Skip to content

Sobre colunas

26 Fevereiro, 2017

O que define um jornal, bem além da capacidade de cópia de takes mais ou menos toscos da Lusa e da filiação mais ou menos acérrima da redacção num grupelho revolucionário, é o seu corpo de colunistas. Tenho pensado bastante na lista de pessoas que merecem ser lidas, ora por apresentarem um ângulo único, ora por demonstrarem uma capacidade de compreensão do formato de opinião, das suas limitações e do uso pleno da linguagem como ferramenta de comunicação e beleza.

Facilmente conclui que o Observador tem o corpo de colunistas que lhe atribui o primeiro lugar. O segundo, muito à frente de qualquer um dos outros, pertence ao Correio da Manhã, que é o que também tem a maior variedade temática. Já o pior jornal em termos de colunistas é difícil de determinar, que eles parecem competir ferozmente pelo último lugar na liga dos últimos. Porém, se tivesse que apostar, escolheria o Expresso, uma amálgama de tipos que se percebe imediatamente oscilarem entre pagos-a-peso-de-outro e publicas-de-borla-e-já-tens-muita-sorte-não-te-cobrar-para-te-publicar.

Depois há os casos patológicos, como o do DN, que publicava os delírios senis de Mário Soares e ainda publica os delírios fetichistas de ex-namoradas despeitadas de políticos suspeitos de corrupção, e o caso do Público, com Pacheco Pereira, o homem que, em Portugal, mais se esforça, sem qualquer sucesso, para ser expulso do partido a que em má hora se filiou.

É um erro considerar-se que é na redacção que se define a tendência de um jornal. Não é. Nas redacções todos são parecidos, seja no Observador, seja no Acção Socialista. Não admira que, no formato papel, o Correio da Manhã seja líder incontestado de vendas.

Anúncios
94 comentários leave one →
  1. 26 Fevereiro, 2017 11:26

    Republicou isto em O LADO ESCURO DA LUA.

    Gostar

  2. Alain Bick permalink
    26 Fevereiro, 2017 11:26

    dirige o rectângulo um tacho de caril com perninhas

    Liked by 1 person

  3. Anónimo permalink
    26 Fevereiro, 2017 11:43

    Obg, VC. Serviço público e do melhor. Já agora debruce-se, com este tipo de análise, sobre as TVs nacionais, afinal a maior fonte de informação, e desinformação, da opinião pública.
    PS. Exemplo: Pacheco Pereira tornou a desenterrar o seu atávico marxismo-leninismo exibindo publicamente o seu focalizado preconceito, e ignorância, sobre o que se passa nos EUA com Trump Presidente. Sintomático.

    Gostar

  4. 26 Fevereiro, 2017 12:33

    O que me admira é a inexistência (mas não me faz falta) de um jornal de “direita”, neoliberal ou o que quer que seja para fazer frente aos existentes e dinamizar ânimos carecidos de estímulos.

    VCunha,
    Tal como opinei há dias, o anterior governo (sobretudo PNúncio e o PP) vão sair muito penalizados do caso dos 10 mil milhões.
    Se toda ou uma parte poderosa da comunicação social tuga estivesse ao serviço da “direita” no governo ou na oposição, este caso teria sido denunciado ? Surgiria uma rolha tipo Trump ?

    Gostar

    • 26 Fevereiro, 2017 12:36

      Eu não sei qual é o caso, MJRB. É uma escandaleira que ninguém consegue explicar porque é escandaleira. Não tenho dúvidas é que o comportamento do Núncio é de quem prefere encravar o CDS no sítio errado.

      Liked by 1 person

      • 26 Fevereiro, 2017 13:12

        VCunha,

        Para além de “escandaleira”, é sobretudo grave, inadmissível. Basta ler as declarações do PNúncio.
        Se o PNúncio não assumir todas as culpas e não esclarecer que foi ele o único responsável (o PPCoelho também é), encrava o PP, o governo anterior e o PSD.
        Aliás, o outro caso das tais listas VIP também não abonam para a sua credibilidade.

        Gostar

      • 26 Fevereiro, 2017 13:13

        Ai que quer encravar toda a gente, isso já se percebeu.

        Gostar

    • lucklucky permalink
      26 Fevereiro, 2017 13:52

      MJRB você é mesmo emprenhado pelos jornalistas…

      Aquilo que o Nuncio diz é que não divulgou estatísticas, ora onde é que não divulgar estatísticas = 10 milhões que fugiram?

      Liked by 1 person

      • piscoiso permalink
        26 Fevereiro, 2017 14:27

        Não se trata apenas de divulgar ou não as estatísticas, mas de deixar escapar à vigilância do fisco uma tal quantia.

        Gostar

      • 26 Fevereiro, 2017 15:54

        Foi? Conte-me mais.

        Liked by 1 person

      • lucklucky permalink
        26 Fevereiro, 2017 14:52

        Mas quem é que disse que deixou.

        Liked by 1 person

      • piscoiso permalink
        26 Fevereiro, 2017 15:00

        Se a quantia não foi tributada, quem é o responsável? O porteiro?

        Gostar

      • 26 Fevereiro, 2017 15:55

        Você quer tributar transferências? Já ouvi ideias mais estranhas.

        Liked by 2 people

      • piscoiso permalink
        26 Fevereiro, 2017 16:11

        O homem não devia ter-se demitido. As acusações estão mal adjectivadas.

        Gostar

      • Tiro ao Alvo permalink
        26 Fevereiro, 2017 19:27

        Piscoiso, entenda: o que não foi publicado foram as estatísticas das operações COMUNICADAS às autoridades portugueses. O que é grave são as transferências feitas SEM COMUNICAÇÃO.
        Além disso, quem quis fugir com os seus dinheiros para o estrangeiro já o fez há muito, como toda a gente sabe.

        Liked by 2 people

    • Rocco permalink
      26 Fevereiro, 2017 20:08

      Não vejo caso nenhum. Sempre que puder fugir ao fisco, fujo. Quanto menos dinheiro tiverem a corja de funcionários públicos de todos os níveis, melhor. Quanto a ter dinheiro a sério nesta choldra só depois de 20 anos a acarinharem o dinheiro e não a arranjarem maneira de sacar, o que me parece impossível. O meu só não está no exterior porque é de montante tal que não vale as comissões que pagaria para o transferir.

      Liked by 1 person

  5. 26 Fevereiro, 2017 13:10

    Suspeito que o sucesso de venda do Correio tem muito menos a ver com o quadro de colunistas do que com a prática de dar notícias que muita gente (excluídos os auto denominados ilustrados que classificam aquilo como “esgoto”) gosta de ler.

    Gostar

  6. 26 Fevereiro, 2017 13:31

    Ora bem, aqui vai o meu último comentário no Observador que a censura não permite que apareça:

    Mas alguém sabe o que se passou para dizer que foi o Carilho que fez e aconteceu?

    Ninguém bate em quem se faz respeitar.E nenhuma mulher independente deixa que lhe batam se não gostar de apanhar.Ponto final.

    Acho um disparate fazer-se novela de uma falta de vergonha privada entre adultos que podem e devem resolver problemas domésticos sem fazer disso merda de mais uma causa.

    A única causa em questão chama-se: educação ou falta dela.
    Não existe nenhuma criança indefesa nas mãos de um adulto sendo vítima dela e sem se poder queixar.

    Gostar

  7. 26 Fevereiro, 2017 13:32

    Sorry, não era para aqui

    eehehhehe

    Que coisa mais anormal esta censura de Direita democrática e politicamente correcta do Observador

    “:O)))))))))))))))

    Gostar

  8. piscoiso permalink
    26 Fevereiro, 2017 14:20

    A minha tia Venceslau bebe tudo o que é escrito pelo Pacheco Pereira com um cálice de absinto e não acha que seja patológico.

    Gostar

  9. 26 Fevereiro, 2017 16:07

    luck,

    Sei ler, interpretar, discernir. Ninguém me “emprenha”.

    Esse caso 10 mil milhões (o fisco de nada sabia ?, quem colocou a massaroca nas offshores desconhecia a obrigatoriedade de a declarar ?) até conclusão em contrário e por muito que lhe custe admitir, é obra do anterior governo, nomeadamente do PNúncio. E da MLuís Albuquerque. Indirectamente (ou não), também do PPCoelho.
    Note: não acredito que se apure toda a verdade, que se conheçam os gajos e gajas (certamente também “de esquerda”) que depositaram o que se sabe nas Caimão e noutras paragens, quais os momentos das transações, etc..
    O MPúblico precisa de mais inspectores, a justiça de mais juízes inatacáveis… Não chegam para tanta trafulhice e banditismo conhecido mais o que provavelmente surgirá.

    Gostar

    • 26 Fevereiro, 2017 16:08

      As transferências não se declaram ao fisco. Deve declarar mais valias obtidas no estrangeiro, mas transferências, não. Para todos os efeitos, o MJRB, se compra na Amazon, já fez transferências para offshores.

      Liked by 2 people

      • 26 Fevereiro, 2017 16:14

        Essa de recorrer às “transferências” para offshores via Amazon, não pega.

        Gostar

  10. 26 Fevereiro, 2017 16:12

    Se tudo não passa de “erros de percepções mútuas”, se não é obrigatório declarar, vigiar e divulgar, porquê tanta preocupação, irritação e quem sabe, ocultação do que efectivamente aconteceu ?
    (Já sei, têm 12 anos para “regularizar” e blá-blá…).

    Gostar

    • 26 Fevereiro, 2017 16:18

      Não é uma questão de ser obrigatório declarar, é uma questão de não haver sequer forma de o fazer que não a automática. Estão a discutir se publicaram ou não os números da realidade e qual o motivo para não se publicar sabendo que ninguém ligaria à não publicação até dar jeito amainar a crítica ao tolinho das finanças.

      Liked by 2 people

      • 26 Fevereiro, 2017 16:26

        Concluindo: meta-se tugas críticos, defensores e os assim-assim acerca do caso, nas salas de cinema para verem o La La Land. De preferência recebidos com sorrisos e todas as gentilezas nas salas por quem colocou daquele modo a massaroca nas offshores. Claro, ninguém sabe quem pagará as exibições do filme. O país ficará sereno, entusiasmado.

        Gostar

      • 26 Fevereiro, 2017 16:29

        Já pensou que há dezenas de colunistas (sem coluna, claro) a queixarem-se de offshores que recebem os seus salários via offshore?

        Liked by 1 person

  11. 26 Fevereiro, 2017 16:36

    VCunha,

    Essa dos jornalistas sem coluna (também os há) que recebem via offshores não justifica nem desculpa nada.
    Mas já entendi: se os santos ajudarem, nada de grave aconteceu. Não pode ter acontecido.
    Até sugiro isto: cada vez que na ARepública comecem os trabalhos de inquérito, alguém que apague a luz. Uma, três, as vezes que forem necessárias para desmotivar deputados e dar o caso como encerrado

    Gostar

    • 26 Fevereiro, 2017 16:57

      OK, fazemos assim: explica-me o MJRB o que se passou.

      Gostar

      • 26 Fevereiro, 2017 17:49

        Já passou. Voou. O ideal será criar uma sociedade tuga com paz e amor, onde nada de mal acontecerá.
        Não serei eu a explicar numa (ou mais) Comissões de Inquérito.

        Gostar

  12. Severo Guimarães permalink
    26 Fevereiro, 2017 16:56

    Caro MJRB, pode crer que se eu tivesse uma pipa de massa para enfiar em offshore, não iria declará-lo ao fisco.A esquerdalha geringonceira está apenas a usar um sofisma,que ao qual ,também não será alheia, nem virgem,, para distrair os incautos.Para eles convém neste momento mudar o cenário.já que, os rabos de palha estavam a ficar à mostra. Já agora, devo dizer-lhe que estão na AR todos ,mas mesmo todos com vontade de apagar a luz. Cps

    Liked by 1 person

    • 26 Fevereiro, 2017 17:53

      Caro Severo,

      Se Vc. tivesse uma pipa de massa para colocar numa offshore sem a declarar ao Fisco, tornar-se-ia num, mais um patriota ! Pois. E ao não declará-la, a culpa era da esquerdalha.

      Gostar

      • Severo permalink
        26 Fevereiro, 2017 21:29

        Caro MJRB, pelos vistos não entendeu muito bem o que eu secrevi. O que eu quis dizer é que a esquerdalha ficou extasiada com as offshore, para que outras coisas tais como a CGD passem para segundo plano. Quanto a patriotismo,devo dizer-lhe que dei mais ao meu país, do que o país me deu a mim. Mas estou orgulhoso por isso. Cps

        Liked by 1 person

  13. João Pimentel Ferreira permalink
    26 Fevereiro, 2017 17:00

    O Correio da Manhã é líder contestado nas vendas por causa disto: https://www.youtube.com/watch?v=I61HXsvG97Y

    Gostar

    • João Pimentel Ferreira permalink
      26 Fevereiro, 2017 17:10

      O Correio da Manhã é líder nas vendas apenas devido a Prostituição, Devassa, Futebol, Homicídios, Violações, Raptos e Assaltos, o que a populaça gosta de ler. Para o Cunha tal é irrelevante desde que seja para cascar no Sócrates (que merece sem dúvida ser arrasado publicamente pelo mal que fez ao país). O Observador, que gosto de ler, não passa de um anti-Avante online, onde a idoneidade jornalística é zero. Percebi que o Cunha também não gosta do Expresso presumivelmente devido ao Daniel Oliveira, do Público devido ao Pacheco Pereira e do DN devido á despeitada do Sócrates. Está visto que os critérios de idoneidade e qualidade jornalísticas que norteiam os aspetos discricionários e distintivos do Cunha, se baseiam pura e simplesmente nas opiniões político-partidárias dos redatores dos referidos matutinos.

      Gostar

      • 26 Fevereiro, 2017 17:18

        Retirei o link para o seu site, não tem que agradecer: não queremos que pareça prostituição e blá blá blá.

        Liked by 1 person

      • 26 Fevereiro, 2017 18:26

        “O Correio da Manhã é líder nas vendas apenas devido a Prostituição, Devassa, Futebol, Homicídios, Violações, Raptos e Assaltos…”

        Portanto, notícias.

        Gostar

      • 27 Fevereiro, 2017 10:26

        Notícias e factos são coisas diferentes.

        Gostar

      • 27 Fevereiro, 2017 10:28

        Sim. Por exemplo, um facto é que você é maluco, a notícia é eu dizer isso, o que qualquer um concluiria sem ajuda.

        Gostar

  14. Rão Arques permalink
    26 Fevereiro, 2017 17:23

    Atenção srs. jornalistas, talvez possam ter brevemente a vossa festa. Não deve tardar que Passos tome posição no caso Paulo Nuncio que poderá fazer despoletar o vosso foguetório. Mantenham-se na onda, não saiam dos trilhos porque o novo ddt não vos perdoaria. Continuem a alancar com a carga que vos arrasta.

    Gostar

  15. piscoiso permalink
    26 Fevereiro, 2017 17:29

    Já o Trump também anda muito irritado com jornalistas. Mas vai fazendo escola.

    Gostar

    • 26 Fevereiro, 2017 17:47

      Deve ser aborrecido para o NYT perder as eleições.

      Gostar

      • 26 Fevereiro, 2017 18:10

        Com ou sem NYT, BBC, Time e não só, o tresloucado, ignorante e idiota Trump não será reeleito. E talvez não cumpra este mandato.
        Apoio o gajo nisto: destruir o autodenominado EIslâmico.

        Gostar

      • piscoiso permalink
        26 Fevereiro, 2017 19:17

        22% da população mundial é islâmica. É muita gente para destruir..

        Gostar

      • Tiradentes permalink
        26 Fevereiro, 2017 19:56

        Já 27% da população mundial é cristã….nem é muita gente para destruir

        Gostar

    • 26 Fevereiro, 2017 18:42

      Não sejas tolo. Os jornalistas que activamente denegriram e denigrem o Trump é que andam irritadinhos pq os eleitores se cagaram no seu activismo e escolheram o Trump. E tb porque deixaram de ter um presidente que lhes deve favores. E pq agora têm um presidente que não participa em jantares trágico-cómicos onde os jornalistas são estrelas de cinema. Assumam-se como activistas políticos e deixem-se de choraminguices.

      Liked by 3 people

    • Democrata com larga experiência — Vende-se permalink
      26 Fevereiro, 2017 21:08

      Caro Piscoiso,

      Não creio que o Trump esteja a fazer escola. Ele mesmo, ainda tem que aprender uns truques.

      Vou aguardar serenamente até ele (Trump) »fanar» uns gravadores.

      Gostar

    • Tiradentes permalink
      27 Fevereiro, 2017 06:27

      Não sei porquê mas acho que os jornalistas é que andam muito irritados como o Donald

      Liked by 1 person

  16. Buiça permalink
    26 Fevereiro, 2017 17:46

    Alguma injustiça para com a Sábado, ou o JN onde alguns colunistas ou convidados ainda vão resistindo ao accionista. E claro enviezamento na análise do espesso onde há Daniel Bessa, pluma caprichosa e Pedro Mexia.
    Acho mais importante reparar que cada grupo de media tem também política editorial a abranger a escolha e principalmente o destaque que dá a cada colunista. No DN online para se achar o Alberto Gonçalves era preciso clicar umas 15 vezes, por exemplo.

    Gostar

    • 26 Fevereiro, 2017 17:48

      Acho impossível alguém ser injusto com o JN.

      Gostar

      • Buiça permalink
        26 Fevereiro, 2017 21:36

        Repare que também tem crimes, “devassas” (enfim) e as outras coisas que lá em cima eram notícias. E a ocasional referência ao deserto que vai de Alverca a Bragança. Mas se só falamos de colunistas, além dos hilariantes manifestos da marianinha podemos disfrutar de opinião de quem não more em Lisboa. Tenho este fraquinho por coisas exóticas.
        Sobre offshores já percebi que segundo uma esmagadora maioria há imensos países que são para acabar. É o tipo de gente que não convém contrariar, cuidado. Nem tratar, imagine quantos mais impostos seriam precisos.

        Gostar

  17. Colono permalink
    26 Fevereiro, 2017 18:02

    Só dois jornais merecem inteira confiança:” O AVANTE” e o GILITO ( da escola primária de Marmeleira de Baixo). O resto é m****.

    Gostar

  18. 26 Fevereiro, 2017 18:06

    Ontem, PNúncio chamou a si todas as “responsabilidades políticas” pela não publicação de dados sobre as transferências. Se nada aconteceu e/ou é irrelevante, porquê e acerca de què esse mea-culpa ?
    Hoje, a ACristas enalteceu a “grande elevação de carácter” do PN.
    Pronto(s), meio caminho andado para um Carnaval tranquilo.

    Gostar

  19. 26 Fevereiro, 2017 18:18

    Não s’apoquemtem com os 10 mil milhões, porque na passada semana a Rua da Bica foi eleita a rua mais bonita do Mundo. E há quem acredite.

    Gostar

  20. carlos alberto ilharco permalink
    26 Fevereiro, 2017 18:55

    O post era sobre colunista e os comentários foram sobre outros assuntos.
    Não percebo porquê, mas é habitual.
    O CM tem como colunistas dos melhores de Portugal, não vou dizer nomes que cada um imagine o que quiser, os outros também tem um ou outro mas como ao lado têm fulanos e fulanas que dão vómitos são de evitar.
    Neste particular o DN e o JN (que são praticamente a mesma coisa) abusam e um até tem como colunista o presidente do conselho de administração além de um ex que agora manda noutro órgão concorrencial.
    Deve ser caso único no Mundo.
    Quanto ao Público sendo a pagar não leio.

    Gostar

  21. javitudo permalink
    26 Fevereiro, 2017 18:57

    MJRB, a procissão ainda vai no adro. Mais tarde ou mais cedo vão cruzar-se os depósitos dos credores avantajados da cgd com os biliões recentes que foram parar às offshores.
    O vasto grupo de “amigos” de todas as cores não começaram a faturar recentemente, isto já vem desde há muito e não tem nada de original. Uns meses antes do tsipras foram depositados em offshores inglesas mais de 40 biliões e não eram dracmas.
    A questão mostra desespero da parte da geringonça. Arrisca queimar amigos de peito para tentar acusar o lado oposto a todo o custo. Não se pode ser habilidoso em tudo, no caso das armas pesadas há que ter em atenção o ricochete.

    Liked by 1 person

    • 26 Fevereiro, 2017 19:53

      Note: eu já escrevi acima e mantenho: muita dessa massaroca colocada nas offshores é também “produto” de gentalha “de esquerda”. Ou de quem serviu, prosperou, usufruiu durante E POR CAUSA dos governos “socialistas” do Sócrates.
      Ironia minha: ainda vai surgir o Marcelo Carmona Thomaz a promover um encontro privado entre os acusadores nos casos SMS e 10 mil milhões para que os tugas prossigam na paz da geringonça…

      Liked by 1 person

  22. javitudo permalink
    26 Fevereiro, 2017 19:21

    ” Uma única empresa terá estado na origem de cerca de metade dos 8,8 mil milhões de euros que foram transferidos para paraisos fiscais em 2015. Fonte do Fisco disse ao Negócios que o valor é de facto elevado e não é comum entre o universo empresarial português, mas que não significa, à partida, que exista algum tipo de ilegalidade. O valor em causa corresponde, tal como adiantou o Jornal Económico, a uma operação relacionada com a venda da PT à Altice pela empresa brasileira, confirmou o Negócios junto de fonte da Administração Triutária”. J Negócios.
    Quem duvida que exista algum tipo de ilegalidade na operação relacionada com a venda da PT à Altice? Gente maldosa.

    Liked by 2 people

  23. 26 Fevereiro, 2017 19:47

    Piscoiso, 19:17

    Vc. interpretou mal o que escrevi. Não me referi à população islâmica no Mundo, mas sim ao autodenominado Estado Islâmico.

    Gostar

  24. 26 Fevereiro, 2017 20:03

    Para terminar e em síntese: por que é que não foram tornadas públicas as transferências ? Por desleixo ? Por incompetência ? Por encravanço da máquina fiscal ? Por problemas nos computadores e no computador-cérebro do Ministério das Finanças ? Ou, A PEDIDO DE QUEM com o conhecimento-de… ?
    Tal omissão serviu quem e durante quanto tempo ?
    Não bastou as famosas listas VIP-Núncio e agora mais este caso protagonizado pelo mesmo…

    Gostar

  25. Tiro ao Alvo permalink
    26 Fevereiro, 2017 20:25

    Para quem gosta de saber o que se passou, aqui vai uma explicação por quem sabe da matéria: http://www.dn.pt/opiniao/opiniao-dn/joao-taborda-da-gama/interior/erro-estatistico-5692098.html

    Gostar

  26. javitudo permalink
    26 Fevereiro, 2017 20:43

    Caro MJRB. As famosas lista VIP talvez tenham tido razão de ser. Ouça o grilo:
    ” Quando um sindicalista com ar de seminarista arrependido, de um sindicato que tem porta de comunicação privada com o estado maior do PCP, se senta numa (mais uma) qualquer comissão de inquérito (ou coisa que o valha) em posição de destaque e levanta a voz a solicitar a demissão de umas quantas pessoas percebemos o (lindo) Estado a que isto chegou.Tudo isto depois de percebermos que os funcionários do Fisco se divertem a vasculhar a situação fiscal de alguns contribuintes escolhidos a dedo por critérios meramente políticos. Há um longo caminho a percorrer para fazer disto um País que valha a pena e mereça um futuro!
    Lura do Grilo”

    Certos membros da AT têm na mão poderes imensos.
    Antes de serem descobertos acusam.
    A trama vai ser difícil de descobrir. Até lá vão ser muitas “fake news”.
    Avançando um pouco mais.
    “World War III will be a guerrilla information war” .
    “With no divisions between military and civilian participation.”
    By that definition we’re already there.
    O sítio é um microcosmos ridículo onde gente mal precavida se queima. Há muitas fotocópias, muitos euros a circular. Servem para a brincadeira, mas também alimentam peripécias a cada instante “se for preciso”.
    Entretanto o tuga regista na sua cabecinha a que, minuto e segundo, o mitroglu marcou o golo. Ainda bem que está protegido pela nossa demucracia.

    Gostar

    • 26 Fevereiro, 2017 21:31

      Caro javitudo,

      Vc.tem noção de alguns bastidores. Óptimo. Concordo com muito do que colocou.
      Quero saber quem me governa, seus carácteres, deveres.

      Pronto(s), sou um tuga que regista com agrado na minha cabecinha que o mitrogolo marcou mais um golo. Mas tenho mais do que só futebol e nadinha de futebolices. Aliás, um dos problemas deste país é a bovinização também pelo futebol e futebolices. Mais programas televisivos inócuos, revistas do jet 3,5 (se tanto) tuga, galas, shows, big brothers e quejandos, não esquecendo a ocasional irracionalidade a defender partidos políticos — nada tenho contra os partidos.

      Gostar

  27. 26 Fevereiro, 2017 21:42

    Começarei a acreditar na honra da “classe” política tuga quando um, dois ou mais prevaricadores pelo menos renunciem por decisão dos mesmos a cargos pelos erros e trafulhices cometidas, ou tentem o suicídio como os japoneses.

    Gostar

  28. javitudo permalink
    26 Fevereiro, 2017 22:28

    “Quero saber quem me governa, seus carácteres, deveres”.
    Felicito-o, a maioria está-se nas tintas.

    Uma humilde contribuição:

    IRMANDADES. SECRETAS E PERVERSAS.
    Uma das mais poderosas sociedades de advogados nacional, a PLMJ, foi recentemente investigada no caso da “Máfia do Sangue”. Um dos seus sócios foi mesmo constituído arguido. Dois dos seus mais proeminentes representantes são José Miguel Júdice e Nuno Morais Sarmento, ambos advogados, políticos e comentadores televisivos, na RTP e na TVI. Nos seus programas semanais, ambos fugiram ao tema escaldante da corrupção nos negócios do sangue, com a cumplicidade dos jornalistas que, embevecidos, os entrevistavam.

    Este é um modelo que representa o “modus faciendi” das sociedades de advogados. Usam a sua posição de comentadores nas televisões a seu bel-prazer para defender os interesses dos seus clientes e camuflar a informação negativa. Exemplos de personalidades de tripla face (políticos, comentadores e advogados) são muitos. Temos, assim, António Vitorino, sócio da firma “Cuatrecasas” ou Marques Mendes, da todo poderosa “Abreu Advogados”.

    Sociedade igualmente relevante no panorama português é a “Morais Leitão, Galvão Teles Soares da Silva e Associados”. Lança jovens na política e no Direito como os ex-governantes Assunção Cristas, Adolfo Mesquita Nunes ou Paulo Núncio. Ou o actual advogado/deputado do CDS Francisco Mendes da Silva. Os interesses dos seus clientes são defendidos no comentário político televisivo na SIC por Lobo Xavier que comenta toda a actividade política e económica sem que os telespectadores se apercebam das suas ligações ao Grupo Mota-Engil, ao BPI e a outros tantos interesses.

    É também destas sociedades de causídicos que sai a legislação que mais prejudica os portugueses, como a das ruinosas parcerias público-privadas, elaborada na “Jardim, Sampaio, Magalhães e Silva”, a que dão corpo e nome os socialistas Vera Jardim e Jorge Sampaio. Vera Jardim, que debate na rádio com Morais Sarmento, da já citada PLMJ. E até os interesses estrangeiros mais obscuros são representados por estas sociedades. A “Uria Menendez” vem defendendo, através do todo-poderoso Daniel Proença de Carvalho os interesses de Eduardo dos Santos, Ricardo Salgado e Sócrates. Proença faz comentário político na rádio sem revelar quem serve. Preside à Administração do “Jornal de Notícias” e pode assim censurar as vozes incómodas aos negócios dos seus clientes.

    As sociedades de advogados, as irmandades perversas do regime, as verdadeiras sociedades secretas. Fazem Leis, dominam a política, condicionam a comunicação social. E os seus membros actuam disfarçados.

    Agora veja as comendas:

    http://www.sabado.pt/portugal/politica/amp/foram-condecorados-no-10-de-junho-e-cairam-em-desgraca

    Liked by 1 person

    • 26 Fevereiro, 2017 22:36

      Nunca é exagerado o sal que deve colocar-se em certas feridas. Também o felicito por isso.
      Já conheci trafulhices em demasia para ficar calado e bovinizado.

      Gostar

  29. 26 Fevereiro, 2017 22:32

    Caro severo, 21:29,

    Também eu já dei mais do que esperava há anos, a este país. Por isso e porque conheço algumas matilhas, tento estar atento a tudo e a todos para não cair na patetice de amparar fugas doutros ao fisco, golpadas, maus governantes, traficantes, vígaros & quejandos.

    Gostar

  30. LTR permalink
    26 Fevereiro, 2017 22:52

    O corpo de ativistas também define os jornais 🙂

    Liked by 1 person

    • 26 Fevereiro, 2017 23:57

      Todos (uns quantos da massaroca voada mais os consabidos governantes) muito respeitáveis tugas. Honorabilizáveis, fulano e sicrano até já condecorados. Tal como os que singram sem pagar impostos devidos e os que medram na economia paralela.
      Com todos eles, Portugal cresce economica e financeiramente, tudo é linear e cristalino, as empresas crescem e produzem mais, etc & tal.
      Por exemplo, quanto desse dinheiro colocado nas Caimão e noutros paraísos fiscais –paraísos, designação apropriada– não foi resultado da economia paralela ? E quanto é que o país perde por causa da sua existência ?

      Gostar

      • 27 Fevereiro, 2017 00:10

        Portugal é um país cada vez mais e irremediavelmente trafulhado, LTR. Neste caso, o problema não é um hipotético “erro” analítico e editorial do Público. O magno problema é o praticamente consecutivo abuso de poder de governantes “de direita” “do centro” e “da esquerda” que passa incólume. Depois, quando aparece um órgão da comunicação social que mete sal numa ferida, só não deitam fogo à redação porque não podem.
        E eu que pensei ser o DNotícias e o JNotícias os jornais dependentes do P”S”…Mas porque não se pode desmembrar o polvo P”S”, ataque-se o mais vulnerável e incómodo.

        Gostar

      • lucklucky permalink
        27 Fevereiro, 2017 00:35

        Você está mesmo histérico com dinheiro que não é seu.

        O País só tem a ganhar com economia paralela. É crescimento fora da política.
        E já agora é o mercado negro que salva milhões da fome por todo o mundo.
        https://www.forbes.com/sites/benzingainsights/2011/11/07/rise-of-the-shadow-economy-second-largest-economy-in-the-world/

        Já o que está abaixo não faz primeiras páginas nem causa nenhum escândalo no complexo político jornalistico e claro não vai abrir primeiras páginas de Publicos , Expressos, TVI , SIC..

        Chinese wages now close to levels in Greece and Portugal. Historic crossing point

        https://www.ft.com/content/f4a260e6-f75a-11e6-bd4e-68d53499ed71

        Chinese wages now higher than in Brazil, Argentina and Mexico
        Hourly rates close in on pay levels in western laggards Greece and Portugal.

        Vai ficar mais histérico?

        Gostar

  31. ABC permalink
    26 Fevereiro, 2017 23:28

    É a primeira vez que desaparece dinheiro que se sabe quanto é, onde está, e a quem pertence. É piada?

    Liked by 4 people

  32. 27 Fevereiro, 2017 00:26

    ABC,

    Registo a sua boa ironia, mas não se sabe os nomes de todos os que colocaram a massaroca “lá”. É deles, podem fazê-lo, mas…PNúncio já assumiu “responsabilidade política”, corroborada pela ACristas.

    Gostar

    • lucklucky permalink
      27 Fevereiro, 2017 00:39

      Não sabe porque é confidencial, você não tem o direito a saber quem transfere o dinheiro para onde.

      Responsabilidade é por não divulgar uma estatística.

      Gostar

      • lucklucky permalink
        27 Fevereiro, 2017 00:44

        Ou seja é um não caso transformado em caso pelo complexo politico-jornalista de esquerda.

        Liked by 1 person

    • ABC permalink
      27 Fevereiro, 2017 09:17

      O fisco precisa saber dessas coisas. Você e eu não. Também quer saber de quem são as contas da agência bancária que usa? Quanto tem cada um?

      Gostar

  33. 27 Fevereiro, 2017 00:44

    luck,

    não estou nadinha histérico. Até muito calmo depois de o PNúncio ter chamado a si a “responsabilidade política” — de quê, lucklucky ? Ontem saíu-lhe essa atitude pública porque estava Sol, bem disposto ?

    Com que então, Portugal “só tem a ganhas com a economia paralela”… Nota-se…

    Gostar

    • lucklucky permalink
      27 Fevereiro, 2017 01:42

      Portugal cresceu quando não havia a PIDE fiscal do 25 de Abril atrás de todos, não foi?
      Substituímos a PIDE política pela PIDE fiscal.

      Quanto mais fiscalização dos estatistas do PCP ao CDS menos cresce o país. E a Europa.

      Elementar não é….
      Para que é que alguém se há de esforçar e criar riqueza para dar dinheiro do PCP ao CDS que odeiam quem cria riqueza?

      Nada como só ter o essencial, ter emprego mediocre, comprar o essencial, não criar nem inventar, ficar quieto.

      Ou simplesmente emigrar.

      Gostar

  34. 27 Fevereiro, 2017 00:54

    luck,

    se é “um não caso”, o PNúncio e a ACristas são parvos !? Estão a alimentar um não-caso favorecendo o Público, a geringonça e a “esquerda” ?

    Gostar

    • lucklucky permalink
      27 Fevereiro, 2017 01:10

      Não faço ideia, mas porque é que você inventa coisas que não foram ditas?

      Você desatou a escrever que o Nûncio tinha confessado bla bla bla, ora o que o Nûncio confessou é que não tinha autorizado a publicação de estatísticas.

      Gostar

    • 27 Fevereiro, 2017 01:12

      As duas perguntas não têm seguimento, apesar da resposta ser afirmativa em ambos os casos.

      Gostar

    • lucklucky permalink
      27 Fevereiro, 2017 01:15

      Se há um caso em que a AT e a cobrança de impostos está em causa então a Procuradoria entra em acção não é?

      Porque é que não entrou? Porque é que nem se fala em tal?

      Porque isto é jornalismo.

      Gostar

      • 27 Fevereiro, 2017 10:28

        Querem ver que fui eu que inventei o PNúncio, num holograma ?
        vc. não leu as declarações do PN e da ACristas…

        Gostar

  35. lucklucky permalink
    27 Fevereiro, 2017 11:14

    O que é que as declarações dizem?

    Gostar

  36. 27 Fevereiro, 2017 11:32

    luck,

    não vou repetir: PNúncio,num comunicado, assumiu “responsabilidades políticas”. E a ACristas, ontem na Guarda, enalteceu a “grande elevação de carácter” do PN.

    Chega, para vc. entender que de facto houve algo muito errado ?

    Gostar

    • lucklucky permalink
      27 Fevereiro, 2017 15:42

      Como é óbvio você não respondeu, porque não quer responder.

      Volto a perguntar, o que é que o Nûncio disse?

      Gostar

      • 27 Fevereiro, 2017 17:26

        Foda-se !
        vc. não sabe ler ?
        Vá chatear o padre da sua freguesia.

        Gostar

  37. Arlindo da Costa permalink
    27 Fevereiro, 2017 18:33

    Diz o meu vizinho Felismino que o Correio da Manhã é um jornal de referência da palonçada nacional. E vende muito! pois então! Os pobres – de dinheiro e de espírito – são sempre os maiores consumidores de tabaco, álcool, drogas e religiões evangélicas!

    Gostar

Indigne-se aqui.

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: