Skip to content

Pedrógão e Tancos Puseram o País a Nu

3 Julho, 2017

A propaganda estava perfeita. Vivíamos num país idílico. Costa geria o país dando fartura às clientelas e corporações encenando melhorias económicas através de um défice fabricado. De sorriso rasgado e ar no peito aclamava todos os dias que Portugal nunca estivera em tão bom caminho na recuperação dos rendimentos, da economia, do crescimento. A seu lado, seu fiel amigo que, incontinente de afectos, não poupou elogios ao Governo. Eis o que Costa dizia há pouco tempo:” Devolvemos ao país a normalidade. O país respira um clima de tranquilidade, com as famílias e as empresas a já não viverem no sobressalto do que poderá acontecer no dia seguinte”.Além disso, “o país respira um clima de tranquilidade e de estabilidade” e já não vive a “incerteza dos planos ‘B’ do Estado” (Encerramento das jornadas parlamentares do PS, Guarda, 22/11/2016). Foi preciso a tragédia de Pedrogão Grande e Tancos para acabar de vez com esta FALSA narrativa. E pôr a nu o verdadeiro estado da Nação.

A verdade arrasou-nos. Em pleno século XXI um país da CE deixava à sua sorte 254 vítimas confirmadas, 500 habitações, 48 empresas. O cheiro a morte e abandono espalhou-se. Mesmo tentando ocultar os factos, ao primeiro minuto, pouco a pouco, graças aos ainda bons jornalistas existentes, a nudez deste país à deriva foi-se revelando. A caixa negra do SIRESP deu a primeira machadada: afinal MUITO ANTES de colapsar, este sistema de comunicações dava conta do desespero das populações que gritavam por ajuda. Mas não a tiveram senão ao fim de 5h. Foi aí que se soube da falta de meios operacionais dos bombeiros, falta de coordenação das chefias dos organismos ligados ao MAI, falta de meios aéreos e terrenos por avarias, falha de formação, falta de responsabilidade governativa que em vez de acautelar no inverno andou a substituir chefias por boys sem competências. 

E se isto já era muito e obrigava à responsabilização política do MAI, veio Tancos com o maior assalto de que há memória em  armamento militar. E porquê? Precisamente pelos mesmos motivos: irresponsabilidade e negligência. Soube-se, só então, que nenhuma câmara de vigilância estava operacional. Que as 25 torres de vigias estavam desertas. Que durante 20h não houve vivalma em rondas. Que o material saiu por um buraco na vedação que já tinha sido sinalizada. 

Perante DUAS falhas GRAVES seguidas, que fazem o Presidente da República, Chefe do Estado Português e o Primeiro-Ministro?  Desaparecem. Emudecem. Agora que tinham de pôr em prática toda a propaganda de afectos e proximidade com as pessoas que dizem tanto os preocupar, FOGEM. O silêncio e a inércia foi tão cruel que até à data nenhum se dignou visitar as enfermarias dos hospitais cheios de vítimas de Pedrógão, ausentaram-se dos funerais, tomaram posse dos donativos sem data para a sua distribuição. Por falar nisso onde estão as reportagens ao minuto destas vítimas que lutam pela vida? Soares adoeceu e tivemos de levar com coberturas constantes de cada espirro que deu… Mas que é isto?

Ficamos assim todos a saber que temos os mais afectuosos líderes de sempre e o melhor défice do mundo, mas em contrapartida NÃO TEMOS SEGURANÇA NACIONAL, a obrigação mais básica de um Estado de direito. Que a qualquer momento podemos ser alvos doutras tragédias que ninguém nesta governação tem competência para nos valer. Que o melhor défice nos penhorou as vidas.

Ficaram nus. Totalmente nus. Além de nus, falidos. O dinheiro é uma ficção. Distribuiu-se o pouco que não havia descurando onde era vital. Uma governação medíocre que já não engana. Enquanto escrevo sei que nos hospitais públicos o colapso é iminente. Mas alguém está preocupado com isso? A Comunicação Social investiga? Naaaaa… Isso será quando morrer muita gente.

Porque valemos ZERO. Existimos SÓ nas eleições. E depois, vista grossa e muito “faz de conta” para enganar incautos.

Triste sina.

 

 

 

 

Anúncios
58 comentários leave one →
  1. Alexandre permalink
    3 Julho, 2017 13:32

    Sim, triste sina esta (a de Cristina Miranda) a de fazer fretes ao CDS-PP ou o PSD de Passos Coelho. Quando a irritação parar, por favor, mande um aviso. Nessa altura, já Assunção Cristas a contactou para ocupar o cargo de vogal em qualquer lista autárquica.

    Gostar

    • 3 Julho, 2017 13:51

      Fretes, está vc a fazer ao regime “socialista”, com estes comentários alarves, próprios dum idiota útil e provavelmente dependente duns restos que a geringonça lhe dá.

      Liked by 2 people

      • carlos alberto ilharco permalink
        3 Julho, 2017 14:41

        Permita-me dar um conselho.
        Se ninguém lhe responder, ele extingue-se muito mais depressa do que acabou o fogo.
        Porque ao verem que não resulta, o partido manda-o para outra rede social qualquer.

        Gostar

      • LDM permalink
        3 Julho, 2017 14:52

        Deve ser o Bolota recauchutado…

        Gostar

      • 3 Julho, 2017 18:19

        @carlos alberto ilharco:

        Então e os yes-man que por aqui andam também são do partido?!

        Gostar

    • Cristina Miranda permalink
      3 Julho, 2017 17:11

      Alexandre mas q comentário tão pobrezinho. Eu aqui a pensar q iria contrapor com factos mas espalhou-se com insinuações fruto dos seus delírios. Tadinho. Não se esqueça de ir levantar o cheque por esta prestação de serviços na recepção da geringonça pelo seu apoio incondicional aos políticos medíocres desta governação.

      Liked by 2 people

      • 3 Julho, 2017 17:37

        Consta que os “sodomizados pelos camaradas” (Procópio, 15:04) recebem cerca de 40, 50 euros/dia.
        Claro, o Abranres é caso muito mais caro. As agências que fornecem ao AC-DC e ao governo qual a popularidade, caríssimas, se exceptuarmos a do “socialista” Oliveira e Costa com preço para amigos e sempre (mesmo antes de fazer sondagens) à partida com o P”S” no topo, o BE a subir e o PSD, PP e PC em baixo. Coisas…

        Gostar

      • Alexandre permalink
        3 Julho, 2017 21:27

        O PSD e o CDS-PP também lhe pagam o cheque pelos medíocres textos que aqui escreve (quase diariamente). Aliás, não são medíocres mas pobres. De uma pobreza de espírito que revela, às vezes, distúrbio neurótico. Neste último caso, Cristina, o melhor é consultar um bom médico.

        Gostar

      • Cristina Miranda permalink
        4 Julho, 2017 07:23

        Doeu não doeu ler verdades inquestionáveis? Temos pena. Aguente-se.

        Gostar

    • Tiradentes permalink
      3 Julho, 2017 18:16

      Vocês ainda ligam para o “Miguel Abrantes” da Katrina Maduro a fazer frestes ao Gandhi?

      Liked by 1 person

  2. André Miguel permalink
    3 Julho, 2017 13:35

    Está de parabéns mais uma vez Cristina, que não lhe doam os dedos a escrever.
    Que estes casos sirvam, de uma vez por todas, para que os nativos comecem a perceber que um Estado que promete estar em todo o lado significa apenas cobrar impostos por tudo e por nada nada, o cidadão já deixou de o ser, passou a apenas a contribuinte.

    Liked by 3 people

  3. 3 Julho, 2017 13:47

    Óptimo, Cristina Miranda.

    Mas a festança vai continuar. O entertainer-mor mais o lírico sorridente sabem que a populaça-NADA, membros do governo e das instituições do Estado estão ou vão estar de férias, tempo quente, regresso do futebol, praia, televisões com programas sedantes, e ficamos, todos por uns tempos dependentes dum tipo que se está “cagando para o segredo de justiça”.
    Muito cativante, a vida tuga.
    Não fosse a descoberta e encanto de turistas por um clima, gastronomia, algumas paisagens e centros urbanos, segurança razoável, e seríamos um país ainda mais tristonho, atrasadinho e depenadinho…

    Liked by 1 person

  4. Ricardo Janeira permalink
    3 Julho, 2017 13:49

    Mas alguem quer saber disso? Daqui a 15 dias já ninguem se lembra e está tudo nas selfies com o presidente desta republica das bananas ou aos pinchos com kosta koncordia. A esquerda está no poder, tudo está bem.

    Liked by 1 person

  5. Manuel A permalink
    3 Julho, 2017 14:00

    Cristina

    Os meus Parabéns!

    Palavras certeiras que subscrevo uma a uma.

    Será que Portugal anestesiado em massa, já nem tem forças para a indignação?

    Já não há sequer gente capaz de gritar nas ruas que estes factos NÃO deviam acontecer e exigir que rolem cabeças, já?

    Está tudo bovinizado ou quê?

    Ditado antigo:

    “Não há duas sem três!”

    Aguardamos.

    ALERTA!

    Liked by 2 people

  6. 3 Julho, 2017 14:02

    E assim vai a geringonça (ramificada do socratismo…) toda airosa se possível: hoje, à saída do tribunal, o advogado do ex-ministro e arguido MPinho, quase zangado, diz que “não se trata assim uma pessoa que foi ministro, a quem o país muito deve, com prestígio internacional !”…
    Aquando da prisão do Sócrates, outra eminência, o JSoares também afirmou que ex-PM’s a serem presos “só por crimes de sangue”…
    Que gentinha tão merdosa na política…

    Gostar

    • Baptista da Silva permalink
      3 Julho, 2017 14:31

      O João Soares esqueceu-se que o Filósofo trabalhou na OctaPharma, pelo que cometeu crimes com sangue.

      Liked by 1 person

      • 3 Julho, 2017 17:42

        A Octanãoseiquê faz parte do pacto de sangue trafulha e “socialista” que existe desde há décadas.

        Gostar

  7. 3 Julho, 2017 14:28

    E os desaparecidos?

    Liked by 1 person

    • 3 Julho, 2017 14:36

      Infelizmente faltam esses. Alguém tem a obrigação de explicar (e responsabilizar-se) pelo que aconteceu.

      Gostar

  8. Alain Bick permalink
    3 Julho, 2017 14:59

    o gado aceita tudo
    dizia Mariano de Carvalho quando PM
    ‘o povo quer albarda’

    Gostar

  9. Procópio permalink
    3 Julho, 2017 15:04

    O Alexandre é o bom exemplo do tuga sodomizado pelos camaradas.
    O abrantes da câmara corporativa sabe-se apenas quanto recebeu, o resto …
    “Ó Alex, então pá, que é isso?…”
    Resposta na ponta da língua suja: “Ao menos estou distraído!”
    Os trolls procuram combater o tédio de quem não saber fazer mais nada.
    Cuidado elementar face aos trolls. Não ligar pevide.

    Liked by 1 person

  10. LTR permalink
    3 Julho, 2017 15:20

    Je Suis Sousa Tavares:

    “Mas quando o cidadão regozija e não percebe que o sacrifício dos comandantes não resolve o problema e serve apenas para mostrar que a ética também é um valor a defender. Quando o cidadão manifesta o seu contentamento pelos cortes no orçamento da Defesa, ou quando se manifesta contra a compra de viaturas Pandur, contra os gastos em submarinos ou quando abana a cabeça a dar razão às opiniões estúpidas e ignorantes vomitadas pelo cidadão Miguel Sousa Tavares sobre a tropa, ou quando o cidadão que sempre viveu em paz não é capaz de ler o mundo perigoso em que atualmente vive ou quando julga na praça pública os instrutores do Curso de Comandos sem lhes dar o mínimo benéfico da dúvida. O cidadão que regozija com o fim do serviço militar obrigatório apenas porque não quer contribuir para defesa da pátria nem para a segurança da nação é o mesmo cidadão que vem agora com piadinhas parvas sobre o roubo deste equipamento militar”, escreve este tenente-coronel.

    Gostar

    • 3 Julho, 2017 16:38

      Esse gajo MST tem a mania que influencia (só algumas) opiniões, que é o “supersumo”. Desde há anos deixam-no (muito bem pago) opinar nos jornais, nas tv’s (rádios não sei, não ouço), sente-se importante e galã com um microfone à frente e vai disto, “preciso bater em alguém”, preferencialmente nunca no P”S”.
      Tem o direito de discordar dum político, mas desde que chamou “palhaço” a um PR (Cavaco Silva), ou seja, ao representante duma instituição que condecorou os seus pais, nunca mais li ou ouvi o tipo. O bobo.

      Gostar

  11. Procópio permalink
    3 Julho, 2017 15:21

    A Cristina talvez exagere. Vejamos as coisas por outro prisma.
    Os incêndios vão dar origem a um plano fenomenal de reflorestação que vai ficar na história.
    Acabaremos sempre por nos sentirmos orgulhosos da geringonça.
    As armas roubadas. Pode não ter sido com má intenção. Lá para leste eles têm uns campos onde plantam e duplicam o material. São muito capazes de o devolver, só não há certeza onde o vão pôr. Também não se vai exigir que volte à origem onde não estava a fazer nada, nem que o ministro lá esteja para os receber.
    Uma certeza tranquilizadora: beijinhos e abraços haverá sempre.
    Somos um povo afetuoso com tendência para a união. Temos gente.
    Só me preocupa o pacheco não culpar o ppc, os neoliberaias e outros que tais.
    “Isto” anda assim tão por baixo?

    Liked by 2 people

  12. LTR permalink
    3 Julho, 2017 15:29

    De um Coronel:

    “Olham para a estrutura do Estado, como uma sua quinta para colocarem os seus boys na manjedoura do orçamento. E se dúvidas houver, basta olhar para a Proteção Civil e SIRESP.”

    A mim isto parece corrupção, nepotismo, etc. As autoridades estarão certamente atentas a estas práticas comuns.

    http://observador.pt/2017/07/03/tancos-militares-contestam-gestao-politica-do-governo/

    Gostar

  13. Procópio permalink
    3 Julho, 2017 15:36


    Não percam o ânimo. Temos gente.

    Gostar

  14. Procópio permalink
    3 Julho, 2017 15:53

    “Estão a ser desenvolvidas todas as diligências para que os factos e as responsabilidades sejam totalmente apurados, assim como todas as medidas para reaver o material roubado”, disse Augusto Santos Silva, em declarações aos jornalistas após um encontro com o secretário-geral das Nações Unidas, António Guterres, no Palácio das Necessidades, em Lisboa.
    Razão tinha eu no comentário das 15.20. Afinal parece ser o ministro as que vai reaver… Tinha a seu lado o toninho que fugiu de pântano, mas de vez em quando vem cá ver os amigos. Conseguiram falar sem rir. Tiremos o chapéu.
    O chefe da diplomacia portuguesa assegurou que “as obrigações internacionais” a que Portugal está sujeito “foram e estão a ser cumpridas”. E bem, acrescento eu.
    As armas é que não estiveram sossegadinhas no paiól.
    Dos filósufus é de esperar tudo.

    Liked by 1 person

    • 3 Julho, 2017 16:23

      “Tinha a seu lado o toninho que fugiu de pântano, mas de vez em quando vem cá ver os amigos.”

      Veio ver a feira de gado e enfiar cá mais migrantes-coitadinhos.

      Gostar

  15. Procópio permalink
    3 Julho, 2017 16:15

    Edital.
    “Estando o senhor primeiro ministro de férias, no caso de alguém encontrar material de guerra roubado, é favor apresentá-lo no ministério dos negócios estrangeiros quanto antes.
    Pretende-se com este edital evitar chatices a brincalhões sem maneiras”.

    Vai havendo quem reaja, não sei se por boas razões.
    O tenente-coronel Pedro Tinoco de Faria ataca a classe política que tem liderado o país a partir de um “mundo da luxúria, da corrupção, da falta de sobriedade e de desrespeito pela ética e pela moral e de nos submeterem sob a ditadura da democracia”, nomeando “os seus delfins para o comando das tropas” e afastando “aqueles que se lhes opõem”.

    Queremos paióis ou honra? Sem honra, sem moral, sem formação dura e exigente, sem tropa, sem honrarem os nossos mortos e protegerem os nossos órfãos, não há paióis que resistam. Para defendermos os nossos paióis temos de exigir que nos honrem. Sinto me enojado”, escreve Pedro Tinoco de Faria.

    O coronel António Feijó sugere que quem conduziu o assalto ao paiol de Tancos sabia o que estava a fazer, “não olhando a meios, incluindo, muito provavelmente, a eliminação de quem, eventualmente, se lhes opusesse”.
    E acrescenta: “A descredibilização da Defesa e a segurança do país tem sido uma constante dos agentes políticos que têm exercido o poder, sejam de que partido forem. Olham para a estrutura do Estado, como uma sua quinta para colocarem os seus boys na manjedoura do orçamento. E se dúvidas houver, basta olhar para a Proteção Civil e SIRESP. Choram lágrimas de crocodilo. Já é tempo de dizer basta”.

    Só um pulhítico habilidoso poderá sossegar estes cavalheiros. Está de férias.

    Gostar

  16. Arlindo da Costa permalink
    3 Julho, 2017 16:54

    Pesada herança das políticas neo-comunistas dos governos anti-portugueses de Passos e Portas.
    Em vez de investirem na segurança do país e das populações empreenderam uma verdadeira política de submissão a potências estrangeiras.
    Saudades das Forças Armadas que fizeram o 25 de Abril.

    Gostar

    • António C.Mendes permalink
      3 Julho, 2017 17:15

      Háááá Dinho, Dinho! Sempre a sonhar com o Campo Pequeno, pá!!!!

      Ó Dinho, então já não está no paraíso geringonsinico, sem defices??? Está alguma coisa a correr mal?? E a culpa é do Passos e do Portas??Claro que é, isso é gente que acorda a pensar: “onde mora o Dinho”?

      Gostar

  17. rão arques permalink
    3 Julho, 2017 17:05

    Ouçam
    E o vento mudou
    Ele não voltou
    As aves partiram
    As folhas caíram
    Ele quis viver
    E o mundo correr
    Prometeu voltar
    Se o vento mudar
    E o vento mudou
    E ele não voltou
    Sei que ele mentiu
    P’ra sempre fugiu
    Vento por favor
    Leva o seu rancor
    Ninguém vai morrer
    Por não mais o ter
    E não tenham dó
    Que eu não estou só
    Batam-lhe ao taipal
    Oiça bem ou mal
    Nuvens não choraram
    E quando voltaram
    Soube que mentira
    P’ra sempre fugira
    Nuvens por favor
    Não tenham qualquer dor
    Eu não vou morrer
    Por não mais o ter
    Calem-se

    Gostar

  18. 3 Julho, 2017 17:10

    Tantas pompas, tamanhas exibições de homens e de mulheres militares (comandantes incluídos), tão persuasivas e agressivas armas, mais os estrondosos batimentos de pé e gritos de guerra em desfile e jactos rasantes nos 10 de Junho e afinal…deixam-se roubar por três, quatro ou poucos mais gatunos “civis”…

    Gostar

  19. Tiro ao Alvo permalink
    3 Julho, 2017 17:15

    No meio disto tudo nem se fala da fuga de informações sobre o exame de português, fuga que talvez tenha prejudicado milhares de alunos, impedindo muitos de serem admitidos nas melhores Universidades, quem sabe, comprometendo definitivamente os seus futuros.
    Será que o pedante do Ministro da Educação também foi de férias?

    Liked by 1 person

  20. 3 Julho, 2017 17:17

    Quando se começar a sentir os efeitos na sociedade portuguesa das licenciaturas de bruxos criados no governo Passos/Portas, os incêndios e os roubos aos paiois não serão problema. Os futuros licenciados antecipam todas tragédias. Vai ser bom!

    http://dererummundi.blogspot.pt/2017/07/primeira-licenciatura-em-acupuntura-da.html?m=1

    Gostar

  21. Ricciardi permalink
    3 Julho, 2017 17:22

    O estado lá terá falhado nestes dois episódios, pois então.

    Porém, a questão útil, é perceber se o governo fosse outro se não teria falhado na mesma. Claro que sim. Ate a Cristina percebe isto, certamente.

    E isto quer dizer que há falta de mais investimento no estado. Ao contrário daquilo que vêm defendendo os libertarios, afinal, o estado precisa de alocar mais massaroca aos meios de combate e prevenção de incêndios e à segurança.
    .
    Em 2010 o orçamento da defesa foi de 3 mil milhões de euros. Em 2015 ficamos nos 1,9 mil milhões.
    .
    Contudo, no caso de Tancos não me parece que o estado tenha sido incompetente. Pela simples razão de que o roubo foi claramente consentido. An inside job.

    Sendo assim, podemos adivinhar as motivações dos militares que se deixaram corromper, quais mercenarios. Massaroca, again. Ou a falta dela.
    .
    Pagar umas coroas aos militares não é boa política. Cabe à geringonça remendar o problema e valorizar os militares como deve ser.

    Rb

    Gostar

    • André Miguel permalink
      3 Julho, 2017 21:00

      Ah pois precisa de alocar mais recursos, basta explorar ainda mais o zé tuga, não é rb? Se de caminho ainda sobrar algum para distribuir pelos amigos e criar, sei lá digamos um siresp 2.0, é o ideial, não é?!
      Sinceramente vocês devem estar muito bem pagos para escrever essas asneiras, ou então são apenas acéfalos, sei lá…

      Liked by 1 person

  22. 3 Julho, 2017 17:23

    Hoje afirmou o MNEstrangeiros ASSilva que “estão a ser desenvolvidas todas as diligências” para…”reaver o material roubado”.
    Ó ministro, vá gozar com os seus familiares !

    Liked by 1 person

    • LTR permalink
      3 Julho, 2017 17:28

      “Poder-se-á aventar a hipótese que, se por acaso, a ronda militar apanhasse em flagrante este grupo, muito provavelmente seria neutralizada ou até eliminada. E sabem porquê? É que as sentinelas nos nossos quartéis andam sem carregadores municiados nas armas e apenas dispõem de um outro, nas cartucheiras, com poucos cartuchos e lacrado. Em resumo: NÃO PODEM DEFENDER AS INSTALAÇÕES QUE LHES SÃO CONFIADAS, MESMO QUE O QUEIRAM: retirar o carregador vazio, deslacrar o que levam na cartucheira, colocá-lo na arma e disparar é uma impossibilidade, porque antes – já foram desta para melhor.”

      Isto nem num filme cómico.

      Gostar

      • 3 Julho, 2017 17:53

        Isso.
        Hipótese: tal acontece porque as FA entraram desde há anos (serviço militar não-obrigatório) numa fase desleixada, confiante na pacatez do sítio ?
        Quando fui militar as rondas faziam-se sempre com arma carregada e pronta a disparar. “Cá” e sobretudo “lá”, no Ultramar. De noite, sempre vigilantes, carago !

        Liked by 1 person

      • André Miguel permalink
        3 Julho, 2017 21:05

        Um amigo norte americano um dia a brincar, ou a sério ja nao recordo, disse-me que na Europa nao precisávamos de melhores políticos, mas de mais armas nas mãos no povo. Calhar ate tem razão, os nossos políticos sabem é muito…

        Gostar

  23. Cipião Numantino da Boina, anti comunofóbico. permalink
    3 Julho, 2017 17:42

    Não é que a blogger tem razão, vinha agora na A1 e vi passar a correr a meu lado o País todo nu com uma faca na algibeira.
    Juro, vi o mesmo que a blogger denuncia.

    Gostar

    • António C.Mendes permalink
      3 Julho, 2017 17:53

      Este é que é o Bolota kitado!! Depois de transitar directamente do Novas Oportunidades para o Qualifica!! Mas ainda lhe falta uma demão, ou duas!

      Liked by 1 person

      • Cipião Numantino da Boina, anti comunofóbico. permalink
        4 Julho, 2017 00:28

        Quantas mãos tens?
        Já contaste?
        Consegues?

        Gostar

      • António C.Mendes permalink
        4 Julho, 2017 10:03

        Não te preocupes. É só uma passagem ou duas a galvanizado. Para o que é basta!!!

        Gostar

    • Cipião Numantino da Boina, anti comunofóbico. permalink
      4 Julho, 2017 13:06

      Mais um cremado do miolo.

      Gostar

  24. 3 Julho, 2017 18:23

    Facto:

    Cor dos municípios e das freguesias atingidas pelo incêndio:

    L-a-r-a-n-j-a !

    Gostar

  25. Procópio permalink
    3 Julho, 2017 19:24

    Ricciardi , 3 Julho, 2017 17:22
    Está mal informado.
    … “Sendo assim, podemos adivinhar as motivações dos militares que se deixaram corromper, quais mercenarios. Massaroca, again. Ou a falta dela”.
    Para o Ricciardi tudo se resolve com o estado mandão e deitando mais dinheiro para cima dos problemas. Nós temos um estado ladrão, até os computadores dsa AT falham quando se trata de saber que dinheiro foi para o Panana. No estado em que a geringonça está não vai haver dinheiro que chegue.
    Se for para caçar dois euros que não foram pagos por engano não falham de certeza.
    O Ricciardi devia falar sobre hipotéticas motivações dos militares de alta patente em frente deles. Conforme se verá adiante não houve corrupção, houve extorsão.

    Gostar

  26. Carneiro permalink
    3 Julho, 2017 23:42

    Mas porque é que o Presidente da Camara passa sempre pelos intervalos da chuva ? Não era ele o Responsavel pelo PME da Protecção Civil municipal ? Não foi ele o coordenador responsável pelas primeiras horas, mobilização de meios, protecção ás aldeias, etc, tudo conforme consta no Plano Municipal de Emergencia, publicado em 2009 , mas nunca testado nem posto em prática ? Não foi este patarata eleito pelo PSD mas que vai agora pelo PS, aposentado da PJ, que foi o primeiro responsável pelo que aconteceu ? Presidente da camara é só para fazer rotundas ?

    Gostar

  27. Democrata com larga experiência — Vende-se permalink
    4 Julho, 2017 03:21

    Curioso que num post deste tipo apareçam os avençados quase todos. Devem ter soado campaínhas no curral.

    Não menos curioso, o facto de um gajo de boina ter tido uma reacção pavloviana ao nome »Bolota«.

    Cristina, um singelo conselho,

    — Sempre que escrever estes excelentes posts, tenha cuidado com os coices das mulas do costume. Não que a senhora não se saiba esquivar. O problema é que sofrendo de incontinência própria da ideologia, quando coiceiam largam excrementos e o Blasfémias fica por algum tempo com um cheiro nauseabundo.

    Liked by 1 person

    • Cipião Numantino da Boina, anti comunofóbico. permalink
      4 Julho, 2017 13:08

      A diversão está assegurada, é por causa de coisas destas que eu venho cá todos os dias.
      Obrigado

      Gostar

      • António C.Mendes permalink
        4 Julho, 2017 13:32

        Só pode ser mesmo por diversão! Um gajo que sofreu um upgrade como tu não perderia tempo a vir discutir coisas menores e tem mais que fazer.
        É o teu 1º guilty pleasure. Faz-te falta!! Deixa-te ficar, já o nosso Bolota era muito importante, foi muito respeitado, muito considerado e também só cá andava por diversão!!

        Gostar

      • Cipião Numantino da Boina, anti comunofóbico. permalink
        4 Julho, 2017 16:30

        Parabéns estás no circo certo.

        Gostar

Indigne-se aqui.

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: