pior que Sócrates . Vejam o que nos espera ???

    Gostar

  33. mggomes permalink
    8 Setembro, 2012 00:00

    Das duas uma, ou cada vez compreendo menos a ironia do João Miranda, ou este deu mais um passo para a sua consolidação como Puta Desavergonhada.
    São estes merdas que se dizem liberais?
    Que os pariu!

    Gostar

  34. permalink
    8 Setembro, 2012 00:27

    Novas medidas que são inconstitucionais por várias e destacadas razões: Presidente do Tribunal Constitucional defende que se taxe o capital e não só o trabalho .

    Gostar

  35. Von permalink
    8 Setembro, 2012 00:27

    Você, ó Miranda, é um fanático. Que prémio tem voce prometido?

    Gostar

  36. Paulo permalink
    8 Setembro, 2012 01:33

    Orabolas
    Lá na sua empresa não há esquemas, então é porque não foram muito espertos, pois em muitas outras há.
    Não sendo palerma deve ter a mania que é adiantado mental e que os outros andam todos a dormir.

    Gostar

  37. Paulo permalink
    8 Setembro, 2012 01:39

    Orabolas
    E já agora mais uma nota, pois mesmo os funcionários públicos com menos de 1050€ de salário mensal ficaram com uma parte dos subsídios e os de menos de 600€ ficaram com todo. O PM disse que iria existir um esquema idêntico nos privados.
    Por isso se na sua fabrica mais de 10% tem as mordomias habituais para fugir aos impostos de trabalho e os outros 90% estão preocupados com o corte é porque recebem mais do dobro do salário mínimo, logo na teoria em voga são ricos e podem pagar.
    PS. Se gostam assim tanto do setor publico porque é que foram trabalhar para o privado? Não sabiam as condições?

    Gostar

  38. Teresa Botelho Moniz permalink
    8 Setembro, 2012 07:27

    Até aqui, no Blasfémias, se encontram os textos de gente que entende que este governo ultrapassou os limites do individualismo mais radical do pensamento da monstruosa Ayn Rand. No Insurgente, também. Mas o João Miranda, continua na senda da defesa dum governo medíocre, chefiado por um imbecil sem experiência de vida, e muito menos de trabalho. “Boa solução”?, certamente para os grandes grupos que já deram cabo das pequenas empresas de distribuição, comércio. E para as grandes empresas. Aliás Ferraz da Costa, concorda. O que estes imbecis estão a fazer à economia e à vida das pessoas, será irreversível. Os aplausos, só podem vir de gente interessada ou bem paga para o fazer, a não ser que sejam burros como o jota que , infelizmente, está à frente do governo.

    Gostar

  39. Ricciardi permalink
    8 Setembro, 2012 07:41

    Enfim, o governo continua a fazer tudo em cima do joelho. Na verdade um arquitecto ou um economista ou um professor no publico, que já recebiam menos, vai receber ainda menos 7% do que as mesmas profissões no privado.
    .
    Mas quem recebe mais no publico, vai continuar a receber mais.
    .
    Alega-se que os FP’s nao podem ser despedidos e por isso nao existe igualdade. Pode ser verdade, mas tambem é verdade que um FP não pode progredir com base no seu mérito individual. Há lá coisa pior do que não ter esperança de se destacar e melhorar a sua condição?
    .
    Estas medidas podiam e deviam ser feitas de forma dirigida. Excluir destes beneficios as empresas que nao contribuem para a redução do defice externos. Quer as exportadoras, quer as que substituem importacoes. Na prática, e dado que 70% do PiB é detido por empresas MONOPOLISTAS ou OLIGOPLOISTAS, e outras tantas RENTISTAS, sewrão estas que irão beneficar da redução dos descontos.
    .
    Não percebo. Seria simples SOBREtaxar empresas que actuem no mercado como Monopolistas ou Rentistas. Não advinho com isso mal algum ao país. Pelo contrario, era o preço por explorar um mercado sem concorrencia.
    .
    As EDP’s(90% do mercado) , as PT’s (70%), as Galp’s (80%), o Gas, O Pingo Doce e Continente (90% do mercado) deviam ser sobretaxadas fortemente. Em alternativa, se quiserem repercurtir isso nos preços ao consumidor, far-se-ia como nos EUA: parti-las em várias empresas para fomentar compulsivamente a concorrencia.
    .
    Rb

    Gostar

  40. permalink
    8 Setembro, 2012 17:08

    Quando é que se lembram que o desemprego gera menos consumo e menos imposto tributado? Vão pensando em cortar, cortar sem uma alternativa para rederigir a mão de obra como um capital industrial, e lá pelo próximo ano com a suposta inflacção venham falar de uma grécia portuguesa.

    Gostar

Trackbacks

  1. Menos mal « O Insurgente
  2. De imposto em imposto até à subserviência total | Movimento Libertário

Indigne-se aqui.

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: