Skip to content

Segundo o manual geringôncio do racismo como devemos classificar o que está a acontecer na África do Sul?

25 Fevereiro, 2017

South African police use force to disperse anti-immigration protesters

14879378663150

Advertisements
47 comentários leave one →
  1. Juromenha permalink
    25 Fevereiro, 2017 12:25

    Off-topic : Se um preto, nos EUA e de acordo com a cartilha do pulhitucamente correcto, é um afro-americano, como é que se deve designar um preto em África( ou em qualquer outro lado que não a América)?…

    Gostar

    • José Ribeiro permalink
      25 Fevereiro, 2017 18:38

      Indígena?
      Tendo eu nascido em África, nem sei como designar os meus conterrâneos…

      Gostar

    • carlos alberto ilharco permalink
      25 Fevereiro, 2017 19:11

      Afro é a cor (não se pode escrever mas equivale a negro).
      Americano é o país de nascimento.
      Logo, e por exemplo, será um afro-angolano, um afro-nigeriano ou neste caso um afro-sulafricano (não leva hífen).
      Pode no entanto ser um caucasiano-angolano, ou um indiano-maliano no caso de outras raças.
      Eu, por exemplo sou um caucasiano-conimbricense-benfiquista.
      Há milhares de especificações.

      Gostar

      • Viriato de Viseu permalink
        25 Fevereiro, 2017 19:42

        Bela explicação, especialmente na palavra mágica; Benfiquista!!!

        Gostar

      • Tiradentes permalink
        26 Fevereiro, 2017 08:16

        Afro é cor? em que dicionário? O norte dos Afro são de que cor? quer então dizer que Euro é cor? e sendo os EUA o pais de nascimento os brancos deviam ser euro-americanos? Os índios americanos eram vermelhos pelo que um indigena deveria ser chamado de benfiquista-americano?

        Gostar

    • 25 Fevereiro, 2017 21:40

      Há duas definições: a da nacionalidade e a do fenótipo. É escolher a que lhe convier consoante a sua posição política. A esquerda humanista define pela nacionalidade, alguns primários de direita preferem engavetar as pessoas em função de aspetos morfológicos e fenotípicos.

      Gostar

      • Ambrósio permalink
        25 Fevereiro, 2017 22:11

        Referes-te à esquerda humanista que matou e mata milhões de pessoas internacionalmente, sem se importar com a nacionalidade, oh bicicleta-dependente?

        Liked by 1 person

      • 26 Fevereiro, 2017 00:02

        há esquerda sanguinária e direita humanista; tenho pena que não tenha chegado lá

        Gostar

      • Tiradentes permalink
        26 Fevereiro, 2017 08:18

        Marx não diria melhor em relação aos fenótipos, já que a nacionalidade era um conceito burguês

        Gostar

      • Ambrósio permalink
        26 Fevereiro, 2017 10:33

        Não fui que referi APENAS a esquerda humanista e me esqueci das “limpezas” vermelhas…

        Gostar

      • 26 Fevereiro, 2017 16:45

        As limpezas vermelhas apesar de cruéis e desumanas, não tinham motivos racistas, até porque faziam-no muitas vezes ao seu próprio povo e raça. Não mude de assunto, a posta é sobre racismo!

        João Pimentel Ferreira

        Gostar

      • 26 Fevereiro, 2017 20:50

        Vê o que foi o Holodomor e depois vai encher os pneus da bicicleta com a boca…

        Gostar

      • 26 Fevereiro, 2017 21:41

        Fá-lo-ei, mas jamais o seu exercício favorito: andar de bicicleta sem selim!

        João Pimentel Ferreira

        Gostar

      • 26 Fevereiro, 2017 22:58

        João Pimentel Ferreira escreveu:

        “alguns primários de direita preferem engavetar as pessoas em função de aspetos morfológicos e fenotípicos.”

        “Fá-lo-ei, mas jamais o seu exercício favorito: andar de bicicleta sem selim!”

        Lá se foi a superioridade moral e intelectual do esquerdume…

        Gostar

      • 27 Fevereiro, 2017 10:30

        “Lá se foi a superioridade moral e intelectual do esquerdume…” Se a ordem vigente da casa tolera ofensas entre co-comentadores, que esperaria V. Exa.? Uma homilia ou um tratado dialético?

        Gostar

      • Boris permalink
        27 Fevereiro, 2017 17:00

        zzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzz

        Gostar

      • 27 Fevereiro, 2017 19:53

        volta para “a bola”

        João Pimentel Ferreira

        Gostar

      • Rafael Ortega permalink
        27 Fevereiro, 2017 20:06

        “A esquerda humanista define pela nacionalidade”

        Olhe que não. Olhe que não…

        Gostar

  2. André Miguel permalink
    25 Fevereiro, 2017 12:41

    Para o politicamente correcto só é racismo se for branco contra negro ou amarelo. Se for preto tudo lhe é permitido. Se não acreditam perguntem a um negro o que é o racismo…

    Liked by 1 person

  3. PiErre permalink
    25 Fevereiro, 2017 13:05

    É o Triunfo dos Marxistas

    Gostar

  4. sam permalink
    25 Fevereiro, 2017 17:14

    Apoiem a comunidade migrante dos nossos compatriotas madeirenses.
    Morte à pretalhada anti-imigração!

    Gostar

  5. José Domingos permalink
    25 Fevereiro, 2017 18:07

    Serão afro-africanos, é bonito e está correcto, melhor só uma selfie com o mrs

    Gostar

  6. Ambrósio permalink
    25 Fevereiro, 2017 18:20

    ARLINDICES.

    Gostar

  7. 25 Fevereiro, 2017 21:35

    Um bocadinho de padagogia para a Matos, visto até que o seu “link” não funciona, mas pode ver aqui o vídeo da africanews.

    Isto não é racismo porque são todos da mesma “raça” (definição taxonómica pouco rigorosa, mas deixemos os leigos em biologia e antropologia na sua ignorância). Isto é xenofobia, ataque aos estrangeiros, porque ao que parece a ira dos manifestantes é contra nigerianos.

    Gostar

    • Ambrósio permalink
      25 Fevereiro, 2017 22:16

      São os ciclovia-dependentes negros nativos contra os peões negros estrangeiros: multidiscriminação!

      Liked by 1 person

    • 25 Fevereiro, 2017 22:42

      O link funciona sim, pelo menos por aqui. Trata-se mesmo da velha briga entre locais e imigrantes c/ aqueles reclamando que lhes vão roubar os empregos, etc, etc. Nada que
      não se veja em outras paradas (vide alguns apoiantes do brexit).
      Acredito que a Dr. Helena sabe a diferença entre racismo e xenofobia e esteja apenas a
      fazer uma provocação, algo como, se os manifestantes não fossem negros e protestassem pelos mesmos motivos seriam taxados de racistas e não de xenófobos.
      Bom, esse foi o meu entendimento.

      Gostar

    • carlos alberto ilharco permalink
      25 Fevereiro, 2017 22:49

      A sua ignorância sobre o que é o racismo entre negros, é desculpável porque provavelmente conhece dos negros e de África o que Salgari conhecia da Índia.

      Gostar

      • 26 Fevereiro, 2017 00:04

        Claro que há racismo entre africanos negros, da mesma forma que há racismo entre brancos na Jugoslávia. Basta que haja diferenças taxonómicas ou étnicas, para que haja em algum momento racismo.

        Gostar

      • 26 Fevereiro, 2017 23:01

        João Pimentel Ferreira escreveu acima:
        “As limpezas vermelhas apesar de cruéis e desumanas, não tinham motivos racistas, até porque faziam-no muitas vezes ao seu próprio povo e raça. Não mude de assunto, a posta é sobre racismo!”

        Defender o indefensável dá nisto, é a lógica do penico!

        Gostar

    • Os corruptos que se cuidem permalink
      26 Fevereiro, 2017 02:49

      Ah, ah, ah. Humano, demasiado humano. Se é humano, nada a fazer. O homem é o que é, e não aquilo que alguns queriam que ele fosse. São as pequenas vicissitudes da condição humana, que não humanista. O homem é mesmo um mau selvagem que não muda, nem à cacetada ideológica.

      Gostar

  8. A. R permalink
    25 Fevereiro, 2017 23:57

    Culpa dos brancos …. claro! E da direita … pois então.

    Liked by 2 people

  9. 26 Fevereiro, 2017 00:08

    Eu acho que é esta posta é racista ao achar que por serem negros, não são humanos o suficiente para nutrir de sentimentos racistas, como se o sentimento racista fosse exclusividade dos brancos. Caros blasfemos, os negros como os brancos, podem ser racistas, porque o racismo é um sentimento humano.

    Gostar

    • 26 Fevereiro, 2017 01:07

      Isso é uma ironia, não?

      Gostar

    • Os corruptos que se cuidem permalink
      26 Fevereiro, 2017 02:49

      A posta de cima devia ter caído aqui. Sorry…
      Ah, ah, ah. Humano, demasiado humano. Se é humano, nada a fazer. O homem é o que é, e não aquilo que alguns queriam que ele fosse. São as pequenas vicissitudes da condição humana, que não humanista. O homem é mesmo um mau selvagem que não muda, nem à cacetada ideológica.

      Gostar

    • Tiradentes permalink
      26 Fevereiro, 2017 08:23

      O racismo do branco é uma ignomínia humana. O racismo dos negros é simplesmente humano porque somos todos humanos. Os brancos não são humanos. Bom silogismo

      Liked by 1 person

      • 26 Fevereiro, 2017 16:48

        Não disse isso caro tiradentes, é inteligente o suficiente para percebê-lo. Qualquer racismo é reprovável, independentemente da raça de quem o nutre.

        Gostar

  10. PiErre permalink
    26 Fevereiro, 2017 08:52

    Por este andar nunca mais sabemos qual é o sexo dos anjos.

    Gostar

  11. A. R permalink
    26 Fevereiro, 2017 09:57

    Até aqui a África do Sul não se desenvolvia devido aos brancos. O terrorista e enriquecido com diamantes de sangue Mandela não desenvolveu nada: apenas o ódio das juventudes do ANC contra a população branca. Agora é quase uma ditadura marxista num país mais anémico, racista e de miséria de sempre.

    Liked by 1 person

    • Ambrósio permalink
      26 Fevereiro, 2017 10:26

      E cheio de SIDA.

      Gostar

    • 26 Fevereiro, 2017 16:55

      É um facto que países dominados por “brancos” têm melhores índices de desenvolvimento civilizacional (adoto aqui o “racismo científico” de Darwin, rejeitando todavia o racismo do KKK e nazi e porcos similares). Mas tal não quer dizer que por isso nos arroguemos no direito de nos considerarmos superiores, porque nesse dia, o prezado ambrósio, como o próprio nome indica, não passará de um reles tuga submisso à pureza da raça ariana do norte da Europa. Sim, o Humanismo é contra-natura, é um egrégio passo civilizacional que nos define a todos nesse magno denominador comum de sermos tão-somente seres humanos.

      Gostar

      • Boris permalink
        27 Fevereiro, 2017 16:59

        Vai-te FODER, ó filho da puta!

        Gostar

      • 27 Fevereiro, 2017 19:55

        É impressão minha ou o Boris está fulo!? E a administração? Aceita que um desconhecido que não conheço de lado nenhum me trate como filho.

        Gostar

  12. piscoiso permalink
    27 Fevereiro, 2017 20:35

    Este João Pimental é uma pedrada no charco.

    Gostar

    • Ambrósio permalink
      27 Fevereiro, 2017 23:18

      No país das biclas apanham-se muitas pedradas. É dos muffins de erva.

      Gostar

  13. licas permalink
    27 Fevereiro, 2017 21:00

    Num charo de merda________e fica todo salpicado…

    Gostar

Indigne-se aqui.

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: