Saltar para o conteúdo

“Quanto mais lhes bates, menos voto em ti”

25 Julho, 2018

ng5557953

 

Não sei ao certo qual é o tamanho da ambição política de Nuno Melo. Contudo, ao escutar os seus críticos na semana passada, estou certo de que poderá chegar, caso tenha vontade, aos mais altos cargos do país. Poucos minutos depois das primeiras notícias sobre o lançamento da campanha do CDS às eleições europeias, já a esquerda aguerrida tratava o eurodeputado centrista como um perigoso nacionalista, racista e xenófobo. É certo que o embaixador Francisco Seixas da Costa, mais moderado, se limitou a caracterizá-lo como populista e anti-imigrantes; e que o deputado João Galamba, mais espirituoso, apenas lhe chamou, com sotaque italiano, Nuno Melvini. No entanto, salvo honrosas excepções, o tom andou à volta do “Viktor Orbán minhoto”, o que constitui, além de uma boa base de trabalho para uma eventual geminação entre o goulash húngaro e as papas de sarrabulho, um excelente prognóstico eleitoral para Nuno Melo.

A primeira coisa que salta à vista nestes exageros retóricos é a típica modéstia portuguesa. “Trump de Famalicão”, por exemplo, é uma expressão que menoriza o político luso e a terra que Camilo Castelo Branco escolheu para enfiar uma bala na cabeça. Uma esquerda com auto-estima patriótica diria que Donald Trump é o Nuno Melo da Quinta Avenida; como diz o inverso, colocando o presidente dos EUA no distrito de Braga e não o vice-presidente do CDS em Nova Iorque, continuamos a alimentar hipérboles com a síndrome da pequenez, o que representa a desajustada intromissão do oxímoro num contexto em que uma figura de estilo seria suficiente.

Mas o que disse, afinal, Nuno Melo para ser presenteado com tais considerações? Apenas isto: “o espaço europeu pode ser um destino de acolhimento para outros povos, mas estes devem respeitar as nossas leis, valores e costumes, de forma a não nos sentirmos sequestrados na nossa casa”. Ou seja, parece que Nuno Melo não defende a atribuição automática da cidadania europeia a todos os seres humanos que habitam a superfície terrestre. É, de facto, um horror. Qualquer dia, se lhe derem poder, ainda o vamos ver a sugerir a criação de passaportes e de um Serviço de Estrangeiros e Fronteiras.

E esse dia talvez esteja próximo. Agora que aqueles que se dedicaram até há bem pouco tempo a comparar Angela Merkel com Adolf Hitler se viraram para o candidato do CDS, este pode sentir-se abençoado pelo quase infalível toque de Midas eleitoral. Para já, que ainda vamos no aquecimento do absurdo, nada está garantido, mas assim que Salazar for chamado ao barulho, Nuno Melo pode tratar de encomendar os foguetes.

 

Anúncios
25 comentários leave one →
  1. Zé Manel Tonto permalink
    25 Julho, 2018 10:49

    Desde a rábula do partido do contribuinte, seguido de brutais aumentos de impostos quando no governo, que o CDS deixou de estar na minha restrita lista de partidos portugueses em que poderia votar.

    Pode ser que juntando a isto defenda a expulsão de todos os imigrantes ilegais, um sistema mais restritivo nas entradas e pena máxima para os traficantes (incluíndo a escumalha traidora das ONG). Assim já pondero votar no CDS.

    Gostar

  2. carlos alberto ilharco permalink
    25 Julho, 2018 12:36

    Não sabia da frase.
    Tem já o meu voto, o das legislativas já estava garantido.

    Liked by 3 people

    • Euro2cent permalink
      25 Julho, 2018 20:19

      Estão a ver, o problema do Trump (seja de NY ou de Famalicão) é esse, promove a retenção de votantes.

      Ficam do lado de dentro da tenda a mijar para fora, em vez do lado de fora a mijar para dentro, como dizia o charmoso camarada Johnson.

      Assim nunca mais é sábado.

      Gostar

      • carlos alberto ilharco permalink
        26 Julho, 2018 10:36

        Como dizia o saudoso Mao, se todos nós (os chineses nacionalistas) mijar-mos ao mesmo tempo sobre Taiwan, ela afunda-se.
        Gosto da ideia, não naquela situação mas noutras.

        Gostar

  3. 25 Julho, 2018 13:54

    O meu voto já é dele (do partido que representa) nas próximas eleições, europeias, legislativas e outras.

    Liked by 2 people

  4. Raghnar permalink
    25 Julho, 2018 14:06

    Eu até votaria PP, o problema principal é a sua apetência para os ziguezagues. São pródigos na máxima “onde disse digo, hoje digo diego”…

    Não me enganam mais!

    Liked by 1 person

    • Mario Figueiredo permalink
      25 Julho, 2018 17:12

      E só esperar até à campanha eleitoral se aproximar, e vamos ouvir o paulo das feiras, desculpe, a cristas das feiras, defender as políticas de imigração europeias. O mesmo tipo de populismo social-marxista graça no CDS. Apenas destoa pela mão e pela boca de umas poucas (muito poucas) figuras que só estão ligadas ao partido por falta de qualquer outra referência no país.

      Afinal este é o mesmo partido que aprova votos de condenação por Trump separar crianças na fronteira. E é o mesmo partido que dá liberdade de voto aos deputados para aprovação da lei que diz que listas eleitoras têm, de ter pelo menos 40% de mulheres (e Cristas votou a favor).

      Mas há sempre patos e patinhos, prontos a cair na treta que votar CDS não é votar bloco de esquerda.

      Liked by 2 people

      • Mario Figueiredo permalink
        25 Julho, 2018 17:15

        Ah, e claro que já esquecia a famosa Cristas de burqa.

        Gostar

      • Raghnar permalink
        25 Julho, 2018 17:18

        Directo e sucinto, pouco mais há a dizer…

        Gostar

      • Mario Figueiredo permalink
        25 Julho, 2018 17:23

        E essas tais figuras que não encontram outra referência para além do CDS, por lá vão ficando porque existem sempre os idiotas (perdoem-me os idiotas por lhes estar a chamar de idiotas) que lá vão dando ao CDS entre 3% a 10% em cada eleição. A motivação para fazer algo de novo não existe.

        Mas a esquerda lá encontra a motivação. A falta de diferenças ideológicas não os impede de criar partidos como se coelhos fossem. Ele é partidos para os animais, para o ambiente, para gays, para comunistas estalinistas. Ele é agora até partidos liberais. É uma festa de partidos da esquerda a mostrar que neste país quem tem tomates é mesmo só a esquerda.

        Contionem a votar no CDS.

        Gostar

  5. José Domingos permalink
    25 Julho, 2018 15:08

    Mais um voto, não recebo um estranho na minha casa, para ele me dizer o que vou comer.
    A suposta autoridade moral da esquerda.
    Ainda não vi, manifestações contra a merkel, ou cordões humanos em volta da maternidade AC.
    Não deve dar jeito, não evoluímos nada em 100 anos, o parlamentarismo é jogo combinado

    Liked by 2 people

  6. Daniel Ferreira permalink
    25 Julho, 2018 15:14

    Muito infelizmente, o CDS também já está no bolso dos vizinhos da sede do PS. Basta simplesmente constatar o facto de que a Comunicação Social os apelida de “centristas”. Não estivessem eles controlados e acreditem que a CS já os tinha triturado e deitado ao lixo – afinal de contas, é para isso e só para isso que a CS existe hoje. Desinformar e esmagar todos os que tentam falar a verdade. Como carro-vassoura existem os(as?) idiotas inúteis avençados para repetir a dita ladaínha a qq figura pública que ouse sequer falar em proteção dos locais.

    Ainda assim, “””eles””” sabem que para eliminar o patriotismo português, de longe um dos maiores e melhores do mundo (força unificadora que nos fez sobreviver a 850 anos de tentativas de infiltração por todas as espécies de invasores e que tentam menorizar agora chamando de “populismo” e “protecionismo”) é preciso muita cautela. Tudo ruiria, bastava alguém tornar mais ou menos viral os 3 seguintes acordos que servem para legalizar uma calamidade de dimensões bíblicas:

    Acordo de Barcelona – acordo assinado pelos comunistas genocidas (passe o pleonasmo) que diz especificamente que tudo o que for considerado Islão é para respeitar sobre qualquer outra “lei social” (shariah law)

    Acordo de Marrakech – acordo assinado pelos comunistas genocidas (passe o pleonasmo) que alarga o espaço europeu “sem fronteiras” a 40 países africanos. (80% dos africanos nesses países dizem que gostavam de vir para a Europa se tivessem oportunidade – e ó se vão ter).

    Global Compact for Migration – acordo assinado pelos comunistas genocidas (passe o pleonasmo), assinado na UN, que ratifica qualquer coisa como “todos os africanos têm o DIREITO NATURAL e LEGAL de vir para a Europa e tornar-se cidadão automático mal ponha pé em solo europeu PARA TODO O SEMPRE. Como todos os eufemismos comunistas, diz uma coisa no nome e resulta noutra coisa na prática. É Global mas é unicamente “Origem África – Destino Europa”

    Juntem a isto as totais arrasadoras leis de nacionalidade destruídas pelo Judas Costas, onde muito resumidamente, alguém vindo de fora que roube, viole ou mate não só não pode ser deportado como vai continuar a receber comida, cama, roupa lavada e na lista para pedir cidadania a somar a uma nova lei que garante nacionalidade portuguesa a todo e qualquer ser que nasça em PT. Ter um progenitor português já não interessa para NADA!

    Reparem que ao contrário dos países do 3º mundo, os europeus não têm absolutamente lugar algum para fugir.

    Povinho, há três hipóteses: ou ficam a ver as nossas crianças e mulheres serem cilindradas (são só estas duas fações da sociedade o alvo), mudam-se para os países que ainda os têm no sítio ou fazem aquilo q foi feito em 1926 e 1975 – destronar os comunistas genocidas (passe o pleonasmo) antes que seja tarde de mais.

    Se nada for feito, vão perceber à letra porque é que “parar é morrer”.

    Gostar

  7. procópio permalink
    25 Julho, 2018 18:31

    O Nuno Melo não faz parte da corruptela pulhítica, farão por queimá-lo à partida.
    Fará falta numa segunda fase. Antes disso há muito a fazer. Vai ser feito. Porquê?
    Mais do que nunca são os media que controlam. Reparem na entrevista do nyt ao kosta, nos elogios balofos à geringonça em diversas fontes. Tudo preparado ao pormenor para iludir.
    A ignorância é força”. George Orwell. Quem está por detrás do nyt, da cnn, da dysney?
    Ao lado está o apagão, as questões negligenciadas, ‘censuradas’, a par das que sofrem hipertrofia ‘junk food news’. É o caso das notícias de merda que enchem as têvês enquanto as decisões que nos afectam verdadeiramente são ocultadas com declarações ridículas, mentirosas entremeadas com abraços e beijinhos. A factura da edp e da AT espera por ti.
    Ora o mundo, incluindo o dos media está em reboliço. Chegará o dia de envergar camisolas com os nomes feios que os progressistas da merda entendem chamar a quem não frequenta a sua tasca, nem pinta arco iris: Sou xenófobo, neoliberal, nacionalista.
    Será noticiado por toda a UE. Para surpresa de muitos vai vender bem.

    Liked by 1 person

  8. Juromenha permalink
    25 Julho, 2018 18:40

    E eu que nem pensava votar…

    Gostar

    • Euro2cent permalink
      25 Julho, 2018 20:21

      “Vamos embora Fifi, já enganámos mais um.”

      (ver acima)

      Gostar

  9. 25 Julho, 2018 20:24

    “Na minha opinião pessoal” o NMelo tem pedigree suficiente para estar e ser líder do PP ou do CDS, apesar da sua frase há anos sobre Braga e Portugal, que vai retirar-lhe muitos votos.
    Mas, se chamar para junto de si durante toda a campanha para as europeias o Adolfo MNunes, certamente não só será eleito facilmente mas também contribuirá (com os votos da moda-LGBT) para a eleição de mais 3 eurodeputados. E se apresentar na lista um candidato gay, o PP ou CDS elegerá 4 deputados.
    Concordo com a frase do NM.

    Liked by 1 person

  10. Leunam permalink
    26 Julho, 2018 15:21

    O Jornal Correio da Manhã promove hoje, na primeira página, a venda de um livro.

    Nas cinco bancas de jornais em Lisboa que abordei, entre as 12 h e as 14h, nenhuma tinha o livro.

    Porque será?

    Gostar

  11. procópio permalink
    26 Julho, 2018 17:47

    A censura é mais eficiente do que se pensa. Desta vez não foi comprado por amigos, foi simplesmente retirado da circulação.

    Gostar

  12. Leunam permalink
    26 Julho, 2018 18:37

    Procópio

    Muito obrigado pela informação.

    Já suspeitava!

    Do que é que a democracia tem medo?
    Da verdade?
    De que lhe reconheçam da sua geral incapacidade para governar?
    De que lhe reconheçam o nanismo e a estrondosa falta de probidade de muitos os seus agentes e defensores?
    De que falhou redondamente após 44 anos passados na gestão da coisa pública?
    De que se façam comparações com aquele que deu bom exemplo, promovendo constantemente o Bem Comum do Povo a que pertencia?
    ou disto?:
    https://www.dinheirovivo.pt/economia/ha-140-mil-milhoes-de-euros-em-despesas-publicas-fora-do-radar-oficial/

    Gostar

  13. 26 Julho, 2018 21:26

    Leunam PERMALINK
    26 Julho, 2018 15:21
    O Jornal Correio da Manhã promove hoje, na primeira página, a venda de um livro.Nas cinco bancas de jornais em Lisboa que abordei, entre as 12 h e as 14h, nenhuma tinha o livro. Porque será?
    ::::::::::::::
    Também não sei. . .
    Não será porque o CM tem exclusivo? Porque essa questão de autores (ou assuntos) tabu a PIDE sabia muito bem tratar deles, inclusive “roubando” sistematicamente obras aos genuinos donos – as livrarias.
    (Se se mantivesse calado evitava que o apodassem de besta quadrada)

    Gostar

  14. 26 Julho, 2018 22:47

    Já descobri !!!

    NINGUÈM está interessado no livro porque a personagem envolvida, fede. . .

    Gostar

  15. Leunam permalink
    26 Julho, 2018 22:55

    Licas

    Não respondo às suas provocações.

    Apenas lhe digo que, para mim, a sua opinião não conta, nunca contou e certamente JAMAIS contará.

    “Não lhe dou trela porque entendo que a Vª Exª se aplica, como uma luva, o rifão:

    “COM BRUTATES NÃO LABUTATES!”

    Tenha uma muito boa noite e seja muito feliz enquanto consumir oxigénio!

    Gostar

  16. Procópio permalink
    27 Julho, 2018 00:08

    Quanto mais lhes bates, menos voto em ti”. No caso do governo japonês eles bateram feio e assassinaram, nem sequer vão ter direito a voto
    https://www.dn.pt/mundo/interior/japao-enforca-restantes-seis-membros-da-seita-verdade-suprema-9638744.html

    Esta fake new aparece um pouco por todo o lado em parangonas no sítio.
    “O vice-presidente da Comissão Europeia responsável pelo euro, Valdis Dombrovskis, saudou esta quinta-feira “os progressos significativos” feitos por Portugal.
    A segunda frase é retirada, reza assim: “defendendo que para os “consolidar” será necessário prosseguir “de uma forma decisiva” o caminho das reformas”.

    Será que as duas notícias diversas suscitam reflexões conjuntas?

    Gostar

    • licas permalink
      27 Julho, 2018 09:46

      Como é habitual, em pessoas como Neuman, quando são postas perante FACTOS de que não gostam e na ausência de argumentos válidos,, amuam, designadamente de que Salazar, através da Polícia Política, mandava sequestrar sistematicamente as obras de escritores “malditos”, nacionais ou estrangeiros, ou publicações sobre temas “desconfortáveis” ao regime. Tem ainda vivos milhares de Portugueses para atestar a veracidade do que digo. Ao blasfemo Neuman não lhe é permitido esconder ou minimizar evidência tão incontestável.

      Gostar

  17. Francisco Ferreira permalink
    28 Julho, 2018 18:48

    CDS:
    Depois de enganado pelos vira-casacas Freitas do Amaral e Basílio Horta este partido para mim acabou. Mais enterrado ficou com a gerência do ex-jornalista (que contraste) e da actual líder “Miss Eucalipto” (Devia sentar-se no banco dos réus bem como o seu ex-primeiro ministro (revogação do Decreto-Lei nº 28039, de 14/9/1937).

    Gostar

Indigne-se aqui.

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: