Saltar para o conteúdo

O novo ódio da nomenclatura

26 Julho, 2013

MLAMaria Luís Albuquerque é o novo ódio de estimação da nossa nomenclatura. Percepcionam correctamente que ela é o principal obstáculo entre eles e a despesa pública. O episódio de ontem dos emails sobre os swaps é revelador. Maria Luís Albuquerque tinha dito que nenhuma informação relevante sobre SWAPS tinha sido passada na transição de pastas. Surgem agora estes emails, que a própria Maria Luís Albuquerque pediu depois da transição de pastas, para provar que a informação foi passada na transição de pastas e que Maria Luís Albuquerque mentiu. A forma instintiva como a nomenclatura se coordena espontaneamente para perseguir quem se lhes opõe é fascinante. É também interessante ver quem faz de idiota útil e vai atrás.

157 comentários leave one →
  1. manuel permalink
    26 Julho, 2013 11:31

    Não , dr João Miranda . Se a direita não tem melhor para os cargos de 1º Ministro e Ministro das Finanças deve passa o governo a outros. Para estes cargos ,não basta uma acentuada telegenia e depois ser inútil como profissional ,limitado académico e um crónico mentiroso. Mais de sócrates ,não.Por outro lado , existe sempre aquela lenda do ” cavalo de tróia” ,outra versão ,compreende?

    Gostar

    • A C da Silveira permalink
      26 Julho, 2013 12:58

      Onde é que estão as mentiras da ministra?
      Ela disse: nas pasta de transferência do poder não havia nenhum documento alusivo aos swaps. É verdade, não havia.
      Os mails que andam a circular, são respostas a solicitações que ela fez, porque doutro modo o Pina e os boys do PS não lhe davam cavaco sobre o assunto, e são posteriores à tomada de posse do governo: é verdade!
      Anda um país inteiro a tentar cruxificar quem está a resolver os problemas, ou seja, a ministra Albuquerque, ao mesmo tempo que tenta branquear que o criou, ou seja o Teixeira dos Santos e o Pina.
      Esta é que é a verdade; a outra é apenas a VERDADE A QUE A ESQUERDA TEM DIREITO: a verdade estalinista!

      Gostar

      • manuel permalink
        26 Julho, 2013 13:35

        Olhe que não ! No mesmo dia em que a Ministra disse que não tinha recebido nada , o Dr gaspar e o Dr Teixeira dos santos afirmaram o contrário. Sr Silveira ,eu só quero gente honesta no governo ,não me interessa o partido.

        Gostar

      • A C da Silveira permalink
        26 Julho, 2013 14:01

        Tá enganado: o que o Gaspar afirmou foi que Teixeira dos Santos, e APENAS depois do Gaspar lhe falar no assunto, lhe disse verbalmente ” que haviam uns problemas com uns swaps”. O que para resolver um buraco de três mil milhões, é pouco, não acha? De resto sabia-se que havia problemas com swaps. Não se sabia era a gravidade do mesmo.
        E continuo a dizer o que a ministra afirmou no parlamento: que o Pina não lhe deixou nenhum documento na tal pasta; e não deixou mesmo!
        Mas para mim o ponto, nem é esse. O ponto que tem de ser discutido, é porque é que o governo socialista não resolveu o problema entre 2008 e 2011? O que é isso comparado com uma eventual falta de rigor, que nem existiu, nas declarações da ministra no Parlamento?
        As zorrices que o Zorrinho disse hoje no Parlamento são uma vergonha para um partido politico, o PS, que quer governar o país.
        E nenhum jornalista lhe perguntou porque é que o governo dele não resolveu o problema que eles criaram, e o deixou para estes resolverem, e ainda por cima sonegaram a informação. Isso é que devia indignar o sr Manuel!
        O que está em marcha é uma campanha contra a ministra e o governo, que ainda vai rebentar nas mãos do Partido Socialista. Vai uma aposta?

        Gostar

      • Cáustico permalink
        26 Julho, 2013 14:30

        É isso mesmo Silveira.
        O que está em causa é “…porque é que o governo socialista não resolveu o problema entre 2008 e 2011?”
        E também está em causa, já agora, porque é que o governo PSD/CDS não resolveu o problema entre 2011 e 2013?

        Gostar

      • Pffff ! permalink
        26 Julho, 2013 14:34

        O Silveira, vê estalinistas na cidade inteira !
        Eu só vejo gatunos que me roubam o que ganhei com sangue suor e lágrimas.

        Gostar

      • A C da Silveira permalink
        26 Julho, 2013 14:48

        Cáustico,
        Porque foi preciso, antes de tudo, aquilatar do que é que se passava, porque ninguém sabia. Eram mais de 180 contractos, e alguns deles já em segundas e terceiras versões. Foi preciso fazer legislação para atribuir competências especificas a organismos do estado para resolverem o problema. De qualquer maneira, quem tinha obrigação de resolver o problema eram os socialistas, que o criaram e nada fizeram para o resolver.
        Pfff!
        Como funcionário publico que deves ser, acredito nas lágrimas, mas suor, deves ter soltado muito pouco, ou nenhum…

        Gostar

      • Cáustico permalink
        26 Julho, 2013 15:26

        A desculpabilização da primeira parte da tua resposta é de rir.
        Quanto á última frase, aconselho-te que te deixes de atavismos. Não fales do que não sabes. Não julgues quem não conheces Silveira. Não adjectives Silveira. Com esse comportamento só te apoucas.
        Se eu seguisse a mesma retórica, diria que deves ser um empresáriozeco corrupto que foge aos impostos, tacanho, preconceituoso e mamão do Estado. Ou um desses tipos que não sabem fazer nada, nunca arranjaram emprego em lado nenhum mas, ainda assim, dissertam sobre tudo. Um taxista com manias de erudição. Um Silveira rei da baboseira.
        Como vês, epitetar é fácil. Mas não traz luz à discussão.
        Mais respeito.
        Não custa nada.

        Gostar

      • A C da Silveira permalink
        26 Julho, 2013 16:36

        Parece que estás a fazer có-có fora do penico, ó “ácido muriático”. Vai aprender a ler, porque “epitetar” não é o teu forte.
        Entretanto não desmentiste nada do que eu escrevi.

        Gostar

      • Cáustico permalink
        26 Julho, 2013 16:51

        Respeitinho, moço, respeitinho.
        Já me deixei de lavar a cabeça a burros; gastava tempo e sabão.

        Gostar

      • A.Silva permalink
        29 Julho, 2013 10:48

        Já agora A C Silveira, por acaso não é “acessor” da ministra, destacado para escrever idiotices aqui no Blasfémias?

        Gostar

      • Joaquim C. Tapadinhas permalink
        29 Julho, 2013 12:58

        Este país está condenado ao fracasso, porque as pessoas que se julgam capazes de fazer algo e que muitos de nós acreditamos nelas, perdem o tempo com o acessório e esquecem a essência. O problema principal é a existência exagerada de swaps e quem é responsável por tais ruinosos contratos. Depois interessa saber se para uma responsabilidade tão grande, na casa dos milhares de milhões, havia acompanhamento suficiente por parte da supervisão, ou mesmo se esta existia e, em caso negativo, porque não foi activada e quem beneficiou com isso. Por último, se, para uma situação tão vultuosa, uma curta informação transmitida era suficiente e se não devia haver um extenso relatório explicativo para o efeito. O resto são panaceias políticas que servem para desviar a atenção dos beneficiários e dos responsáveis de tão ruinosos contratos, que nós todos acabamos por pagar.

        Gostar

      • 29 Julho, 2013 17:33

        Se a incúria do “roubo” tivesse um reu pobre já estava encarcerado.
        A Sr.ª Swaps ainda goza os pategos, quando devia estar numa prisão de alta segurança.

        Gostar

  2. Luís Marques permalink
    26 Julho, 2013 11:37

    Manuel, direita? Qual direita? A que não toca no estado e esfola contribuinte? É isso a direita?

    Gostar

  3. 26 Julho, 2013 11:40

    A foto é muito reveladora.
    Com essa expressão facial não lhe comprava nem uma bicicleta.

    Gostar

    • theodore permalink
      26 Julho, 2013 12:24

      não, josé, aliás, aníbal, não compres a essa gaja, vamos lá ao stand do espanhol que eu já te disse, se não ao do marroquino de áfrica .

      Gostar

    • Fernando permalink
      26 Julho, 2013 14:03

      De facto Piscoiso, com a sua foto nem o contactava para raptar quem quer que seja…

      Gostar

  4. Portela Menos 1 permalink
    26 Julho, 2013 11:56

    O titulo do post é mais “estilo HFMatos”, mas os situacionistas já têm uma concorrente ao premio “nariz enganador”, nao deixando socrates sozinho…

    Gostar

  5. Manuel Lopes permalink
    26 Julho, 2013 11:58

    Não tivesse a ministra mentido…, e a “nomenclatura” não tinha por onde pegar.

    Gostar

  6. 26 Julho, 2013 11:58

    Será “também interessante ver quem faz de idiota útil e vai atrás” e indefectível defensor do que MLAlbuquerque tem assumido : primeiro desconhecimento e depois inocência das negociatas SWAPS.
    PPCoelho garantiu a Cavaco Silva que MLA está inimputável. E, se alguém provar o contyrário ? MLA continua MFinanças ? PPC não renuncia ? PPortas comtinua a mandar e a manter o governo ?

    Gostar

    • Delfim Figueiredo permalink
      26 Julho, 2013 15:33

      Demos tempo a resolver o problema Tozé no PS e a terminar o interlúdio eleitoral na Alemanha. Depois continua o baile. Não fica pedra sobre pedra. Em lado algum. SWAPs são o menos.

      Gostar

  7. murphy permalink
    26 Julho, 2013 12:03

    O comportamento da comunicação social neste caso dos swaps é bem elucidativo da sua cruzada contra tudo o que não seja de esquerda.

    Vejamos, os socialistas (malta sempre muito anti-capitalista nos discursos, mas que beneficiou o sector financeiro como ninguém) fizeram estes contratos com diversos bancos e as perdas potenciais eram de 3.000 milhões.
    Este governo, já conseguiu reduzir essas perdas para metade, mas o jornalismo militante não descansa enquanto o “cidadão comum” não associar estes contratos swap ao actual governo… entretanto os socialistas, graças a estes media, ainda saem disto como uns heróis!…
    http://jornalismoassim.blogspot.pt/2013/07/o-chapeu-socialista.html

    Gostar

    • 26 Julho, 2013 12:13

      O que está em causa neste post é a seriedade (ou não) da novel ministra, mais a (des)confiança que merece.

      Gostar

      • murphy permalink
        26 Julho, 2013 12:30

        Não é só… acha irrelevante o facto de a comunicação social centrar-se nesta “trica”, em vez da questão essencial (que foi o abuso deste tipo de contratos)?

        Este jornalismo, sistematicamente, adopta os pontos de vista que convém à esquerda. A comunicação social é a verdadeira oposição!

        Se fosse o contrário – “direita” a fazer os contratos e “esquerda” a ter de lidar com o prejuízo – aí sim, a irresponsabilidade e as consequências de tal decisão é que seriam inaceitáveis. Não faltariam comentadores e jornalistas e pedirem a prisão de que assinou aqueles contratos….

        Gostar

      • Tiro ao Alvo permalink
        26 Julho, 2013 16:31

        Por falar em seriedade, MJRB, informe-se bem do que escreveu o Tribunal de Contas em 2008 e do que disseram os governantes de então, sobre esta coisa lamentável dos suópes. Se possível, fale com o socialista Dr. Oliveira Martins, que ele pode esclarecê-lo.
        E não se esqueça que tudo isto aconteceu por que os governos do Sócrates queriam esconder a dívida pública, transferindo para as empresas estatais o encargo de arranjar empréstimos de qualquer jeito e a qualquer preço.
        Que, agora, não temos outro remédio senão pagar…

        Gostar

      • RCAS permalink
        26 Julho, 2013 18:22

        Tiro ao Alvo
        “E não se esqueça que tudo isto aconteceu porque os governos do Sócrates queriam esconder a dívida pública, transferindo para as empresas estatais o encargo de arranjar empréstimos de qualquer jeito e a qualquer preço.”
        Aqui está uma posição esclarecida, foi isto mesmo meu caro, tambem penso assim, embora não fosse apenas de Sócrates, vamos ser intelectualmente honestos ok? as normas do Eurostat em vigor até á altura permitiam isso aos governos.
        Como sabe essas normas já foram revogadas! Hoje já não é assim!Felizmente as coisas agora, ficam mais transparentes!
        Aliás foram por causa destas despezas emcapotadas relativas ás empresas publicas, que já é consensual que o resgate do memorando devia ter sido de 120mil milhões mais ou os 75 como foram!
        Concorda? como vê este Socrático assumido sabe fazer auto-critica… não anda “bovinizado”!… isso é para os especialistas do passa-culpas de todos os matizes!

        Gostar

  8. 26 Julho, 2013 12:11

    o novo timoneiro-PM, PPortas, vai mandar acelerar a privatização, a 100%, dos CTT.
    Não tarda e depois duma campanha sensibilizadora da populaça, privatizará a Água !
    “O chefe manda !” — PLima cumprirá !, “com sentido de responsabilidade” e, “a bem da nação !”

    Gostar

  9. Joaquim C. Tapadinhas permalink
    26 Julho, 2013 12:23

    Esta forma de agir, dos defensores dos interesses nacionais instalados na AR, que por vezes é ridícula e chocante, encontra eco na comunicação social que a reproduz, como se fossem grandes atitudes. mas não passam de enredos formulados por cérebros que automatizam os títeres. Esta gente, que vive num mundo que não é o nosso, mas que somos nós que pagamos, não tem a noção dos valores e não sabendo aprofundar os problemas, vive e espraia-se na espuma. O caso, a espoliação do erário público, são os swaps. Se a ministra, na altura secretária de Estado, teve conhecimento um mês antes ou um mês depois, isso é secundário. Quem fez o mau investimento é que deve ser responsabilizado e não quem anda atrás do prejuízo. Em primeira análise a responsabilidade deve ser de quem legisla ou regulamenta, de forma a não haver responsáveis directos e indirectos, na má administração dos dinheiros públicos. O que faz a AR que não produz leis que protejam os cidadãos? Os irresponsáveis, põem-se em bicos de pés, pedindo responsabilidades aos outros! Que AR é esta? E o pagode, ou bate palmas, ou nem se apercebe desta miséria.

    Gostar

    • Tiro ao Alvo permalink
      26 Julho, 2013 16:38

      Tem toda a razão – a nossa comunicação social anda a discutir pintelhos e a esquecer o principal.
      Porque será que esta gente não escalpeliza o relatório do Tribunal de Contas de 2008 que já falava da gravidade deste problema que se arrastava e avolumava desde 2004/2005?

      Gostar

  10. 26 Julho, 2013 12:23

    Parece-me que Maria Luís Albuquerque está mais ou menos para esta discussão como Ferro Rodrigues estava para o segredo de justiça. E se não está, deveria estar. Isto não é novo: o caso do carro “de Mota Soares” que passou a ser crime mas não o era quando destinado a um secretário destado do governo anterior, é outro exemplo da podridão que vai na massa encefálica. Portugal tem o lugar que tem na Europa não por acaso, mas porque vive a chafurdar naquilo que é e não consegue deixar de ser, nem quer.

    Gostar

  11. André permalink
    26 Julho, 2013 12:24

    Para mim há duas questões essenciais em torno das swaps.
    Primeira, de quem é a culpa? Obviamente do Partido Socialista e esperemos que sejam rapidamente responsabilizados.
    Segunda, se Maria Luís Albuquerque teve acesso à informação que requereu (mesmo que tenha sido logo depois da mudança das pastas, afinal os e-mails ainda são de 2011, caso não tenham reparado, estamos em 2013) que, ainda assim era escassa (não se pode esperar muito, em 2011 um governo ainda não tinha tido tempo para analisar todo o caso, mas adiante), por que razão ela resolveu dizer que este governo não teve conhecimento da informação naquela altura? É no mínimo irracional (reparem que não estou a questionar a eficácia de ninguém, estou apenas a questionar a honestidade de uma pessoa) que isto tenha acontecido.
    Como se não bastasse, agora temos o João Miranda e outros membros da nomenclatura da direita a dar explicação para o acontecimento como se fossem o Bill Clinton no caso Lewinsky. Bem, tenham santa paciência, mas caso não tenham reparado na fotografia apresentada no post, Maria Luís Albuquerque não tem o carisma de Clinton, e muito menos os outros membros da nomenclatura oposta à referida pelo autor do texto.
    Mesmo assim, estou ansioso por ver o desenrolar das acusações, pode ser que se descubra alguém minimamente carismático entre as duas nomenclaturas portuguesas.

    Gostar

    • Tiro ao Alvo permalink
      26 Julho, 2013 16:46

      E o André com estas tretas e nós todos a pagarmos os erros dos governantes socialistas, cometidos com a conivência de muitos gestores públicos, dos quais, que se saiba, só os alinhados com o PSD/CDS é que foram “castigados”, enquanto os prevaricadores da cor dos socialistas andam a passear por aí, alguns apenas a chatear.

      Gostar

      • André permalink
        26 Julho, 2013 16:54

        Caso não tenha reparado, eu escrevi logo no início do texto “Primeira, de quem é a culpa? Obviamente do Partido Socialista e esperemos que sejam rapidamente responsabilizados.” Acho que isto chega para mostrar que, como muita gente aqui, não quero pagar os crimes cometidos pelo Partido Socialista. Simplesmente (e nesse ponto tem razão) também não quero deixar impunes os crimes do Partido Social-Democrata, crimes com que nem o senhor, nem aparentemente o João Miranda se preocupam. Resumindo, estão a fazer exatamente o mesmo que os membros do PS: a virar as culpas todas para o outro lado. Enquanto este país funcionar assim, NUNCA haverá um combate efetivo à corrupção.

        Gostar

      • Tiro ao Alvo permalink
        26 Julho, 2013 17:26

        André, estas a julgar os outros por ti? Quem te disse que há crimes com que eu, “nem aparentemente o João Miranda se preocupam”? Amigo, para mim, crimes são crimes e, se provados, devem merecer o castigo apropriado, sejam eles quem for – políticos ou comentadores, tanto me faz.

        Gostar

      • André permalink
        26 Julho, 2013 17:28

        “E o André com estas tretas” Tendo em conta que eu apenas tinha pedido que se olhasse para os dois lados da questão e que isso foi considerado “tretas”, parece-me que evidentemente o senhor não se preocupa com os crimes todos (e neste país, mentir a uma comissão de inquérito é crime). Parece-me, uma vez mais, que nem o senhor nem o João Miranda estão preocupados com isso…

        Gostar

      • RCAS permalink
        26 Julho, 2013 18:42

        Tiro ao Alvo e André
        A santa aliança, que levou anos e anos a diablolizar o Sócrates e o PS, cozendo-o em lume brando até o decapitarem, criticas umas vezes com alguma razão confesso, mas a amaioria delas… só porque sim!
        Decapitado o PS do seu lider carismático, passou-se à fase do passa culpas.
        Curiosamente numca souberam…nem sabem ainda olhar-se ao espelho…
        FAÇAM-NO, e vão ver que em questão de telhados de vidro, ninguem é inocente neste País! á direita e á esquerda!

        Gostar

      • André permalink
        26 Julho, 2013 19:01

        Mas é exatamente isso que eu defendo: que ninguém é isento de culpas. Simplesmente, neste post está-se a tentar menosprezar um crime (mentir a uma comissão de inquérito), ao mesmo tempo que só se fala das swaps (que também são, evidentemente, muito gravosas). Como tal, a única coisa que se pode pedir neste momento é o funcionamento célere da justiça, tanto para os criminosos à direita como para os criminosos à esquerda.

        Gostar

  12. 26 Julho, 2013 12:25

    Passei o homem a “destado” 🙂

    Gostar

  13. 26 Julho, 2013 12:29

    “Primeira, de quem é a culpa? Obviamente do Partido Socialista e esperemos que sejam rapidamente responsabilizados.”

    A culpa não é do PS. 🙂
    A culpa é do conjunto de pessoas que controlam o sistema de comunicações e que permite e faz por que o polícia seja preso por apanhar o criminoso. Isto num país da Europa central civilizada não seria possível porque não há atraso mental suficientemente generalizado para alimentar estas novelas.

    Gostar

  14. Ricardo Monteiro permalink
    26 Julho, 2013 12:32

    Será que ela não foi informada sobre os swaps que ela própria fez na Refer?

    Gostar

    • Tiro ao Alvo permalink
      26 Julho, 2013 16:49

      Ricardo, não estavam nem estão em causa o swaps feitos por ela, agora ministra. Não baralhe, pf.

      Gostar

      • RCAS permalink
        26 Julho, 2013 20:44

        Fica-lhe mal “tentar sacudir a água do capote”. Eu sei que a direita é imbativel nesse aspecto. Mas…neste neste caso dos Swaps, como noutros, o que parece ser não é, e vice-versa! condenar á partida de forma cega todos os gestores, não é correcto
        Vamos esperar para ver, por enquanto á muita poeira no ar!
        Um dos problemas mentais graves neste País (penso eu), é a cassandrice, a má lingua, o sistematico e celebre “passa culpas”.
        Mais a mais, num país com defices mentais de rigor, organização, exigência”!
        Muitos dos nossos problemas estão aqui, ou não? eu acho que sim!

        Gostar

  15. Fincapé permalink
    26 Julho, 2013 12:41

    Uma das razões porque muitos políticos não têm ponta de vergonha e conseguem mentir descaradamente sem quaisquer escrúpulos ou sentimentos de culpa é precisamente porque manterão sempre um significativo apoio do seu setor político. Coisa que eu, sinceramente, não consigo compreender.
    PS: Não me parece que a ministra das Finanças deve ser demitida ou deve demitir-se. Mas em vez de andar com joguinhos pouco dignos e com rodriguinhos pegajosos sobre o assunto, deveria dizer a verdade: ela sabia dos swaps. É só isto que interessa. E porque é que ela sabia?
    – Primeiro, porque esteve ligada a uma empresa que os fez;
    – Segundo, porque o anterior ministro das Finanças disse que foi informado;
    – Terceiro, porque trocou emails agora públicos sobre o assunto.
    É natural que a oposição aproveite esta monumental fraqueza da ministra. Uma fraqueza indesculpável que lhe está pegada à imagem.

    Gostar

    • Very permalink
      26 Julho, 2013 14:59

      Enquanto não me provarem que na pasta estava lá informação, sobre o valor e riscos dos swaps, a ministra esta a falar verdade. O facto de ela se ter preocupado posteriormente sobre o problema só demonstra que ao contrario do ministro Teixeira dos Santos, quiz resolver o problema que o PS criou.

      Gostar

      • 26 Julho, 2013 17:21

        Na génese está a “inocência”, sim, mas do PSD que não devia ter poupado, como fez, o governo sócretino. Devia logo de início apontar os erros do estalinismo com culto de personalidade, denunciar os abusos (lembram-se dos “ilimites” dos cartões de crédito?) TODOS, apontar os culpados sem tibiezas. Há quem considere que, se o PSD não o fez, é por ter algum interesse em que tudo continue intocável e, no arco do phoder, não se apunhalarem um ao outro. Se calhar é verdade, custa-me mais a crer isso, mas se calhar é verdade.

        O Kruchtchev assassinou em nome de Estaline mas após a morte deste fez a denúncia que se sabe e que marca toda a história daquelas bandas.

        Gostar

      • Fincapé permalink
        26 Julho, 2013 18:03

        À política nacional, que já tinha um Pinóquio, faltava uma Pinóquia. Desconfio que já a temos. 😉
        ———
        Repito: Porque é que ela sabia?
        – Primeiro, porque esteve ligada a uma empresa que os fez;
        – Segundo, porque o anterior ministro das Finanças disse que foi informado;
        – Terceiro, porque trocou emails, agora públicos, sobre o assunto.

        Gostar

  16. Tiradentes permalink
    26 Julho, 2013 12:44

    Sabia não sabia, foi informada não foi informada.
    Pelo que eu sei o anterior governo não sabia e nem tinha de saber, portanto não é responsável por as empresas públicas terem feito este tipo garantias aos em,préstimos.
    “Portantes”….se o governo anterior não tinha nada a ver com este tipo de coisas e por isso não sabia, como poderia informar ….se não sabia?
    Mas tomando que soubesse, eles são anteriores a 2011 e se este governo deveria ter tomado e até denunciado os ditos contratos, porque será que o governo anterior, que sabia e informou , não os denunciou antes?
    “Prontes” o governo anterior não sabia mas sabia para informar o governo seguinte, este devia ter denunciado os ditos contratos que o governo anterior não denunciou porque não sabia.
    E a culpa de terem feito os contratos antes de 2011 vai ser do governante que vai tomar posse lá para 2020 porque este sabia mas não disse , outro não sabia mas disse e quem paga a conta é o zé.

    Gostar

  17. Susana Heitor permalink
    26 Julho, 2013 12:45

    A ministra das finanças mente. E nao è sò sobre os swaps.

    Gostar

  18. 26 Julho, 2013 12:53

    murphy
    12:30,
    As SWAPS (quem, como as accionou e consequências) foram divulgadas também, e muito, precisamente pela comunicação social.
    Comentadores, jornalistas, políticos, já pediram mais e pormenorizados esclarecimentos à então secretária de estado MLA, que disse não conhecer o caso. Depois, afinal, com uns mails recebidos, “coisa e tal”…hoje é ministra mas nem tudo está esclarecido …

    Gostar

  19. 26 Julho, 2013 13:00

    Este governo está cada vez mais…ingovernável ! A opacidade impera !
    A mais recente “remodelação” não passa de cosmética com qualidade (e ética) duvidosa.

    Gostar

    • 26 Julho, 2013 14:27

      Este e todos os outros que não pertencem à sua cor política…
      R.

      Gostar

  20. Cáustico permalink
    26 Julho, 2013 13:13

    Aqui não há ódio nenhum João Miranda.
    O que há é uma monumental falta de vergonha na cara – de quem negociou os contratos, de quem, com responsabilidades, teve conhecimento atempado dos mesmos e dos demagogos que transformam tudo isto numa questão de nomenclatura.

    Gostar

  21. 26 Julho, 2013 13:14

    A ministra mentiu deliberadamente em sua própria defesa, com vista a esconder a sua incompetência, já que devia ter actuado mais cedo, uma vez alertada.
    Mente e não assume as suas responsabilidades, tentado atirar com TODAS as culpas para os outros.

    Se tivesse alguma vergonha na cara, nesta altura já era ex-ministra por opção própria.

    Gostar

  22. Trinta e três permalink
    26 Julho, 2013 13:23

    O João Miranda anda cada vez mais nervoso 🙂 . Respire fundo e aguarde por (pouco prováveis) conclusões da comissão de inquérito.

    Gostar

  23. carlos reis permalink
    26 Julho, 2013 13:41

    Ena, tantas testemunhas abonatórias de aldraboes!
    Esperem aí um pouco, vou ali num estantinho assaltar um banco.
    Levo a cartão rosa ou laranja ?

    Gostar

    • Pffff ! permalink
      26 Julho, 2013 14:40

      É melhor levar as duas cores, não vá o gajo de plantão ser de cor oposta !

      Gostar

      • carlos reis permalink
        26 Julho, 2013 16:44

        O do Benfica também dá ?

        Gostar

  24. Zé da Póvoa permalink
    26 Julho, 2013 13:58

    Ninguém tem dúvidas que a Srª. Ministra mentiu na comissão parlamentar. E mentir ali é não só feio como é mesmo crime. Punível pela lei, se vivessemos num pais de direito. Então a Srª., que até assinou vários contratos quando respondia pela Refer,teve uma amnésia espontânea e deixou de se lembrar de tudo à sua volta?

    Gostar

    • Tiro ao Alvo permalink
      26 Julho, 2013 16:57

      Ó Zé fala apenas do que sabes. Olha que de swaps há pouca gente em Portugal que sabe verdadeiramente o que isso é. Ouve o que as pessoas têm para dizer e depois mete a tua colherada. Antes não.

      Gostar

  25. JP Ribeiro permalink
    26 Julho, 2013 14:07

    Unica regra para andar ( e sobreviver) num cardume: manter a mesma velocidade e direcção que o parceiro do lado.
    Os posts do João Miranda são subversivos, porque admitem outras variaveis, inadmissíveis como a desobediencia à regra no 1 de manter a mesma velocidade e direcção do parceiro do lado.

    Gostar

  26. YHWH permalink
    26 Julho, 2013 14:08

    Afinal havia mais RELVAS no governo…

    Andavam era nos andaimes de baixo e encapotados…

    Gostar

    • 26 Julho, 2013 17:26

      Afinal, a MLA devia ser afastada, assim a modos que o Ricardo Rodtigues que da pedofilia nos Açores passou a ladrão de microfones de jornalistas em plena AR. Como na ONU a nomearem a Síria para a Comissão de Direitos Humanos, na AR nomearam o famoso RR para uma Comissão de Ética ou algo do género. Transparência do mais alto coturno…

      Gostar

  27. Elmano permalink
    26 Julho, 2013 14:12

    Amigos, os swaps já existiam, criados na governação socrática. Como estavam a dar prejuízo deixaram andar à espera que a coisa melhorasse. Não melhorou. Piorou.. Culpar a ministra pela existência do problema é injusto. Para a esquerda, quanto pior melhor.

    Gostar

    • manuel permalink
      26 Julho, 2013 14:21

      Considerando que este governo é de iniciativa presidencial ,o sr presidente deve nomear ,de imediato ,uma personalidade acima de qualquer suspeita para o cargo.Assim, vamos a caminho da bancarrota final.

      Gostar

  28. YHWH permalink
    26 Julho, 2013 14:13

    Depois do certeiro (tão certeiro que Gaspar o subescreveu na íntegra com a sua carta de demissão) «O MATERIAL TEM SEMPRE RAZÃO», Pacheco Pereira lida agora com «O NAVIO FANTASMA», verdadeiro «raios-x» e bisturi na autópsia do presente cadáver governativo que se vai decompondo nas cadeiras do poder e fora delas…

    Eis o mais recente e luminiscente apontamento:

    «O NAVIO FANTASMA (21)
    Admito que alguns nomes mais obscuros nas secretarias de estado não digam muito à maioria dos portugueses. Os mecanismos de poder partidário são hoje muito diferentes do que eram há vinte anos, mas a análise dos jornalistas continua presa a uma época que passou de vez, como se vê quando andam atrás de “baronatos” inexistentes. Mas a remodelação é particularmente significativa do take over partidário mais rudimentar e brutal. Os principais controleiros do aparelho, os que distribuem empregos, benesses, subsídios, pelos “seus”, estão no governo, junto com alguns outros de uma incompetência e ignorância abissal. E quando digo abissal é mesmo abissal. Seria bom começar a dar umas aulas a explicar que Tonga não é na África do Sul, que a Turquia não é um país asiático e que Putin não é o presidente de Bielorrússia.»

    Gostar

    • manuel permalink
      26 Julho, 2013 14:24

      Sendo assim como diz JPP ,nada melhor que Teresa Guilherme para 1ª ministra!

      Gostar

      • Pffff ! permalink
        26 Julho, 2013 14:42

        E o Goucha para vice-Primeiro ministro !
        Teinha mais audiência !

        Gostar

      • carlos reis permalink
        26 Julho, 2013 15:19

        A gente cá na aldeia, queria era um, que não fosse aldrabão!
        Mas o que é cagente sabe disso, só temos a 4° classe.
        Deve dar cá uma trabalheira…

        Gostar

  29. Ricardo permalink
    26 Julho, 2013 14:38

    Esqueceu-se de acrescescentar no título: «…e o novo bijú do Miranda”

    Gostar

  30. 26 Julho, 2013 14:39

    Os pirómanos de serviço esperam obter dois efeitos:1) fragilizer o governo 2) fazer a cortina de fumo para esconder os verdadeiros responsáveis pelas operações swap.
    A técnica é sempre a mesma: iludir; confundir; fazer apelos a reacções básicas dos menos esclarecidos;dotar de munições argumentarias primárias os apaniguados.
    Especialistas na prática da insinuação e de apoucar o adversário partem sempre do pressuposto da sua(deles) “superioridade moral”.

    Gostar

  31. jose permalink
    26 Julho, 2013 14:42

    Se o Zorrinho zurrou, deixai-o zurrar, pois prefiro escutar o Dr. Oliveira Martins, Presidente do Tribunal de Contas, que nisto de contas, é de melhores contas, do que os que agora zurram!

    Gostar

  32. Ricciardi permalink
    26 Julho, 2013 14:43

    A solução é simples:

    – Fazer com que o patrimonio pessoal da ministra e daqueles que a antecederam servisse para pagar as perdas verificadas nos swaps de caracter puramente especulativo.

    Os que a antecederam tinham a obrigação de cuidar adequadamente dos dinheiros públicos e não ter permitido que se fizessem este tipo de contractos. A ministra tinha a obrigação de não se esquecer que existiam contractos desses. Ela sabia que existiam, não se pode escusar em formalidades.
    .
    E a prova de que sabia é que assinou alguns enquanto directora financeira da Refer.
    .
    A não ser que a Albuquerque Ministra, não tenha sido alertada pela Luís secretária de estado que a directora financeira Maria tinha feito contractos swaps.

    Se tal aconteceu, a esquisofrenia revelada é mais do que motivo para demissão imediata e compulsivo internamento psiquiatrico.
    .
    A alternativa é que sejamos todos nós, afinal, esquisofrenicos.
    .
    Rb

    Gostar

    • Tiro ao Alvo permalink
      26 Julho, 2013 17:37

      Amigo, o que está em causa não são os swaps ditos “normais”, mas sim os ditos “especulativos”. Não baralhe.
      Se quiser pode questionar a simples contratação dos swaps, coisa que merece a minha concordância – também me parece que o estado só muito excepcionalmente deveria fazer contractos desta natureza e sempre com o parecer prévio do Tribunal de Contas. Mas essa é outra questão, concordará.

      Gostar

  33. Joaquim C. Tapadinhas permalink
    26 Julho, 2013 14:43

    Estamos numa reposição do Titanic. O navio a afundar-se e o pessoal, agora mais esclarecido e com mais licenciaturas, a tocar concertina. P’rá frente PORTUGAL!.

    Gostar

  34. politologo permalink
    26 Julho, 2013 14:44

    Se a informação era insuficiente , porque não pediu mais ? Incompetente e mentirosa !… Alias só as mulheres sabem mentir e então as loiras “inteligentes” !…
    E quem é o ignorante que está convencido que a despesa (total) vai diminuir com esta sumidade caída do ..inferno ???
    P.S.
    Os desafinados fados do frustrado fadista PPC : Fernando Nobre. Miguel Relvas . VGaspar. Franquelim Alves. Maria LUIS Albuquerque . Rui Machete .
    Os desafinados corridinhos algarvios do artista cavaquista : ???
    E as loucas mariquices do vice-rei que tomou conta do reino tuga : ???
    E o Circo continua sem parar !!!

    Gostar

  35. FGCosta permalink
    26 Julho, 2013 14:44

    O mais engraçado é que apostso que apenas uma minoria dessa nomenclatura e quase niguém dos indignados do costume (jornalistas a bloggers e comentadores de blogs), sabem o que é uma swap. Já viram algum jornal explicar?Não! falam do assunto como se fosse uma coisa -má – que se deve condenar, e ponto final! É um fenómeno típico da sociedade do pronto a pensar: não interessa a substância, interessa apenas reagir. E reage-se me função da cor que domina cada cabecinha….

    Gostar

    • André permalink
      26 Julho, 2013 16:56

      Por acaso, logo que o público em geral soube destes casos, a revista Visão lançou uma reportagem a explicar o que era uma swap.

      Gostar

      • Tiro ao Alvo permalink
        26 Julho, 2013 17:39

        André, e tu percebeste?
        Olha que não, olha que não…

        Gostar

      • André permalink
        26 Julho, 2013 18:12

        Nalgum comentário aqui viu-me dizer sequer o que era uma swap? Parece-me que não, como tal, posso apenas concluir que aquele que acusa os outros de não saber as coisas e de tirar conclusões infundadas, acabou agora mesmo de o fazer sobre a minha pessoa. É claro que o Tiro ao Alvo tamb´m pode comprovar aquilo que escreveu (que eu não percebi), se bem que me apetece verdadeiramente ver como o vai conseguir fazer (não se esqueça que mesmo que eu lhe fosse definir agora o que é uma swap, só poderia usar dados anteriores às 17:39 do dia 26 de julho de 2013.

        Gostar

      • und permalink
        26 Julho, 2013 18:23

        vi não nem te vi nem me vim….

        tás mais calado que um seminarista em ronda nocturna

        posso apenas con cu ir que quem atira a primeira pedra aquilo que ouve no computador ou não gosta do youtube ou ouve vozes

        e fala com o computador

        tás lixado da mona lisa pá….

        Gostar

  36. Pffff ! permalink
    26 Julho, 2013 14:46

    Eis que passados quase dois anos alguém abriu a porta do armário e de lá saíram muitas dezenas de esqueletos, mais de cem negócios com swaps que estavam a correr mal. Porque razão o PSD que sabia da existência de esqueletos ficou em silêncio em dois anos para acabar a agora ministra das Finanças por reagir de forma desastrada, mentindo com todos os seus dentinhos em pleno parlamento?

    Pelo número de negociantes de swaps nas empresas públicas que chegou a membro do governo, o que denuncia a existência de um grupo de grande intimidade com Passos Coelho, é óbvio que quando o PSD falava de esqueletos sabia muito bem do que falava. Quando as coisas correram mal correram com dois secretários de Estado pela calada da noite e sem grandes explicações.

    Entretanto a secretária de Estado já tinha beneficiado de tempo suficiente para branquear os seus negócios com swaps. Convencidos de que só o grupo de amigos do PSD que se tinham envolvido em negócios duvidosos conhecia a extensão de toda a realidade a agora ministra não hesitou em mentir no parlamento, tentando endossar todas as responsabilidades para o PS. No fim de todo isto os responsáveis pelos negócios passaram a acusadores,

    Estamos perante uma manobra suja de gente ambiciosa, gente que ganhou prémios de gestão graças à ilusão de lucros no curto prazo e que pensavam que indo para o governo podiam encerrar o circuito, eliminando o rasto dos seus negócios. Só que tudo correu mal e agora começa a perceber-se quais eram os esqueletos que estavam escondidos no armário, quem os escondeu, quem disse a Passos Coelho onde estavam escondidos e que agora tentaram dizer que pertenciam ao PS e desconheciam a sua existência.

    Gostar

    • Tiro ao Alvo permalink
      26 Julho, 2013 17:42

      Quem não sabia nada era o Teixeira dos Santos e, por maioria de razão, o Sócrates.
      Tenha juízo, Pffff ! .

      Gostar

  37. YHWH permalink
    26 Julho, 2013 15:09

    Tal qual RELVAS, a MINISTRA mentiu.

    E mentiu completamente, ao mentir explicitamente e por omissão, estando ela metida nos SWAPS até ao pescoço mesmo antes de entrar no governo.

    Gostar

    • 26 Julho, 2013 15:31

      Blair mentiu e não veio mal ao mundo. Clinton também. Obama também. Rómulo também. O Pato Donald já mentiu. Eu já menti, A sua mulher mentiu. E o seu Chefe mente-lhe todos os dias.
      Não vem mal ao mundo.
      R,

      Gostar

      • YHWH permalink
        26 Julho, 2013 16:11

        Nuncalhe ocorreu relacionar a mentira com consequências, enquanto ílicito ético?!…

        Gostar

      • 26 Julho, 2013 17:07

        Não. Uma vez juntei cerveja ao meu gin tónico. Não gostei. Fui ético e dei de beber a um Benfiquista.
        R.

        Gostar

      • und permalink
        26 Julho, 2013 18:18

        i licito no ético no leilão?

        no etílico nã seria mais rentável?

        Gostar

    • Joaquim C. Tapadinhas permalink
      26 Julho, 2013 17:15

      Quando se confunde Relvas com Maria Luís, a discussão chegou ao fim.

      Gostar

  38. 26 Julho, 2013 15:15

    Haja um mínimo de vergonha da Sr.ª Swaps.
    ACS, PPC E PP já a perderam toda! E é o Povo que lhes paga!?…

    Gostar

    • 26 Julho, 2013 15:30

      O Povo paga até Janeiro ou Feveiro do ano transato. O resto pagam os mercados.
      R.

      Gostar

  39. A. Lobo permalink
    26 Julho, 2013 15:40

    A nossa esperança é que Passos Coelho não ceda às cervejas, às energias, às obras públicas em fim à canalhada , i.e. aos portas & cª.
    Ouvi ontem a entrevista da Ministra na TVI: firme nos argumentos, categoria no porte e no saber pôr-se no seu lugar.

    Gostar

  40. Portela Menos 1 permalink
    26 Julho, 2013 15:44

    a ministra não mente, omite 🙂

    Gostar

  41. neotonton permalink
    26 Julho, 2013 16:21

    O novo odio de estimaçao da nossa nomenclatura?

    Acho que tampouco hoje vamos concordaar com o JM ao respeito do que é uma nomenclatura de poder e tambem em Portugal) Ou sim?
    ,
    hihihi
    Isto de vivir dos réditos e nos tempos pretéritos …e no que dá !!!!!!
    Nomenclatura soviética, en la Unión Soviética, el término nomenclatura (también se escribe nomenklatura) hacía referencia al grupo que controlaba los mecanismos de poder, que tomaba las decisiones sin estar sujetos a un control real por las instituciones formales.

    Gostar

    • André permalink
      26 Julho, 2013 16:58

      Por isso, pode-se concluir que em Portugal conseguimos ter duas nomenclaturas: a do PS e a do PSD. Ambas estão alternadamente no poder. É fácil concluir a que nomenclatura pertence o João Miranda…

      Gostar

  42. minivan permalink
    26 Julho, 2013 16:44

    Ó Miranda, não esquecer quem faz de idiota inútil e continua a desmentir o óbvio.

    Gostar

    • 26 Julho, 2013 17:09

      Aqui ninguém desmente. Todos admitimos por mútuo acordo. O Portela é uma rabilas de primeira categoria.
      R.

      Gostar

      • Portela Menos 1 permalink
        26 Julho, 2013 18:49

        Continua a ladrar…

        Gostar

      • und permalink
        26 Julho, 2013 18:52

        e tem namorada….diz ele

        mas quem passa horas nisto deve é ser mesmo cuadoptante….

        e se ladra deve ter cão em casa

        se é o portela que fica por cima ou o cão

        isse só faço prognósticos quando enviarem o vídeo

        faz link portelinha linda….

        Gostar

  43. 1berto permalink
    26 Julho, 2013 17:12

    Se a ministra não mentiu, Sócrates também não, Relvas é mesmo um senhor doutor, Cavaco é um grande estadista, Gaspar não se demitiu, os credores perdoaram a dívida, Álvaro Cunhal está vivo, e o Blasfêmias está a soldo do Bloco de Esquerda.

    Gostar

    • 26 Julho, 2013 17:28

      Nesse caso não estamos em Bancarrota. Nem tivemos 5 bancarrotas.
      É tudo esquema dos mercados aliados dos Estados Unidos e dos Israelitas e Judeus.
      R.

      Gostar

      • und permalink
        26 Julho, 2013 18:15

        ai filha os mercados são chinocas e hindus

        onde é cus judeus têm grana

        pedem tudo emprestado…

        até o Mad off tá preso

        Gostar

  44. 26 Julho, 2013 17:27

    Tiro ao alvo
    16:31,
    Obviamente, o caso não surgiu na presente legislatura. O P”S” sabe muito bem onde e como andou metido. E…o que usufruiu…
    Mas, o que está em causa é a seriedade da ministra MLAlbuquerque ao afirmar algo e passados dias, o contrário. Pior: comprovadamente mentiu ! — ao PPCoelho e este escudou-a perante Cavaco Silva garantindo-lhe que MLA estava “limpa”…

    Gostar

  45. theodore permalink
    26 Julho, 2013 17:28

    swaps, swaps, roubalheira… também a mim o banco me veio com swaps… que considerasse, era um adianto… e eu, moita, porra, se os juros estão mais baixos, por que irei gastar mais do meu, agora?, se nem a reforma para que descontas toda a vida tens segura com este governo de tratantes… só os gajos, pelos vistos, fizeram vista grossa, pá, porra, dinheiro é dos contribuintes, isso mesmo, que relvas disse ao coelho, pá, assalta o pote …

    Gostar

    • und permalink
      26 Julho, 2013 18:09

      és contribuinte? e pagas IVA e IRS e ISP ou também imposto sobre o tabaco?

      dinheiro da redistribuição social

      os con tribuintes dão o dinheiro para bene ficius du état sucia all

      és con sucia all ou ass social?

      Gostar

  46. JDGF permalink
    26 Julho, 2013 17:33

    A ministra não mentiu do mesmo modo que Rajoy não recebeu suprimentos mensais em caixas de charutos (não devem existir recibos comprovativos portanto não existiram os adiantamentos) e Rui Machete enquanto teve na SLN não ouviu, nem viu, nada, dormia sossegadamente e por coincidência também recebia em dinheiro vivo. Esperemos que se verifiquem as declarações fiscais (de ambos).
    Os meandros da Direita gravitam sempre à volta do (ou de) ‘nada’.,

    Gostar

    • 26 Julho, 2013 17:39

      E, estão sempre fora ou dentro da “vida” política, “a bem da nação” e “com sentido de Estado”…
      (Mas também há uns P”S” muito jeitosos…Só que escolheram o P”S” em vez do P”SD” ou do C”DS”…).

      Gostar

    • theodore permalink
      26 Julho, 2013 17:50

      e Rui Machete enquanto “tebe” na SLN à disposição o pote da ladroagem bem se gobernou, agora bolta pela mão de coelhone, mentiroso, abusador, bem o cínico das tocas.

      Gostar

      • 26 Julho, 2013 18:07

        Cada governo P”S”, P”SD” + C”DS”, proporciona-nos cadernetas de cromos. RMachete é um deles.

        Gostar

      • und permalink
        26 Julho, 2013 18:11

        tu és outro

        já o machete pode desculpar-se com a senil idade

        o soares idem

        já os outros garotos não….

        Gostar

  47. 26 Julho, 2013 18:20

    Todos os governantes são “sérios”. Melhor : chegados ao governo, passam a ser considerados “sérios” pelos protagonistas dos partidos “do arco da governação” — por que será ?
    Não sérios, para quem do poder depende ? — os cidadãos comuns, mesmo os cumpridores e inatacáveis…

    Gostar

    • und permalink
      26 Julho, 2013 18:25

      és sério? bolas…. mas foi antes ou depois da lobotomia do pré-frontal?

      Gostar

      • und permalink
        26 Julho, 2013 18:42

        tirando o Jasus que era maluco e o Grhandi sacana quera hebefrénico

        o único político honesto e sério além desses foi o Adolfo e mesmo esse fartou-se de metê-lo no bolso….e nas sobrinhas e outras gaijas de 16

        era o berlusconas dos anos 30 mas mais sério…

        Gostar

  48. 26 Julho, 2013 18:33

    “Última hora” :
    O BES teve prejuízo de 237,4 mil milhões no primeiro semestre.
    Não tarda, o salgado entra a toda a velocidade na Gomes Teixeira e irrompe novamente na sede do Conselho de Ministros minutos antes duma reunião presidida pelo PM PPortas…

    Gostar

    • und permalink
      26 Julho, 2013 18:46

      se tivesse lucro era milagre

      já não empresta a quem não tem paes ricus

      os juros que não lhes pagas desde que declaraste falência e vendeste os armazéns a uma off-shore da tua prima também só os vê daqui a 200 anos

      logo 237 mil milhões é só mais canossa dívida

      é obra tendo em conta que nem 200 mil milhões tem de passivo

      deve ter sido milagre

      deves ser primo do guterres né

      descalça os sapatos quando fazes contas

      nem sabes o que são mil milhões né….

      Gostar

    • und permalink
      26 Julho, 2013 18:47

      237 mil milhões gostas de mostrar que és estúpido porquê?

      sinceramente tenta fazer uma autoscopia em três linhas tá….

      Gostar

    • Portela Menos 1 permalink
      26 Julho, 2013 18:57

      MJRB
      Isso nao está nada bem para os lados da emissao de moeda 🙂 Tantos mil milhoes!

      Gostar

      • und permalink
        26 Julho, 2013 19:00

        não filha basta uma nota

        as de 50 triliões de dólares do zimbabué vendem-se a 120 euros o maço de 100

        dá 1,2 euros por 50 triliões

        logo por euro quantos triliões dá?

        esta é uma pergunta que vai sair no teu exame de profe assistente

        se fizessem exames aos bolseiros tavas tramado né….

        Gostar

      • 26 Julho, 2013 19:07

        Errata : 237,4 milhões.

        Gostar

      • 26 Julho, 2013 19:08

        Óbvio, coloquei “mil” inadvertidamente.

        Gostar

      • 26 Julho, 2013 19:16

        coloca mil inadvertidamente na conta do portela

        e ficas seguro até as autárquicas ou é autarquecas?

        Gostar

  49. 26 Julho, 2013 18:51

    Errata :
    237,4 milhões.

    Gostar

    • und permalink
      26 Julho, 2013 18:55

      e rata rata rata….num exercício anual o que representam os custos semestrais

      foram feitas provisões?

      foram dados como prejuízos os in cu bra veis?

      qual a natureza das perdas?

      é por causa de gajos como tu que nunca fizeram contas qu’andamos niste

      tamém tiraste economia no isté quié

      Gostar

      • Tiro ao Alvo permalink
        26 Julho, 2013 21:15

        “foram dados como prejuízos os in cu bra veis?” é erro. Escreve-se e diz-se “foram dados como prejuízos os in cu bra beis”? Respeite a “linguafria”, pf..

        Gostar

      • ora permalink
        26 Julho, 2013 21:32

        beys ou beis são do lado do califado e da porta turca

        nós somos gregos num veis?

        Gostar

      • Tiro ao Alvo permalink
        26 Julho, 2013 21:57

        O “Ora” debia escreber “nós semos gregus, num beis?”
        Ou melhor ainda: “nós bêmunus gregus”. A sim, sim!

        Gostar

    • und permalink
      26 Julho, 2013 18:57

      e e rata
      237 são só duas linhas

      e nem de coca para melhorar el PIBe

      Gostar

  50. 26 Julho, 2013 19:22

    O território nacional terá “crescido”, via Berlengas ?
    Mais 9 secretários de estado empossados…

    Gostar

    • 26 Julho, 2013 19:31

      non os directores geraes sendo pouco conhecedores das cousas dependem da boa vontade dos apparatchiques mais chiques logo

      pra con troll ar incompetentes arranjam-se outros incompetentes

      nos states e na união soviética o sistema funcionava optimamente

      nos states inda funciona…..

      até ao dólar crashar claro

      Gostar

  51. comunista corno permalink
    26 Julho, 2013 20:49

    Depois de ter ouvido Zorrinho a falar na SIC Notícias acerca do caso dos swaps fiquei possesso.

    E não consigo pronunciar-me sobre isto com a objectividade que seria desejável. Mas que se lixe. Vou dizer por palavras cruas aquilo que vai na cabeça de muitos de nós.

    Comecemos então…

    1. O governo do partido a que pertence este MERDAS chamado Zorrinho, empurrou as empresas públicas para se financiarem de maneiras criativas, nomeadamente fazendo contratos de swap com características especulativas que poderiam render ganhos. No caso presente perdas, como parece ser apanágio das decisões tomadas por estes MERDAS em que sai tudo ao contrário. A RESPONSABILIDADE destes contratos e da falta de controlo sobre os mesmos cai sobnre os ombros de responsáveis deste partido de MERDA. O PS

    2. Quando se fez a passagem de pastas a informação não existia na forma necessária para tomar qualquer decisão. Antes da tomada de posse não responderam a Maria Luis Albuquerque e apenas de pois da posse foi revelado que 4 entre muito mais empresas acumulariam já 1200 milhões de perdas. Quem a informou tarde e mal foi o MERDAS que foi à comissão parlamentar dizer que tinha comunicado TUDO. Aparentemente conseguiu viver bem sem informação durante muito tempo, já que só a teve quando já nem sequer o PS era Governo.

    3. Tendo o governo tomado posse em Junho, este mesmo MERDAS, que chama mentirosos aos outros soube e comunicou depois de 1 de Agosto que afinal as perdas já eram de 1600 milhões.
    Isto porque entretanto foi ele próprio recebendo informação. De notar que o que tinha feito até aí tinha sido emitir um despacho a “perguntar” o que não sabia. Portanto, à data da tomada de posse de MLA, este MERDAS nem fazia ideia até que ponto o Governo PS tinha deixado as situação tornar-se potencialmente catastrófica.
    Em pouco mais de um mês há uma diferença de 33% de perdas a mais comunicadas pela mesma pessoa a MLA. O MERDAS de que estamos a falar e que parece que gosta de chamar mentirosos e negligentes aos outros.

    4. Mesmo assim a informação era insuficiente, já que contemplava apenas algumas das empresas e alguns dos contratos feitos. As perdas seriam bastante mais do que tinha sido declarado. Ou seja, este MERDAS, o MERDAS Teixeira dos Santos e toda a corja de MERDAS do PS não faziam a mais leve ideia do que se passava com a bandalheira generalizada que acontecia nas empresas que estão sob a tutela do Governo. MERDAS, INCOMPETENTES e sobejamente NEGLIGENTES.

    Vem hoje o deficiente mental Zorrinho pedir a demissão da ministra porque, segundo o PS, ela não terá condições políticas para desempenhar o cargo.

    Este partido de MERDAS profissionais e militantes tenta afastar de si a responsabilidade das perdas enormes causadas pela sua MERDOSA gestão do país e dos dinheiros públicos.
    Esta prática e outras similares foi terminada liminarmente por este Governo a quem assacam agora a responsabilidade de ter deixado aumentar o problema. O PROBLEMA que estes MERDAS do PS criaram.

    Se houvesse um mínimo de justiça neste país, toda esta gente seria investigada até ao osso para se perceber se não houve favores feitos aos mediadores do sector financeiro que se encheram de dinheiro com a brincadeira.
    Recuso-me a acreditar que este tipo de negócios falhem para o lado do Estado apenas por azar e estupidez. Há seguramente aqui intenção de beneficiar alguém. E sendo gente deste partido de MERDAS que se chama PS, não me surpreende nada uma vez que é a prática corrente deste grupo de vígaros de má pinta.

    Mas a suprema ironia é ter Zorrinho com uma inteligência ao nível do deficiente mental profundo (sabe deus como esta alimária é doutor) a falar de condições para o exercício de um cargo. E diz isto referindo-se a outras pessoas sem qualquer capacidade de auto análise relativamente às suas próprias competências. Estou em crer que este Zorrinho não morre de asfixia porque a respiração não depende de funções cerebrais conscientes. Se assim fosse o homem asfixiava e caía para o lado, morto…

    Todo este processo é abjecto. A tentativa de crucificação de alguém para esconder as próprias responsabilidades é algo que devia ser castigado com apedrejamento público.

    Não tenho mais palavras para descrever este grupo de bandalhos que dá pelo nome de Partido Socialista. Fico-me por aqui.
    http://eumbloguedatreta.blogspot.com/

    Gostar

    • 26 Julho, 2013 21:15

      Em relação a Zorrinho e ao comportamento do P”S”, subscrevo. Também eu, ao ouvir o deputado “da nação” na tv, senti náusea, porque foi de facto, durante a legislatura de Sócrates, um dos mentores e decisores de compadrios, benesses para os seus correlegionários, etc.,etc.
      Sobre o recente comportamento de MLAlbuquerque, se está isenta de culpabilidade, deveria ter explicitado TUDO logo no início dos esclarecimentos, e não “ladear” casos, quastões e, mails.

      Gostar

      • ora permalink
        26 Julho, 2013 21:25

        na realidade maximus Juventus ruralis brutus

        o probrema é este

        GRUPO II
        1. …………………………………………………………………………………………………………………………………. 20 pontos
        Na resposta, são explicitadas as alterações verificadas na economia portuguesa, em 2002,
        face a 1995, sendo referidos, de forma correta1, os seguintes aspetos, ou outros considerados
        relevantes:
        •• em 2002 e em 1995, verificou-se um crescimento do Rendimento disponível dos particulares, tendo este
        agregado registado taxas de variação anual, respetivamente, de 4,0% e de 5,2%;
        •• nos mesmos anos, verificou-se um crescimento do Consumo privado, cujas taxas de variação anual
        passaram de 6,3%, em 1995, para 4,4%, em 2002;
        •• quer o Consumo privado, quer o Rendimento disponível dos particulares registaram taxas de variação
        anual menores em 2002 do que as registadas em 1995;
        •• quer em 1995, quer em 2002, a taxa de variação anual do Consumo privado foi superior à taxa
        de variação anual do Rendimento disponível dos particulares, o que poderá ter contribuído para
        o crescente endividamento das Famílias, o qual aumentou consideravelmente, tendo passado de
        38,0% do Rendimento disponível dos particulares, em 1995, para 103,0%, em 2002.
        1 Considera-se que os aspetos em causa são referidos de forma correta quando:
        • não se limitam à mera transcrição do texto ou de frases do texto e dos dados apresentados nos quadros;
        • cada aspeto
        – está completo em termos de conteúdo relevante para o item;
        – se articula, de forma coerente, com os dados fornecidos nos documentos apresentados no enunciado do item;
        – evidencia uma utilização adequada da terminologia económica.

        soys todos uns anal pá brutus

        Gostar

    • Tiro ao Alvo permalink
      26 Julho, 2013 21:24

      Não utilizaria linguagem tão baixa, mas que o homem tem razão, tem.

      Gostar

      • ora permalink
        26 Julho, 2013 21:30

        mas é homem ou Zorrinho?

        ou é Anúbis o chacal da morte lenta

        ao menos socrates tomou a cicuta para Paris…..

        tem razão em quê ó ejaculação praecox?

        Gostar

      • Tiro ao Alvo permalink
        26 Julho, 2013 21:42

        “Ora”, estava a referir-me ao “comunista corno”, com sua licença, por tão abjecta alcunha, e não ao Zurrinho ou Zorrinho, não sei bem como se escreve.

        Gostar

    • manuel permalink
      26 Julho, 2013 21:32

      Concordo com o que escreveu relativamente a um dos tentáculos do polvo. Porém ,o silêncio do PSD e PP sobre a roubalheira ,diz bem quem são os outros tentáculos . Um governo decente tinha mandado fazer uma auditoria a todas as PPP,SWaps,etc. A sra Ministra vinha da Refer e tinha culpas no cartório e foram empurrando com a barriga ,sim, são farinha do mesmo saco. Azar dos Távares ,os negócios feitos por estes brilhantes gestores são todos com prejuizo para o estado. Este regime é uma cleptocracia e sem tribunais ad hoc e leis penais severas não é possível travar o caminho para a bancarrota final.Com leis adequadas, tenho a certeza que uma operação igual à que ouvi hoje à máfia de Roma e da Calábria e que fez 200 e tal presos ,cá faria mais.

      Gostar

  52. und permalink
    26 Julho, 2013 20:57

    curioso é nem ter aparecido nem um texto de um con trato

    também nã servia pra muito aqui ninguém sabe fazer contas

    e já anda assim desde a restauração financeira de 1953

    ou seja o swap era sobre o quê

    o juro pré-swap garantido era quanto?

    o juro pós swap é de quanto e quais as agravantes anuais

    qual a fórmula de cálculo

    me mostra seu swap queu mostro os que a CGD anulou por excesso de rendibilidade a partir de 2012….

    ou seja me mostra o seu queu….

    Gostar

    • ora permalink
      26 Julho, 2013 21:28

      o problema é ninguém saber responder à 16ª

      Os Quadros 1 e 2 apresentam os valores relativos ao Valor Acrescentado Bruto por sectores de atividade
      económica e ao emprego por sectores de atividade económica de um dado país, em 2002 e em 2012.
      Quadro 1
      Valor Acrescentado Bruto
      (em % do total)
      2002 2012
      Sector primário 7 2
      Sector secundário 30 20
      Sector terciário 63 78
      Quadro 2
      População empregada
      (em % do total)
      2002 2012
      Sector primário 10 5
      Sector secundário 35 30
      Sector terciário 55 65
      Então, com base nos Quadros 1 e 2, podemos afirmar que, em 2012, face a 2002, se acentuou, nesse
      país, o fenómeno
      (A) da industrialização.
      (B) do desemprego.
      (C) do desinvestimento.
      (D) da terciarização.
      Prova 712.V2/2.ª F. • Página 4/ 14
      4. No âmbito do consumerismo, os cidadãos enquanto consumidores gozam, nomeadamente, do direito
      (A) a um salário justo.
      (B) a um consumo elevado.
      (C) à qualidade dos bens e dos serviços.
      (D) à qualidade do emprego e da formação.
      5. O Gráfico 1 apresenta os valores da produtividade marginal do trabalho da empresa A, produtora de bolas
      de ténis, registados no 1.º trimestre de 2012. Cada um dos valores assinalados no Gráfico 1 corresponde
      ao acréscimo da produção provocado pelo emprego de mais um trabalhador.
      Gráfico 1
      Produtividade marginal do trabalho
      Número de trabalhadores
      Acréscimo da produção (número de bolas)
      800
      700
      600
      500
      400
      300
      200
      100
      0 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11
      100
      200 150
      300 300
      400 400
      600 600
      700
      Os dados apresentados no Gráfico 1 permitem-nos concluir que, quando a empresa A empregou
      (A) o quarto trabalhador, a produtividade marginal foi inferior à produtividade média.
      (B) seis trabalhadores, se registou uma produção por trabalhador de 700 bolas de ténis.
      (C) quatro trabalhadores, a produtividade média foi superior à produtividade marginal.
      (D) o sexto trabalhador, se registou um aumento da produção de 700 bolas de ténis.
      Prova 712.V2/2.ª F. • Página 5/ 14
      6. O Quadro 3 apresenta a evolução do Índice de Preços no Consumidor num determinado país, entre 2010
      e 2012.
      Quadro 3
      Evolução do Índice de Preços no Consumidor (IPC)
      2010 2011 2012
      IPC (ano base 2009 = 100) 105 120 132
      Então, com base nos valores apresentados no Quadro 3, podemos concluir que a taxa de variação anual
      do IPC,
      (A) em 2011, foi 20,0%.
      (B) em 2011, foi 15,0%.
      (C) em 2012, foi 10,0%.
      (D) em 2012, foi 12,0%.
      7. Os bens vendidos pelas muitas empresas que operam num determinado mercado são percecionados
      pelos inúmeros consumidores como tendo diferenças e sendo substituíveis entre si. Assim, podemos
      considerar que a estrutura desse mercado é
      (A) monopolista.
      (B) de concorrência monopolística.
      (C) oligopolista.
      (D) de concorrência perfeita.
      8. O Quadro 4 apresenta a repartição do rendimento num dado país, em 2012. Suponha que esse país é
      constituído apenas por três famílias, A, B e C.
      Quadro 4
      Repartição do rendimento no país
      (em euros)
      Juros Lucros Rendas Salários
      Família A 100 000 000 0895
      Família B 130 200 050 1500
      Família C 000 000 100 1900
      Então, da observação do Quadro 4, podemos concluir que, nesse país, em 2012, o peso das remunerações
      do fator
      (A) trabalho no total dos rendimentos do país foi 88,1%.
      (B) capital no total dos rendimentos do país foi 7,2%.
      (C) trabalho da família B no total dos rendimentos do país foi 43,8%.
      (D) capital da família B no total dos rendimentos do país foi 5,1%.
      Prova 712.V2/2.ª F. • Página 6/ 14
      9. Em 2012, a empresa Y, residente em Portugal, decidiu adquirir uma nova máquina, recorrendo aos lucros
      não distribuídos no ano anterior. Então, podemos afirmar que a empresa Y, para esta aquisição, recorreu
      (A) a um financiamento indireto.
      (B) a um financiamento interno.
      (C) ao mercado primário.
      (D) ao mercado secundário.
      10. Numa dada economia, o fluxo monetário referente ao pagamento, por uma câmara municipal, de um
      empréstimo bancário contraído constitui
      (A) um recurso das Administrações Públicas e um emprego das Sociedades Financeiras.
      (B) um emprego das Administrações Públicas e um recurso das Sociedades não Financeiras.
      (C) um emprego das Sociedades não Financeiras e um recurso das Administrações Públicas.
      (D) um recurso das Sociedades Financeiras e um emprego das Administrações Públicas.
      11. Suponha que uma economia formada apenas por dois produtores, A e B, apresentou, em 2012, a situação
      evidenciada no Quadro 5.
      Quadro 5
      Produtor Produção
      (milhares de unidades monetárias)
      Valor Acrescentado Bruto
      (milhares de unidades monetárias)
      A 300 100
      B 100 150
      Com base no Quadro 5, podemos dizer que, em 2012, o valor dos consumos intermédios dessa
      economia foi
      (A) 400 milhares de unidades monetárias.
      (B) 150 milhares de unidades monetárias.
      (C) 250 milhares de unidades monetárias.
      (D) 550 milhares de unidades monetárias.
      12. O investimento corresponde, em parte, à aplicação das poupanças das Famílias, das Administrações
      Públicas e das Sociedades na criação de novo capital fixo. Assim, constitui exemplo de investimento
      (A) a venda de obrigações no mercado de títulos realizada pelas Sociedades Financeiras.
      (B) a ampliação dos escritórios realizada pelas Sociedades não Financeiras.
      (C) a compra de um veículo automóvel utilitário realizada pelas Famílias.
      (D) a constituição de um depósito, por um período de um ano, realizada pelas Administrações Públicas.
      Prova 712.V2/2.ª F. • Página 7/ 14
      13. Num dado ano, uma instituição bancária residente em Portugal concedeu um empréstimo a uma empresa
      francesa não residente em Portugal. Esta operação será registada a débito
      (A) na Balança financeira portuguesa.
      (B) na Balança de capital portuguesa.
      (C) na Balança de rendimentos portuguesa.
      (D) na Balança corrente portuguesa.
      14. Considere que um determinado país é uma economia aberta e que, num dado ano, o Estado desse país
      decidiu atribuir subsídios para apoiar a agricultura.
      Neste caso, o Estado está a implementar uma medida protecionista. Esta afirmação é
      (A) falsa, pois, através desta medida, o Estado está a definir limites quantitativos às importações de bens
      agrícolas.
      (B) falsa, pois esta medida desincentiva as importações de bens agrícolas, promovendo a produção
      nacional.
      (C) verdadeira, pois esta medida desincentiva as importações de bens agrícolas, tornando-as
      relativamente mais caras.
      (D) verdadeira, pois, através desta medida, o Estado está a definir diretamente o preço das importações
      de bens agrícolas.
      15. As diversas repartições de finanças de um dado país decidiram melhorar a qualidade dos serviços
      prestados e, para isso, adquiriram novas fotocopiadoras e novas esferográficas. Os valores de compra
      das fotocopiadoras e das esferográficas são inscritos no Orçamento do Estado como
      (A) despesas correntes, em ambos os casos.
      (B) despesas de capital, em ambos os casos.
      (C) despesas correntes e de capital, respetivamente.
      (D) despesas de capital e correntes, respetivamente.
      16. Um dos objetivos do Estado, no exercício das suas funções económicas e sociais, consiste em
      (A) assegurar preços baixos para todos os bens.
      (B) promover a eficiência na utilização dos recursos.
      (C) fixar o valor dos lucros a atingir pelas empresas.
      (D) implementar políticas estruturais de curto prazo

      curto prazo? isso existe em termos eleitorais?

      Gostar

  53. politologo permalink
    27 Julho, 2013 19:42

    A PORCA da POLITICA e a MLA
    Porca , a politica e a senhora loura estupida … se era insuficiente , pedia mais informação !!! Incompetente(ou pior?) tal como o antecessor e quem a nomeou .
    Calou-se porque estava incriminada e os seus comparsas … E não tem desculpas porque se licenciou e especializou sobre estas matérias … Começou logo quando era Directora FINANCEIRA da REFER … Andava de óculos escuros ???
    E porque é que ainda haja hoje portugueses(?) que batem palmas a este corrupto e incompetente governo ??? Mas não são os portugueses que com conhecimento da corrupção elegem os governantes corruptos , centrais ou locais ??? Iliteracia numérica , económico-financeira e social . Por vezes ainda obesidade mental . E assim já passaram 35 anos ! E como vão passar os próximos 35 anos ? Vivos ??? Vêm agora dizer que os portugueses são baixos porque os seus salários são baixos e nunca foram educados !!! Culpa de Salazar ? Só ? Mas o homem já morreu há séculos … Já se esqueceram que um jornalista foi preso pela Pide por ter escrito que Salazar havia castrado os portugueses !!! Será verdade ???
    Quo Vadis Portugal???
    P.S.
    Quando os ladrões fazem as leis , eles nunca poderão ser presos .
    No resto apenas há idiotas …|

    Gostar

  54. Slint permalink
    28 Julho, 2013 02:46

    Quem defende esta estarola, é tão corrupto como ela e como tal, não pode ser considerado humano pelo que se for esmagado como se de uma formiga se tratasse não deve ser considerado homicídio.
    Era só para dizer isso.

    Gostar

    • ora permalink
      28 Julho, 2013 02:57

      ou seja és um assassino com medo da prisa

      e gostas que outros matem por ti

      também deitas fogo ao pinhal?

      ou pagas e disfrutas do espectáculo?

      portanto matamos 1 milhão de tutsis corruptos e fica tudo fino?

      pois…..

      e depois massacramos as boas gentes hútus?

      Gostar

  55. lizete vasconcelos permalink
    31 Julho, 2013 01:53

    cito rui moreira, em quem nem sequer vou votar porque sou de gaia:
    a democracia é a palavra
    esta senhora mentiu, ou nâo?
    num pais civilizado, o cavaco nunca seria presidente por nao responder as pergunta lícitas sobre o bpn. esta senhora seria demitida de secret+aria de estado, o dr machete não seria ministeriavel, o dr aguiar branco não poderia ser candidato a uma assembleia municipal, o dr portas nao poderia fazer marcha atrás,

    Gostar

Trackbacks

  1. Há sempre | Declínio e Queda
  2. O caso da ministra muito mentirosa – Aventar

Indigne-se aqui.

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: