Skip to content

Golo decorrente da marcação de um Kant de Costa

10 Fevereiro, 2017

Continua a discussão sobre se Centeno mentiu, se não mentiu, se o Presidente sabia, se não sabia, se as provas publicadas são provas, se não são… Uma confusão e desperdício de tempo. É claro que mentiu: toda a história é mais que óbvia, independentemente das narrativas da era da pós-verdade que reconfiguram mentiras em inverdades. A questão não é se mentiu – porque mentiu: a questão é porque é que ninguém se importa por ter mentido.

A explicação é simples: não estamos a ser governados, isso é um mero sub-produto de uma necessidade; a Geringonça não existe para providenciar governo – daí que não se critique o governo, que não é bem um governo –, existe para nos livrar desse terrível Mal que é ser governado pelo Passos Coelho. Tudo é permitido a este “governo”. Mentir sistematicamente, omitir deliberadamente e dizer que “abandono escolar aumentou porque desemprego juvenil diminuiu” sem a demolição do Carmo e da Trindade é feito em nome de um Bem maior: livrar-nos do Passos Coelho.

Não era o abracadabrante que adorava Kant? Imperativo categórico é isto, é o dever do dr. Costa em tudo fazer para cumprir o desejo universal da humanidade, o de se ver livre do Passos Coelho. E, como se sabe, pela universalidade, os fins justificam sempre os meios.

Anúncios
51 comentários leave one →
  1. 10 Fevereiro, 2017 09:16

    O primeiro-ministro indigitado foi recusado pelo parlamento. Logo, a culpa é do António Costa!

    Gostar

    • oscar maximo permalink
      10 Fevereiro, 2017 10:30

      Você é que disse, mas está enganado.
      A culpa é dos portugueses.
      Agora, só falta repetir esta frase quando os juros sobem e se tenta atribuir culpas á europa ou américa.

      Liked by 2 people

      • Euro2cent permalink
        10 Fevereiro, 2017 21:45

        > A culpa é dos portugueses.

        Só na medida em que ainda votam em quantidade suficiente para manter a ficção de que uma escolha entre associações de malfeitores é legítima.

        Gostar

  2. Luís permalink
    10 Fevereiro, 2017 09:45

    Mentiu? Não mentiu? Não sabia? Não foi informado da legislação? Tudo isso pode ser um óptimo assunto para um conto policial. Agora, aqui para nós, o que é mesmo preocupante é percebermos que a “nossa oposição” não tem assunto mais importante e sólido para apresentar alternativas. De política de finanças não há nada para dizer? Parece que não. Estamos tramados.

    Gostar

    • 10 Fevereiro, 2017 09:54

      Alternativas para quê?
      Para ir negociar com o PS ao Largo do Rato?
      As alternativas sempre estiveram em cima da mesa:
      Redução (séria) do défice, redução da dívida, crescimento real, diminuição do peso do estado, saneamento de empresas do setor estado.

      Gostar

      • Luís permalink
        10 Fevereiro, 2017 10:18

        Só isso, é do domínio da metafísica 🙂 Como, meu caro ? Como?

        Gostar

      • sam permalink
        10 Fevereiro, 2017 13:21

        Como? Tendo-os no sítio.

        Gostar

      • 10 Fevereiro, 2017 15:10

        Como?
        O governo anterior:
        Não reduziu o défice de 10 para 3%?
        Não criou uma trajetória de diminuição da dívida e dos juros da dívida?
        Não conseguiu um crescimento real?
        Não vendeu empresas do setor estado diminuindo o seu peso na economia?
        Não saneou empresas do setor estado como as de transportes e procurou aliená-las?
        Os acordos rasgados pelo PS sobre IRC não são “política de finanças”?
        Os juros da dívida no dia da tomada de posse do PS tinham um spread para a dívida espanhola de 0,8% que o PS achava péssimo.
        Agora é de 3,4%!
        Está muito melhor, não é?
        E a culpa é da oposição que não apresenta alternativas e (já agora) dos “mercados”.
        Óbvio!

        Gostar

    • oscar maximo permalink
      10 Fevereiro, 2017 10:36

      Se o assunto fosse resolvido, então passava-se a outro. Ou acha que a credibilidade dos agentes não é importante?
      Não será, para quem aceita ver Costa a mentir:
      -Aproveito a resposta para deixar claro que o senhor ministro das Finanças não mentiu.
      -Não foi o PS que chamou a troika.

      Gostar

    • 10 Fevereiro, 2017 12:38

      Luis,
      Está tudo dito. Ainda não reparou? Fruta podre não tem tratamento. É deixar cair.

      Gostar

    • Luís permalink
      10 Fevereiro, 2017 20:05

      Vê-se logo que vocês ou têm ordenado certo ao fim do mês ou já estão na reforma. Venha arriscar para as empresas e vão ver a diferença entre palavrório estatístico para preencher espaço nos telejornais e a realidade.

      Gostar

  3. LTR permalink
    10 Fevereiro, 2017 10:15

    Preparem-se porque o que vem a seguir é ainda pior. O desespero total espelhado pelas frases socráticas que acabam de sair no comunicado do ministério das finanças e a quantidade avassaladora de comentadores ao ataque na comunicação social são a prova disso mesmo. Por que será que o PM se está a fazer de morto como se fosse um mero espectador e não o chefe de Centeno? Por que será que tenho sensação que se um governo da direita fizesse uma lei por medida isto ia logo parar a outras portas?

    Gostar

  4. LTR permalink
    10 Fevereiro, 2017 10:19

    O Costa é um tipo que percebe de tudo, que tem amigos que sabem de tudo, que opina sobre tudo, e que tem soluções para tudo, como as da floresta de há mais de uma década. Quando ele não está informado de qualquer coisa é porque há porcaria.

    Gostar

  5. 10 Fevereiro, 2017 10:34

    Ponto.

    Gostar

  6. Rocco permalink
    10 Fevereiro, 2017 10:35

    O que faz falta é deixar os tugas burros entregues às suas mesadas e à sua “sorte”…

    Gostar

  7. LTR permalink
    10 Fevereiro, 2017 10:45

    Já conhecemos os esquemas de negação peremptória há muito tempo, e vêm quase sempre do mesmo lado, acompanhados das mesmas frases e teorias das campanhas negras de sempre. Acompanham sempre uma uma verdade oculta que não deveria ter sido destapada. Querem ser europeus no modo de vida mas não conseguem descolar da miséria intelectual do terceiro mundo.

    Gostar

  8. LTR permalink
    10 Fevereiro, 2017 10:58

    A verdade (e não só) vem sempre à tona. Tinha razão:

    «Entretanto já na fase final da entrevista, António Costa disse que nas reuniões que tem tido com o PSD e o CDS tem recebido “surpresas desagradáveis”, relacionadas com as finanças públicas de Portugal e que segundo o Secretário-Geral serão conhecidas em breve, até porque “há um limite para a capacidade de um Governo esconder a real situação financeira do país”.»

    Gostar

  9. licas permalink
    10 Fevereiro, 2017 11:10

    Como disse sr. PM?
    Então o desemprego dos progenitores incentiva
    o aumento da população escolar?
    Está bêbedo, ou a fazer-nos trouxas?

    Gostar

  10. Juromenha permalink
    10 Fevereiro, 2017 11:16

    “a questão é por que é que ninguém se importa por ter mentido”.
    Está tudo aqui – só uma mais que ínfima parcela da população se “dá ao trabalho” de questionar estas canalhices e estes canalhas.

    Gostar

  11. Rão Arques permalink
    10 Fevereiro, 2017 11:29

    Olhando o bailarico grotesco do dize tu direi eu, como cidadão comum interessado nos assuntos do meu País é legitimo ficar na expectativa de saber se temos assassinato, suicídio sem amparo, ou morte assistida pelos seus traficantes de remédios.

    Gostar

  12. antónio permalink
    10 Fevereiro, 2017 11:31

    Se é um imperativo categórico não posso dizer pois passaram 25 anos desde que estudei Kant na disciplina de filosofia. Agora o que posso dizer hoje é que o sub-produto de uma necessidade a que se refere se chama trampa e está a ser espalhada pelo ventilador na sociedade Portuguesa pela maldita geringonça e pelo Sr. Marcelo que se diz presidente da república. Já seria tempo de assumirem os erros, retirarem consequência e pararem de espalhar o sub-produto com o ventilador.

    Gostar

    • A.lopes permalink
      12 Fevereiro, 2017 17:28

      Totalmente de acordo! Mas já agora:por favor não me fale também desse mentecapto do cata-vento!

      Gostar

  13. sam permalink
    10 Fevereiro, 2017 13:23

    Pode alguém viver num país socialista sem adquirir uma enorme tolerância à mentira?…

    Gostar

  14. Colono permalink
    10 Fevereiro, 2017 13:34

    Os mentirosos

    Na mesma altura em no parlamento Costa no ( debate quinzenal) garantia e jurava aos deuses indianos que Centeno é homem honrado: – “Não
    ao mente” ….
    Mentiu ele depois: ” – Eu quando estava na oposição, nunca disse uma palavra que prejudicasse as taxas de juros…. ” No Observador de ontem, pode-se escutar um discurso dele na RDP dizendo o pior que já se ouviu sobre o que jurava pela vaca sagrada nunca ter feito…

    Cambada de mentirosos!

    O mais patético é o nosso sacrossanto presidente defender com unhas e dentes este governo!

    Gostar

  15. 10 Fevereiro, 2017 13:39

    O quê? Os jovens abandonam a escola e vão trabalhar ainda não têm barba? Onde estão agora Daniel Oliveira, Galambas e a Mortágua, com a berraria do costume do (des)investimento em educação?

    Gostar

    • Ambrósio permalink
      10 Fevereiro, 2017 14:32

      Estão a fazer cocó…

      Liked by 1 person

    • Sem Norte permalink
      11 Fevereiro, 2017 05:05

      Concordo João P. Ferreira, parece que estamos a caminhar para uma Venezuela, trabalho infantil é apanágio dos países socialistas.

      Gostar

  16. Murphy permalink
    10 Fevereiro, 2017 14:43

    Bastaria substitur o nome “Centeno” por “Relvas” e imaginar o que seria o tratamento mediático deste assunto…

    Gostar

  17. ABC permalink
    10 Fevereiro, 2017 15:04

    Este não mentiu, o da educação não escondeu, o outro não sabia que era a Galp a pagar. Está tudo bem, o PM certifica e o PR promulga. Os media olham para o lado bom da poia, as esganiçadas estão afónicas, a CGTP e a FENPROF contentes. Está tudo contente. Até os juros da nossa dívida dão pulinhos de satisfação.
    Estranhamente, um velhote reformado estava aos gritos no banco, a afirmar que lhe tinham reduzido a reforma, que a água e a luz e os medicamentos e a comida estavam caras, e que a comissão para levantar o dinheiro era um roubo. Mas creio que era um rico especulador acumulador de dinheiro, muito bem disfarçado de reformado normal. Um agitador, no fundo, certamente bem pago com o dinheiro que Passos Coelho roubou na Tecnoforma.

    Liked by 2 people

    • Manuel permalink
      11 Fevereiro, 2017 10:32

      Excelente comentário! Por sinal cheio do realismo de que tanto gostam os marxistas fossilizados e os troskistas caviar.

      Gostar

  18. javitudo permalink
    10 Fevereiro, 2017 15:22

    “Estamos a trabalhar todos em conjunto”, disse Manuel Caldeira Cabral.
    Haverá espaço nas cadeias para os meter todos dentro?
    Os directores das cadeias perderam as esferográficas.
    Não podem assinar. Vamos lá fazer uma subscrição.

    Gostar

  19. javitudo permalink
    10 Fevereiro, 2017 15:24

    “O senhor ministro das finanças está de pedra e cal”.
    A cal preocupa-me.

    Gostar

  20. 10 Fevereiro, 2017 16:08

    “Não era o abracadabrante que adorava Kant? Imperativo categórico é isto, é o dever do dr. Costa em tudo fazer para cumprir o desejo universal da humanidade, o de se ver livre do Passos Coelho.”
    Nem mais. Perfeito.

    Gostar

  21. Colono permalink
    10 Fevereiro, 2017 19:38

    VALA COMUM

    ” O reino é podre!
    ” O rei é podre!
    ” Oh que fedor… ó que fedor!
    Guerra Junqueiro

    ” Ao lado dos covões d’honra para os defuntos de distinção, que foram ou representavam ser alguma coisa resolvemos abrir uma vala comum para a gente morta que nada foi.

    Às sepulturas atirámos almas; à vala comum atiraremos corpos, detritos, lixivias, lixo.

    A corrupção invade o ar. A Nação cheira mal.
    Toca a enterrar. Toca a enterrar.!

    Ernesto Ribeiro 1886

    Gostar

  22. SRG permalink
    10 Fevereiro, 2017 19:40

    Há um ministro que mente…
    Mente de corpo e alma completa/mente.
    E mente de modo tão pungente
    que a gente acha que que ele mente sincera/mente,
    mas mente sobretudo, impune/mente…
    indecente/mente.
    E mente tão habitual/mente tão hábil/mente
    que acha que história afora, enquanto mente,
    nos vai enganar eterna/mente.

    Nota: não sei quem é o autor… com tal mente !!!

    Gostar

  23. javitudo permalink
    10 Fevereiro, 2017 19:44

    Quando maior a mentira, maior é a chance de ela ser acreditada.
    Adolf Hitler

    Gostar

  24. licas permalink
    10 Fevereiro, 2017 19:47

    Filósofos. . .

    Pois era, mas sempre a frio, a “carrilhar”
    Sem carinho, como posso sentir
    (Uma coisa “bárbara” de se ouvir)
    Os carrilhões da sé a badalar?
    Assim não s´atura, senhor juiz,
    Livre-me depressa desse infeliz.

    Nem do simples bê-à-bá é capaz,
    Que sem cuidados nem aplicação,
    Sob os lençóis faz a sua função
    E peor ainda, nada loquás:
    Foi um filósofo imcompetente
    Para minha desgraça mais patente.

    A mente pode ser um excitante
    Mas, bem, também pode inibir
    Fazendo d´um gajo bicho distante.

    Licas fecit

    Gostar

  25. Cipião Numantino da Boina, anti comunofóbico. permalink
    10 Fevereiro, 2017 20:06

    Tem toda a razão, confrontada com o facto do Centeno não lhes ter mostrado as SMS, vai dai a direita resolveu pegar fogo ao circo, quando viram as intenções de voto.

    Gostar

    • 10 Fevereiro, 2017 20:10

      Se bem percebi, a gravidade de algo é dependente das sondagens.

      Gostar

    • Cipião Numantino da Boina, anti comunofóbico. permalink
      10 Fevereiro, 2017 20:14

      Leia outra vez, pode ser que compreenda as SMS.

      Gostar

      • António C. Mendes permalink
        11 Fevereiro, 2017 10:45

        O Lone Ranger…

        Gostar

  26. A. R permalink
    10 Fevereiro, 2017 23:00

    O Portugal contra a geringonça já chama ao duo da golpada como os protagonistas do filme Mentrix

    Gostar

  27. Arlindo da Costa permalink
    10 Fevereiro, 2017 23:53

    Se é para bem da Humanidade – a começar pela nossa mais próxima… – todos os meios justificam os fins.

    Gostar

    • Sem Norte permalink
      11 Fevereiro, 2017 05:02

      Essa frase é de quem? Estaline ou Hitler?

      Gostar

    • António C. Mendes permalink
      11 Fevereiro, 2017 10:46

      … e o Tonto!!

      Gostar

    • A.lopes permalink
      12 Fevereiro, 2017 17:33

      Cá está o f.da p. do arlindinho! Nunca mais sais daqui,palerma!Deixa-te estar na pocilga!

      Gostar

  28. António C. Mendes permalink
    11 Fevereiro, 2017 10:50

    Um off topicozinho (ou talvez não?), então matam-se, antes de nascerem, 16.000 Portugueses, POR ANO, através do SNS?!?!?

    Gostar

  29. Anónimo permalink
    11 Fevereiro, 2017 15:22

    Em Portugal este governo já demonstrou que apenas está interessado no seu umbigo.
    Por vezes parece que até odeia os “portuguêses”. Uns “chatos”.
    “Isto sem os portuguêses seria porreiro, pá”…. Típico das elites socialistas/comunistas.
    Sobrevive, o governo, graças a PRs na sua torre de marfim, e devidamente apoiado por uma crescente, infindável, catrefa de funcionários públicos bem ou mal sidicalizados e pseudo-concertados. Com os “patrões” dos outros trabalhadores !….
    A bolha do turismo que salvou o governo desta vez, é uma bolha difícil de replicar e manter sobretudo com a crescente intervenção estatal quando lhe cheira a dinheiro. Típico das elites socialistas/comunistas.

    Mas o pior vai ser o “salve-se quem puder”, a desagregação, o pós esta dita “União Europeia”. Um salve-se quem puder. O pessoal da terceira classe está preso lá embaixo.

    Como já há muito anos era evidente uma “Europa” made in arregimentados impotents funcionários em Bruxelas -a tratarem as suas carreiras- conduzidos por uma sôfrega Nova (unida) Alemanha, qual Novo-Reich, seria, é, foi, um desatre anunciado.
    A extrema-unção já foi dada pelos prestimosos funcionários do BCE. RIP.

    Para quem quizer outra, mas congénere (!), opinião recomendo este “link”.
    Quem está feliz, deixe-se estar sossegadinho. Regresse aos programas da bola.

    http://www.zerohedge.com/news/2017-02-10/martin-armstrong-%E2%80%9Ceu-disintegration-mode%E2%80%9D

    Gostar

  30. javitudo permalink
    11 Fevereiro, 2017 20:03

    O centeno não mentiu. Kosta
    Avalia-se a inteligência de um indivíduo pela quantidade de incertezas que ele é capaz de suportar.
    Immanuel Kant

    Gostar

  31. simon teles permalink
    11 Fevereiro, 2017 22:44

    Of course, não mentiu nada … “meu caro Marques Correia, a questão é essa, eu queria apresentar as contas todas, dar parte dos meus rendimentos, mas foi o ministro, Centeno é que disse, não, isso nunca, você não tem que deixar-me mal, que propalar aos ventos que lhe dei quanto quis e ao dobro, só por fazer isso, um grande favor, concertar-me a Caixa que o outro governo deixou às urtigas. E eu não tive hipótese, entendeu, Correia? Mas é claro, entre nós, apenas, não vá dizer isso.

    Gostar

Indigne-se aqui.

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: