Skip to content

Consenso social

20 Setembro, 2012

Foi dito nos últimos dias que com o anúncio de Passos Coelho o governo quebrou o consenso social que existia no país. Uma ficção conveniente num país em que todos são contra qualquer tipo de reforma significativa. O único consenso que alguma vez existiu e continua a existir pode ser resumido da seguinte forma: todos concordam que o governo deve cortar na despesa para que não seja necessário cortar na saúde , na educação, nas segurança social, nos salários, no investimento e na cultura.

Advertisements
79 comentários leave one →
  1. tric permalink
    20 Setembro, 2012 22:45

    Sair do Euro e renegociar la divida…

    Gostar

  2. Aliazs permalink
    20 Setembro, 2012 22:49

    João Miranda, que fazes aqui?
    Publica o teu CV no NETempregos, ou segue o conselho do teu ídolo; EMIGRA … para a Antartida!

    Gostar

  3. joaoR permalink
    20 Setembro, 2012 22:51

    “qualquer tipo de reforma significativa ”
    O João Miranda está a falar de quê?!
    P Coelho anunciou alguma?!

    Gostar

  4. Portela Menos 1 permalink
    20 Setembro, 2012 23:01

    auditoria à dívida – renegocia-la – não pagar o que não tenha justificação – baixar os juro pagos à troika ou …
    acabar, organizadamente, com a zona euro.

    Gostar

  5. jonas permalink
    20 Setembro, 2012 23:05

    “O único consenso (…) nos salários, no investimento e na cultura. JM
    Muito bem, JM, e acha mal ?
    .
    E a verdade é que o V/ bando de chulos, não vale nada, se não é ver a ostentação de riqueza dos grandes senhores para o nada que se viu da montanha a parir um rato, nicles, vindo de quem não tem ideias nem sabe onde se meter, uns incapazes, comprometidos com a central de negócios que o Português já não tolera, fod… a espumar de raiva contra os mafiosos .

    Gostar

  6. Sebastien De Vries permalink
    20 Setembro, 2012 23:07

    Erra João. Erra.
    O consenso social tinha um silêncio: a tolerância, a compreensibilidade face ao momento.
    Estou convicto que ACABOU. A próxima MANIF será violenta.

    Gostar

  7. JFP permalink
    20 Setembro, 2012 23:07

    “todos são contra qualquer tipo de reforma significativa.”
    Não será também “Uma ficção conveniente”?

    Como é fácil brincar com as palavras!

    Gostar

  8. jonas permalink
    20 Setembro, 2012 23:10

    E já foi azar, o Passos Coelho não vale um chavo, presunçoso, gabarolas, não tarda a sair pelas traseiras de qualquer pardieiro do Governo que o leve de volta ao emprego que lá tem assegurado entre os patrões. Que nunca se viu maior fraude, nossa sinhora… mas quem é que o elegeu?, quem foi ?

    Gostar

  9. Aliazs permalink
    20 Setembro, 2012 23:17

    João Miranda,
    o teu post
    http://pt.wikipedia.org/wiki/Parque_das_Na%C3%A7%C3%B5es
    passou de 190 e kkoisa coms para menos de 120 coms
    a “borracha” trabalhou que se fartou…vícios!

    Gostar

  10. Aliazs permalink
    20 Setembro, 2012 23:18

    err
    o post a que me referia era o do malfadado TSU
    https://blasfemias.net/2012/09/20/a-importancia-das-alternativas-a-tsu/

    Gostar

  11. Utópico permalink
    20 Setembro, 2012 23:20

    alguém sabe….
    http://utopiarealista.blogspot.pt/2012/09/donde-estas.html

    Gostar

  12. Aliazs permalink
    20 Setembro, 2012 23:28

    ou será a alquimia das Químicas?

    Gostar

  13. Aliazs permalink
    20 Setembro, 2012 23:38

    o meu pedido de desculpas a João Miranda e leitores
    os meus coms anteriores náo tem razão de ser
    confusão entre
    https://blasfemias.net/2012/09/19/alteracao-a-tsu-versus-alternativa/#comments
    e
    https://blasfemias.net/2012/09/20/a-importancia-das-alternativas-a-tsu
    lamento!

    Gostar

  14. 20 Setembro, 2012 23:49

    Este post confirma que para JMiranda, o dia 15 de Setembro de 2012 deve ser repentinamente esquecido !
    JMiranda,
    por exemplo na Cultura, este governo investiu O QUE ? QUANTO ?, para um pais como Portugal ? — satisfez o desejo de FJose Viegas ser secretario de estado e…nada mais !

    Gostar

  15. Aliazs permalink
    21 Setembro, 2012 00:01

    do Oráculo (dalguns)
    «A economia alemã, a maior da União Europeia, tem dificultado o crescimento económico no resto do conjunto e muitos economistas argumentam que SÓ O AUMENTO DO CONSUMO DAS FAMÍLIAS na Alemanha, SUPORTADO POR AUMENTOS SALARIAIS, pode ajudar os seus vizinhos e parceiros a recuperar. »
    O lowercase das “familias alemãs” foi propositado, quiçá…
    http://www.jornaldenegocios.pt/home.php?template=SHOWNEWS_V2&id=579899

    Gostar

  16. João Francisco permalink
    21 Setembro, 2012 03:35

    Porque razão não fala o JM no corte de despesa nas forças armadas? será que necessitamos de um exército com tantos “homens”? Eu respondo não, não precisamos.
    Necessitamos de forças armadas operacionais, nomeadamente força aérea e marinha, mas não necessitamos de tantos homens no exército que não tem, atualmente, missões que justifiquem tal dimensão. A GNR, com os seus 25 mil homens, substitui bem e em todos os teatros de operações os militares do exército. Cortem nessa despesa, tenham coragem.

    Gostar

  17. Tó Zé permalink
    21 Setembro, 2012 07:05

    Sabe, falta as parcerias público-privadas, as tabelações de salários acima de por exemplo, 3000€ na Função Pública (aplicado desde a empregada da limpeza do miserável departamento municipal algures no Alentejo), até ao senhor presidente da república. Passando pelos reformados, os professores, os médicos, os deputados. Essa limitação podia ser feita nos seguintes moldes. O trabalhador não pode receber mais de 3000€ líquidos no fim de cada mês, mesmo que receba bonificações, subsídios ou qualquer outra coisa.
    A limitação também deveria ser aplicada nas empresas públicas sem exceções. Talvez assim se fizesse um pequeno acerto no orçamento, permitindo adiar mais austeridade de saca para os portugueses que recebem menos.

    Gostar

  18. Monti permalink
    21 Setembro, 2012 08:06

    “todos são contra qualquer tipo de reforma significativa.”
    Absolutamente.
    Nomeadamente aqueles que se abasteceram nos bons tempos do regime:
    Armando Mário Vara Soares, como
    Dias Cavaco Loureiro e Silva.
    De Valentim Loureiro a Isaltino Morais,
    com Sócrates em Paris.

    Gostar

  19. Paulo permalink
    21 Setembro, 2012 08:25

    Miranda
    É claro que todos são contra, sempre que isso lhes cause prejuízos.
    Ou o João gosta de perder aquilo que lutou para obter?
    .
    Precisamos de separar as águas.
    Está a falar de alguém que tenha conseguido algo por meios ilícitos, tipo BPN, Freeport, ou outros esquemas maçónicos? Para esses julgo que vai encontrar um largo consenso nas reformas.
    .
    Agora se está a falar de pessoas que fizeram um curso superior, dedicaram 15 anos ao ensino, e agora vem um governo coloca-los no desemprego porque acha boa ideia ter 30 alunos por sala, porque os emigrantes se estão a ir embora e no meio da crise não nascem crianças, se calhar um estado solidário estaria a procurar soluções. Para mim é o mesmo que cair um tempestade num campo de milho, e nesses casos é logo um aí Jesus e vai lá a ministra a correr com o livro de cheques. E não é um problema publico-privado, porque todos os dias vejo os ministros da economia, agricultura, turismo, até os da comunicação social, a despejar apoios em empresas, muitas delas com sucesso artificial (as tais gorduras!).

    Gostar

  20. JMLM permalink
    21 Setembro, 2012 08:30

    ” qualquer tipo de reforma significativa ”
    O que é?
    Por favor no mínimo um pouco de honestidade intelectual.

    Gostar

  21. piscoiso permalink
    21 Setembro, 2012 08:32

    Agora falta criar um criar um Conselho de Coordenação do Governo com o Consenso Social .

    Gostar

  22. Paulo permalink
    21 Setembro, 2012 08:42

    Piscoiso
    Nem mais!
    .
    Realmente é um mimo, estes srs. que querem reformar e fechar tudo, para cada problema fazem nascer uma comissão, seja para fiscalizar os ministérios (!), e até para filtrar as conversas Passos/Portas.

    Gostar

  23. jdfernandes permalink
    21 Setembro, 2012 09:38

    Queremos sair do sarilho em que nos metemos, mas apenas com o “esforço” dos alemães!

    Gostar

  24. Tim permalink
    21 Setembro, 2012 09:39

    O que este governo moribundo fez foi muito mais grave: foi abusar da disponibilidade e consentimento de muitos portugueses para os sacrifícios.
    E abusaram por incomptetência e injustiça na distribuição de tais sacrifícios. Pensaram que podiam já tratar a generalidade dos portugueses como vassalos da sua ágenda política privada.
    Erro crasso.
    Agora segue-se, durante uns meses, o teatro de fingimentos, hipocrísias e faz de conta em que a política tem actores consagrados e revelações notáveis.

    Gostar

  25. zazie permalink
    21 Setembro, 2012 09:42

    “para um país como Portugal”- pois, um país na ruína e queriam mais gastos com artistas.
    .
    É nestas coisas que se percebe como se criou uma casta de inúteis que se imaginam em Hollywood.

    Gostar

  26. PiErre permalink
    21 Setembro, 2012 09:42

    João Miranda está a promover a canonização de Passos Coelho.
    Passará a ser venerado como S. Coelho dos Passos?
    Ou apenas S. Passos Perdidos?

    Gostar

  27. javitudo permalink
    21 Setembro, 2012 09:49

    Esperemos então que o consenso acabe por ser mandar a Troika embora. Com mais um empurrãozinho consegue-se.
    Também pode acontecer que seja a terrível Troika a tomar a decisão de ir para outras paragens.
    Um dia chegará em a realidade se abre às escâncaras pelos olhos dentro.
    Aguardemos o dia em que o quartzo rude se desdobrará em cristais ponteagudos tal ametista real.

    Gostar

  28. Tim permalink
    21 Setembro, 2012 09:56

    O JM parece não perceber (ou não querer perceber…) que até o «consenso social» mais nuclear e endógeno ao governo foi quebrado.

    Gostar

  29. Bovinos Fascistas permalink
    21 Setembro, 2012 10:06

    João Miranda é o avançado que o SCP necessita.
    Como (falso) organizador de jogo também teria lugar:

    Por onde andam os olheiros do SCP?!

    Gostar

  30. Bovinos Fascistas permalink
    21 Setembro, 2012 10:09

    E a doutora helena matos?!
    Refugiou-se na serra da estrela?! Ou seguiu os conselhos dos seus correlegionários e emigrou?!
    Sentimos a sua falta!

    Gostar

  31. colono permalink
    21 Setembro, 2012 10:28

    O” interssante” o patético, o absurdo, a ignorancia , o descaramento, resumindo a pulhice da maioria dos “palpites” … concluiu que o réu (s) a condenar… o mau (s) da fita é quem nos emprestou o dinheiro!! Absolve-se o (s) governte(s) corrupto(s) que pregou o calote!
    Como é costume comparar-se as contas do país a uma familia…. seria o mesmo que esta pregasse um valente calote na mercearia e na padaria… e o merceeiro e padeiro… é que devia, pela desleixo e incúria, pagar as favas!
    Quem quiser que tire as devidas ilações…
    Termino com uma pergunta:
    Em que país da UE seria possivel um autarca ser condenado a 7 anos de prisão efectiva por corrupção e +… continuar a exercer o mandato.. com o absurdo de ter ganho a eleição… no perido auge do julgamento!!!!!!??????
    Portanto, nada me admira que, o proximo PM ou PR, seja o Engenheiro Doutor Filosofo José Socrates.
    Acordai POVO!

    Gostar

  32. javitudo permalink
    21 Setembro, 2012 10:36

    Colono,
    Aguarde o dia em que o quartzo rude revele a ametista real.
    O dia virá.

    Gostar

  33. Zé Paulo permalink
    21 Setembro, 2012 10:41

    Ó bovinos Facistas do caraças, deixa lá o meu Sporting em paz.
    Não nos arranjes mais problemas do que temos. 😉
    Já agora, para quem acha que o Sócrates é o ùnico responsável pela situação – para mim tem muitas responsabilidades, mas isso já vem de muito antes – deixo uma pergunta: quem, traíndo aqules que nele votaram, se pôs na alheta e abriu caminho para o Eng.º, hein?

    Gostar

  34. Bovinos Fascistas permalink
    21 Setembro, 2012 10:46

    A revolta está instalada no interior do PSD.
    Discurso do reitor (militante do psd) da UC na abertura do ano. Demolidor!
    http://ucv.uc.pt/ucv/podcasts/universo-uc/abertura-solene-das-aulas-20122013-discurso-do-rei

    Gostar

  35. Sousa Pinto permalink
    21 Setembro, 2012 10:47

    Uma medida acertada deste Governo era mobilizar os desempregados para a apanha da azeitona nos campos de Portugal.
    É sabido que a oliveira é uma árvore cultivada quase exclusivamente na Bacia Mediterrânica. Portugal tem milhões delas, algumas com mais de mil anos.
    A azeitona muitas vezes não é colhida por razões diversas. Os proprietários vivem longe, não aparece comprador ou não aparecem pessoas para fazer a apanha.
    Era conveniente garantir a compra da azeitona por acordo com os lagares.
    Os proprietários podiam comparticipar os custos. Os desempregados podiam ganhar mais que o subsídio.
    E o bem precioso que é o azeite, não ficava perdido no campo.

    Gostar

  36. tric permalink
    21 Setembro, 2012 11:17

    e os Judeus a andarem a promovêr uma Guerra contra o Irão e a instabilidade no médio-oriente…só fazem porcaria!! e os portugueses a pagarem…já não basta o roubos e roubos que os Judearia fez portugueses ao longo da História de Portugal !
    .

    Gostar

  37. tric permalink
    21 Setembro, 2012 11:27

    Gostar

  38. José Pinto permalink
    21 Setembro, 2012 11:36

    O biólogo tem razão. Havia uma ficção, germinada na cabeça dos alienados do governo e dos seus sabujos apoiantes:a a de que o Governo tinha o apoio da populaça para as suas medidas. Não tinha, nunca teve, ninguém gosta de ser espoliado e empobrecido. Tinha a tolerância, o que é completamente diferente. Mas como o governo não cortou onde deveria cortar: em todos os interesses que mamam na teta do estado. Não deu o exemplo, contratando centenas de assessores, motoristas e amanuenses, cortando nos sues próprios salários e reduzindo as benesses que os governantes têm direito. Ainda distribuiu por empresas os seus homens de mão, Catrogas e afins. E cobriu-se de vergonha mantendo alguém como Relvas em funções. E ainda por cima, não conseguiu controlar o défice, a dívida e viu todas os objectivos orçamentais largamente falhados. A tolerância foi-se, as pessoas deixaram de compreender os sacrifícios. Mas continue o Miranda a viver no seu mundo de fantasia, está em boa companhia do Governo.

    Gostar

  39. colono permalink
    21 Setembro, 2012 11:38

    Caro Sousa Pinto
    Achei a ideia muito interessante… já agora, lembro-lhe que, a oliveira pega de estaca…
    Em S. Comba Dão está uma enterrada …. Ai se pega!
    Parece-me que já faltou mais…
    cumprimentos

    Gostar

  40. Paulo permalink
    21 Setembro, 2012 11:40

    jdfernandes
    Só com o esforço dos alemães alto lá, eu já ando há algum tempo a perder muito, neste momento vamos nos 24% mais inflação.
    O problema é que grande parte do pais ouviu falar em sacrifícios mas ainda não lhes tinha chegado ao bolso.

    Gostar

  41. tric permalink
    21 Setembro, 2012 11:41

    e em Espanha…o desmoronar está pertissimo…o colapso é eminente…
    .

    Gostar

  42. piscoiso permalink
    21 Setembro, 2012 11:46

    A ideia do Sousa Pinto de pôr os desempregados a apanhar azeitonas é uma boa ideia.
    Sempre é melhor que apanhar bonés.

    Gostar

  43. pedro permalink
    21 Setembro, 2012 11:55

    pois o problema começa aí ,como bem diz o josé pinto: Passos não deu exemplos não cortou na despesa e agora a tsu foi a bolha ,isto já não passa, sem a demissão do governo . Conselho de coordenação com o pp ,vão gozar com o c……. Espero estar enganado mas…..

    Gostar

  44. Fincapé permalink
    21 Setembro, 2012 12:08

    Vou repescar o título do post abaixo para dizer “País viciado em reformas”.
    Não há um mês, uma semana, um dia, um segundo, que não haja alguém a clamar por reformas. Mal uma reforma foi publicada no pascácio Diário da República, os mesmos começas a dizer que é necessário uma reforma. Esta espiral não só enlouquece completamente as pessoas que não sabem nunca com o que podem contar como atiraram o país para o caixote do lixo. É inacreditável a confiança que o sistema tem nas reformas. Mas é útil. Primeiro, enquanto se fala em reformas não é necessário pensar, coisa dolorosa para o cérebro; depois, evita o essencial num país, num povo e numa democracia – a gestão. Enquanto se vai guinchando por reformas, nada é necessário ser gerido. Umas convulsõezitas em permanência são mel na sopa para os falcatrueiros.
    Ora, a grande parte dos problemas do país são de gestão. Políticos incompetentes, maus gestores a quem nunca se imputa nenhuma irregularidade ou ilegalidade, são o pior da nação. Aí, sim, alguém deveria atuar, mas não sei quem. Existe um código português chamado Código de Procedimento Administrativo . Nele se pode ler:
    Princípio da Administração Aberta – Todas as pessoas têm o direito de acesso aos arquivos e registos administrativos, mesmo que não se encontre em curso qualquer procedimento que lhes diga diretamente respeito, sem prejuízo do disposto na lei em matéria relativas à segurança interna e externa, à investigação criminal e à intimidade das pessoas. Era assim o artigo 65.º, do Decreto-Lei n.º 442/91, mas provavelmente já foi atualizado.
    Pergunto, porque é que os cidadãos não têm acesso aos contratos do Estado, como no caso das PPP ou das privatizações? Porque é que os nossos comentadores televisivos diplomados, pessoas de tanto saber, aceitam isto como uma fatalidade do país e não exigem a detenção, por suspeita, dos governantes incumpridores? Como é possível ninguém exigir boas governações, com responsabilidade, e se continuem a exigir reformas inúteis em cima de reformas inúteis? Reformar mentalidades, isso sim, seria uma grande reforma… mas prática. Que de teorias estamos (quase) todos fartos.

    Gostar

  45. tric permalink
    21 Setembro, 2012 12:11

    no médio-oriente a guerra essa…e a nova guerra fria com a Russia estã mais que à vista à pala dos Judeus…depois da porcaria que fizeram à economia…é engraçado os Judeus querem uma guerra com o Irão por causa de armas nucleares…coisa que naquela região só Israel pode ter e sem inspecções nem indignação ocidental…!! os Judeus tem uma memória histórica de elefante mas promovem a destruição da memória dos povos em que estão inseridos…então em Portugal…basta vêr quantos livros sobre a judearia neste ultimos anos ja foram lançados sobre em Portugal e quantos livros da História do povo de Camões o foram ? em Portugal o Genocidio do Povo de Camões às mãos do sanguinário Bonaparte é totalmente branqueado e o que os Judeus consideram o seu genocido esse é dado em toda a escola publica portuguesa e com grande relevo impressionante, quase central !!??? mas enfim…não admira que o Brasil tenha apoiado a destruição da latinidade da língua portuguesa…
    .

    Gostar

  46. tric permalink
    21 Setembro, 2012 12:18

    aliás, Portugal só pode mesmo ser uma Judearia…quando o Primeiro-Ministro de Portugal e Ministro das Finanças afirmam que vão simplificar as tabelas do IRS em nome de padronizar o modelo com os da Europa…quando o PS ainda tem credibilidade na comunicação social depois do que fez ao país…é so Judear!!

    Gostar

  47. tric permalink
    21 Setembro, 2012 12:28

    o CDS apoiou o aumento dos impostos nas novas tabelas do IRS !!!??? inacreditável…já não bastava os deputados do CDS irem votar a favor da TSU…ainda vão votar mais um roubo nas tabelas do IRS…o da TSU era em nome da competitividade e emprego…o do IRS é em nome da simplificação e padronização com o que se faz na Europa…inacreditável as intrujices que este Governo vende aos portugueses…anda a fazer concorrência os Governos de Socrates…

    Gostar

  48. Zé Paulo permalink
    21 Setembro, 2012 12:47

    Esse governo tem cá uma lata.
    “É fácil fazer demagogia e populismo quando se está na oposição.”
    Com certeza, fala por experiência própria. Afinal, ele mesmo faz disso prova.
    Não tem nenhuma credibilidade para pedir o que quer que seja aos portugueses. Tem de cair!

    Gostar

  49. Anonimo permalink
    21 Setembro, 2012 13:09

    .
    Aliazs
    .
    «A economia alemã, a maior da União Europeia, tem dificultado o crescimento económico no resto do conjunto e muitos economistas argumentam que SÓ O AUMENTO DO CONSUMO DAS FAMÍLIAS na Alemanha, SUPORTADO POR AUMENTOS SALARIAIS, pode ajudar os seus vizinhos e parceiros a recuperar. »
    .
    Afinal a ‘cobra acabou a morder o rabo
    .
    antes a versão era:
    “SÓ O AUMENTO DO CONSUMO DAS FAMÍLIAS nos PIIGS (a atual versão substitui ‘PIIGS’ por ´Alemanha’), SUPORTADO POR AUMENTOS SALARIAIS, SUPORTADO POR AUMENTOS SALARIAIS, pode ajudar os seus vizinhos da UNIAO EUROPEIA e parceiros a recuperar.”
    .
    O caro pôs o dedo onde dói. Não sei se o companheiro de ‘LIVRES PENSADORES’ é da Direita, da Esquerda, ou do do Centro mais ou menos que é o absurdo oportunista do que pretende ser GRANDE POLITICA ou ESTADISMO, dos Neo isto ou aquilo, dos marxistas sovieticos chines coreanos ou chineses, dos campos de concentração ou goulags ou se de pinochadas ou assade/sadamistas/alcaedistas ou do capitalismo ‘xina’ que sonha ser coletivista ‘sovietico’ ou do coletivismo marxista que reza para ser um capitalismo ‘soviético’ ou outra fantasia qualquer
    .
    Nestes campeonatos que reduzem analfabeticamente VIDA a FUTEBOIS, oara além dos ‘benficas-belenenses-sportinguistas-alguidadres baixistas’ fica o que interessa: o que é que fica na carteirita ao fim do mês depois de tantos ‘golos’ e ‘botas de ouro’.
    .
    E aqui é que se joga a coisa que quando inorganicamente se decide a sair à rua os comentaristas dos ‘futebois’ ficam parados e embasbacos a comentar o que já foi e o que deveria ter sido mas não é. Normalmente a Situação,
    .
    quanto aos do ‘contra’ ou da(s) ‘OposiçÕES’ propositadamente congelo opinião. E porquê ? Para não haver duvidas sou pelo CAPITALISMO, sou de DIREITA, rejeito DITADURAS com ou sem eleições, sou pela LIVRE INICIATIVA e pela PROPRIEDADE, e
    .
    pelas CONQUISTAS CIVILIZACIONAIS na Saude-Educação-Solidariedade no Desemprego-PENSÕES AOS 55 ANOS-IMPOSTO UNICO NACIONAL APENAS SOBRE O CONSUMO arrasando o arrazoado de impostos e as tretas dos fiscalistas para defenderem 25% da Economia Paralela isenta de impostos = CORRUPÇÃO e CONTRABANDOS
    .
    e por uma TAXA NACIONAL DE SEGURANÇA SOCIAL também sobre o CONSUMO acabando com esta ‘musica’ das ‘CONTRIBUIÇÔES PARA A SEGURANÇA SOCIAL’ que são a ‘chico-espertioce’ dos otários jovens, até aos 40/45 anos, andarem a financiar PENSÕES ATUALMENTE ABUSIVAS para quando chegar à altura dos atuais pagantes receberem como resposta ‘PARA VOCÊS AGORA NÂO HÀ PENSÔES’ a menos que trabalhem até aos 80 anos,
    .
    pois é que o pesoal morre mais velho e portanto .. porque .. porquê .. e porque não … não existem nabos para serem otários como vocês anjinhos foram …. varre varre para debaixo do tapete é que escorraçávamos para emigração os jovens, às centenas de milhares, e agora não há quem pague para vocês ……
    .
    :))))
    .
    Talvez os esclarecidos conselheiros do (não é ‘de’) Estado sejam aconselhados pelo Ministro das Finanças que apareceu de para quedas sem ninguém o conhecer de lado nenhum ou saber quem quem era ou é, mas enfim
    .
    possa aconselhar segundo os aconselhamentos de Sua Excelencia que pelos vistos seriam o ‘maximo em Portugal’ e que vão aconselhar para aconselharem ……..
    .
    Como no 11.09 bem se classificou que ‘o mundo nunva mais será igual’, em Portugal está CONFIRMADO que ‘PORTUGAL NUNCA MAIS SERÁ IGUAL’ após a EXPRESSÂO DOS PORTUGUESES DE 15.SET NÂO ATRELADA A PARTIDOS ou POLITICOS DO SISTEMA
    .
    Com mais manifestações ou não, ou com porrada ou sem porrada, ou seja lá como for, PORTUGAL NUNCA MAIS SERÁ IGUAL. Topem-se, adaptem-se ou pelo menos desamparem a loja para se safarem também porque há quem saiba embaralhar e dar o novo, não darde novo.
    .

    Gostar

  50. Trinta e três permalink
    21 Setembro, 2012 13:29

    Com se vê, é fácil compreender. Mesmo de longe: http://www.economist.com/node/21563352?fb_action_ids=10151183952184433&fb_action_types=og.likes&fb_ref=scn%2Ffb_ec%2Fthe_tipping_point&fb_source=other_multiline&action_object_map={%2210151183952184433%22%3A447280598655375}&action_type_map={%2210151183952184433%22%3A%22og.likes%22}&action_ref_map={%2210151183952184433%22%3A%22scn\%2Ffb_ec\%2Fthe_tipping_point%22}

    Gostar

  51. tric permalink
    21 Setembro, 2012 13:32

    “Talvez os esclarecidos conselheiros do (não é ‘de’) Estado sejam aconselhados pelo Ministro das Finanças que apareceu de para quedas sem ninguém o conhecer de lado nenhum ou saber quem quem era ou é, mas enfim
    .
    possa aconselhar segundo os aconselhamentos de Sua Excelencia que pelos vistos seriam o ‘maximo em Portugal’ e que vão aconselhar para aconselharem ”
    .
    AC, um Ministro das Finanças que afirma que ficou surpreso com a taxa de desemprego em 2012 e depois apresenta um taxa de desemprego nula para 2013 face a 2012, é um génio…

    Gostar

  52. Paulo permalink
    21 Setembro, 2012 13:32

    Fincapé
    De acordo, se em vez de passar logo às tão propaladas reformas se tratasse da gestão dos organismos que existem, se calhar não se perdia tanto tempo.
    O problema é que da extrema esquerda até à direita toda a gente planta boys por todo o lado, e agarram-se como lapas.
    O Passos disse que ia moralizar o sistema, concursos para dirigentes, e até agora nada. O Bilhim lá anda entretido a fazer outra vez os mesmos estudos académicos (leia-se coisa de quem nunca trabalhou a sério mas tem a mania que sabe tudo porque leu meia dúzia de papers), e vai outra vez concluir a mesma coisa, e depois quando chegar à realidade, além de criar superinstitutos ingovernáveis, vai destruir algumas coisas que funcionavam e que vai ser necessário contratar a privados ao dobro do custo.
    Porque mexer no que funciona mesmo muito mal não é viável, pois é mesmo aí que estão os Relvas deste país!

    Gostar

  53. Carlos permalink
    21 Setembro, 2012 13:36

    Depois de toda esta discussão, desejo colocar algumas dúvidas ao Sr. João Miranda (este comentário tinha sido colocado noutro post mas sem resposta de parte alguma).

    1. Partindo do pressuposto (real, a julgar pela generalidade de toda a opinião pública) de que esta alteração na TSU implicaria uma imensa quebra no mercado interno e aumento do desemprego (numa economia tão fechada à internacionalização como a nossa), em sua opinião, estaríamos ou não à beira de uma maior recessão? Em que medida é que esta recessão permitiria tirar Portugal da Crise? Não será o crescimento do PIB absoluta condição para nos tirar da crise?
    2. Será justo sacrificar toda a massa trabalhadora por erros cometidos sucessivamente pelos diferentes Governos? Não seria, por ventura, mais justo condenar judicialmente todos os governantes que nos conduziram a esta situação? O povo não pode dizer com justiça “eu não devo nada a ninguém”?
    3. Pelo que diz, as PPP estão “praticamente blindadas”. Assistimos à privatização em massa de empresas públicas. Assistimos ao aumento generalizado dos serviços públicos (educação, passes, taxas moderadoras, etc.) Considera que esta alteração na TSU resolveria o problema do déficit e não seriam necessárias novas medidas de austeridade para 2013? E o que seria necessário fazer para o déficit em 2014? E para 2015, em que o déficit teria de ser inferior a 2,5%? Novos aumentos de impostos?
    4. O senhor tem alguma noção da imensa despesa realizada por toda a Administração Pública onde seria possível cortar os excessos?
    5. O senhor leu o relatório da Rede Europeia Anti-Pobreza, de Agosto de 2012, que coloca Portugal como um dos países mais pobres da UE-27 e com maiores desigualdades entre mais ricos e mais pobres?
    6. No panorama económico mundial, verificamos que os países que mais crescem e mais se desenvolvem apostam no incremento das qualificações e na potenciação do crescimento económico. Será o custo do fator trabalho em Portugal assim tão relevante? Como é possível, se somos dos países da UE-27 em que este é menor?
    7. O senhor alguma vez passou por dificuldades de querer comer, comprar algo e não ter? Refiro-me mesmo à fome.
    Agradeço resposta a todas estas questões. Poderá, se o desejar, elaborar um post nelas inspirado.

    Gostar

  54. Anonimo permalink
    21 Setembro, 2012 13:54

    .
    “Pelo que diz, as PPP estão “praticamente blindadas””. No limite estar-se-ia na Anarquia. Do não haver Politica nem Estado. Então uma Governança que pode declarar uma guerra, mandar policias correr à porrada cidadãos, nacionalizar ou estatizar ou resumindo fazer o que quere em ‘representação dos eleitores’ declara-se IMPOTENTE porque supostamente “as PPP estão “praticamente blindadas””.
    .
    Afirmar isto em termos de Politica com letra grande, Estadio, Representação do eleitorado, em suma ‘Poder Nacional’ é É isto a voz da Governança ? Ou sugere uma garotada completa. Ridiculo para um regime e sistema que se afirmam como o PODER e o INTERESSE PUBLICO de Portugal legitimado pelos Eleitores.
    .
    Estejam calados não metam mais gasolina em cima do fogo que por aí já vai. Juizo em matérias excepcionalmente melindrosas.
    .
    É só bolas fora. Cartas fora do baralho.
    .

    Gostar

  55. OuviDizer permalink
    21 Setembro, 2012 13:58

    PRECE
    Fazei meu Deus que PPC caia, mas que a queda seja depois do orçamento aprovado. Fazei também, para que entretanto, PPC venda por ajuste directo a Assembleia da Républica, pois a utilidade para o povo é pouca. Que venda tambem, por ajuste directo, o palácio de Belém, pois o custo anual é demasiado caro para este País. Fazei também, para que as pessoas que são nomeadas para cargos públicos lhes dê uma “travadinha” sempre que pensarem, fizerem, algo contra o nobre POVO PORTUGUES. Amen

    Gostar

  56. colono permalink
    21 Setembro, 2012 14:32

    O que me custa suportar:
    Saber que o maior responsável pelo estado da Nação, esteja comodamente instalado em Paris, gastando mensalmente mais de 15.000 E ( QUINZE MIL EUROS / NÃO ESCUDOS) não sei quantos sal´rios minimos… Que o seu nome esteja envolvido nos casos de maior corrupção em Portugal: Cova da Beira, Freeport, face Oculta, Casas, etc…
    É ouvir e ver seus pares e outros… deitarem as culapas do estado em que “merda” chegou, para cima dos outros… nos outros incluo o actual governo…
    A memória é curta!
    Não ´foi por acaso que o PS votou contra a investigação/ do enriquecimento … o tal celebre ONUS DA PROVA… A “justiça” é que tem de provar que a proveniencia ( dum ex-probetana)do dinheiro da compra de : iates, manções, carrões…
    Porra… asim não dá.

    Gostar

  57. PMP permalink
    21 Setembro, 2012 14:54

    JM, o Passos poderia ter vindo á TV e ter dito o seguinte :
    .
    – Todos as despesas do estado serão cortadas em 5% e já estava o problema resolvido.
    .
    Claro que a palavra todas tem um significado lógico preciso , quer dizer exactamente todas sem excepção, incluindo juros !

    Gostar

  58. aliazs permalink
    21 Setembro, 2012 15:10

    O carvão está em brasa, a grelha está no ponto… para assar.
    O nosso particular “p”residente, CS, não tem o programa eleitoral do partido que convidou para formar governo, como leitura na mesinha de cabeceira.
    CS considerar que está “ultrapassada” hipótese de crise política, antes do Conselho de Estado, a realizar-se mais logo, vem confirmar a imagem de que a sua candidatura e posterior recandidatura para o cargo foi um bilhete de férias para 5+5 em 5*

    Gostar

  59. 21 Setembro, 2012 15:29

    Os trabalhadores da GALP fizeram greve. Entre as reivindicações estava a revisão da tabela salarial em resultado do bom desempenho da Empresa no primeiro semestre.
    Estes senhores não são gente que ganhe propriamente migalhas.
    Em nome da solidariedade que pedimos aos ricos da Europa, não ocorreu a estas criaturas pedir a distribuição das mais valias da Empresa para a criação de mais postos de trabalho.

    Gostar

  60. colono permalink
    21 Setembro, 2012 15:38

    Caro PMP
    ” Corte de 5% nas despesas… tudo resolvido”
    Ideia simples, curta e tremendamente eficàz….
    E andaram aqueles” burros” doutrores professores catedrático a estudar durante dezenas de anos… e não foram (são) capazes de descortinar uma formula tão rápida e simples…
    Esta faz-me lembrar a do “OVO de COLOMBO”
    Se me permite, enviarei esta sua “ovada” para o Governo e grupos parlamentares. Posso?
    Cumptos
    Colono ( a verdadeiro e assumido)

    Gostar

  61. aliazs permalink
    21 Setembro, 2012 15:42

    João Amorim é curioso o teu raciocinio para criticar aqueles que apelidas de “criaturas” . Vê lá o quadro de remunerações do nivel V+… achas que os V+ vão chegar à altura da distribuição de dividendos e alocar reservas para a medida que apregoas? Já agora nas empresas do PSI20 alguma o fez?
    Entendo a nobreza da tal decisão, mas vai ao circulo do nobre, por aquisição do título, do Horta e Costa e vê se alguma vez o fizeram.

    Gostar

  62. Trinta e três permalink
    21 Setembro, 2012 16:01

    Além de que não se percebe por que deviam ser os trabalhadores a tomar essa decisão, quando isso é uma responsabilidade de quem gere. Cheira-me que andam por aqui os nostálgicos do tempo do trabalho infantil e das tarefeiras da indústria têxtil.

    Gostar

  63. Zé Granada permalink
    21 Setembro, 2012 17:03

    Corram lá com a Troika que é para deixar de haver dinheiro para os ordenados e o país entrar em guerra civil, para ver se enterramos de vez com a Terceira República e podermos enforcar calmamente aqueles que saquearam o país desde om 25 de Abril!

    Gostar

  64. Carlos Pereira permalink
    21 Setembro, 2012 17:56

    Diminuir despesa! Vamos à educação, desde Sócrates que se corta na educação, começou com congelamento de carreiras em 2005, dois anos e meio, em 2011 novo congelamento sem prazo de validade, depois 3,5 a 10% de corte de salários, mais ou menos um salário a menos, depois dois salários (subsídios), cerca de um salário nas deduções do IRS, portanto aumento de impostos, depois anuncia-se que para o ano haverá talvez menos um salário…(revisão dos escalões e aumento da TSU) e aqui já lá vai cerca de 30% de perda líquida nos salários dos professores, (quadros superiores) que dizem ser a maior despesa pública com salários. Isto é equidade? Quando é que isto acaba? Apesar deste corte brutal o défice continua a aumentar? Mas andam a brincar com as pessoas? E este país, que está afinal na banca rota dá-se ao luxo de manter uma escolaridade obrigatória de 18 anos?Então depois de corte em cima de corte a conversa é sempre a mesma, como se não tivesse havido ainda corte nenhum? Isto é próprio de gente séria?Vamos lá falar verdade, queremos sacrifícios equitativos, ou não? Dentro da FP há privilegiados e excepções? A descida de salários tem de ser de quanto e onde? Os FP levam a fatia maior porque não há despedimento, ou levam a fatia maior e há despedimento à mesma? Estamos fartos de demagogia, de mentiras e do comportamento negligente e deplorável daqueles que deveriam dar o exemplo ao povo.

    Gostar

  65. Carlos Pereira permalink
    21 Setembro, 2012 18:00

    Corrijo: “bancarrota”

    Gostar

  66. JDGF permalink
    21 Setembro, 2012 18:23

    Chega de ameaças escabrosas. Alguém acredita que existem condições (força) políticas para ad libidum cortar ‘… na saúde , na educação, nas segurança social, nos salários, no investimento e na cultura’….
    Bem nos salários, no investimento (público) e na cultura já cortaram. Mas uma coisa são ‘ajustamentos’ impostos do exterior outra será ‘criativas’ propostas da lavra doméstica.
    Quanto ao investimento privado não há cortes o que existe é o sufoco fiscal, a falta de confiança e, consequentemente, uma vertiginosa queda (que é diferente dos cortes).
    Por saberem que certas prestações sociais (saúde, educação e seg. social) são pilares da nossa sociedade utilizam-nas como arma de arremesso. Mas o País ‘não é o da Joana…’ e ‘eles’ estão a senti-lo…

    Gostar

  67. 21 Setembro, 2012 18:30

    Se esta cambada:
    http://www.abola.pt/mundos/ver.aspx?id=353627

    não se sente bem por aqui……..

    pq não escolhem um paraíso para viver?

    tipo Cuba….Coreia do Norte…Irão…..Eritreia……….

    ali os governos não são escolhidos por esse método arcaico e retrógrado …..chamado eleições!!!!!!!!

    como aconteceu “neste país”…

    Gostar

  68. Portela Menos 1 permalink
    21 Setembro, 2012 18:35

    atira-te ao Tejo e leva o governo!

    Gostar

  69. Portela Menos 1 permalink
    21 Setembro, 2012 18:40

    Cavaco Silva considera que já não há risco de crise política
    Lusa, PÚBLICO
    Horas antes do Conselho de Estado, o Presidente da República afirmou que que uma crise política seria “dramática” para o país, mas afirma que esse risco está “ultrapassado”.
    .
    quem acredita que a família laranja não está unida anda a dormir na forma.

    Gostar

  70. 21 Setembro, 2012 19:40

    Aos grandes Revolucionários e à classe Média. Aos “Piscoiso” e “Portelas”. Aos trogloditas do ócio e do socialismo. A todos os panascões e Benfiquistas.
    A minha colega pediu a tarde para ir à vigília.
    A minha professora (Doutorada) também tirou a tarde.
    Só tinha a dizer isto.
    Cumprimentos,
    R.

    Gostar

  71. Pedro M permalink
    21 Setembro, 2012 20:41

    Para cortar despesa podiam sempre começar pelo ministério das finanças. Nem que não fosse pelo exemplo.
    Para o PSD ir pela pia abaixo basta deixar o PPC vir falar à televisão, perdem 2% de votos a cada intervenção.
    Para aí 5% se for o Relvas.

    Gostar

  72. Pedro M permalink
    21 Setembro, 2012 20:49

    Os ferrenhos do PSD (que olham para o partido como se fosse um clube de futebol, o mesmo acontecendo aliás com os ferrenhos dos outros partidos) ainda não perceberam que depois do falhanço das metas do déficit, depois de um ano de austeridade que afinal não serviu para nada, só para nos enterrarmos mais, depois do partido do governo prometer cortar gorduras e baixar impostos, fazendo depois exactamente o contrário, e depois daquela invenção absurda e ignóbil da TSU, o pessoal que até votou neles (como os otários como eu) perdeu totalmente a confiança neles, neste momento quanto mais depressa se forem embora melhor, aliás até já vão tarde.
    Quando ouço o PPC, neste momento já sinto o mesmo asco e vontade de vomitar que sentia quando ouvia o vígaro que fugiu para Paris.

    Gostar

  73. Pedro M permalink
    21 Setembro, 2012 20:55

    Agora se as mexidelas forem para tirarem o Gaspar para lá porem o Macedo (o das extorsões fiscais), prefiro que continue como está. Mal por mal, antes o menos mal.

    Gostar

  74. andresilva permalink
    21 Setembro, 2012 22:48

    prisão e condenação por um tribunal imparcial dos ladrões. Nacionalização de todos os bens quer no país quer no estrangeiro dos referidos ladrões. Crimes de traição à Pátria, como tratados e acordos que prejudicaram Portugal devem ser exemplarmente punidos, tal como têm sido ao longo da nossa história.

    Gostar

  75. javitudo permalink
    21 Setembro, 2012 23:39

    andresilva, apoiado.
    Uma acção ametista pode ser necessária.

    Gostar

  76. Trinta e três permalink
    22 Setembro, 2012 08:20

    Lembram-se das medidas do Hollande que os “ideólogos” do Blasfémias consideraram demagógicas? Lembram-se do “lançar às feras” por que optaram os islandeses? Pois, qualquer governo que queira ter autoridade moral para pedir sacrifícios, é por aí que tem que começar.

    Gostar

  77. Basto_eu permalink
    22 Setembro, 2012 12:43

    “Todos concordam que o Governo deve cortar nas despesas”, e este Governo cortou nas despesas, é claro que é preciso cortar muito mais mas, ainda passou pouco mais de um ano.
    “se me perguntam”… onde é que cortou ? Eu digo:
    + de 1000 milhões das PPP (apenas 5 rodoviárias).
    180 milhões/ano nas rendas da energia.
    150 milhões nas fundações.
    + de 1.200 com pessoal.
    600 milhões em medicamentos no SNS.
    65 milhões nos genéricos.
    É pouco, mas o monstro começa a vacilar, daí o pânico da oposição…

    Gostar

  78. Basto_eu permalink
    22 Setembro, 2012 13:28

    Uma prova de que o Governo está a funceminar bem é o descontentanto (normal) da oposição.

    Gostar

Indigne-se aqui.

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: