Saltar para o conteúdo

O reporter estava lá

7 Março, 2013

A investigação da Autoridade para a Concorrência tem algumas características que revelam a sua verdadeira natureza. A acção foi dirigida a 16 bancos por suspeitas de partilha de informação com o objectivo de cartelizar os preços dos serviços bancários. Note-se que são serviços sobreregulados em que a informação sobre os preços é pública. Em algumas versões não são 16, mas 25 bancos. Porque é que a AC foi a 16 ou mais bancos e não apenas a 2 ou 3? Porque não sabe do que anda à procura nem o que é que anda à procura. Mas vamos supor que existe um cartel de 16 bancos em Portugal. Quanto tempo demorará a documentação que o prova a ser processada? Anos. A não ser que estejam à espera de encontrar um documento com o título: “Protocolo de constituição do cartel da banca”. Poderíamos ser tentados a pensar que este é mais um megaprocesso destinado a arquivar daqui a anos, e que permite a alguém ter poder sobre alguém, não servindo para mais nada. Mas não foi para isso que serviu. Sabe-se que a acção foi acompanhada por uma equipa de reportagem da SIC, que esteve com um grupo da AC num dos bancos. Estou em crer que a presença desta equipa de reportagem é o verdadeiro objectivo desta intervenção.

33 comentários leave one →
  1. piscoiso permalink
    7 Março, 2013 13:41

    Se não me engano, a equipa da SIC só poderia filmar com autorização do Banco.
    Mas será que os Bancos são sagrados e a atuação da AdC sobre eles é uma blasfémia?

    Gostar

  2. Duarte permalink
    7 Março, 2013 13:42

    A revolucao nao sera filmada

    Gostar

  3. Pffff ! permalink
    7 Março, 2013 14:22

    Comunicado de Sua Exª o Pres.

    Gostar

  4. 7 Março, 2013 14:41

    E antes de iniciar o “ataque surpresa”, pausa para um cigarrinho à porta!…

    Gostar

  5. JDGF permalink
    7 Março, 2013 14:57

    Fico sentado à espera de que alguém diga o que está a passar…
    Enquanto ‘isso’ não sucede resta a sensação que a AdC é a lebre [publicamente levantada do chão] e uma ‘operação’ desta envergadura deverá ter outras finalidades.
    O ‘novo’ DCIAP não estará por detrás disto?

    Gostar

  6. nightwishpt permalink
    7 Março, 2013 15:32

    É evidente que há um cartel, explícito ou não, e que a investigação não é feita para dar nalguma coisa.
    Assim vai o capitalismo.

    Gostar

  7. Portela Menos 1 permalink
    7 Março, 2013 15:43

    Esta malta é mal intencionada; deixem a banca em paz. Cartel na banca? Cartel nos combustiveis? Que exagerados.

    Gostar

  8. Portela Menos 1 permalink
    7 Março, 2013 15:58

    sobre estes debate: http://www.jornaldenegocios.pt/economia/europa/uniao_europeia/zona_euro/Detalhe/comissao_europeia_rebela_se_contra_krugman.html
    JMiranda só pode estar do lado das baratas da Comissão Europeia…

    Gostar

  9. 7 Março, 2013 16:00

    Admitamos que JM term razão em tudo aquilo que escreveu neste post. A conclusão que se pode tirar é que aqueles que ele (JM) passa a vida a defender não passam de uns pulhas que, ou vivem debaixo do guarda chuva do estado ou a furnicá-lo assim como aos outros portugueses!

    Gostar

  10. Tiradentes permalink
    7 Março, 2013 16:05

    Mas se há qualquer coisa…na banca….nos combustiveis……..na sagrada familia constituida pelas tias ou noutro qualquer sector de actividade……chama-se uma equipe de reportagem de madrugada para estar de bagagem pronta para filmar as cuecas das tias?
    Depois do cigarrito à porta pois o transito era muito e um Fiat Uno até nem é dos carros mais rápidos filma-se o quê? computadores?, discos?
    O costume da palhaçada à tuguesa.

    Gostar

  11. Duarte permalink
    7 Março, 2013 16:28

    Deixem o mercado em paz , deixem os bancos em paz . Como diz o escriba João Miranda “Note-se que são serviços sobreregulados em que a informação sobre os preços é pública”

    Assim actuando desta forma , os banqueiros ficam stressados e depois acontece isto , o que é uma injustiça

    Encontrado morto porta-voz do Banco Monte Paschi com uma nota: “Fiz uma grande asneira”
    PÚBLICO 07/03/2013 – 13:09
    O mais antigo banco italiano, alvo de um resgate de 3,9 mil milhões de euros, está a ser investigado por corrupção e fraude. O seu director de comunicação, David Rossi, ter-se-á suicidado

    David Rossi estava ligado ao presidente do banco desde 2001 REUTERS
    6

    TÓPICOS
    Europa
    Itália
    Banca
    Mercados
    Fraudes
    Corrupção
    O porta-voz do banco italiano Monte Paschi de Siena, que está no centro de uma investigação judicial por suspeitas de corrupção e fraude, foi encontrado morto na sede do banco, em condições que levam a pensar que se terá suicidado, informou a polícia. Deixou uma mensagem no seu gabinete para a mulher: “Fiz uma grande asneira”.

    O corpo de David Rossi, de 51 anos, foi encontrado debaixo de uma janela aberta, nas traseiras do banco, uma fortaleza do século XIV restaurada em Siena, chamada Rocca Salimbeni. Os media estão a noticiar que ele se suicidou, a polícia está a investigar.

    Rossi foi porta-voz da Fundação Banca Monte dei Paschi di Siena, a maior accionista do banco, entre 2001 e 2006. Quando Giuseppe Mussari, o presidente da fundação, se tornou presidente do banco, em 2006, Rossi continuou a ser o seu porta-voz. Agora, Mussari está a ser investigado sob acusação de ter enganado os reguladores, de ter manipulado o mercado e prestado falsas informações na perspectiva de comprar um banco rival mais pequeno em 2007, o Antoveneta.

    O porta-voz de Mussari não estava a ser investigado, mas Rossi foi uma das várias pessoas cuja casa e escritório foram sujeitas a buscas pela polícia.

    Neste escândalo no mais antigo banco de Itália (540 anos) já houve uma prisão, a do ex-responsável pelo Departamento de Finanças, Gianluca Baldassarri. Foi em Fevereiro, e as autoridades temiam que fugisse do país. Foram também já apreendidos 40 milhões de euros no âmbito desta investigação, de Baldassarri e de três outras pessoas suspeitas de conspiração para cometer fraude.

    Este escândalo faz temer pelo futuro do banco, que em Janeiro recebeu luz verde para um resgate finaceiro no valor de 3,9 mil milhões de euros.

    Gostar

  12. Monti permalink
    7 Março, 2013 16:35

    Autoridade para a Concorrência
    Independent dos negócios escuros, opacos ou translúcidos do comércio bancário,
    o que é a AC?
    Cerca de 50 funcionários sob liderança do senhor Manuel Sebastião.
    Média salarial de 4.000 eurs, não estará mal.
    Portanto, há que apresentar trabalho.
    Mesmo que vá ficar na Terra do Nunca.

    Gostar

  13. licas permalink
    7 Março, 2013 16:45

    O corpo de David Rossi, de 51 anos . . .
    _______

    Pode ter sido muito bem que o tal de Rossi se esteja a referir ao seu suicídio
    : depois de morrer escreveu a nota de arrependimento . . .
    (Esta é a moda do tal Hugo recém partido)

    Gostar

  14. Tiro ao Alvo permalink
    7 Março, 2013 17:06

    Esta equipe, a pedido do D. Sebastião (que nunca apresentou trabalho de jeito), ocupou ontem meios que podiam estar a trabalhar nos casos conhecidos e que andam a correr na nossa Justiça a passo de caranguejo, para fazer um espectáculo nunca visto, mais parecendo forma de enganar os pacóvios, uma vez que ninguém acredita que 16 entidades se possam concertar para praticarem preços iguais (que não é o caso), sem destruírem as respectivas provas.
    Que os Bancos abusam e, por vezes, praticam actos ilegais, enganando os seus clientes, toda a gente sabe, e muitos sentem isso na pele; que espectáculos desta natureza sirvam para atacar esses prevaricadores, toda a gente sabe que não. Menos o D. Sebastião.

    Gostar

  15. atom permalink
    7 Março, 2013 17:42

    O habitual Show off para adormecer o Zé Pagode! O extraordinário é o Sr. JM ter percebido.

    Gostar

  16. neotonton permalink
    7 Março, 2013 17:52

    Oh, Duarte nao seja perverso e malintençoado. Ou um malintençoado perverso.
    Isso e lá muito longe. Mais perto, muito perto do Vaticano…

    Gostar

  17. Duarte permalink
    7 Março, 2013 18:05

    Entretanto o mercado livre encontra-se pujante e em grande desenvolvimento para alegria e felicidade dos consumidores de todo o Mundo. Por favor nao perturbem

    Ikea finds horse meat in Russian hotdogs
    By Laura Smith-Spark and Per Nyberg, CNN
    March 7, 2013 — Updated 1629 GMT (0029 HKT)

    Gostar

  18. Duarte permalink
    7 Março, 2013 18:08

    Aproveitando este momento de grande dinamismo no mercado. Alguns aproveitaram para diversificar a sua oferta oferecendo novos produtos que têm sido muito apreciados pelos consumidores incluindo os mais exigentes como jmfernandes

    “Ikea also said Tuesday it was withdrawing its almond cake with chocolate and butterscotch from sale in 23 countries after traces of coliform bacteria — organisms found in the environment and in the feces of warm-blooded animals and humans — were found in two batches.”

    Gostar

  19. Paulo permalink
    7 Março, 2013 18:26

    De vez em quando aparecem iluminados, e fazem estes shows para entreter os Duartes da vida.
    Primeiro os rapazes do DCIAP saem logo com a SIC atrás, o que é uma coincidência terrível.
    Depois vão em marcha acelerada e a SIC também (O que é deveras interessante!)
    Depois vão a muitos bancos, procurar margens de negocio que são publicas.
    .
    Eu não sei se já algum dos comentadores anteriores pediu dinheiro para comprar casa, mas se for a vários bancos consegue muitos valores diferentes. É claro que qualquer cidadão normal vai a um pedir uma simulação e depois vai ao próximo e negoceia com base nessa simulação e continua.
    Agora os homens da AdC encontrarem valores da CGD no BES vai ser prova de quê?
    No meu processo em alguns bancos vão encontrar smulaçoes de vários outros, e até de várias agencias do mesmo.
    .
    Os bancos têm muitos defeitos, mas dizer que não há concorrência só pode ser má fé!

    Gostar

  20. Duarte permalink
    7 Março, 2013 18:37

    Embora possa causar espanto ao Miranda a coisa é muito comum

    Brussels, 11 June 2002
    Commission fines eight Austrian banks in « Lombard Club » cartel case
    Today the Commission imposed fines totalling € 124,26 million on eight Austrian banks for their participation in a wide-ranging price cartel. In a highly institutionalised price-fixing scheme, the CEOs of the banks met every month, except August, as the “Lombard Club”, a cartel which covered the entire Austrian territory – “down to the smallest village”, as one bank put it – with a view to fixing deposit, lending and other rates to the detriment of businesses and consumers in Austria. The cartel started well before the accession of Austria to the European Economic Area in 1994. But in this case, the Commission can only levy fines for the period starting with EU membership (1995) until June 1998, when it carried out surprise inspections at the banks’ premises putting an end to the cartel behaviour.

    Competition Commissioner Mario Monti declared, “The institutionalised set-up of this cartel and its comprehensiveness, both in terms of the banking services covered and geographical scope, makes it one of the most shocking cartels ever discovered by the Commission. Banks should be in no doubt that they are subject to European Union competition rules just like any other sector. In fact, maintaining competition in the banking sector is particularly crucial, considering the importance of the banking sector for consumers, businesses and the efficient allocation of resources in the economy as a whole”.

    Gostar

  21. Duarte permalink
    7 Março, 2013 18:40

    Ja por exemplo com as taxas Libor houve um cartelzinho

    http://en.wikipedia.org/wiki/Libor_scandal

    Gostar

  22. Manuel Lopes permalink
    7 Março, 2013 18:52

    Cambada que não percebe nada de nada…
    “Manuel Sebastião é Presidente do Conselho da Autoridade da Concorrência desde Março de 2008, nomeado para um mandato de 5 anos.”, ora os 5 anos estão a fazer anos…
    Já perceberam, ou precisam de um desenho!!

    Gostar

  23. Fincapé permalink
    7 Março, 2013 18:58

    “Note-se que são serviços sobre-regulados em que a informação sobre os preços é pública.”
    Sim, sim. Apetece dar tau-tau aos mauzões que se fartam de sobre-regular a banca. Já com o Constâncio era assim. Os banqueiros viam-se aflitos. Por isso nunca houve o caso BPN, nem banqueiros a esquecerem-se de declarar milhões. Nem sei como é que aguentam a pressão. Ainda por cima ninguém lhes dá nada, ninguém ajuda aquele setor.
    E repare-se que não têm culpa nenhuma da dívida, nem do Estado, nem das famílias. Eles ofereciam dinheiro barato a jorros, a juros baixos, indo pedi-lo aos bancos estrangeiros para entregar aos portugueses apenas por porreirismo. Gente mesmo porreira. Aposto que são contra a política de contenção salarial dos administradores apenas para ajudar a economia.
    Não sei se há cartelização, mas, se houver, juro pela alma dos cavalos metidos nos hamburgueres que os banqueiros estão à rasquinha cheios de medo. Ui, que medo!

    Gostar

  24. Portela Menos 1 permalink
    7 Março, 2013 19:05

    Fincapé imparável, mas vai levar com a tralha em cima, digo eu !

    Gostar

  25. Fincapé permalink
    7 Março, 2013 19:18

    Talvez não. Estão a analisar argumentos para defender as gasparinas e as coelhinas. E elas são tantas! 🙂

    Gostar

  26. Duarte permalink
    7 Março, 2013 19:54

    O empreendorismo e o mercado nao deixam de surpreender s consumidores. Sabendo da dificuldade de muitos portugueses em comprar medicamentos agora oferecem um package muito atractivo

    A Associação Portuguesa para a Defesa do Consumidor (Deco) encontrou vestígios de Fenilbutazona, um medicamento anti-inflamatório, em produtos alimentares à base de carne vendidos em Portugal e que, numa primeira análise, tinham acusado a presença de ADN de cavalo.

    Gostar

  27. 7 Março, 2013 20:13

    É o mais certo.

    Gostar

  28. Tiradentes permalink
    7 Março, 2013 21:11

    Lembro-me também dos mercados regulados estatais na antiga Checoslováquia em que tinham feito uma “descobrida” que aumentava em 50% o tamanho do porco.
    Depois, bem depois foram uns milhares de criancinhas que nasceram todas com graves deficiências mentais e motoras.
    Aquilo é que era bom.

    Gostar

  29. javitudo permalink
    7 Março, 2013 22:41

    Não mexam nos combustíveis, deixem aqueles placards nas auto estradas a gozar connosco, a comerem-nos por parvos, aplaudam o sebastião. Quem teria lá posto o sebastião. Lembram-se? Quem o deixou lá ficar imaginam?
    Bom então já estão a perceber alguma coisa…

    Gostar

  30. LDR permalink
    10 Março, 2013 20:24

    A nossa polícia, adc, etc, não está preparada para estes cartéis.

    Porque não se faz um FBI europeu? Em vez de se alimentar tanto eurodeputado e as suas assessoras… Invista-se em coisas que aumentem a competitividade limpa.

    Gostar

  31. LDR permalink
    11 Março, 2013 01:47

    Processo da Adc contra bancos partiu da denúncia do Barclays
    http://economico.sapo.pt/noticias/processo-da-adc-contra-bancos-partiu-da-denuncia-do-barclays_164491.html

    Gostar

Trackbacks

  1. Fabricar notícias – Aventar

Indigne-se aqui.

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: