Saltar para o conteúdo

Um refrigério para a alma

18 Dezembro, 2013

Ontem vi parte dos noticiários da noite. As peças sobre a tomada de posse de Merkel pareciam saídas duma televisão venezuelana. No resto a vociferação do costume. Mas com uam excepção. Um doce refrigério. Não, não estou a referir-me à cobertura do aniversário do Papa Francisco. Ainda mais doce do que isso: na SIC relatava-se a transferência de equipamentos e funcionários da CML para as juntas de freguesia. Só voz off e Antónios Costa. Este explicou as transformações em causa. Não se foi pedir a opinião a nenhum dos contestatários. Mais espantosamente ainda foi revelado que está convocada uma greve por parte de alguns dos sindicatos que integram trabalhadores da CML. António Costa deu a sua opinião sobre essa greve. E ponto final. Nem um sindicalista a dizer de sua justiça. Ou a ameaçar invadir os Paços do Concelho. Ou a pedir a demissão do presidente.  Nem um intelectual dizer que cultura vais morrer por causa das bibliotecas. Nadinha!!!

29 comentários leave one →
  1. Castrol permalink
    18 Dezembro, 2013 09:56

    Há certas alturas em que é mais notória a tendência partidária da comunicação social.

    Esta é sem dúvida uma delas…

    Qual Jorge Sampaio, andam há anos a preparar o caminho de António Costa para a presidência. Tal como o outro, pergunto-me o que fez António Costa em prol do País, para além de esbanjar dinheiro dos contribuintes com umas belas festarolas em Lisboa!

    Tivesse ele coragem e poderíamos ter agora uma oposição séria à coligação do Governo…

    Gostar

    • nuno granja permalink
      18 Dezembro, 2013 11:03

      nem mais

      Gostar

    • Xizmêne permalink
      18 Dezembro, 2013 19:29

      esbanjar dinheiro dos contribuintes com umas belas festarolas em Lisboa vs tivesse ele coragem e poderíamos ter agora uma oposição séria à coligação do Governo…

      Mas afinal em que ficamos?

      Gostar

      • 18 Dezembro, 2013 19:37

        bom quando a oposição chegar aos 90% do soares ….o P_CP deve estar no governo

        e nessa altura teremos uma oposição à séria ou em série?

        Gostar

  2. vortex permalink
    18 Dezembro, 2013 10:03

    nas tvs o alentejano António Merda queria mudar de nome,
    queria ser Manuel Merda

    vive-se no ‘peso da récua’

    Gostar

    • Alexandre Carvalho da Silveira permalink
      18 Dezembro, 2013 12:33

      Vamos então preparar-nos para o pior: um aumentozinho do IVA que vai penalizar o pão e o feijão, para que pessoas que não descontaram para isso, continuem a receber reformas com valores a que não deveriam ter direito.
      Não deixa de ser para mim intrigante ver tanta gente que vai ser penalizada pela manutenção deste estado de coisas, ficar tão contente. As mamãs e os papás vão continuar a receber boas reformas para as quais não descontaram e que vão continuar a ser pagas com o dinheiro dos impostos, ou pior, com dinheiro emprestado. Quando chegar a vez deles se reformarem vão ficar a ver navios, vão ter de pagar os empréstimos, e ainda se riem e batem palmas.

      Gostar

  3. 18 Dezembro, 2013 10:11

    Um dos maiores erros que se comete é achar que a direita padece exactamente do mesmo defeito. E não é verdade.

    Gostar

  4. murphy permalink
    18 Dezembro, 2013 11:27

    António Costa, é o exemplo perfeito do duplo critério do jornalismo português. Eis algumas coisas que hoje ouviríamos na rádio e veríamos na tv, caso Costa fosse o Ministro da Educação:

    A avaliação dos professores, é a única forma de o Estado poder selecionar, entre os milhares de professores contratados, os melhores e mais bem preparados.

    No fundo, o que está em causa não é a humilhação dos professores, mas a promoção da cultura do mérito.
    O teste de avaliação dos professores, ao contrário do que os sindicatos dizem, permite defender o sistema público de ensino e a excelência da educação facultada aos nossos alunos, aos nossos filhos…

    Como não temos um ministro de esquerda, redações e jornalismo, brindam-nos com o Nogueira e 99% de tempo de antena dedicado à transmissão do ponto de vista que defende. Enfim, sempre a lógica “esquerda boazinha Vs direita maléfica”.

    http://jornalismoassim.blogspot.pt/2013/07/das-personalidades-inimputaveis.html

    Gostar

    • RCAS permalink
      18 Dezembro, 2013 12:56

      murphy

      Lembra-se do que aconteceu à Maria de Lurdes Rodrigues, quando quis por ordem nesta coisa?
      Lembra-se do que é que a direita fazia? alinhava na FESTA do Marquês de Pombal não era?
      Aguarráz no rabo dos outros é refresco para nós né? AGUENTEM! não é o que vocês dizem?

      Gostar

      • murphy permalink
        18 Dezembro, 2013 13:58

        Caríssimo,

        Nunca vi M.ª Lurdes Rodrigues dessa forma…

        Gostar

  5. javitudo permalink
    18 Dezembro, 2013 11:29

    A largura do avental, mesmo roída de quando em quando por ratos não domesticados, encobre toda a podridão e pode fazer alastrar a epidemia do desvario.

    Gostar

  6. Portela Menos 1 permalink
    18 Dezembro, 2013 11:35

    eu agora estou é preocupado com o relógio no largo do caldas.

    Gostar

    • RCAS permalink
      18 Dezembro, 2013 13:02

      Ai sim? cá em casa já coloquei um com águia e tudo. Mas contabiliza os dias de marcha deste Tea Party…

      Gostar

  7. tamal permalink
    18 Dezembro, 2013 12:02

    Pá,
    “as reformas são um direito dos trabalhadores
    idêntico à detenção de uma propriedade privada”
    -. diz o TC da Alemanha, conta-se

    http://www.ionline.pt/artigos/mundo/alemanha-cortes-retroactivos-nas-pensoes-proibidos

    E eu não sei onde também já vi isso… se não foi um deputado comunista, que o lembrou, algures, não sei onde, em algum tempo, igual ao que prescreve o Tribunal Europeu dos Direitos do Homem, há séculos…

    E porém, diz Krato, o vaidoso, igual ao pavão do boss, igual ao Portas, à presumida da Albuquerqa, pá, boy da seita tem direitos, a mafiosa dos partidos do poder é que dita, em Portugal, e manda e se autopromove e faz o que lhe apetece …

    Gostar

  8. RCAS permalink
    18 Dezembro, 2013 12:39

    TAMBEM TU “JAQUIM ALEMÃO”?

    Tribunal constitucional alemão considera que as reformas são um direito dos trabalhadores idêntico à detenção de uma propriedade privada, cujo valor não pode ser alterado. Tribunal Europeu dos Direitos do Homem segue a mesma linha

    O Tribunal Constitucional alemão equiparou as pensões à propriedade, pelo que os governos não podem alterá-las retroactivamente. A Constituição alemã, aprovada em 1949, não tem qualquer referência aos direitos sociais, pelo que os juízes acabaram por integrá-los na figura jurídica do direito à propriedade. A tese alemã considera que o direito à pensão e ao seu montante são idênticos a uma propriedade privada que foi construída ao longo dos anos pela entrega ao Estado de valores que depois têm direito a receber quando se reformam. Como tal, não se trata de um subsídio nem de uma benesse, e se o Estado quiser reduzir ou eliminar este direito está a restringir o direito à propriedade. Este entendimento acabou por ser acolhido pelo Tribunal Europeu dos Direitos do Homem.

    – Passos Coelho disse em 2011 :” Se o Estado cortasse nas pensões, estaria a apropiar-se
    de algo que não era seu”

    – Que mais irá acontecer a estas iluminárias completamente a nadar deste Tea Party?

    PS – Para ti ó António Costa, que fizeste e andas a fazer uma Lisboa linda!

    Gostar

    • tamal permalink
      18 Dezembro, 2013 13:44

      Eu gosto do passos, disse ele:
      ” Se o Estado cortasse nas pensões, estaria a apropiar-se de algo que não era seu” .
      E eu gosto de gajos assim desonestos, pavões, mentirosos, como esse passolas que diz …

      Gostar

      • tamal permalink
        18 Dezembro, 2013 14:42

        E gosto dele, liberal e tudo,
        desse gajo mentiroso e sem palavra
        que diz coisas, gosto dele …

        Gostar

      • tamal permalink
        18 Dezembro, 2013 15:39

        … de passolas, sem palavra, a dizer coisas …

        Gostar

  9. 18 Dezembro, 2013 13:00

    Se o Tribunal Constitucional Alemão continuar a impedir o roubo das reformas…
    a Alemanha vai à falência.

    Gostar

  10. 18 Dezembro, 2013 14:15

    Gosto de ver a Helena preocupada com os sindicatos!

    Gostar

  11. @!@ permalink
    18 Dezembro, 2013 14:54

    O António Costa está Maduro.

    Gostar

  12. 18 Dezembro, 2013 16:24

    Helena Matos aldrabona. Tenha nojo. Deixe de morder as costas do Costa.

    Gostar

    • Antonio Lopes permalink
      18 Dezembro, 2013 16:45

      Grande filho da puta!Sai daqui cão raivoso!Vai à merda!Cabrão!Deixa a Helena em paz!

      Gostar

  13. licas permalink
    18 Dezembro, 2013 20:52

    *ISTO* prossegue em grande nível teórico e democrático . . .

    Gostar

  14. J. Madeira permalink
    18 Dezembro, 2013 22:33

    É o chamado princípio da “torpeza”, neste “post” dá-se
    a entender que a comunicação social é manobrada pe-
    lo PS ou na pior das hipótses pelo A. Costa!
    Já esqueceram a “tese” do mestrado do “arrependido?
    Lá está explicado com se fabricam lideres e p. ministros!!!

    Gostar

  15. 19 Dezembro, 2013 00:05

    É de facto vergonhosa a campanha em torno de António Costa! Ele é para Primeiro-ministro, Presidente, para tudo o que mexa! No entanto ninguém parece preocupar-se com o que ele anda a (não) fazer por Lisboa! E o pior é que o Governo parece embarcar nessa campanha, concedendo milhões atrás de milhões para que António Costa possa fazer umas flores com a gigantesca divida do município…

    Gostar

Trackbacks

  1. Frases do ano (9). | Declínio e Queda

Indigne-se aqui.

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers gostam disto: